Cultura

| Moda

A cantora e atriz americana Jennifer López causou sensação nessa sexta-feira na passarela da Semana de Moda de Milão ao desfilar para a Versace, uma surpresa no encerramento do evento, que teve como inspiração a selva amazônica na passarela da marca Marni.

Com uma nova versão do icônico vestido de seda verde decotado que fez sucesso na cerimônia do Grammy do ano 2000, JLo demostrou seu poder para uma audiência que chegou à beira da histeria.

##RECOMENDA##

Foi um segredo guardado a sete chaves, que só começou a ser revelado quando a música da cantora tocou durante o desfile.

Antes, as famosas modelos Gigi e Bella Hadid, além de Kaia Gerber, desfilaram o mais puro estilo Versace dos anos 2000, com vestidos curtos e muito justos, lantejoulas e atitude sexy e decidida.

O evento de Milão mostrou também seu lado engajado com uma viagem ao Brasil em defesa da Amazônia, fonte de inspiração do intelectual e excêntrico estilista Francesco Risso, da Marni, que brincou com folhas de bananeira, flores e a exuberância tropical.

"Assim nasceu o projeto, em uma viagem que infelizmente terminou com os trágicos incêndios da floresta amazônica", disse o estilista no final de seu desfile.

"Estava comovido e queria falar sobre a urgência de proteger a natureza", disse.

Como uma mensagem a favor do resgate da floresta, a famosa marca reproduziu no desfile a selva, com árvores feitas de papelão e garrafas plásticas recicladas.

Os looks são feitos de algodão orgânico com tafetá de tecido reciclado. A energia da cor, um elemento forte nas coleções da Marni, é transmitida através de estampas quadriculadas, manchas e flores estilizadas, como pinturas abstratas realizadas por Risso e seus artistas.

"Na realidade pintamos enquanto estávamos nus por semanas", confessou o estilista.

Teatral, com estampas orientais da artista Lucia Pescador como pano de fundo, a marca Marras une duas ilhas muito diferentes, Japão e Sardenha, na Itália.

Como por magia, entre quimonos rosados e sedas, o espectador chega à Terra do Sol Nascente.

O desfile virou um espetáculo celebrado entre o público, com modelos desfilando entre os corredores e cadeiras, rompendo com os códigos do mundo da moda.

"Queria oferecer um espetáculo real, uma pausa no meio da semana de moda", disse à AFP o criador e diretor.

"Criar uma coleção é um trabalho que leva tempo e precisa também de tempo para ver, apreciar, observar, compreender", disse.

O universo exuberante e eclético do estilista foi acompanhado por uma trilha sonora com músicas japonesas.

A Semana de Moda de Londres abriu as portas este ano ao público em alguns desfiles, dando aos fashionistas a oportunidade de aproveitar um pouco da extravagância anual, embora o preço tenha inibido parte do público.

Ghila Evansky, 19, aguarda pacientemente em frente ao principal ponto de organização da Semana de Moda, no centro de Londres. A estudante, que veste um look clássico, prepara-se para mergulhar no turbilhão da moda contemporânea britânica.

##RECOMENDA##

O programa do dia de Ghila: desfile de Alexa Chung, exposição de jovens estilistas defensores do desenvolvimento sustentável e da diversidade, e debate entre personalidades da indústria.

Mas o que mais interessa a Ghila é o desfile. Ela gastou 275 euros no pacote VIP, que lhe garante um lugar na primeira fila. O preço inclui bebida, acesso a um salão privado e uma bolsa cheia de brindes. "Sempre quis fazer isto", diz, assinalando que admira Alexa Chung, "que trabalhava para a 'Vogue' e criou uma marca de roupas própria".

- A Internet mudou tudo -

Após estudar o assunto, a Semana de Moda de Londres decidiu abrir as portas ao público. Até 2 mil pessoas podem participar do evento, embora só tenham direito a assistir a uma determinada série de desfiles, que não inclui os principais, como as apresentações da Victoria Beckham ou Burberry.

"Estudávamos o assunto há várias temporadas", ampliar o público do evento, antes dedicado exclusivamente a profissionais do setor e celebridades", contou à AFP Stephanie Phair, presidente do British Fashion Council (BFC), que representa a indústria da moda britânica. "Na verdade, a internet mudou tudo."

Há anos, jornalistas e influenciadores transmitem ao vivo os desfiles, então "por que não deixar as pessoas participar e aproximá-las dos estilistas de quem compram as roupas"?, questionou Stephanie.

"As pessoas querem ter a experiência de presenciar um desfile, a magia que a moda provoca", comentou a executiva. Trata-se, também, "de ajudar as marcas a desenvolver o negócio a longo prazo".

Seis desfiles, de três estilistas, foram abertos ao público neste fim de semana: Alexa Chung; House of Holland, marca do britânico Henry Holland; e Self Portrait, cujos vestidos já foram usados por Kate Middleton e Meghan Markle. Outros estilistas se mostram abertos a este tipo de iniciativa, como Bora Aksu, turco instalado em Londres: "É uma forma de conhecer diretamente o consumidor, ter um comentário diferente", disse.

"No começo dos anos 2000, a moda era realmente isolada e, de certa forma, exclusiva, mas o mundo mudou", estimou Aksu, feliz em ver "a construção de vínculos entre a moda e o público".

Mas nem todos ficaram satisfeitos com a iniciativa do BFC. Kathy Fawcett, 56, moradora de Bristol, pensou em ir à exposição sobre "moda positiva", já que está "mais interessada na indústria da moda e em seu impacto no clima do que na própria moda". Mas já na entrada do evento, desistiu, por causa do preço: "Pelo menos 150 euros! Se querem mudar sua imagem elitista, têm que tornar o ingresso mais acessível", queixou-se.

[@#galeria#@]

Vendo o enorme potencial mercadológico do público evangélico, o ramo de confecções acabou criando um um novo nicho: a moda evangélica. A alta na demanda fez com que esse mercado crescesse e se expandisse. De acordo com dados da Associação de Empresas e Profissionais Evangélicos do Brasil (Abrepe), de 2018, o mercado cresce cerca de 14% ao ano, faturando cerca de R$ 21,5 bilhões anualmente e gerando 2 milhões de empregos.

##RECOMENDA##

O LeiaJá conversou com a blogueira de moda e consultora de imagem e estilo, Vivian Oliveira, em uma loja especializada em moda para o público evangélico, a Blessato, no Shopping Patteo, em Olinda. Para entender essa crescente do mercado, o interesse do público cristão na moda e quais as tendências atuais, também convidamos a modelo cristã Elizabeth Silva e a cantora Flávia Cristinne para mostrar o que está bombando nas lojas.

O resultado você confere agora:

[@#video#@]

Cristina Amaral está encabeçando um bazar solidário com peças de seu próprio acervo. A cantora promove o Bazar da Cris, no próximo sábado (14) e domingo (15), no Shopping Tacaruna, com cerca de 300 roupas multimarcas, incluindo peças de seus próprios shows e também de outras artistas. Toda a renda do bazar será revertida ao Lar Fraterno Vovó Cavendish, de Sertânia, no Sertão de Pernambuco. 

Para a produção do bazar, Cristina contou com a colaboração de amigos como a colunista Roberta Jungman, lojistas e artistas que doaram peças. Estarão disponíveis nas araras, roupas de Elba Ramalho, Bia Villa-Chan, Gerlane Lops, Irah Caldeira, Nena Queiroga, Fabiana Karla e, também, do cantor Petrúcio Amorim. Entre as opções estarão ainda roupas da própria Cristina, como um vestido assinado pelo estilista paraibano Ary Rodrigues, que já criou modelos para Daniela Mercury e Luciana Gimenez. 

##RECOMENDA##

A renda do evento será revertida para o Lar Fraterno Vovó Cavendish O projeto, localizado em Sertânia, foi criado em 2015 e atende em média 50 crianças carentes, na faixa dos dois aos 15 anos. Os pequenos fazem todas as refeições na instituição além de receberem reforço escolar, aulas de educação física, informática e conhecimentos gerais, entre outras atividades. 

Serviço

Bazar da Cris

Sábado (14) e domingo (15)

Shopping Tacaruna

Gratuito

 

O desfile repleto de celebridades da marca da cantora Rihanna, Savage x Fenty, a volta de Vera Wang às passarelas e os ternos poderosos dos anos 1980 de Proenza Schouler foram destaque no quarto dia da Semana de Moda de Nova York, nesta terça-feira.

- Rihanna domina -

##RECOMENDA##

O desfile da marca de lingerie da estrela do pop Rihanna, Savage x Fenty, foi o evento mais aguardado da semana e também o mais exclusivo. Funcionou como um show ao que só se podia ir com convite, e que contou com a participação do grupo de hip-hop Migos e da cantora Halsey.

No desfile houve a participação de muitas celebridades como as irmãs Bella e Gigi Hadid, as modelos Joan Smalls e Cara Delevingne e a cantora Normani.

Rihanna lançou neste ano sua nova linha de luxo, casa Fenty, com a companhia francesa LVMH.

Agora em seu segundo ano, seu popular desfile realizado no Barclays Center do Brooklyn será difundido pela Amazon Prime Video em 20 de setembro, uma novidade para a indústria da moda.

A marca de Rihanna se apresenta como o oposto da Victoria's Secret - obcecada pela magreza -, com corpetes e calcinhas fio-dental de estampa floral, shorts e sutiãs de gola alta para todos os tipos de corpo.

- Vera Wang retorna -

A estilista Vera Wang regressou às passarelas pela primeira vez em três anos, e disse à AFP que era "um momento excelente" porque o calendário da NYFW foi reduzido de sete para cinco dias.

"Em algum momento havia quase 400 desfiles, e acho que isso te faz perder qualquer tipo de perspectiva", indicou.

Para seu retorno, a estilista conhecida por seus vestidos de noiva propôs sua visão da sensualidade, trabalhando a sobreposição.

Houve tules que revelavam o corpo, e suspensórios pendurados de saias e tops, com ares de cinta-liga. A parte de trás de algumas peças deixava as costas à mostra, como se fossem rasgadas.

"Visto grande parte de Hollywood e queria criar minha visão de Hollywood quando não estou vestindo uma estrela em particular", explicou Wang.

- Christian Cowan e sua família na Galícia -

Com apenas 24 anos, o britânico Christian Cowan já veste regularmente várias estrelas, de Lady Gaga a Cardi B, passando pelo rapper revelação Lil Nas X.

Seu gosto pelo strass e as lantejoulas causam furor.

Na terça-feira apresentou uma coleção inspirada em família, natural da pequena cidade espanhola de Moaña, na Galícia.

Com mangas bufantes e rendas e tecidos com fru-fru, prestou homenagem a "todas as mulheres fortes" de sua família "que fazem com que seus negócios e lares funcionem impecavelmente".

- Uma nova década -

Inspirado pela chegada de uma nova década, o estilista da Coach, Stuart Vevers, "queria uma coleção que fosse sobre a mudança e também algo que fosse mais minimalista e positivo, otimista, olhando para o futuro da nova década".

Originalmente uma marca de bolsas e acessórios, a Coach continua utilizando muito couro.

Mas embora o couro tenha estado presente nesta coleção, Vevers não o tornou protagonista, jogando assim com o legado da marca mas conferindo-lhe um toque de frescor.

O estilista britânico, que presidiu o lançamento da linha de prêt-à-porter da Coach em 2015, regressou ao básico, oferecendo jaquetas, saias e calças de couro, muitas vezes combinando.

- O poder dos anos 80 -

As modelos que andaram pela passarela de Proenza Schouler pareciam ainda mais esculturais com seus ternos sob medida confeccionados arquitetonicamente, usados sobre drapeados femininos.

A coleção de prêt-à-porter desta temporada apresentou jaquetas poderosas, com grandes ombreiras, junto com golas-cachecol elegantes em cores neutras, muito usadas com brincos grandes.

Algumas modelos vestiam calças com pregas, e outras usavam saias longas e estreitas com meia-calça opaca preta ou branca com sandálias de tiras.

Os estilistas Jack McCollough e Lázaro Hernández adicionaram aos trajes mais femininos cintos ajustados ou gabardinas clássicas, modernizadas com botões assimétricos.

- Vestidos robóticos -

Uma série de surpreendentes vestidos robóticos desfilaram na Semana de Moda, incluindo um perfeito para a era pós #MeToo, com apliques de folhas metálicas em um ombro que balançam e tilintam quando alguém se aproxima demais, graças a sensores de movimento ocultos.

Os vestidos foram feitos com um kit criado pela ex-modelo americana-alemã Anina "Net" Trepte, fundadora da empresa 360Fashion Network, que permite que estilistas que não sabem programar utilizem a tecnologia em suas roupas.

A pedido da empresária e com a ajuda desses kits, duas estilistas, Clare Tattersall e Azrael Yang, criaram seis vestidos que desfilaram pela passarela do show do movimento artístico Melange, em uma igreja episcopal do Harlem, o início da Semana de Moda de Nova York.

Tattersall, que é britânica mas reside em Nova York, criou o vestido com as folhas que se agitam, e outro com grandes pétalas futuristas que se abrem mecanicamente. E finalmente, um terceiro com um grande capuz prateado que abre e fecha sozinho quando se aperta um botão.

O ateliê de costura Maison Santinna, em Boa Viagem, recebe nesta quinta-feira (12) o bazar solidário em prol do Lar de Maria. Em parceria com o Instituto de Inteligência Emocional Infantil QE+ e o grupo Amor ao Vento, o evento acontece até o sábado (14).

Com peças exclusivas e preço diferenciado em virtude da causa, Andréa Lins diretora do QE+ e designer de moda da Santinna, recebe o público no evento, que terá parte da renda revertida para compras de material de higiene pessoal, lençóis, toalhas e brinquedos.

##RECOMENDA##

O Lar de Maria, abrigo fundado em 1994, tem como objetivo acolher crianças e adolescentes carentes que foram abandonados por suas famílias. Hoje, abriga cerca de 50 crianças.

Serviço

Bazar em prol do Lar de Maria

12, 13 e 14 de setembro | 9h

Maison Santinna (Rua Capitulino, 118 Boa Viagem)

Entrada gratuita

O modelo Max Souza, de 24 anos, quer levar uma 'bandeira' ao concurso Mister Brasil. Ele quer ser o primeiro negro a vencer a disputa que elege o homem mais bonito do país. O modelo conquistou a vaga no concurso após sair vencedor do Mister São Paulo, no último sábado (30). 

Apesar da alegria da vitória, o modelo mostrou indignação pela quantidade de competidores negros na competição. "Apenas dois negros em meio a 60 candidatos, isso é constrangedor para um país de maioria negra". 

##RECOMENDA##

Agora, Max vai se preparar para disputar o título de Mister Brasil e seu desejo é ser o primeiro modelo negro a ganhar a faixa. Ele é esposo do prefeito da cidade de Paulista, em São Paulo, e conta com o apoio do companheiro para conquistar mais esse sonho. "Ajuda e apoio são coisas que não me faltam", garante o modelo. 

*Com informações da assessoria

Uma madrinha inovou ao escolher o modelito para subir ao altar durante uma cerimônia de casamento. Ao saber que poderia vestir o que bem entendesse para o matrimônio, a americana Christina A. Meador ousou e vestiu-se como um dinossauro. Ela própria compartilhou a foto do evento e acabou viralizando na internet. 

Ao ser convidada para ser madrinha do casamento da irmã, Christina ganhou carta branca da noiva para escolher seu vestido. De posse da permissão, ela escolheu nada mais, nada menos, que uma fantasia inflável de dinossauro e assim ficou ao lado dos noivos no altar durante a cerimônia. No Facebook, ela compartilhou a foto do momento e comentou: "Quando você é madrinha de honra e te dizem que você pode usar qualquer coisa que escolher. Não me arrependo de nada". 

##RECOMENDA##

O estilo inovador de Christina logo viralizou garantindo a diversão de inúmeros internautas. O desprendimento no casamento, no entanto, foi além do look da madrinha. Ao lado do 'dinossauro', uma moça usava tênis de cano alto, enquanto outra usava chinelos. Nada comum para uma cerimônia do tipo. 

 

As unhas em gel se tornaram febre entre as mulheres. Conhecidas por ter uma durabilidade maior que as outras e ajudar quem procura perder o hábito de roer as unhas, a nova modalidade de design de unha tem se tornado a queridinha das mulheres.

E para quem deseja aderir à moda, o LeiaJá fez um vídeo explicando todo o processo de aplicação com a designer de unha Vanessa Santos. Confira:

##RECOMENDA##

[@#video#@]

"Actually I'm in Havana" é mais do que uma frase, é um sentimento que a estilista cubana Idania del Rio estampou em suas primeiras camisetas quando criou a marca Clandestina em 2015. Recentemente, a gigante espanhola Zara lançou uma coleção com a frase: "Mentally I'm in Havana". Seria uma cópia?

A marca cubana tem uma loja no coração de Cuba, entre prédios antigos e carros dos anos 50 que transitam todos os dias por Habana Vieja. E atrai dezenas de turistas.

##RECOMENDA##

É a moda "à la cubana", que se adapta às limitações de insumos e aproveita o impulso à iniciativa privada usando reciclagem, reivenção de peças, frases de efeito e a ruptura estética.

Há alguns dias seus clientes fora da ilha enviaram fotos de peças da Zara com frases similares às da marca.

"A mais evidente é Actually I'm in Havana (Na verdade estou em Havana). A Zara lançou a camiseta com a frase Mentally I'm in Havana (Mentalmente estou em Havana)", diz Idania del Rio.

"Não copia a frase literalmente, muda uma palavra, mas o sentido é igual. Não mudou Havana por Beirute. O sentido da frase, o que significa, é muito parecido", diz a estilista.

A Clandestina tem uma coleção "País em Construção", nas cores amarelo e preto. A Zara tem camisetas com as mesmas cores e a frase "Under Construction", denunciou a marca cubana em um vídeo em suas redes sociais.

A estilista diz que os advogados explicaram que entrar com um processo é muito difícil. E acredita que o melhor que pode acontecer é que a Zara deixe de vender as peças em talvez um mês, mas não graças a reclamação da Clandestina, e sim por seu negócio de "fast fashion", em que tudo acaba rápido.

A AFP contactou o Inditex na Espanha, proprietário da marca Zara, mas não recebeu resposta.

A marca não tem lojas em Cuba. Em 2009 abriu uma em acordo com uma empresa estatal com intermediários, que ficou aberta por poucas semanas antes de fechar definitivamente.

O Outlet Recife tem em sua 15ª edição, novidades e tendências da moda para o público pernambucano no bazar que acontece no sábado (7) e domingo (8) de setembro. O evento, reúne diversidade de estilos e preço baixo, com mais de 70 marcas e oferece descontos de até 70% nos serviços, roupas e calçados em exposição no Clube da Aeronáutica, no bairro de Boa Viagem, das 11h às 20h.

Mudando a cada nova edição, o bazar traz os conceitos da estação atual aliado aos vários gostos e públicos, com opções de roupas femininas, masculinas, infantis, moda praia, acessórios, sapatos, maquiagens, doces gourmet e muito mais. O evento, que vem adotando o selo Pet Friendly, também contará com lojas voltadas para os animais.

##RECOMENDA##

Aberto ao público, a entrada no bazar custa apenas R$ 5 ou 1kg de alimento não perecível que será doado ao projeto “Bem Nos Quer”, ONG que auxilia pessoas em condições de vulnerabilidade social no interior do Estado.

Serviço

Outlet Recife

Sábado (7); Domingo (8) | 11h

Clube da Aeronáutica (Av. Boa Viagem, 6838 - Boa Viagem)

O Paulista North Way Shopping será passarela para a moda gospel neste fim de semana. Entre sexta (16) e domingo (18), o centro de compras recebe o Gospel Fashion Day, a primeira feira de moda voltada para o público cristão no Brasil. Os expositores prometem produtos e serviços com até 50% de desconto. 

Ao todo, serão 30 lojas especializadas no segmento cristão oferecendo produtos e serviços a preços especiais. Além disso, também haverá bate papo sobre biotipos físicos; o Fashion Sale, um desfile de looks em promoção e pocket shows. 

##RECOMENDA##

Na programação de shows, estão as cantoras Mayra Carvalho, na sexta (16); Aline Irineu, no sábado (17); e Flávia Cristine, no domingo (18), nomes regionais e nacionais conhecidos na música cristã. 

Serviço

Gospel Fashion Day

Sexta (16) a domingo (18) - 11h às 21h

Shopping Paulista North Way (Rodovia PE-15, Km 16.5, 242 - Centro, Paulista)

Gratuito

A mais nova modelo do seleto time da Victoria's Secret é brasileira e transexual. A cearense Valentina Sampaio foi a escolhida para integrar o time de modelos mais famoso do mundo, conhecido como Angels. Ela será a primeira mulher trans a desfilar com a equipe. 

Outras modelos brasileiras já haviam desfilado pela grife estrangeira como Gisele Bundchen, Adriana Lima e Alessandra Ambrosio. Agora, é a vez da cearense, natural de Aquiraz, emprestar sua beleza às passarelas mundiais pelas quais percorrem as Angels. 

##RECOMENDA##

A entrada da modelo no cast da Victoria's Secret também representa um marco na história da grife. Ela é a primeira mulher transexual a integrar o time das Angels, conhecido como o que agrega as modelos mais bonitas do mundo. 

 

De 15 a 18 de agosto o Shopping Guararapes vai receber a primeira edição da “Expo Debutantes e Noivas”, feira voltada para o mercado de festas de 15 anos e casamentos. O evento será realizado na praça principal do centro de compras e contará com a participação de mais de 100 empresas que vão apresentar as últimas tendências e novidades para o segmento. A feira acontece das 9h às 22h, de quinta a sábado, e das 12h às 21h, no domingo. A entrada é gratuita.

Apostando na praticidade de encontrar todos os serviços disponíveis em um só lugar, a feira contará com fornecedores que oferecem de decoração, mobília para locação, decoração, bolos, buffet, doces, cerimoniais, bandas e orquestras, a vestidos, acessórios, maquiagem, penteados, iluminação, foto e filmagem. Serão 35 estandes distribuídos em uma área de 600m². Tudo para uma festa completa com pacotes especiais e descontos de até 60%. “Estamos preparando um evento cheio de novidades, atrações, ótimos profissionais e condições imperdíveis”, afirma Ricardo Coller, organizador da Expo Debutantes e Noivas. A expectativa é receber cerca de 10 mil visitantes durante os quatro dias de evento.

##RECOMENDA##

Entre os expositores, Vert Rouge Sophistiqué, Suzan Party Vestidos, Gryff Roupas, Robes Exclusivos, Eulina Sapatos, Fabiana Lima Makeup, Rafaela Million Décor, Lucio Andrade Décor, Letícia Monteiro Decorações, Fina Rosa Eventos, Bella Festas e Eventos, Afetto Locações, G3 Eventos, Cerimonialle, Lavienor Recepções, Casa da Praia Recepções, Suzana Santos Buffet e Decoração, Muller Buffet, Bethânia Doce Sonho, Delizare Chocolates Finos, Nicole Prado Cake Designer, Elayne Figueredo Cake Designer, Cerimonial Ana Cristina, Cerimonial Three Diamonds, Sol Oliveira Cerimonial, Alexandre Magalhães Fotografia, Alzio Dias Fotógrafo, Leo Rezende Fotógrafo, R3 Geradores e Kroma Light.

Também haverá uma programação diferenciada para o público que comparecer ao evento. Estão previstas apresentações musicais com bandas, orquestras e violinistas, degustação de produtos, bate papo com blogueiras que são referência no segmento de casamento e début, aulas com tutorial de maquiagem e penteado, e exposição de vestidos de noivas e debutantes seguindo as últimas tendências da moda. A decoração do espaço será assinada por Lucio Andrade. E para o clima ficar ainda mais especial, a feira será aromatizada com uma fragrância exclusiva criada pela Thermas de Bath.

SERVIÇO

Expo Debutantes e Noivas

Shopping Guararapes (Av. Barreto de Menezes, 800, Piedade, Jaboatão dos Guararapes)

Quinta (15) a sábado (17), das 9h às 22h; Domingo (18), das 12h às 21h.

Informações: (81) 98362-3003

Entrada Gratuita

Com Informações da Assessoria

Considerada a estação mais charmosa do ano, o inverno consegue reunir estilo e praticidade. Enquanto as mulheres saem às compras em busca de um look ideal, um item não deve ser esquecido: o sapato. Os calçados forrados em lã, couro legítimo, veludo, entre outros, são opções que enchem as prateleiras das lojas e deixam em dúvida o público feminino na hora de escolher a peça.

Para acabar com a indecisão, a digital influencer Camila Diniz separou algumas dicas tendências para as mulheres usarem e abusarem durante o inverno. 

##RECOMENDA##

Confira:

[@#video#@]

A Nike recolheu do mercado um modelo de tênis que mostrava uma antiga versão da bandeira americana após o jogador de futebol americano Colin Kaepernick advertir que seu desenho estava associado com a escravidão, informou o Wall Street Journal (WSJ).

Por conta da festa da independência dos Estados Unidos no dia 4 de julho, a Nike apresentou o Air Max 1 USA, inspirado na versão da bandeira americana conhecida como "Betsy Ross".

##RECOMENDA##

Mas a empresa teve que retirar o modelo após as objeções de Kaepernick, ex-jogador da NFL que liderou em 2016 um movimento que levou vários atletas do país a ficar de joelhos durante o hino nacional no início dos eventos esportivos para protestar contra a desigualdade racial e a injustiça social, uma ação que foi criticada pelo presidente americano, Donald Trump, e que ganhou mais força em 2017.

Según Kaepernick, o desenho -que mostra 13 estrelas brancas num círculo- é ofensivo porque é associado a um período de escravidão, que foi legal nos Estados Unidos após a independência.

Grupos de supremacistas brancos já estavam adotando o símbolo, segundo o jornal.

Após enviar o modelo de tênis para os pontos de venda, a empresa recolheu o calçado e retirou os anúncios que tinha publicado em seu site, acrescentou o WSJ.

A roupa é moderna? A Dior abriu com essa pergunta seu desfile de Alta Costura nessa segunda-feira em Paris, em que resgatou uma figura arquitetônica da Antiga Grécia, as cariátides, para homenagear as mulheres que carregam o peso do mundo.

Para essa pergunta, feita nos anos 1940 pelo artista americano Bernard Rudofsky, a diretora artística Maria Grazia Chiuri traz a seguinte resposta: o clássico se reiventa e seu desfile "em negro" na sede histórica da Dior, no número 30 da elegante avenida Montaigne, confirma isso.

##RECOMENDA##

A estilista recuperou o peplo, túnica feminina sem manga da Antiga Grécia, para transformá-lo em vestidos de noite brilhantes, assimétricos ou combinados com camisas de rede.

Também se apropriou da sandália espartana, recriando-a com materiais elásticos. A mulher caminha na passarela da Dior com uma sola muito fina, como se pretendesse declarar a morte ao salto.

Em sua página no Instagram, a marca fez referência às cariátides, esculturas usadas como pilares nos antigos templos gregos e que decoram também alguns prédios parisienses, como "figuras femininas que sempre carregaram o peso do mundo".

Chiuri disse em entrevista à AFP que se inspirou nelas porque são "uma excelente síntese: um pilar arquitetônico que conserva um aspecto gracioso".

- Força e graça -

"Existe a crença de que a graça e a força são contraditórias, não é verdade", disse antes do início do desfile a estilista feminista, que se uniu à artista americana Penny Slinger para transformar a sede histórica da Dior em um espaço surrealista com estátuas clássicas.

Os elementos como a água, o vento e o fogo estão presentes nessa coleção de Alta Costura, apresentada nos jardins da sede.

Uma modelo desfila um vestido sino preto com estampa de chamas ardentes em cobre e rosado. Não faltam outros toques punk como chockers, enquanto a rede aparece em véus, meias arrastão e camisetas que cobrem ombros desnudos. Destaque também para os vestidos com plumas e decotes de coração.

A marca encerrou o desfile com uma reprodução dourada do prédio da Dior, uma casa de bonecas que uma modelo usou como um minivestido.

Chiuri, à frente da direção artítica da linha feminina da Dior desde 2016, rececerá nessa segunda-feira a Ordem da Legião de Honra, distinção francesa mais importante.

"Estou muito agradecida, é um reconhecimento em um país e mque a moda e a cultura têm tanto valor... Quando comecei, nunca imaginei que me transformaria em criadora", disse a italiana.

- As asas de Van Herpen -

A holandesa Iris Van Herpen testou os limites da moda e fez uma parceria com o artista americano Anthony Howe, criador de obras cinéticas.

A estilista de formas arquitetônicas e alta tecnologia apresentou a coleção "Hipnose", uma série de esculturas oníricas e vestidos que parecem impossíveis de usar, mas que passariam sem esforço em qualquer tapete vermelho.

Van Herpen trabalha com laser principalmente a organza, que permite criar peças únicas com base em múltiplas capas e plissados, fazendo com que suas modelos evoquem misteriosas criaturas do fundo do mar.

Combinam tecnologia com arte, como as peças que retomam a técnica japonesa de suminagashi, pintadas com pigmentos que flutuam na água.

Dois looks superaram as expectativas do público no desfile, que teve entre as convidadas a cantora Céline Dion.

O primeiro era um vestido justo de algodão que abre como duas asas gigantescas com efeito moiré -de distorção-, composta de milhares de ondulações entrelaçadas.

O segundo era o chamado "Infinity dress", que levou quatro meses de trabalho para ser feito e parece estar vivo: um vestido branco do qual sai uma armação composta de quatro bases cobertas de plumas que se movem de forma cíclica ao redor do corpo, fazendo nascer uma mulher-pássaro.

As candidatas do concurso Miss Inglaterra terão que provar a beleza de uma forma pouco usual para esse tipo de concurso. Uma nova etapa do desfile prevê que as candidatas terão que encarar a passarela com a cara limpa, sem usar qualquer tipo de maquiagem. 

Segundo a organização do evento, a decisão é para que as mulheres que desejam ser a mulher mais bonita da Inglaterra tenham a beleza natural valorizada. Angie Beasley, diretora do desfile, declarou que muitas participantes já recorreram à procedimentos estéticos para estarem na competição.

##RECOMENDA##

"A diferença entre o que as mulheres ​​veem nas mídias sociais, na TV e na realidade está ficando fora de controle, e é por isso que decidimos lançar essa rodada pela primeira vez na história do desfile", disse Beasley, em entrevista ao jornal britânico Mail Online. Com 54 candidatas, o concurso de beleza premiará a vencedora com uma viagem para as Ilhas Maurício, no sul da África, além de uma vaga para disputar o Miss Mundo. 

Na novela "A Dona do Pedaço", escrita por Walcyr Carrasco, a atriz Paolla Oliveira interpreta a blogueira Vivi Guedes. Exibindo na ficção casos de amor pela moda, a personagem de Paolla serve de referência para meninas que sonham em ser uma digital influencer de sucesso. O sucesso tem sido tanto que a personagem ganhou até perfil real no Instagram.

Na vida real, o Brasil conta como uma infinidade de mulheres que são bastante conhecidas por compartilhar na internet estilos avassaladores. O LeiaJá selecionou algumas blogueiras que bombam nas redes sociais por meio de postagens repletas de glamour e atitude.

##RECOMENDA##

Camila Coutinho

Uma das pioneiras no quesito "estilo cibernético", a pernambucana Camila Coutinho alcançou o sucesso com opiniões de moda através do blog Garotas Estúpidas. Criado apenas para comentar com as amigas os looks das famosas, a plataforma alçou voos maiores. Com quase 3 milhões de seguidores no Instagram, Camila mostra seu cotidiano nos eventos, em viagens e compartilha suas aventuras intensas com as tendências da simples e alta costura. Em 2018, Camila Coutinho lançou o livro "Estúpida, Eu?".

Camila Coelho

Assim como a xará pernambucana, Camila Coelho é um nome forte no mundo das blogueiras. Morando fora do Brasil há um bom tempo, a mineira seguiu os caminhos do YouTube. Em 2010, Camila ganhou força ao divulgar vídeos dando dicas de beleza. Os tutoriais de makes são os mais procurados pelas seguidoras da brasileira. Ela coleciona mais de 3 milhões de inscritos no YouTube e está perto de conquistar 8 milhões de seguidores no Instagram.

Thássia Naves

Thássia Naves é uma das "it girls" que dispensa apresentações. Mineira, a digital influencer exibe nas redes sociais conteúdos de composição de look. Além das fotos superproduzidas, Thássia compartilha com os internautas seus momentos de youtuber com dicas de moda e viagens. Requisitada para marcar presença nos desfiles dos mais renomados estilistas nacionais e internacionais, Thássia Naves ostenta seu estilo para mais de 3 milhões de pessoas no Instagram.

Lu Ferreira

Apesar da moda - hoje - ser direcionada aos adeptos das redes sociais, Luísa Ferreira, a Lu, não se priva de usar o seu site para dar orientações estilosas do seu dia a dia. O "Chata de Galocha" reúne os mais diversos elementos que repercutem na vida dos seus leitores, como informações sobre lazer, vídeos de experiências gastronômicas e, claro, muita dica de moda. Em parceria com o marido, o fotógrafo Léo Horta, a mãe da pequena Beatriz é sempre ativa no Instagram e YouTube, mostrando seu estilo de vida.

Karol Pinheiro

No Instagram, a jornalista Karol Pinheiro faz sucesso com o seu jeito alegre e nada discreto. Ligada nos 220 volts, a ruiva encanta os seus seguidores quando o cachorro Cookie rouba a cena nos vídeos. Com o livro "As Coisas Mais Legais Do Mundo" no currículo, Karol, em parceria com a amiga Maqui Nóbrega, não economiza nas palavras ao dar sugestões que possam acrescentar positivamente na vida dos seus seguidores. Recentemente, ela casou com Arthur. As pessoas que acompanham Karol Pinheiro nas redes sociais estão atualizadas nos últimos dias das suas aventuras com o marido na lua de mel pelo Japão.

Gabriela Sales

Rica de Marré. É assim que a blogueira Gabriela Sales é bastante conhecida pelo Brasil. Natural de Alagoas, Gabriela já não sabe mais se o aeroporto virou a sua segunda casa. Convidada para marcar presença vip em eventos, a "Rica" leva os internautas às gargalhadas com os seus relatos do passado e da atualidade. Interagindo sempre com o marido, Abrão Meron, e o filho, Daniel, o Dan, Gabriela Sales expõe sua rotina "gente como a gente". Sem papas na língua, a alagoana mostra para os seus quase 3 milhões de seguidores no Instagram muita diversão e bastante estilo.

*Fotos: Reprodução/Instagram

Uma Amazônia múltipla e que ultrapassa limites territoriais. Essa foi a inspiração para que alunos do curso de Bacharelado em Moda da UNAMA – Universidade da Amazônia criassem a exposição Afluentes. Ao todo, 15 acessórios feitos com matérias-primas amazônicas vão ser apresentados para o público, entre os dias 18 de junho e 4 de julho, no Espaço São José Liberto. A programação começa às 16 horas e tem entrada gratuita.

Os temas centrais das coleções são: Encontro do Rio Negro e Solimões; as encantadas Mariana, Jarina e Erondina; as águas do Rio Amazonas; Flor de Juçara; Aves amazônicas e a vida no Jacarandá Copaia. As produções fazem parte da grade curricular da graduação e foram divididas em seis projetos. 

##RECOMENDA##

Cada equipe desenvolveu peças que remetem a símbolo culturais da Amazônia. Nas experimentações, bolsas, brincos e colares foram desenvolvidos à base de madeira, gemas, palha, escama de peixe, resina com palha e flor de açaí.

Para a professora do curso de Moda da UNAMA, responsável pelo projeto, Yorrana Maia, o trabalho durou seis meses entre pesquisa, processo criativo, montagem e finalização. “As coleções foram desenvolvidas a partir da reflexão sobre a temática Amazônia, no diálogo entre o local e o global. É a primeira vez que fechamos esse tipo de parceria com o Polo Joalheiro, do Espaço São José Liberto, com peças exclusivas. A pesar de não ser obras para venda, a proposta é mostrar ao público o que a universidade tem desenvolvido e incentivar um desejo pelo consumo local”, destaca a especialista em Moda como fator cultural.

A coordenadora do Curso de Moda, Dula Lima, faz o convite. "Vale muito a pena conferir os resultados expostos. É com imensa satisfação e alegria que abrimos espaço para virem conhecer o trabalho lindo desenvolvido pelos bacharelandos talentosos, sob a orientação da inspiradora docente", finaliza a gestora. 

Serviço

Exposição Afluentes – UNAMA.

Data: 18 de junho a 4 de julho.

Horário de visitação: 9 às 18h.

Local: Espaço São José Liberto (Praça Amazonas, s/n – Jurunas).

Entrada gratuita.

Por Rayanne Bulhões/ Ascom UNAMA.

 

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando