Cultura

| Música

[@#video#@]

O Cinza é a banda musical do Som Pará, da TV UNAMA, nesta quinta-feira (19). No programa, a banda falou sobre o início da carreira e seus sucessos autorais.

##RECOMENDA##

Para quem ainda não acredita que amizades de escola duram a vida toda, está aí mais uma prova. A banda foi criada em 2016, pelos colegas que estudavam na mesma escola e resolveram se expressar através da música.

O projeto deu certo e a banda conquistou os fãs que curtem rock indie e MPB, que são as influências musicais. Formada por seis jovens, O Cinza tem dois EPs gravados.

O programa Som Pará, da TV UNAMA, abre espaço para que os artistas e bandas paraenses possam divulgar seus trabalhos para o público. As gravações são ao vivo, nos estúdios da TV UNAMA ou em uma área externa do campus Alcindo Cacela, em Belém. A primeira temporada, com 38 programas, está disponível no canal do Youtube do LeiaJá. Esta é a segunda temporada, que vai ao ar às quintas e sextas-feiras, sempre às 19 horas.  

[@#video#@]

A banda Pin Up é quem anima o programa Som Pará, da TV UNAMA, nesta sexta-feira (20). Composta pelo baterista Adevaldo Fonseca e os irmãos Ingrid e Hugo Lima, o grupo musical falou da carreira e dos sucessos autorais.

##RECOMENDA##

Rock and roll é o ritmo principal que a banda toca, principalmente o de garagem. Mas outras sonoridades também fazem parte dos repertórios, como punk, pós-punk, blues e MPB.

A ideia inicial era que o nome da banda fosse Pinups, que seria formada por três mulheres e um homem, mas fechou em Pin Up. Os membros se consideram uma família e dizem que ensaios e apresentações ocorrem de forma descontraída e natural.

Com influências musicais de Cazuza, The Cure, Legião Urbana, The Cramps e Renato Russo, a banda produz sons que alegram os fãs que curtem esses hits. As letras das composições falam do homem na sociedade, de questões políticas e existenciais.

O programa Som Pará, da TV UNAMA, abre espaço para que os artistas e bandas paraenses possam divulgar seus trabalhos para o público. As gravações são ao vivo, nos estúdios da TV UNAMA ou em uma área externa do campus Alcindo Cacela, em Belém. A primeira temporada, com 38 programas, está disponível no canal do Youtube do LeiaJá. Esta é a segunda temporada, que vai ao ar às quintas e sextas-feiras, sempre às 19 horas.

Após passar por São Paulo, Rio de Janeiro e México, Daniel Boaventura chega ao Recife com o show de seu novo DVD gravado em Moscou, From Russia With Love (Da Rússia com amor). Serão duas apresentações, nos dias 1° e dois de novembro, no Teatro RioMar. 

Lançado em julho, o DVD foi gravado no Moscow International House of Music, na Rússia. Daniel foi acompanhado por 70 músicos do Moscow Symphony/Russian Philharmonic Orchestra para executar um repertório repleto de clássicos da música mundial em vários idiomas. 

##RECOMENDA##

Nos shows do Recife, o cantor mostra parte desse repertório que conta com músicas como Unchained Melody, Just the way you are, Dancing queen, Never can say goodbye, Last dance, Corazón Espinado e Fascinação, entre outras. 

Serviço

Daniel Boaventura

1° e 2 de novembro - 21h

Teatro RioMar (Av. República do Líbano, 251 - Pina)

R$ 70 a R$ 200

Neste domingo (22), o Recife recebe o primeiro show da turnê internacional de Bon Jovi. O astro americano se apresenta no Estádio do Arruda e, antes dele, quem sobe ao palco é a também americana Goo Goo Dolls. O público vai encontrar uma grande estrutura para assistir ao espetáculo e, também, algumas proibições, como câmeras profissionais, mochilas e até jornais e revistas.

Segundo a assessoria do evento, a lista de itens proibidos atende à normas de segurança praticadas em shows internacionais. São proibidos na área do show quaisquer objetos que possam causar risco, dano ou importunação como objetos que possam causar ferimentos, fogos de artifício, bandeiras e faixas com mastro, capacetes de motos, correntes, cinturões e pingentes, roupas ou acessórios pontiagudos e drogas ilegais. 

##RECOMENDA##

Além disso, não será permitida a entrada de fãs com câmeras fotográficas ou filmadoras profissionais, go-pro ou similares e tablets. Outros itens como cartazes de qualquer tipo, lasers, animais, exceto cães guias, cadeiras, buzinas de ar, mochilas maiores que 20x30 cm, papel em rolo, jornais e revistas também estão na lista. 

Os portões do Estádio do Arruda serão abertos às 15h30 para que o público possa entrar com antecedência e garantir seu lugar. O show da banda Goo Goo Dolls começa às 19h15 e, às 20h30, Bon Jovi sobe ao palco para começar sua apresentação. Um esquema de transporte especial, com ônibus saindo de alguns shoppings da cidade, também foi montado para garantir a comodidade do público. 

O Manhattan Café Theatro será palco para a comemoração dos 60 anos do grupo Renato e Seus Blue Caps. Em duas noites de shows, nesta sexta (20) e sábado (21), os cariocas relembram o melhor da Jovem Guarda durante a celebração. Os Garçons Cantores abrem a casa nos dois dias. 

Em uma longa carreira ininterrupta, Renato e Seus Blue Caps imortalizaram diversos clássicos. Nos shows comemorativos, eles relembram alguns deles como Menina Linda, Não te esquecerei, Dona do meu coração, Não me diga adeus, Meu bem nao me quer e Até o fim. 

##RECOMENDA##

Serviço

Renato e Seus Blue Caps

Sexta (20) e Sábado (21) - 21h

Manhattan Café Theatro (Rua Francisco Cunha, 881 - Boa Viagem)

R$ 120

 

Luísa Sonza lançou nesta sexta-feira (20) o clipe ‘Cavalgada’, em parceria com o grupo Heavy Baile. O vídeo traz MC Tchelinho, membro do grupo, comandando um banquete no qual a cantora dança muito. Assista:

[@#video#@]

##RECOMENDA##

‘Cavalgada’ não faz parte do seu álbum lançado em junho, o Pandora. A cantora já lançou clipes das músicas Fazendo Assim, Garupa, Eliane e Pior Que Possa Imaginar.

Por Suellen Elaine

Compositores, músicos e intérpretes têm até a próxima sexta (20) para inscrever canções no Festival Nacional do Frevo, promovido pela Prefeitura do Recife. É neste dia que se encerram as inscrições para o concurso que tem como objetivo cooperar para a salvaguarda e renovação do frevo, gênero musical que é patrimônio cultural imaterial da humanidade.

Ao todo, serão distribuídos R$ 104 mil de premiação entre os vencedores. Os concorrentes disputam em quatro categorias: Frevo de Rua, Frevo de Bloco, Frevo Canção e Frevo Livre Instrumental - Autoral. Os prêmios variam de R$ 6 mil a R$ 10 mil. As eliminatórias acontecerão nos dias 22 e 23 de novembro.

##RECOMENDA##

As inscrições devem ser feitas pela internet no site do festival. Podem se inscrever quaisquer compositores, desde que residentes em território nacional há pelo menos cinco anos. Cada candidato pode fazer somente uma inscrição por categoria e somente músicas inéditas serão habilitadas a concorrer.

 

Na próxima sexta (10) e sábado (21), 10 bandas autorais de Pernambuco se apresentam na seletiva Let's Play. Dessa seleção sairão dois nomes que vão integrar a programação do festival Rec'n'Play. Entre os classificados, estão nomes como Triinca, Saga HC, Avoada, Plugins e Lady Laay. Os shows acontecem no Apolo 17. 

Ao todo, o Let's Play recebeu 106 inscrições de artistas e bandas, número superior à edição 2018. Desses, foram escolhidos 10 que se apresentam, nesse fim de semana, em duas noites. São eles: Avoada, Cabide, Buffalo Lecter, Lady Laay, Triinca, Saga HC, Matheus de Bezerra e os Astronautas, Plugins, Lucas Sang e Semente de Vulcão. Os objetivos do concurso são dar visibilidade à cena musical local além de contribuir para a renovação da música pernambucana. 

##RECOMENDA##

As duas bandas vencedoras dessa seletiva vão fazer parte da programação musical do Rec'n'Play, que acontece entre os dias dois e cinco de outubro, no bairro do Recife. Elas ficarão responsáveis por abrir os shows no palco principal do evento que em 2019 promove sua terceira edição. 

Programação

Sexta (20)

Semente de Vulcão

Avoada

Lady Laay

Cabide

Plugins

Sábado (21)

Matheus

Lucas Sang

Triinca

Bufallo Lecter

Saga HC

Serviço

Let's Play

Sexta (20) e sábado (21) - 20h

Apolo 17 (Bairro do Recife)

Gratuito

 

Michelle Melo encarna a 'dona' do pop Madonna em sua nova turnê que estreia no próximo sábado (21), na festa Brega Naite. Na 'MMDNA Tour', a rainha do brega pernambucano encarna a diva americana em um espetáculo que mistura ritmos e referências além de ter o objetivo de homenagear a artista internacional.

A ideia surgiu após Michelle Melo ter recebido o título de 'Madonna Pernambucana', da apresentadora e atriz Regina Casé. Tendo sido a cantora americana uma importante influência na trajetória de Michelle, ela decidiu criar um show para homenagear sua ídola. Em MMDNA Tour, a rainha do brega explora as semelhanças entre as duas artistas, abusa dos figurinos e passa por uma transformação indo do pop até chegar ao brega.

##RECOMENDA##

O repertório promete surpresas, com grandes clássicos da carreira de Michelle, releituras de músicas nacionais e, também, do brega. Michelle estreia sua turnê no palco da festa Brega Naite, que também recebe A Favorita, Dadá Boladão e Eduarda Alves. 

Serviço

MMDNA Tour

Sábado (21) - 22h

Catamaran (Forte das Cinco Pontas)

R$ 80 e R$ 140

 

Olinda está ganhando mais um espaço artístico. Nesta sexta (20), o Quintal Cultural abre as portas para os turistas e moradores da cidade com uma noite de estreia recheada de afoxé, coco e forró.

Para animar a primeira noite de festas, o Quintal Cultural escalou grupos que trabalham com alguns dos mais tradicionais ritmos pernambucanos. Entre eles, Mestre Pessoa, com seu ijexá, Coco da Liberdade, com a participação da dupla Damas de Lá, e o Trio Os Bonecos, que garante o forró para o público dançar. 

##RECOMENDA##

Serviço

Abertura do Quintal Cultural

Sexta (20) - 20h

Rua Henrique Dias, 118 - Varadouro

Gratuito

O novo show de Alceu Valença “Amigo da Arte" reúne canções do cantor e compositor pernambucano e suas referências na literatura, poesia, filosofia, nas artes em geral.

O novo show reúne canções que ressaltam o diálogo entre a obra do cantor e compositor pernambucano e suas referências na literatura, poesia, filosofia, nas artes em geral. Alceu se apresentará ao lado de Paulo Rafael (guitarra), Tovinho (teclados), André Julião (sanfona), Nando Barreto (baixo) e Cássio Cunha (bateria).

##RECOMENDA##

Os ingressos estão à venda a partir de R$ 60 na bilheteria do teatro, nas lojas Ticketfolia, e no site da Evetim.

Serviço

Alceu Valença em "Amigo da Arte"

28 de setembro | 21h

Teatro Guararapes (Centro de Convenções de Pernambuco)

R$ 160 inteira e R$ 80 meia ( Plateia); R$ 120 inteira e R$ 60 meia (Balcão)

Informações: (81) 3182 8020

2019 é o ano de Taylor Swift! Após emplacar com o lançamento de Lover, seu mais novo álbum, a cantora anunciou uma turnê mundial e, de quebra, se mantém como vencedora em diversas premiações musicais. Porém, nem tudo é um mar de rosas e, em entrevista a Rolling Stone, a cantora abriu o jogo sobre questões e polêmicas que a acompanham ao longo dos anos, como sua briga com Kanye West, a relação com Katy Perry e até revelou que chegou a cogitar a possibilidade de desistir da carreira em 2016.

- Eu definitivamente pensei muito sobre isso. Eu pensei sobre o quanto as palavras são minha única maneira de entender o mundo e me expressar e aí qualquer palavra que eu dissesse ou escrevesse se virava contra mim. As pessoas adoram um frenesi de ódio. São como piranhas.

##RECOMENDA##

- As pessoas se divertiam tanto me odiando e nem precisavam de muitas razões para isso. Eu senti que a situação era totalmente incorrigível.

Ela revela que se sentiu muito amargurada e procurou refúgio na escrita.

- Eu escrevi muitos poemas agressivamente amargurados constantemente. Eu escrevi muitos pensamentos que eu sabia que nunca iria publicar, sobre como é se sentir na espiral da vergonha. E eu não conseguia descobrir como aprender com isso. Porque eu não sabia o que eu fiz de errado. Isso foi muito difícil pra mim, porque eu não suporto quando as pessoas não aceitam críticas.

Durante esse período, tentar se entender foi uma das tarefas mais difíceis para ela.

- Então eu tento me auto-examinar, e mesmo que seja difícil e doa muitas vezes, eu realmente tento entender de onde as pessoas estão vindo quando elas não gostam de mim. E eu consigo entender completamente por que as pessoas não gostariam de mim. Porque, você sabe, minhas inseguranças dizem essas coisas e outras mil vezes piores.

Em seguida, Taylor deu uma longa explicação sobre sua relação polêmica com Kanye West. Para ela, não foi somente a música Famous, composição dele em que ela é xingada, o motivo para a briga definitiva entre os dois. Na verdade, foi uma série de situações que o rapper não estava sendo completamente honesto em relação a amizade dos dois.

- O mundo não entendeu o contexto e os eventos que levaram até isso. Porque nada acontece assim, sem que algo tenha acontecido antes. Alguns eventos aconteceram antes e fizeram que eu me irritasse de vez quando ele me chamou de v***a. Esse não foi apenas um evento único. Basicamente, fiquei cansada da dinâmica entre ele e eu.

Ao falar do seu lado da história, Taylor conta que após o incidente durante o VMA de 2009, em que recebeu o prêmio de Melhor Clipe e Kanye se revoltou, declarando que quem merecia era Beyoncé, ela sentia a necessidade de ter uma aprovação por parte do rapper.

- Começou quando eu senti que havíamos nos reconectado, o que foi ótimo para mim, porque tudo o que eu sempre quis em toda a minha carreira depois do que aconteceu em 2009 foi que ele me respeitasse.

E continua:

- Quando alguém não te respeita e diz que você literalmente não merece estar aqui. Eu queria tanto esse respeito dele, e odeio isso, porque pensei: Esse cara está me antagonizando, e eu só quero a aprovação dele.

Taylor conta que ela e Kanye saíram para jantar algumas vezes e, durante aquele período, ele dizia coisas agradáveis sobre sua música. Porém, quando o VMA de 2015 chego, as coisas começaram a se complicar.

- Ele ia receber o Vanguard Award. Ele me ligou antes – eu não gravei ilegalmente então não posso te mostrar. Mas ele ligou, talvez uma semana antes do evento, e tivemos talvez mais de uma hora de conversa e ele disse: Gostaria que você me apresentasse esse prêmio, isso significaria muito pra mim, e analisou todas as razões pelas quais isso significaria tanto, porque ele pode ser muito gentil. Ele pode ser o mais doce. E eu fiquei muito feliz que ele me pediu isso.

Porém, no dia da premiação as coisas não fluíram da forma como Taylor esperava, já que Kanye alegou que seu discurso havia sido feito como uma jogada de marketing da MTV para gerar mais audiência.

- Eu estava na plateia com os braços em volta da esposa dele e esse arrepio correu pelo meu corpo. Eu percebi que ele tem duas caras. Que ele quer ser legal comigo nos bastidores, mas quer parecer maneiro, ficar na frente de todos e falar merda. E eu estava muito chateada.

Segundo ela, Kanye quis falar com ela após a premiação e até enviou flores como um pedido de desculpas.

- Ele queria que eu fosse falar com ele depois do evento no camarim. Eu não fui. Então ele enviou essas grandes flores no dia seguinte como pedido de desculpas. E eu fiquei: Quer saber? Eu não quero que fiquemos mal novamente. Então, seja o que for, eu vou superar. Aí quando ele me ligou, eu fiquei tão tocada por ele me respeitar a ponto de me falar sobre aquela letra na música.

Mas a relação dos dois foi de mal a pior.

- Quando ouvi a música eu pensei: Cansei disso. Se você não quer ter um bom relacionamento, então não vamos ter um bom relacionamento, mas vamos ser verdadeiros sobre isso. E depois ele fez exatamente a mesma coisa com Drake. Ele atacou diretamente a trajetória da família do Drake e suas vidas. É a mesma coisa. Ele se aproxima de você, ganha sua confiança, detona você, disparou.

Por fim, a cantora falou sobre sua amizade com Katy Perry e revelou que as duas até já conversaram sobre astrologia.

- Nós estávamos falando sobre nossos signos porque nós tivemos essa conversa realmente longa quando estávamos nos reconectando e tal. E eu lembro que, nessa conversa, ela ficou tipo: Se nós tivéssemos uma taça de vinho branco agora, as duas estariam chorando. Porque nós estávamos bebendo chá. Nós tivemos algumas conversas bem boas.

E finaliza:

- Demos um passo para trás, analisamos a situação, processamos como nos sentimos, erguemos o arco, puxamos para atrás e atiramos. Então são modos completamente diferentes de processar a dor, a confusão, os mal-entendidos. E muitas vezes eu tive que lidar com esse sentimento de ter algo que me machuca e depois dizer que me machucava.

A viúva do funkeiro Mr. Catra revelou ter vivido uma experiência sobrenatural com o marido. Ela relatou um encontro no qual o espírito do cantor teria vindo visitá-la. Segundo Silvia Catra, esta foi a primeira vez que ela 'viu' Catra após sua morte em setembro de 2018.

A experiência foi contada em uma entrevista à jornalista Fábia Oliveira. Em seu relato, ela narra ter visto Mr. Catra em pé, ao lado de sua cama, trazendo-lhe palavras de conforto. "Ele agradeceu por estar cuidando da minha família e falou que está muito feliz porque estou tocando a carreira dos nossos filhos". Segundo a viúva, o marido quis tranquilizá-la afirmando que sempre estaria próximo para nunca deixar faltar nada à sua família.

##RECOMENDA##

Silvia disse, também, que nunca foi religiosa e que somente começou a frequentar a igreja evangélica quando Mr. Catra ficou doente. Ela disse que após o 'encontro' acordou sobressaltada sem ter certeza se teria sido um sonho, mas após acalmar-se se deu conta de que ter mesmo estabelecido um contato com a alma de seu marido falecido. "Nem acreditava que isso poderia acontecer. Eu estava muito triste por conta da saudade, um ano sem ele. Acho que ele queria me fortalecer". 

Já não é novidade que a Anitta gosta de se relacionar com meninos e meninos. Também é de conhecimento geral que a cantora gostava de convidar outras pessoas para os momentos íntimos junto ao ex-namorado, Pedro Scooby. O que teria sido revelado, agora, é a identidade de uma dessas convidadas para apimentar a relação de Anitta, ela seria uma de suas dançarinas, Ohana Lefundes. 

Segundo o jornal Extra, Ohana seria, na verdade, uma 'ficante' de Anitta e as duas já teriam se envolvido diversas vezes. Inclusive, no último domingo (16), elas teriam sido vistas aos beijos em uma boate carioca e Ohana seria a convidada preferida da cantora na hora de apimentar a relação com seu ex-namorado, Pedro Scooby. 

##RECOMENDA##

Ainda de acordo com a publicação carioca, uma fonte próxima revelou que Anitta e a dançarina "se pegam" há muito tempo. "Ohana era sempre chamada para esses encontros com Anitta e Pedro Scooby. Era quase um triângulo. Ela e Anitta já ficam há algum tempo e antes mesmo de a cantora namorar. As duas 'se pegam' e todo mundo sabe". 

 

Val Marchiori foi processada por Ludmilla por injúria racial, e obrigada a pagar dez mil reais para a cantora devido a um comentário polêmico feito durante o Carnaval de 2016. Na época, a socialite criticou o cabelo da funkeira, o comparando com uma esponja de aço. O processo ainda não está arquivado, já que Val decidiu recorrer.

Agora, em entrevista ao canal de YouTube de Antonia Fontenelle, Marchiori revelou que na semana seguinte ao comentário feito durante a cobertura do Carnaval feito pela Rede TV, ela tentou pedir desculpas a Ludmilla:

##RECOMENDA##

- No Carnaval, ela apareceu com uma peruca que era feia. Falei: Parece um bombril. Tava feio mesmo. Isso foi na sexta. No sábado e domingo seguintes eu fui pra Angra e encontrei com ela no mar. Fui pedir desculpa, mas ela virou de costas e saiu nadando.

Eita! E você acha que Ludmilla ficou calada? Nem pensar! A cantora repostou uma notícia sobre a fala de Val em seu Twitter e disparou:

Mas é claro que eu virei as costas, ela pediu pro marinheiro dela começar a filmar e me chamou, quando eu estava indo meus amigos me alertaram e eu voltei, segundos depois saiu a manchete no site (lembro perfeitamente) e ainda bem que não fui, desculpas com o telão ligado é mole.

E continuou:

E por ela ser rica e cheia de privilégios até hoje nada aconteceu, e ela debocha da situação em todo canto que vai até hoje.

Bruna Caram está na estrada levando, pela primeira vez, seu novo álbum para os palcos. A cantora e atriz se apresenta nesta sexta (20), no Teatro Apolo, no Recife, com a nova turnê de disco “Alívio”. O show acontece às 21h e os ingressos estão à venda a partir de R$20, no Sympla.

O repertório é composto pelas canções do novo disco “Alívio”, como “Gente de Bem” (Bruna e Lucas Caram), “Meu Perdão” (Caio Prado, líder do trio Não Recomendados), “Certas Canções” (Milton Nascimento e Tunai) e ainda outras com participações de Edy Trombone e Cimara Fróis.

##RECOMENDA##

Bruna Caram também canta músicas de sucesso dos álbuns anteriores como “Palavras do Coração”, “Quem Sabe Isso Quer Dizer Amor” (Lo Borges e Márcio Borges) e “Boa Companhia” (Bruna Caram e Roberta Sá), e as releituras de “Força Estranha” (Caetano Veloso), “O Que É O Que É” (Gonzaguinha) e “Cartomante” (Ivan Lins).

Serviço

Bruna Caram na Turnê “Alívio”

Sexta-feira (20) | 21h

Teatro Apolo (R. do Apolo, 121)

R$ 40 inteira; R$20 meia

Comemorando 60 anos de carreira, o cantor Roberto Carlos retorna ao Recife após dois anos de espera. A apresentação acontecerá no dia 7 de dezembro, no Classic Hall.

Assumindo o palco do Classic Hall, mesmo local da sua última apresentação na cidade, em 2017, o cantor fará uma apresentação especial para os pernambucanos. Repleto de emoções, e, claro, das suas rosas, o espetáculo reunirá os principais sucessos da sua carreira, além de relembrar épocas e histórias da sua trajetória.

##RECOMENDA##

Os ingressos para a apresentação na capital pernambucana começam a ser vendidos nesta segunda-feira (23) e custam a partir de R$ 150. À venda na bilheteria do Classic Hall, sem taxas adicionais, ou pelo site do Eventim.

Serviço

Roberto Carlos no Recife

7 de dezembro

Classic Hall ( Av. Gov. Agamenon Magalhães, S/N - Salgadinho, Olinda)

Cadeira Emoções (sem numeração, por ordem de chegada): R$ 150 (meia entrada) e R$ 300 (inteira); Mesa VIP: R$ 2.200, para 4 pessoas; Mesa Premium: R$ 2.400, para 4 pessoas; Camarote Superior, 3° piso: R$ 3.000, para 10 pessoas; Camarote Superior, 2º piso: R$ 3.500, para 10 pessoas; Camarote Superior, 1º piso: R$ 4.000, para 10 pessoas.

O grupo de rock irlandês U2 fará o primeiro show na Índia em 15 de dezembro em Mumbai, capital econômica do país, apresentação que concluirá a edição de 2019 da "Joshua Tree Tour", anunciou banda em seu site oficial.

"Celebramos por conectar Dublim com Mumbai", afirmou o baixista Adam Clayton em um comunicado.

##RECOMENDA##

"Temos as mesmas cores na bandeira", declarou o vocalista Bono à revista Rolling Stone India ao citar semelhanças entre Irlanda e Índia. "Mahatma Gandhi analisou a luta pela independência da Irlanda e alertou para a luta violenta".

"Nosso primeiro-ministro é médico, fez estágio em Mumbai e seu pai é de Mumbai", completou Bono, em referência ao chefe de Governo irlandês Leo Varadkar, cujo pai é indiano.

A "Joshua Tree Tour 2019", que celebra o famoso álbum de 1987 "The Joshua Tree", começará em 8 de novembro na Nova Zelândia e passará por Austrália, Singapura, Japão, Coreia do Sul e Filipinas antes de terminar na Índia, no estádio Dy Patil de Mumbai.

Trazendo seus sucessos e também novas canções, o cantor Jorge Vercillo chega ao Recife com a turnê “Nas Minhas Mãos”. O show marcado para o dia 27 de setembro, no Teatro Guararapes, antecipa o lançamento do álbum homônimo. Os ingressos já estão à venda.

No repertório, estão “Fantasias”, samba gravado em parceria com o cantor Thiaguinho; “Garra”, MPB/soft rock com crítica política gravada com Ronaldinho Gaúcho; e “Nas Minhas Mãos”, que dá nome ao disco; além das mais antigas “Você é Tudo”; “Avesso”; “Que Nem Maré”; “Final Feliz”; “Homem-Aranha” e “Monalisa”.

##RECOMENDA##

Os ingressos estão disponíveis na bilheteria do Teatro, nas lojas Ticketfolia e no site Evetim.

Serviço

Jorge Vercillo em “Nas Minhas Mãos”

27 de setembro | 21h30

Teatro Guararapes (Centro de Convenções de Pernambuco) 

R$ 184 inteira e R$ 92 meia (Plateia Especial); R$ 164 inteira e R$ 82 meia (Plateia Especial Lateral); R$ 154 inteira e R$ 77 meia (Plateia Alta Central); R$ 144 inteira e R$ 72 meia (Plateia Alta Lateral); R$ 104 inteira e R$ 52 meia (Balcão).

Informações: (81) 3182 8020

Com programação para enaltecer o Frevo, a Matinê do Maestro Oséas realiza um ensaio aberto gratuito neste domingo (22). O evento acontece no Clube Atlântico, em Olinda, às 16h.

A proposta do projeto é a promover e valorizar o Frevo que é patrimônio imaterial da humanidade. E contar a historia do Maestro Oseas, que aos 65 anos ainda realiza o evento, e toca desde os 16 anos pelas ladeiras do município.

##RECOMENDA##

Serviço

Matinê do Maestro Oséas

Domingo (22) | 16h

Clube Atlântico (Av. Sigismundo Gonçalves, 1002 - Carmo, Olinda)

Gratuito

Informações: (81) 98828-4975 / 98817-0833

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando