Carreiras

| Educação

Estão abertas as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem PPL) ou sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade. O registro dos participantes deverá ser realizado pelo responsável pedagógico de cada unidade prisional ou socioeducativa.

As candidaturas podem ser realizadas até o dia 11 de dezembro. Conforme o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pela aplicação da prova, que ocorrerá nos dias 23 e 24 de fevereiro de 2021, fica a cargo das secretarias de Segurança garantir a qualidade na aplicação do exame dentro das unidades prisionais que serão indicadas.

##RECOMENDA##

As unidades precisam ter um espaço físico adequado para a realização das provas, ambiente escolar coberto, silencioso, com iluminação, mesas e cadeiras em condições para a realização do exame. Para as pessoas privadas de liberdade participarem do Enem, os órgãos de administração prisional e socioeducativa precisam ter firmado adesão com o Inep para estarem aptos a inscrever candidatos.

Segundo o edital, cada unidade prisional ou socioeducativa terá um responsável pedagógico com acesso ao sistema de inscrições e suas funcionalidades. O profissional terá a função de realizar e acompanhar as inscrições; determinar as salas de provas dos participantes e a transferência entre as unidades, quando necessário, dentro do prazo previsto; e excluir aqueles que tiverem sua liberdade decretada.

O responsável pedagógico terá acesso aos resultados obtidos pelos participantes e ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para concorrer a uma vaga na educação superior. Também ficará a cargo desse colaborador a divulgação das informações sobre o exame aos participantes privados de liberdade. Os participantes com idade a partir de 18 anos poderão utilizar o desempenho no exame como mecanismo único, alternativo ou complementar para acesso à educação superior. Já os menores de 18 anos, considerados “treineiros”, que fazem as provas para conhecer o processo, só poderão utilizar os resultados individuais no exame para autoavaliação de conhecimentos. Confira mais detalhes sobre o Enem PLL no edital.

A Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco (SEE) disponibilizará, no dia 10 de dezembro, o cartão de inscrição do Exame Supletivo 2020. Por meio desse documento, os candidatos poderão conferir o local da prova, que será realizada no dia 20 de dezembro para o público em geral.

Conforme o edital do exame, os candidatos precisam comparecer ao local da prova com no mínimo uma hora de antecedência, munido de documento original de identificação com foto, cartão de inscrição impresso e caneta esferográfica na cor azul ou preta. O gabarito e o caderno de questões serão divulgados no dia 5 de janeiro de 2021.

##RECOMENDA##

Os recursos poderão ser solicitados nos dias 12 e 13 de janeiro. A Secretaria informa que o exame para os participantes privados de liberdade será realizado no dia 21 de dezembro na própria unidade prisional, não havendo a necessidade de acessar o cartão. Saiba mais informações por meio do edital ou por meio dos telefones (81) 3183-8375/ 8382/ 8392.

  Dos dias 2 a 4 de dezembro, ocorrerá o evento “Laboratório de Gestão de Conhecimentos”. Por causa da pandemia de covid-19, a programação será totalmente virtual. Os interessados em participar devem se inscrever gratuitamente no site even3.com.br/labgc20, onde os usuários também poderão encontrar os horários das palestras, os professores palestrantes e os temas a serem debatidos.

De acordo com a coordenadora do evento, Luciana Ferreira, o LabGC é uma disciplina complementar do programa de mestrado profissional em Gestão de Conhecimento  para o Desenvolvimento Socioambiental da UNAMA - Universidade da Amazônia, de Belém. "E se refere a uma disciplina em formato de evento, com carga horária de 30 horas, que visa compartilhar com a comunidade acadêmica os estudos e os produtos de pesquisa dos alunos veteranos”, disse.

##RECOMENDA##

Luciana também destacou a importância do evento para a sociedade. “É um evento de entrega de resultados e que mostra a potência de pesquisas práticas que o mestrado profissional deve entregar ao público. Temos pesquisas que trazem produtos no contexto da escola, de empresas públicas e privadas e de comunidades”, afirmou.

O LabGC será um espaço para alunos de graduação observarem como as pesquisas científicas podem ser dinâmicas e interdisciplinares, e também como o Mestrado Profissional pode ser um diferencial na vida do acadêmico e da sociedade. A programação ainda conta com a presença de professores como Mauro Margalho e Carla Noura, para falar de Desenvolvimento Organizacional, e João Arroyo e Igor Charles, para debater sobre linha de saberes e aprendizagens.

Por Henrique Herrera.

A Universidade de Pernambuco (UPE) detalhou, nesta terça-feira (1°), o calendário acadêmico para a conclusão do ano letivo de 2020. Conforme o planejamento, as aulas serão ministradas no sistema híbrido, de forma presencial e remota. Também caberá a cada unidade de educação e seus respectivos plenos de curso definirem o formato da oferta dos componentes curriculares, de acordo com as diretrizes curriculares, seus projetos pedagógicos e os protocolos de retomada das atividades acadêmicas.

De acordo com o calendário, o primeiro semestre referente a 2020.1 começará no dia 8 de fevereiro e seguirá até o dia 22 de maio de 2021. Já o segundo semestre (2020.2) começará no dia 13 de outubro.

##RECOMENDA##

Os vestibulandos que ingressarem na UPE no próximo ano por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ou pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) terão que esperar até outubro para se tornarem universitários. De acordo com o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE), não serão contabilizados na retomada das atividades do semestre 2020.1 os dias letivos vivenciados antes da suspensão das atividades em virtude da quarentena.

As aulas síncronas serão vivenciadas no mesmo turno de matrícula efetuado pelos estudantes. A resolução possibilita também a substituição de atividades presenciais relacionadas à avaliação como Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), Estágio Supervisionado Obrigatório, atividades práticas e aulas de laboratório, por atividades não presenciais, através da mediação de tecnologias digitais de informação e comunicação.

Os estudantes dos cursos de enfermagem, fisioterapia, odontologia e medicina que tiverem completado 75% dos estágios supervisionados obrigatórios/internato e cursado com êxito todos os demais componentes curriculares obrigatórios, previstos no PCC de suas graduações, poderão solicitar antecipação da colação de grau. A UPE informa que em função do aproveitamento de componentes curriculares do Período Letivo Suplementar (2020.3), as coordenações dos cursos poderão ajustar os horários e as turmas no semestre 2020.1 desde que não hajam prejuízos para os estudantes.

Os trancamentos de semestres realizados pelos estudantes para o ano letivo de 2020, enquanto perdurar a situação de emergência pública em virtude da Covid-19, não serão computados para a integralização dos cursos de graduação. Os estudantes egressos em 2020.1 terão a possibilidade de modificar a matrícula, podendo inserir ou excluir componentes curriculares, bem como realizar o trancamento do semestre.

Estudantes de graduação presencial sem equipamentos adequados, com conectividade restrita ou outras limitações técnicas poderão usar os laboratórios de informática/computação dos campi da UPE para desenvolver as suas atividades de ensino remoto, respeitando os protocolos sanitários e os rodízios instituídos por cada unidade.

Para concluir, a instituição salienta que os docentes devem apresentar, para os semestres letivos 2020.1 e 2020.2, novos planos de atividades, com detalhamento dos conteúdos, da metodologia, da carga horária, do cronograma, dos exames de avaliação, das ferramentas digitais utilizadas e da bibliografia para a vivência do componente curricular, no formato definido nos plenos de cursos.

Nesta terça-feira (1º), o governador Paulo Câmara participou da abertura do seminário Ensino Médio Integral 2020, promovido pelo Instituto Natura, em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). A programação segue até esta quinta-feira (3), das 10h às 12h, no canal do Instituto Natura, no YouTube. No momento, Câmara garantiu que a "educação é o maior investimento que qualquer governante pode fazer".

Também participaram do momento o governador do Ceará, Camilo Santana; e os secretários de Educação dos estados de Pernambuco e Paraíba, Fred Amancio e Claudio Furtado.

##RECOMENDA##

  “Educação é o maior investimento que qualquer governante pode fazer. Envolve aspectos do desenvolvimento social e econômico. O caminho que Pernambuco trilhou é um exemplo importante de que priorizar a educação como uma política de Estado é um fator decisivo. Vários estudos apontam que ter uma política bem estruturada em relação ao ensino integral nos proporcionou alcançar resultados expressivos em pouco mais de dez anos”, afirmou Paulo Câmara, segundo informações da assessoria de imprensa.

Durante a transmissão, o governador destacou, ainda, o papel das Escolas em Tempo Integral na elevação dos índices educacionais no Estado. Pernambuco, por exemplo, tem uma taxa de abandono escolar de 1,2%, considerada a menor do País. “A rede pública de ensino no Estado este ano já conta com 65% dos seus estudantes do ensino médio estudando em tempo integral. Essa política permitiu a melhoria do resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) que é o principal indicador da educação no Brasil. Saímos das últimas colocações em 2007 e desde 2016 estamos entre os principais estados melhores colocados no ranking. Isso mostra que estamos no caminho certo”, pontuou, ainda de acordo com informações da assessoria. 

O Governo de Pernambuco destaca que atualmente, são 438 escolas em tempo integral em todos os municípios do Estado, incluindo Fernando de Noronha, sendo 394 Escolas de Referência e 46 Escolas Técnicas Estaduais, atendendo cerca de 181 mil estudantes.

Para o ano de 2021, o Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Educação e Esportes do Estado (SEE-PE), prevê a ampliação da rede e a expectativa é alcançar 65% das matrículas no ensino médio em tempo integral, ultrapassando a marca de 190 mil estudantes contemplados com esta modalidade.

“O que nós percebemos é que os índices educacionais de Pernambuco vêm avançando junto com esse processo de expansão da rede de escolas de tempo integral. Quando comparamos os números das escolas dessa modalidade com as de período parcial, os números são muito positivos. Inclusive, desde 2016, passamos a ofertar diferentes modelos dentro do ensino integral porque entendemos que é preciso se adaptar às especificidades da rede de ensino”, disse o secretário de Educação e Esportes, Fred Amâncio, de acordo com a comunicação do Governo do Estado.  

Para o diretor-presidente do Instituto Natura, David Saad, o ensino médio é o período mais desafiador da educação. “Tanto para a retenção, como para o aprendizado dos estudantes. Por isso, discutir e dar luz às evidências de um modelo de ensino que tem conseguido dar respostas aos principais desafios dessa etapa de ensino é fundamental. Precisamos avaliar, em conjunto, os resultados do modelo por meio das vivências e entendermos as perspectivas para os próximos anos e avançarmos na educação pública brasileira”, explicou.

Nesta terça-feira (1º), a Prefeitura do Recife (PCR) por meio da Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco (SEE-PE) inicia a distribuição de cartões de alimentação, no valor de R$ 60 por aluno matriculado. Ao todo, serão beneficiados 93.646 mil estudantes.

As entregas começam nas Regiões Político-Administrativas (RPAs) 1 e 6. Na quarta-feira (2) segue com distribuição das RPAs 4 e 5; e na quinta-feira (3) os cartões serão distribuídos nas RPAs 2 e 3. A iniciativa será realizada das 8h às 17h.

##RECOMENDA##

A ação respeitará os protocolos sanitários devido a pandemia da Covid-19. O benefício, que também será retroativo em relação aos meses em que houve suspensão das cestas básicas, teve um investimento de R$ 14,6 milhões, segundo informações da assessoria.

De acordo com a Prefeitura do Recife, os pais e responsáveis com crianças matriculadas em escolas e creches nas (RPAs) 1, 4,5 e 6 vão receber o retroativo referente aos meses de setembro e outubro e aquelas das RPAs 2 e 3 vão receber o retroativo referente ao mês de outubro, visto que receberam as cestas básicas do mês de setembro. Todas as RPAs receberão ainda o mês de novembro.

A Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco (SEE-PE) informou que o Pré-Enem da Gerência Regional de Educação (GRE) Metropolitana Sul inicia, nesta terça-feira (1º), o II ciclo de aulas Pré-Enem. Os encontros serão on-line e transmitidos no canal oficial do YouTube, das 15h às 16h.

O projeto consiste em aulões voltados para os estudantes terceiranistas, mas todos os interessados podem participar. A programação seguirá com ensinamentos ao decorrer deste mês. Na transmissão de abertura, serão abordados assuntos de matemática e espanhol. Já no dia 8 de dezembro, os estudantes recebem revisão de português e geografia. O cronograma segue com aulas de história e redação, no dia 15; e física e química, no dia 22, encerrando a segunda edição do projeto. Vale lembrar que a  primeira edição foi realizada no mês de julho.

##RECOMENDA##

A abertura do II ciclo de aulas do Pré-Enem contará com a participação da secretária Executiva de Desenvolvimento da Educação, Ana Selva, e do gestor da Gerência Regional de Educação Metropolitana Sul, Gleibson Cavalcante. “Temos o intuito de levar aos estudantes concluintes do ensino médio apoio e fortalecimento, além de dicas, orientações e revisão dos principais conteúdos que compõem as provas do ENEM”, pontua o gestor da GRE, Gleibson Cavalcante, segundo informações da assessoria. de imprensa 

O Enem impresso será realizado nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021. Já nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro será aplicada a prova digital.

Está disponível a oitava lista de classificação do Sistema de Seleção Unificado (Sisu), edição 2020, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). De acordo com a instituição de ensino, a relação conta com 35 estudantes selecionados para o Campus Recife.

Os candidatos foram remanejados da segunda para a primeira entrada, bem como alguns foram selecionados pela primeira vez. A UFPE pede que eles atentem em quais entradas estão inclusos, “pois há aqueles que foram remanejados da segunda para a primeira entrada e os que foram classificados agora”.

##RECOMENDA##

“Não é necessário entregar mais nenhum documento e as aulas do primeiro semestre de 2020 serão reiniciadas em 25 de janeiro do próximo ano. Já as do segundo semestre letivo terão início em 24 de maio de 2021”, acrescentou a instituição de ensino, por meio da sua assessoria de comunicação.

Engenharia, administração e ciência da computação estão entre os cursos contemplados. Para mais informações, os interessados devem entrar em contato com o e-mail dga.proacad@ufpe.br.

Na próxima quarta-feira (2) se encerram as inscrições para participar da 7ª edição do Seminário Internacional de Práticas Educativas (Secampo) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Os interessados devem realizar as candidaturas por meio da página oficial do seminário. O evento será realizado, de forma on-line, de 2 a 4 dezembro.

O seminário abordará práticas educativas no cenário de pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Na programação do evento, que tem a temática "Paulo Freire: Educação e Liberdade. Práticas para o bem viver," haverá debates sobre a crise política, cultural e econômica que afeta a educação e as sociedades brasileira, latino-americana e mundial, segundo informa a UFPB, em nota.

##RECOMENDA##

Com a participação da viúva de Paulo Freire, Ana Maria Freire, e da docente Bernardina Freire, a abertura do evento será realizada às 19h do dia 2 de dezembro, pelo YouTube, com a conferência "Educação e liberdade para o bem viver". Já na sexta-feira (4), o seminário contará com a participação de conferencistas da Universidade Lusófona, de Lisboa, e da Secretaria de Saúde do Rio Grande do Norte.

Durante o evento, haverá reuniões de grupos de trabalhos, oficinas, prêmios de fotografia, de vídeos e de projetos educativos, como também lançamentos de livros. Dúvidas sobre o seminário devem ser enviadas para o e-mail secampo2020@gmail.com.

LeiaJá também

--> Semana da Execução Trabalhista inicia nesta segunda (30)

O Tribunal Superior do Trabalho anunciou, nesta segunda-feira (30), o início da abertura da Semana Nacional da Execução Trabalhista. O momento será transmitido por meio do canal no YouTube. A iniciativa é promovida anualmente pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), em parceria com os 24 Tribunais Regionais do Trabalho. 

 A transmissão traz o slogan: “O Seu Direito São Pode Esperar”, e segue até o dia 4 de dezembro. O evento contará com a participação da presidente e do vice-presidente do CSJT e do TST, ministra Maria Cristina Peduzzi e ministro Vieira de Mello Filho, do corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Aloysio Corrêa da Veiga, e do coordenador geral da Comissão Nacional de Efetividade da Execução Trabalhista (Cneet), ministro Cláudio Brandão.

##RECOMENDA##

Além disso, as atividades envolvem audiências de conciliação na fase de execução, leilão nacional unificado e ações específicas dos Núcleos de Pesquisa Patrimonial para busca de ativos de devedores e apoio ao trabalho de pesquisa das varas do trabalho.

No dia 4 de dezembro, às 14h, serão apresentados os resultados preliminares apurados. As ações da semana nacional são voltadas para solucionar os processos em que os devedores não pagaram os valores reconhecidos em juízo. Com a ação conjunta de magistrados, servidores e outros profissionais, a Justiça do Trabalho busca, por meio da penhora de bens, da realização de audiências de conciliação e da promoção de leilões, dar fim aos processos com dívidas trabalhistas pendentes. As informações são da assessoria de imprensa do órgão.

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, nesta segunda-feira (30), o edital da edição 2021.1 do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), programa do Governo Federal para financiamento de cursos de graduação em instituições de ensino superior privadas, no Diário Oficial da União. De acordo com o documento, poderão participar estudantes que participaram do Enem a partir de 2010 com nota maior que 5, nota de redação maior que zero e também renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos.

Inscrições

##RECOMENDA##

As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet, através do site do Fies, e os estudantes também deverão fazer o Login Único criando uma conta no site do Governo Federal, caso seja o primeiro acesso, ou fazer login com o número de seu CPF e senha cadastrada. Depois, os candidatos às vagas devem acessar o FiesSeleção para continuar o processo de seleção prestando as informações necessárias. O cronograma de inscrição será divulgado no edital SESu/MEC referente ao processo seletivo Edital SESu.

Os inscritos serão classificados dentro das vagas por grupo de preferência e por curso/turno/local de oferta/instituição de ensino, seguindo critérios de prioridade. Em caso de notas idênticas, a maior nota na redação é o primeiro critério, seguido da maior nota em linguagens, depois matemática, ciências da natureza e ciências humanas. 

Após a seleção e divulgação das listas de aprovados, os estudantes contemplados pelos financiamentos (pré-selecionados) precisam complementar suas inscrições através do site do Fies para a contratação do crédito. Os trâmites com a instituição financeira, segundo o edital, poderão ser feitos digitalmente, “desde que os meios para envio e recebimento de documentos digitalizados sejam amplamente divulgados aos estudantes, pela instituição e pelo agente financeiro”. 

Lista de Espera

Candidatos que não forem pré-selecionados constarão na lista de espera para seleção de candidatos a vagas que eventualmente não sejam preenchidas na fase de complementação de inscrições. 

Os candidatos somente poderão ser pré-selecionados em lista de espera à medida que haja vagas disponíveis nos grupos de interesse e nos cursos desejados ou no prazo que será determinado no edital SESu. O resultado será divulgado no site do Fies e é importante frisar que a participação na lista de espera não garante a classificação, apenas sua expectativa. 

LeiaJá também

--> Governo prorroga prazo para renovação de contratos do Fies

--> Fies: último dia para se inscrever nas vagas remanescentes

A UNINASSAU - Centro Universitário Mauricio de Nassau Recife promove entre os dias 1º e 4 de dezembro promove aulões para a segunda fase da Ordem do Advogados do Brasil (OAB). Evento acontece de forma gratuita e os interessados devem se inscrever pelo site extensao.uninassau.edu.br.

Serão abordados assuntos das seguintes áreas: direito do trabalho, direito civil, direito tributário e direito penal. A 2ª fase do XXXI Exame de Ordem Unificado está prevista para o dia 06 de dezembro, após alterações devido à pandemia. A etapa corresponde à prova prático-profissional com duração de cinco horas.

##RECOMENDA##

"Os aulões preparatórios são ferramentas para qualificar, preparar a comunidade e, também, permitir o acesso a professores qualificados e com vasta experiência", explica a coordenadora do curso de Direito, Maria Amélia Calado.

Para realizar a inscrição, é necessário acessar o site extensao.uninassau.edu.br, selecionar o estado de Pernambuco e a cidade de Recife.

*Da assessoria de imprensa

Nesta segunda-feira (30), os discentes da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) matriculados no segundo Período Letivo Excepcional (PLE) começarão as aulas no formato remoto. As matrículas se encerraram na última quinta-feira (26).  O segundo PLE 2020.4 da instituição (Resolução nº 185/2020 - CEPE/UFRPE) durará 10 semanas, tendo previsão de término para o dia 26 de fevereiro de 2021.

A partir desta segunda (30), até o dia 2 de dezembro, serão feitos os reajustes de matrículas pelas coordenações dos cursos de graduação - porém somente para os casos necessários. Em seu site, a instituição recomenda que o estudante acompanhe nos canais de comunicação da universidade e de seu curso outras informações importantes acerca do retorno das aulas na modalidade remota.

##RECOMENDA##

Para outros eventos do calendário acadêmico 2020.4 da UFRPE, acesse este link.

LeiaJá também

--> UFPE: PET Geografia realiza evento a partir de segunda

A partir desta segunda-feira (30), o Programa de Educação Tutorial (PET) Geografia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) inicia o ciclo de palestras da 10ª edição do evento Meio Ambiente em Foco (MAF), que traz o tema “Os (des)casos ambientais brasileiros”. O evento é gratuito e as inscrições podem ser realizadas neste link

O evento, que disponibilizará certificado aos inscritos, será transmitido pelo canal do PET Geo UFPE no Youtube. Ao todo, serão realizadas quatro palestras, que começam sempre às 19h.

##RECOMENDA##

Na segunda-feira (30), o tema da palestra será: “Eixo área urbana e educação ambiental – Educação ambiental e sociedade: Um olhar biogeográfico sobre áreas urbanas”, ministrada pelas docentes Talitha de Vasconcelos e Maria Lourdes Buril. No dia 2 de dezembro, será discutida a temática: “Eixo meio-ambiente e desenvolvimento – Estado, agronegócio e meio ambiente: políticas, territoriais e (des)envolvimento brasileiro” pelos professores Romualdo Pessoa Filho e Mônica Cox Pereira.

No encontro do dia 7 de dezembro, será debatido o assunto: “Eixo petróleo no litoral nordestino – O problema esquecido do derramamento de petróleo no litoral nordestino”, com Marizélia Alves e Taise Lopes. No último dia do evento, 9 de dezembro, será discutido o tema: “Eixo Covid-19 – Análise interdisciplinar sobre a pandemia da Covid-19”, com a participação da enfermeira Rafaela Gomes de Sá e dos docentes Cristiana Duarte e Bruno Severo.

Bianual, o evento integra a história de mais de 30 anos do PET, possuindo geralmente uma estrutura maior, com submissão de trabalhos e publicações em anais/e-books. Segundo a assessoria da UFPE, os organizadores explicam que por causa da pandemia, no entanto, “ficou impossível realizar o evento no modelo anterior. Por isso, foi adaptado para um ciclo de palestras”.

Mais informações podem ser obtidas pelo perfil no Instragram e pelo e-mail petgeoufpe@gmail.com do PET.

Com informações da assessoria

LeiaJá também

--> Polícia Civil: seleção com 301 vagas tem edital retificado

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) publicou a retificação do concurso público da Polícia Civil do estado do Rio Grande do Norte (RN). De acordo com o edital, as inscrições que seriam iniciadas nesta sexta-feira (27) só poderão ser efetuadas no período de 2 a 21 de dezembro. A alteração foi anunciada no mesmo dia que as inscrições seriam abertas. 

O processo seletivo oferece 301 vagas, sendo 230 para o quadro de agente, 47 para o cargo de delegado e 24 para o quadro de escrivão. Todas as oportunidades são de substitutos e exigem nível superior. O salário oferecido varia de R$ 4.731,91 a R$ 16.670,59. 

##RECOMENDA##

O método de seleção será composto por prova escrita objetiva, de caráter eliminatório e classificatório; prova escrita discursiva, de caráter eliminatório e classificatório; teste de aptidão física, de caráter eliminatório; avaliação psicológica; de caráter eliminatório. A prova objetiva está prevista para ser aplicada no dia 7 de março de 2021. 

Para mais informações, acesse o site da banca organizadora do certame

Em dezembro, no dia 19, um passeio pelas ruas da cidade do Recife promete rememorar episódios históricos importantes, relacionados a temas cobrados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A aula de campo foi idealizada pelo professor de geografia e atualidades Benedito Serafim, do preparatório ‘Os Caras de Pau do Vestibular’.

Gratuita, a programação contará, além do professor Benedito, com professores de história, a exemplo de Marlyo Alex. Durante a caminhada, docentes “encarnarão” personagens históricos para ilustrar, diante dos participantes, fatos relevantes do passado recifense. “Quem dará aula serão os personagens históricos, ou seja, nós professores vamos encarnar Duarte Coelho, Nassau, Domingos José Martins, General Abreu e Lima, Arraes e Chico Science”, explicou Serafim.

##RECOMENDA##

O ponto de partida é a sede do preparatório, situada na Rua Corredor do Bispo, 90, no bairro da Boa Vista, área central do Recife. No roteiro, há vias marcantes, como a Ponte Duarte Coelho, Palácio do Campo das Princesas e a Torre Malakoff.

O evento é aberto ao público, que deve usar máscaras e álcool gel como proteção contra a Covid-19. Em breve, no Instagram da isolada 'Humanas Interno', será divulgado o horário da programação.

Nesta sexta-feira (27), o secretário de Educação e Esportes de Pernambuco, Fred Amancio, entregou ao Conselho Estadual de Educação de Pernambuco (CEE), o Currículo de Pernambuco do Ensino Médio. O documento norteará as práticas pedagógicas em todas as etapas de ensino nas unidades de educação básica do Estado. 

A entrega foi realizada na sede do CEE, no Recife, com a presença do presidente do Conselho, Antônio Henrique Habib Carvalho, da vice-presidente do CEE e articuladora da construção base nacional da base curricular do novo Ensino Médio, Gisele Muniz. 

##RECOMENDA##

Segundo a Secretaria de Educação, o novo currículo “foi elaborado com a participação de toda a comunidade escolar por meio de formações em escolas públicas e privadas de todo o estado”, priorizando “o debate com os profissionais de educação e o respeito às identidades culturais, políticas, sociais e econômicas das diferentes regiões de Pernambuco”. 

Mudanças

Uma vez aprovado o novo texto, a jornada do ensino médio passará para 3 mil horas, sendo até 1.800 para vivência de competência e habilidades previstas na Base Nacional Curricular Comum (BNCC) e outras 1.200 em Itinerários Formativos, promoção da integração, interdisciplinaridade e contextualização entre áreas do conhecimento. 

O presidente do CEE, Antônio Henrique Habib Carvalho, se comprometeu a trabalhar para uma rápida aprovação do novo currículo. “De imediato, criaremos uma comissão para que ela possa trabalhar o mais rápido possível e dar uma resposta para que esse documento ele seja implementado de acordo com a necessidade que o estado de Pernambuco precisa”, declarou o presidente.

Para a secretária executiva de Desenvolvimento da Educação, Ana Selva, o novo currículo coloca a educação como direito humano e busca fortalecer uma sociedade igualitária e democrática. “Estamos muito felizes de estar entregando neste momento o fruto de um longo período de discussão coletiva com os professores do estado de Pernambuco. Contamos com a participação de um time de professores que tiveram a oportunidade, além da consulta pública, de estar participando de forma online dos seminários durante o isolamento social”, comentou.

Já o secretário de Educação, Fred Amancio, se disse feliz com a apresentação do documento pois, para ele, o novo currículo “epresenta um passo importante na implementação do novo ensino médio, e foi um trabalho desenvolvido ao longo de todo o ano com a participação de muitas pessoas, várias instituições, professores e estudantes, que contribuíram em todo o processo. Ficamos muito contentes e satisfeitos”.

Com informações da assessoria da SEE

LeiaJá também

--> Sesi-PE prorroga inscrições para o Novo Ensino Médio

A Imagem Geosistemas, empresa do setor de sistemas de informações geográficas, promove o seu Programa Trainee 2021. As inscrições podem ser realizadas até o dia 23 de dezembro, por meio do site da seleção.

Os candidatos aprovados começarão no programa no dia 17 de fevereiro de 2021. De acordo com a assessoria, a empresa teve a primeira experiência com esse tipo de seleção no ano de 2014, quando desenvolveu o programa Jovens Talentos, em que muitos dos profissionais que o integraram, seguiram carreira na instituição.

##RECOMENDA##

“Nosso objetivo é aprimorar o que foi realizado no passado, aliando qualificação técnica e avaliação de performance em um ambiente que dá aos participantes a oportunidade de trabalhar com especialistas e as principais tendências do segmento de tecnologia Geoespacial”, afirma a diretora executiva da Imagem Geosistemas, Ana Cláudia Fagundes Brum, segundo a assessoria da entidade.

A carga horária do programa terá treinamentos técnicos, projetos multidisciplinares e formação comportamental. A instituição foi certificada pelo Great Place to Work. “Na Imagem Geosistemas, a identificação com a nossa cultura e o aprimoramento de competências comportamentais são igualmente importantes para que estes profissionais se integrem ao time e tenham uma experiência positiva de trabalho”, assegura Brum.

Os profissionais serão acompanhados pela área de recursos humanos e por gestores de diferentes setores da instituição no decorrer de todo o processo. Durantes os 12 meses do programa, mentores orientarão os trainees no job rotation e na jornada de aprendizado e desenvolvimento. “A formação comportamental nos ajuda a conhecer a fundo as aptidões de cada um deles, a descobrir em quais áreas eles têm mais talento, afinidades e mais recursos internos”, diz a profissional de recursos humanos encarregada de implantar o programa, Daniela Miranda Suto, segundo a assessoria.

Os trainees terão aulas EaD com conteúdo desenvolvido pela Esri no decorrer do programa. “É uma formação direcionada para um conhecimento aprofundado sobre o sistema GIS mais utilizado no mundo, o ArcGIS”, finaliza Ana Brum.

Podem se inscrever no programa profissionais do segmento de tecnologia graduados a partir de 2018, assim como quem estiver fazendo mestrado, doutorado ou especialização na área, contanto que sua graduação tenha terminado a partir de 2016.

Análise curricular é uma das etapas do processo seletigo. Mais informações podem ser obtidas no site da Imagem Geosistemas.

A educação é uma área considerada importante para grande parte da população e sua gestão passa pela escolha eleitoral, quando decidimos quem estará à frente de cargos das casas legislativas e do poder executivo, como prefeituras, câmara de vereadores, governos dos estados e federal. Isso se torna ainda mais forte quando falamos de educação pública.

Diante do fato e com a aproximação da data do pleito do segundo turno das eleições municipais de 2020, que são realizadas em meio a uma pandemia de Covid-19 que impôs enormes desafios no setor educacional, torna-se especialmente importante pensar nas propostas de cada candidato para a área. Pensando em auxiliar o eleitor recifense que voltará às urnas no domingo (29), após uma campanha acirradíssima para decidir se a capital de Pernambuco será comandada pela petista Marília Arraes ou pelo candidato do apoiado pela atual gestão, João Campos, do PSB, o LeiaJá preparou uma reportagem reunindo as principais propostas de ambos para a educação da cidade pelos próximos quatro anos. 

##RECOMENDA##

João Campos (PSB)

Em texto encaminhado por sua equipe de assessoria de comunicação, o candidato a prefeito João Campos afirmou que enquanto estiver na vida pública, a educação será sua prioridade “e prioridade é mais do que discurso”. Nas palavras dele, a área será colocada “no orçamento, na agenda do prefeito”. 

Além de destacar ações desenvolvidas em sua vida pública como deputado federal, o candidato apresentou como propostas a alfabetização de crianças e criação de programas para criar vagas para estudantes que possam se tornar mão de obra para o Porto Digital. 

“Em Brasília, fui um dos fundadores da Comissão Externa que Fiscalizou o MEC, membro da Comissão de Educação, um dos autores do Projeto de Lei que propõe a reformulação do ensino técnico no Brasil e, enquanto candidato a prefeito, já assumi o compromisso de dobrar o número de creches no Recife. Além disso, vou criar as condições para alfabetizar na idade certa todas as crianças até os 7 anos de idade. Fechando este tripé, que fará a educação dar um salto de qualidade para figurar entre as primeiras do Brasil, vamos criar o Embarque Digital. O programa disponibilizará 500 vagas por ano para cursos voltados às demandas do Porto Digital”, afirmou o candidato ao LeiaJá por meio de nota.

Em seu plano de governo, que pode ser conferido na íntegra, o pessebista alega que “novas frentes devem ser abertas para garantir, por exemplo, a implantação de espaços para atividades específicas com crianças, priorizando a atenção especial para deficiência ou limitação motora e cognitiva”.

O candidato elogia a gestão dos últimos oito anos, afirmando que “a estratégia posta em prática na educação municipal foi o início de uma intensa mudança de padrão da infraestrutura e pedagógico". "Os principais desafios apontam para a universalização das oportunidades de educação de qualidade para todos, com atenção especial à primeira infância”, acrescenta o filho de Eduardo Campos.

Assim, inicia um discurso pautado na ideia de continuidade e aprimoração. “Implica continuidade de projetos e programas já implantados, mas garantir outros avanços inadiáveis na qualidade do processo de aprendizagem, das práticas e métodos pedagógicos e de ambiente educacional adequado, com valorização dos profissionais da educação e do desempenho escolar. Para que a rede possa estimular habilidades de enfrentar desafios, trabalhar em grupo de forma motivadora e lidar com equilíbrio e resiliência para resolver problemas. Para exercer uma cidadania consciente, ativa e responsável”, diz o plano de governo, sem dar mais detalhes sobre as políticas públicas planejadas para implementar as ideias propostas.

No que diz respeito à educação para o trabalho, o candidato propõe “estruturação de espaços para organização de cooperativas nas regiões da cidade, orientando a oferta de cursos profissionalizantes e formação empreendedora para as demandas registradas e reorganizando a rede existente para integração com todo o sistema de geração de oportunidades de emprego”.

Marília Arraes (PT) 

A respeito da educação, o programa de governo da candidata a prefeita do Recife pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Marília Arraes, começa falando sobre os desafios da atual conjuntura da cidade, expressando o desejo de promover “a educação pública, gratuita, de qualidade, laica e livre de censuras”. 

Como exemplos de boa gestão anterior na educação, a candidata cita “políticas públicas implantadas nos governos do presidente Lula e da presidenta Dilma, que estão presentes aqui no Recife". "Programas e investimentos desenvolvidos, tais como: (...) O  [programa] de Acesso ao Ensino Técnico e emprego (Pronatec), o da Universidade para todos (Prouni), a criação da Farmácia Popular, o Piso Nacional de Educação”, consta no plano de governo.

Sobre as propostas para um eventual mandato como prefeita, a candidata fala que a “democratização do acesso aos bens culturais será um vetor de combate às desigualdades”. “No nosso governo, os territórios periféricos vão receber atenção redobrada no estabelecimento das políticas de cultura. Incentivaremos as atividades culturais e suas interfaces com a educação, o turismo, o meio ambiente, a saúde e o esporte e o lazer, criando e executando projetos envolvendo várias secretarias, entendendo a cultura como um tema transversal”, diz o plano.

Sem mais detalhes práticos sobre a maneira como as ideias seriam implementadas, Marília também diz, em seu plano de governo, que sua gestão “garantirá o direito ao acesso da população, de todas as idades, ao esporte e lazer em seus bairros e comunidades, onde as escolas municipais terão um papel fundamental”. 

O LeiaJá solicitou entrevistas a ambos os candidatos para detalhar mais suas ideias para a educação, mas não foram concedidas, sob o argumento de que suas agendas de campanha estavam lotadas.

LeiaJá também

--> Movimentos por moradia apoiam eleição de Marília Arraes

--> Presidente do PT-PE reage e chama João Campos de imaturo

--> Marília Arraes é notificada em processo por improbidade

--> Aos gritos, João Campos é expulso de comunidade do Recife

A Fundação Lemann, Itaú Social e Imaginable Futures divulgaram, nesta sexta-feira (27), uma pesquisa encomendada ao Datafolha na qual aponta que no Nordeste, 47% das famílias estão participando mais da educação dos estudantes durante a pandemia de Covid-19. Conforme o levantamento, a relação da família com a escola é priorizada no combate ao abandono escolar, que é temido por 35% dos responsáveis pelos estudantes desta região.

“Famílias estão acompanhando mais de perto o ensino para seus filhos e valorizando o papel central do professor. São transformações que vêm para dar mais força a iniciativas de valorização da profissão docente, assim como da parceria família-escola”, explica, em nota, a gerente de Pesquisa e Desenvolvimento do Itaú Social, Patricia Mota Guedes.

##RECOMENDA##

A pesquisa aponta que, no Brasil, 71% dos responsáveis pelos estudantes estão valorizando mais o trabalho desenvolvido pelos professores e 94% consideram muito importante que os docentes estejam disponíveis para correção de atividades e esclarecimento de dúvidas durante as aulas não presenciais. Para as famílias do Nordeste, 68% consideram que as aulas remotas foram eficientes no aprendizado dos estudantes. A média nacional foi de 64%.

Em relação ao acesso aos conteúdos escolares, 89% receberam atividades, sendo 28 pontos a mais do que na primeira onda da pesquisa, realizada em março. A média nacional é de 92%. Por outro lado, o mapeamento mostrou os principais desafios que devem ser enfrentados de agora em diante.

Os estudantes do Nordeste estão menos motivados para realizar as atividades em casa. Em maio, 43% se sentiam desmotivados, agora, são 47%. A percepção das dificuldades de estabelecer uma rotina de aprendizagem em casa passou de 58% para 63%. Também para 28%, o relacionamento em casa piorou após o início das atividades remotas.

O diretor executivo da Fundação Lemann, Denis Mizne, pontua que a preocupação dos pais com uma possível desistência da escola pelos estudantes é um alerta para toda a sociedade. “A evasão e o abandono escolar não são um evento pontual, mas algo que terá reflexo sobre o estudante, sobre sua família e sobre a sociedade como um todo, aumentando ainda mais a desigualdade. Toda a sociedade deve estar engajada para evitar que o estudante desista da escola”, diz, por meio de nota.

Ainda segundo a pesquisa Datafolha, há outro retrato mais abrangente da pandemia, para além de aspectos diretamente relacionados à educação, como, por exemplo, a perda das refeições importantes que os alunos em situação vulnerável faziam nas escolas. Para 52% das famílias do Nordeste, a falta de refeição que os estudantes faziam na escola está pesando no orçamento, indicando o maior índice no País. A média nacional é de 42%.

Páginas

Leia Concursos

Procure os
Concursos

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando