Esportes

| Futebol

O goleiro Jordan Pickford, do Everton, não será punido pela entrada violenta no zagueiro Virgil Van Dijk, do Liverpool, no empate por 2 a 2, sábado, em duelo válido pela quinta rodada do Campeonato Inglês, pois o lance estava paralisado por causa de impedimento.

Van Dijk rompeu o ligamento cruzado do joelho direito, terá se ser submetido a cirurgia e não deverá mais atuar nesta temporada pela equipe campeã inglesa e europeia.

##RECOMENDA##

A Premier League, que organiza a competição nacional, não fará nenhuma análise posterior ao jogo, pois este tipo de verificação só é feita quando não são vistas pelo árbitro de campo ou pelo VAR. Pickford não recebeu cartão vermelho e nem o pênalti foi marcado porque Van Dijk estava em posição de impedimento.

A direção do Liverpool entrou em contato com a Premier League por não concordar com a postura da entidade e criticou o uso correto do VAR, dando como exemplo o gol anulado de Jordan Henderson por causa de um impedimento na construção da jogada.

Revelado pelo Internacional em 2006 como uma das principais promessas do futebol brasileiro, Alexandre Pato foi do estrelato ao desemprego e não conseguiu, até aqui, ser o protagonista que seu talento sugeriu quando despontou profissionalmente aos 17 anos. O atacante completa nesta segunda-feira, dois meses sem clube depois de rescindir com o São Paulo no fim de agosto.

Segundo o São Paulo, foi Pato quem pediu para romper o vínculo. O acordo iria até o fim de 2022 e o jogador, infeliz, abriu mão de luvas atrasadas e de valores que deveria receber até o encerramento do contrato. Tudo isso gira em torno de R$ 35 milhões. Ao deixar o clube paulista, esperava-se que ele logo se recolocasse em alguma outra equipe. Não foi o que aconteceu, no entanto.

##RECOMENDA##

O destino ideal parecia ser o Internacional. O time colorado perdera seu principal atacante, Paolo Guerrero, lesionado, que só volta a jogar em 2021, e estava em busca de reposição para o ataque. Parecia ser o negócio perfeito, já que a ideia de retornar ao primeiro time que o revelou para o futebol e onde foi feliz, era bem-vista por Pato. A negociação, porém, não foi concretizada e o jogador segue desempregado.

Além do Inter, Pato também foi especulado em três times italianos: Genoa, Spezia e Monza, este último cujo dono é Silvio Berlusconi, ex-sogro do jogador, que namorou Barbara Berlusconi por dois anos, de 2011 a 2013. O bilionário empresário foi primeiro-ministro da Itália e proprietário do Milan por 30 anos.

Em 2020, Pato marcou apenas quatro gols em 13 jogos. Nas duas passagens do atacante pelo São Paulo, foram 47 gols em 136 partidas. Ele foi pouco utilizado pelo técnico Fernando Diniz e agora não desperta interesse de grandes clubes. Um dos entraves é o alto salário.

O sucesso fulminante do atleta no começo de sua trajetória não indicava que ele, hoje, teria dificuldades para arrumar um novo clube. Pato brilhou no Inter aos 17 anos e chamou a atenção do Milan, que desembolsou quase R$ 40 milhões para comprá-lo na época. No time italiano, o brasileiro conquistou os torcedores com marcas importantes e gols decisivos no começo de sua passagem em Milão, mas, atrapalhado por lesões e outros problemas, não conseguiu se firmar na Itália e voltou para o Brasil em 2013.

Ele assinou com o Corinthians e novamente não encantou. Pelo contrário. Na equipe paulista, foi muito criticado e logo se transferiu para o São Paulo em troca que envolveu a ida do meia Jadson para a equipe do Parque São Jorge. No Morumbi, retomou o bom futebol do começo da carreira e viveu sua temporada mais artilheira - foram 26 gols em 59 jogos em 2015.

O desempenho foi o suficiente para o Chelsea apostar nele. A chance se apresentava como ideal para recolocar sua carreira nos trilhos e volta para a seleção brasileira. A passagem pela Inglaterra, porém, foi fracassada. Foram apenas duas partidas disputadas e um gol marcado pelo clube inglês. De lá foi para o Villarreal, da Espanha, onde também não brilhou. Entre 2017 e 2018, passou pelo futebol chinês e, em um campeonato de pouca exigência técnica, conseguiu bons números no Tianjin Tianhai, do qual se despediu com 34 gols em 58 duelos.

No ano passado, com as lembranças positivas da primeira passagem, o São Paulo repatriou Pato. Dessa vez, porém, não deu certo, e o jogador deixou o clube com histórias contraditórias e sem deixar muita saudade ao torcedor tricolor. Segundo o técnico Fernando Diniz e o diretor Raí, a rescisão se deu por vontade do atleta, insatisfeito e pouco aproveitado. Foram nove gols marcados em 35 aparições neste segundo ciclo.

ROTINA SEM CLUBE - Enquanto não define seu próximo destino, o jogador, que completou 31 anos recentemente, tem aparecido esporadicamente nas redes sociais para mostrar como tem mantido a forma. Ele exibe parte de sua rotina de preparação, publica alguns vídeos com gols e lances da época no Milan e compartilha momentos de sua vida pessoal. Marido de Rebeca Abravanel, o atacante chegou a ser cogitado para comentar um jogo do São Paulo pela Libertadores em transmissão do SBT, emissora do sogro Silvio Santos. Foram só boatos, contudo.

Nas redes sociais, Pato também se apresenta para mostrar insatisfação com as especulações a respeito de seu futuro. "Me colocam sempre em um time. E até sobre o futuro agora estão falando. Único que sabe é Deus. Ele sim sabe os meus planos", escreveu em uma publicação o jogador, que afirmou que estará de volta aos gramados "logo, logo" e garantiu estar treinando e se cuidando.

O relacionamento com Rebeca Abravanel pode ser decisivo para ele permanecer no Brasil, já que a apresentadora do SBT não estaria disposta a deixar o emprego e se mudar para outro país. Sem clube, Pato tem tido mais tempo para passar ao lado da esposa. Os dois se casaram no ano passado. Certo é que, por enquanto, não há nada definido. O Estadão apurou que o jogador recebeu sondagens de times da Série A, mas o alto salário é um empecilho. É possível até que o atacante só volte aos gramados em 2021.

O uruguaio Edinson Cavani deverá fazer sua estreia pelo Manchester United, nesta terça-feira, exatamente contra sua ex-equipe, o Paris Saint-Germain, pela primeira rodada da fase de grupo da Liga dos Campeões.

Contratado há duas semanas, o atacante passou por um período de quarentena por causa da pandemia do novo coronavírus e participou pela primeira vez, neste domingo, de um treino na equipe inglesa.

##RECOMENDA##

Aos 33 anos, Cavani ganhou uma motivação a mais para jogar, após as críticas recebidas por Paul Scholes, ex-jogador e ídolo do United. "No passado, claro, ele foi um grande atacante, não há dúvida. Mas ele tem 33 anos e parecia que estava prestes a se aposentar. Ele não jogou muito pelo PSG na temporada passada."

Sem jogar desde 10 de março, Cavani optou por não renovar seu compromisso com o Paris Saint-Germain e ficou de fora das finais da Liga dos Campeões. O artilheiro era objeto de desejo de muitos clubes pelo mundo, inclusive Grêmio e Atlético-MG.

Por causa do período parado - o atleta faz apenas treinos particulares -, o técnico Oscar Tabárez não o convocou para integrar a seleção uruguaia nos dois primeiros jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar.

Artilheiro do Campeonato Francês e do Italiano, Cavani marcou 341 gols nos clubes europeus desde 2007, incluindo 35 na Liga dos Campeões. O atacante conquistou seis campeonatos pelo Paris Saint-Germain e, com 200 gols, é o maior artilheiro de todos os tempos do clube. Internacionalmente, Cavani conquistou a Copa América em 2011 e marcou 50 gols em 116 partidas pelo Uruguai.

O Manchester United está no Grupo H da Liga dos Campeões e vai enfrentar, além do PSG, o alemão RB Leipzig e o turco Istanbul Basaksehir.

O Red Bull Bragantino voltou a sonhar em deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o time venceu o Sport por 2 a 0, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela 17ª rodada. Ricardo Ryller e Claudinho fizeram os gols dos paulistas.

A vitória ainda manteve o Bragantino na vice-lanterna, mas agora com os mesmos 16 pontos de Coritiba, Athletico-PR e Bahia, esse último já fora da zona do descenso por causa dos critérios de desempate. O Sport, por sua vez, parou nos 20 pontos, na 11ª colocação. Esta foi a quarta derrota seguida do time do técnico Jair Ventura, que sofreu 12 gols no período.

##RECOMENDA##

Em Bragança Paulista, o primeiro tempo foi morno e de lances inusitados. Aos 11 minutos, Luan Polli quase fez gol contra. Patric recuou e o goleiro do Sport raspou na bola, quase colocando a bola no fundo das suas redes.

Aos 20, Thiago Neves bateu escanteio com perigo e quase fez gol contra, mas Cleiton conseguiu espalmar. No final da primeira etapa, aos 41 minutos, Artur chutou, a bola desviou em Adryelson, encobriu Polli e acertou a rede pelo lado de fora.

No segundo tempo, o Red Bull Bragantino voltou melhor e marcou dois gols em um espaço de 11 minutos. Aos 4, Ricardo Ryller pegou bola mal afastada da zaga do Sport e soltou uma bomba do meio da rua. Sem chance para Polli.

Aos 15, Ytalo tocou para Claudinho, que avançou em velocidade, cortou Adryelson e bateu no canto para ampliar para os paulistas. A bola ainda tocou na trave antes de entrar.

Os gols tiraram o poder de reação do Sport. Aos 40, Bruno Tubarão quase aumentou o marcador ao mandar um petardo no contrapé de Polli que fez boa defesa. Aos 47, Lucas Mugni fez Cleiton trabalhar, mas já era tarde para o Sport.

O Red Bull Bragantino voltará a campo no próximo sábado, às 17 horas, quando receberá o Goiás no Nabi Abi Chedid, pela 18ª e penúltima rodada. O Sport, por sua vez, jogará no domingo, às 20h30, contra o Atlético-MG, no Mineirão, em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA:

RED BULL BRAGANTINO 2 x 0 SPORT

RED BULL BRAGANTINO - Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Weverson (Edimar); Ricardo Ryller (Uillian Correia), Raul e Claudinho (Luis Phelipe); Bruno Tubarão, Artur (Cuello) e Ytalo (Hurtado). Técnico: Maurício Barbieri.

SPORT - Luan Polli; Patric, Iago Maidana, Adryelson e Luciano Juba; Marcão Silva (Ronaldo Henrique), Ricardinho (Mikael), Lucas Mugni e Thiago Neves (Jonatan Gomez); Marquinhos (Rogério) e Leandro Barcia (Júnior Tavares). Técnico: Jair Ventura.

GOLS - Ricardo Ryller, aos 4, e Claudinho, aos 15 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Hurtado, Aderlan (Red Bull Bragantino); Marcão Silva, Iago Maidana (Sport).

ÁRBITRO - Ricardo Marques Ribeiro (MG).

RENDA E PÚBLICO - Jogo sem torcida.

LOCAL - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

A partida entre Bragantino-PA e Rio Branco-AC marcada para este domingo (18) foi adiada para amanhã (19), às 15h, no Estádio Olímpico São Benedito, o Diogão, na cidade de Bragança (PA). O jogo válido pela sétima rodada Grupo 1 da Série D do Campeonato Brasileiro seria hoje, mas 17 jogadores do Estrelão acreano estão sob suspeita de intoxicação alimentar. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ainda não confirmou oficialmente o cancelamento, mas os dirigentes dos clubes já teriam se comunicado com a entidade e optado por esta decisão. Pelas redes sociais, o Rio Branco já confirmou o aceite da CBF.

Logo após o jantar, neste último sábado (18), atletas e comissão técnica do Rio Branco começaram a sentir uma indisposição estomacal. A situação forçou a comissão técnica do clube a levá-los para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), da cidade de Bragança, município do interior paraense. PeloTwitter, o Estrelão divulgou boletim médico, informando que apenas quatro pessoas da delegação não sofreram qualquer mal-estar, justamente os que estavam sem fome e não participaram da refeição noturna.

##RECOMENDA##

Confira abaixo o último informe do clube no Facebook:

Delegação está em hotel e segue apresentando sintomas. Casos mais agravantes são do goleiro Bruno, os zagueiros Wallinson e Paulinho e do meia Guilherme Campana. Nenhum membro da delegação fez qualquer alimentação desde a noite de ontem.

Somente 4 membros não foram acometidos: os atacantes Cassiano e Vandinho, o treinador interino Walter Clay e o ídolo Chicão, que acompanhou a delegação em viagem. Os 4 decidiram não jantaram na noite de ontem.

Um B.O foi realizado para relatar o ocorrido, sem acusações a nenhuma parte. Informamos que não é verdade que acusamos ou entramos com B.O contra o Hotel Íbis de Belém. Fomks hospedados em Belém na noite de sexta-feira, enquanto a situação aconteceu na madrugada de sábado para domigo, após uma refeição em um restaurante pré-determinado na logística da viagem na cidade de Bragança. Não foi o mesmo da imagem que publicamos na sexta.

Ao todo, 11 atestados já foram protocolados à CBF pedindo a suspensão da partida, além do prontuário e receitas de todos os 20 acometidos. Delegação deveria se deslocar ao Estádio Diogão neste momento, mas estará se encaminhando à UPA novamente. Clube pede a suspensão do jogo.

O Ceará anunciou neste domingo a contratação do atacante Felipe Vizeu, de 23 anos. O jogador estava no futebol russo e agora terá a missão de ser a principal referência no ataque da equipe alvinegra, comandada pelo técnico Guto Ferreira. O acordo é por empréstimo e tem validade até junho de 2021.

Nos últimos dias, a torcida da equipe cearense estava pedindo, por meio das redes sociais, a contratação de novos atletas, em especial de Vizeu, que tinha o seu nome especulado no Ceará há algum tempo.

##RECOMENDA##

Na manhã deste domingo, o Ceará, em suas redes sociais, atualizou sua foto de perfil, colocando a mensagem "ContrataCeará". Depois de muito mistério, finalmente o time cearense anunciou que se tratava da divulgação do novo reforço.

Felipe Vizeu foi revelado pelo Flamengo em 2016 e foi vendido para a Udinese, da Itália, em 2018. Na equipe italiana só atuou em cinco jogos e acabou emprestado para o Grêmio no passado. O atacante também não deslanchou no time gaúcho, pelo qual marcou cinco jogos em 26 partidas.

No início desta temporada, Vizeu foi anunciado como jogador do Athletico-PR, porém a Udinese voltou atrás na negociação e decidiu emprestá-lo ao Akhmat Grozny, da Rússia. Lá, fez apenas um gol em sete jogos disputados e encerrou seu vínculo em setembro.

Com Vizeu, o setor ofensivo do Ceará agora conta com dez atacantes. Além do novo reforço, estão à disposição Cléber, Jacaré, Leandro Carvalho, Léo Chú, Mateus Gonçalves, Rafael Sobis, Rick, Rodrigão e Saulo Mineiro.

O Grêmio comunicou na manhã deste domingo que vai pedir a anulação da partida contra o São Paulo, realizada na noite de sábado, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube gaúcho reclama de supostos erros de arbitragem de Rafael Traci (Fifa/SC) no empate sem gols no Morumbi e contesta a troca do árbitro responsável por operar o VAR.

"Em face à arbitragem desastrosa e danosa do jogo contra o São Paulo, ocorrida na noite de ontem, após a concessão da troca do quadro arbitral, o presidente Romildo Bolzan Jr comunica que pedirá a anulação da partida", diz o Grêmio em nota oficial divulgada neste domingo.

##RECOMENDA##

O clube gaúcho também afirmou que vai solicitar "investigação da reunião realizada entre membros da CBF com a parte arbitral que motivou a mudança na escala do árbitro do VAR" e disse entender que "equívocos, descritérios, erros e a omissão do VAR em lances capitais da partida colocam a arbitragem brasileira sob suspeição".

Ainda no sábado, depois do jogo, o presidente Romildo Bolzan Jr já havia criticado com veemência a atuação do VAR, que segundo ele foi omisso, e manifestou seu descontentamento com a reunião entre dirigentes do clube paulista - Raí e Alexandre Pássaro - com membros da CBF na semana passada.

De acordo com o dirigente, o encontro influenciou a troca no árbitro responsável pelo VAR no Morumbi. Na sexta-feira, a CBF havia comunicado que Rodolpho Toski Marques (PR) seria substituído por Elmo Alves Resende Cunha (GO) na operação da ferramenta tecnológica.

"O resultado do jogo não refletiu a partida. A troca do quadro de arbitragem comprometeu o crédito da arbitragem brasileira de seus comandantes. O Grêmio foi flagrantemente prejudicado", desabafou o presidente gremista, na ocasião.

"Sem falar no VAR, novamente omisso. Deslegitimou, desacreditou a arbitragem e o crédito do futebol brasileiro pelo antecedente da influência do São Paulo na troca do quadro arbitral. Chega. Sem mais espaços para imoralidades", completou o dirigente. O ofício deve ser enviado em breve para a CBF.

Outro que disparou críticas contra a atuação de Rafael Traci foi o vice-presidente Paulo Luiz. Ele disse que a arbitragem foi "tendenciosa, calamitosa e vergonhosa" e afirmou que "houve uma vergonha nacional que coloca o campeonato sob suspeição".

O Grêmio reclamou de dois possíveis pênaltis, um em cada tempo, que suscitaram dúvidas, e pediu a expulsão de Reinaldo, envolvido nos dois lances. Depois do confronto, o atacante Pepê se queixou das decisões do juiz e o técnico Renato Gaúcho desafiou Leonardo Gaciba, chefe de arbitragem da CBF, a um debate ao vivo.

Condenado por estupro em primeira instância na Itália, o atacante Robinho teve outra chance de se defender em uma entrevista concedida a Benjamin Back, do canal Fox Sports. Centro das atenções ao longo da semana após fechar contrato com o Santos, acordo posteriormente suspenso, o jogador se defendeu, alegou ter feito sexo consensual com a mulher que lhe acusa, se comparou ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), e contou ter conversado com Neymar sobre o caso.

Robinho afirmou que o sexo realizado foi consensual. "A imprensa colocou coisas deturpadas a meu respeito. Só que ninguém colocou que a menina pediu, no processo, R$ 3 milhões. Isso ninguém colocou", disse o atleta.

##RECOMENDA##

"É muito difícil ela estar embriagada para não ter o ato, mas lembrar de todo mundo. Então, está meio fora de contexto essas histórias. Eu jamais dei um copo de bebida para essa garota, deixei de respeitar ou fiz alguma coisa sem o consentimento dela. Isso vocês podem ter certeza", afirmou Robinho, que disse estar sendo acusado sem provas

O site globoesporte.com teve acesso a detalhes do processo da Justiça italiana em que o jogador conversa com amigos por aplicativos de mensagens e admite ter colocado o pênis na boca da mulher desacordada, em estado de embriaguez.

Questionado sobre isso, Robinho apenas disse que sexo oral é comum quando as pessoas se relacionam e que não foi feito sem o consentimento da mulher. Na sequência, acusou as pessoas que o criticam de serem hipócritas, afirmando que elas usam drogas, bebem e "vão aonde não deveriam ir".

Em mais de um ponto da entrevista, Robinho criticou a imprensa brasileira e se comparou ao presidente Jair Bolsonaro, a quem considera que também foi acusado injustamente de inúmeras coisas, como ser racista ou fascista. "As pessoas estão me julgando e me atacando igual fazem com o Bolsonaro. Eu não entendo porque estão me atacando assim", criticou.

O jogador repetiu que seu maior erro foi não ter respeitado a esposa, que havia ido com ele à casa noturna onde ocorreu o ato sexual, mas que tinha ido embora mais cedo. Segundo Robinho, o processo foi um ponto de virada no casamento, por meio do qual ele passou a respeitar mais a companheira e se converteu ao cristianismo.

Além disso, Robinho foi questionado sobre Neymar. O jogador disse ter recebido total apoio do atacante do PSG, com quem jogou junto no Santos em 2010. "Me mandou mensagem. Não é um fato difícil de acontecer. Aconteceu com Neymar. Me deu apoio, se disponibilizou a me ajudar com as pessoas que ajudaram na inocência dele", disse Robinho, se referindo ao caso Najila Trindade, no qual Neymar sofreu acusação parecida, mas nada foi provado e o processo não seguiu em frente.

Robinho ainda afirmou que há um peso diferente em uma mulher dizer que faz sexo com vários homens e um homem dizer que faz sexo com várias mulheres, que muitas mulheres se jogavam em cima dele em baladas e que não poderia elogiar uma sem que fosse preso. Além disso, garantiu que foi iniciativa própria suspender o contrato com o Santos para não prejudicar o clube. Por fim, ainda ressaltou que espera ser inocentado e em breve voltar a jogar futebol, e pediu que as mulheres esperem "algo definitivo" antes de condená-lo.

O técnico Jair Ventura segue tendo muitos desfalques para escalar o Sport diante do Red Bull Bragantino neste domingo, às 20h30, no estádio Nabi Abi Chedid. Com dores no tornozelo, Sander sequer viajou com o elenco e se juntou ao departamento médico com os volantes Betinho e Alê Santos, além do atacante Maxwell.

Por outro lado, o lateral-direito Patric, que vinha com desgaste muscular, foi relacionado e deverá seguir entre os titulares. Na esquerda, Jair poderá optar por Junior Tavares ou Luciano Juba. E esta tem tudo para não ser a única mudança do treinador.

##RECOMENDA##

Apesar de elogiar Hernane Brocador, o atacante poderá perder a vaga. O preferido para assumir a função é Mikael, mas Leandro Barcia tem entrado muito bem durante os jogos e pode ganhar uma chance. Marquinhos deverá seguir no setor ofensivo, com Thiago Neves abastecendo a dupla de ataque.

"Não adianta a gente achar que está tudo errado, que ninguém serve, porque somos nós os responsáveis por fazer a melhor campanha possível até o final de fevereiro. Temos que erguer a cabeça e dar a volta por cima. Vínhamos bem, só precisamos retomar esse futebol. Estamos todos juntos em busca do melhor para o Sport. Queremos começar já neste jogo contra o Red Bull Bragantino. Respeitamos nosso adversário, não será fácil, mas precisamos vencer", afirma Jair Ventura.

Vindo de três derrotas consecutivas, o Sport é o décimo colocado, com 20 pontos, flertando com uma vaga na zona da Copa Libertadores. Na última rodada perdeu para o Internacional, por 5 a 3, na Ilha do Retiro.

O Santa Cruz segue líder isolado da Série C. Encarando o Treze em Campina Grande, o tricolor não fez um bom jogo. Tanto que não conseguiu chutar nenhuma bola no gol no primeiro tempo. Mas o time paraibano, que vinha de três vitórias seguidas, também não estava inspirado e bastou um vacilo para a cobra picar o Galo. Lourenço fez o gol da vitória coral, desviando uma falta cobrada por Didira. O Treze ainda reclamou, com razão, de um pênalti não marcado de Jordan em Gilvan. Mas não tem VAR na terceirona.

Primeira etapa horrível

##RECOMENDA##

O primeiro tempo foi sofrível. Talvez a pior atuação coral – em termos de construção ofensiva - desde a chegada de Marcelo Martellote. O Santa Cruz não conseguiu chegar com perigo nenhuma vez na etapa. Em compensação, a defesa tricolor se portou bem, anulando as principais armas do Treze, que também não conseguiu assustar o goleiro Jordan.

Gol e pênalti não marcado

Na segunda etapa, outro jogo. Mais aceso no jogo, o Santa pressionou a saída de bola dos donos da casa e criou boas jogadas de ataque. Em falta cobrada da esquerda, Didira cruzou e Lourenço subiu no segundo andar para desviar e matar o goleiro Andrey. Primeiro gol do atacante que veio do Avaí com a camisa coral.

O Treze reclamou bastante de um pênalti cometido pelo goleiro Jordan em cima do atacante Gilvan, no jogo e ao final da partida. Pelas imagens da transmissão do DAZN, ficou claro que o goleiro coral realmente toca o pé do jogador do Galo de Campina Grande.

[@#video#@]

Com a entrada de Paulinho – voltando de contusão – o time coral conseguiu dominar as ações do meio campo. Com três volantes em campo, ele até chegou a parecer um meia, devido à liberdade dada pelo técnico Marcelo Martellote.

A Cobra Coral ainda teve uma chance clara, quando Perí foi ao fundo e cruzou na cabeça de Pipico, que desviou, mas Andrey foi buscar no ângulo. O Treze ainda tentou fazer uma pressão no fim, mas não chegou a ameaçar o gol do Santa Cruz, que saiu de campo mais líder do que nunca, com 24 pontos conquistados, cinco a mais que o segundo colocado, Vila Nova-GO, que ainda joga neste domingo (18).

Ficha do jogo

TREZE: Andrey; Gustavo (Ermínio), Ítalo, Nilson Júnior e Gilmar; Robson (Maycon), Vinícius Barba, Douglas Packer (Bruno Mota), Douglas Lima (Maycon Paixão); Gilvan e Frontini. Técnico: Márcio Fernandes.

SANTA CRUZ: Jordan; Toty, Danny Morais, Célio Santos e Perí; André, Bileu e Didira (Tinga); Leonan (Paulinho), Lourenço (Jáderson) e Pipico (Caio Mancha). Técnico: Marcelo Martelotte.

Árbitro: José Henrique de Azevedo Júnior (MA)

Assistentes: Djavan Costa da Silva e Raphael Max Borges Pereira

Cartões amarelos: Bileu, Célio Santos e Marcelo Martelotte (Santa Cruz); Murici, Maycon e Gilmar (Treze).

Cartão vermelho: Bruno Menezes (Treze)

O venezuelano Soteldo vai defender o Al Hilal, da Arábia Saudita. O Santos aceitou a proposta de R$ 40 milhões e havia deixado a decisão nas mãos no jogador, que acenou positivamente para a proposta.

A despedida do jogador é na partida contra o Coritiba, neste sábado, e foi confirmada pelo próprio técnico Cuca. "Não tem incerteza, é o último jogo dele, ele vai embora. É uma proposta financeira muito boa e usamos essa despedida na preleção. Que ele seja feliz", afirmou o treinador.

##RECOMENDA##

Soteldo ganhou a faixa de capitão em seu jogo de despedida, diante do Coritiba. Sai para lamento dos torcedores, que não queriam que o jogador deixasse a Vila Belmiro. Os santistas "invadiram" as redes sociais para pedir sua permanência.

Mas o negócio já está acertado. Foi a terceira investida em Soteldo no ano. Primeiro foi o Atlético-MG quem procurou o jogador. Ele era um pedido do técnico Jorge Sampaoli.

O Santos disse "não" e o pequenino atacante fez juras de amor ao Santos. Então surgiu a proposta dos árabes. O Al Hilal ofereceu R$ 33 milhões e o Santos nem quis abrir negócio, informando que o valor era "muito baixo".

A nova proposta, com R$ 7 milhões a mais agradou e o clube aceitou. Soteldo decidiria o futuro. O Santos não ia se impor à escolha do jogador e ele optou por atuar no mundo árabe.

Ainda tentando se encontrar nesta temporada, o Barcelona sofreu sua primeira derrota na atual edição do Campeonato Espanhol. Fora de casa, o time de Lionel Messi foi batido pelo Getafe por 1 a 0, neste sábado, pela sexta rodada. Com jogos atrasados, o Barça disputou sua quarta partida na competição.

Com a derrota, os catalães perderam a chance de se manter entre os primeiros colocados. Somam sete pontos, três atrás do Real Madrid, Cádiz, Granada e do próprio Getafe, todos com dez pontos.

##RECOMENDA##

Nas partidas anteriores, o Barça obteve duas vitórias e um empate, embora sem convencer. Contratado no início da temporada, o treinador Ronald Koeman ainda tenta implementar seu estilo de jogo ao time.

O time catalão terá ótima oportunidade de reagir no Espanhol já no próximo sábado. O Barça fará o clássico com o Real Madrid, no Camp Nou. Curiosamente, o time da capital também perdeu neste sábado, para o Cádiz.

De uniforme cor de rosa, o Barça esteve aquém do esperado ao longo dos 90 minutos, embora tenha sido claramente superior no primeiro tempo. Foram duas boas chances criadas. A primeira foi aos 19 minutos, quando Lionel Messi acertou a trave direita do goleiro David Soria.

Dez minutos depois, o francês Antoine Griezmann desperdiçou chance ainda mais clara de gol. Cara a cara com Soria dentro da área, ele mandou por cima do travessão. Do outro lado, o Getafe teve desempenho cauteloso nos primeiros 45 minutos de jogo. Só passou a arriscar na etapa final.

E não teve motivos para lamentar. Em uma de suas primeiras investidas na etapa, Djené sofreu falta de De Jong dentro da área. Aos 10, Mata bateu no canto direito e anotou o único gol da partida.

Preocupado, o técnico Ronald Koeman resolveu fazer mudanças na equipe. Entraram Philippe Coutinho, Ansu Fati e Martin Braithwaite. Fati melhorou a movimentação do setor ofensivo e deu trabalho para a zaga do Getafe. Mas estava sozinho em suas investidas. Messi, no segundo tempo, teve atuação apagada.

O Barça tenta impor pressão, mas sem efetividade. E, ao mesmo tempo, sofria com os contra-ataques. Em um deles, aos 38 minutos, Cucho acertou o travessão e perdeu a chance de sacramentar a vitória, que acabou sendo conquistada mesmo sem este gol.

O Corinthians está "repatriando" o lateral-esquerdo Fábio Santos, campeão da Copa Libertadores e do Mundial de Clubes em 2012. O jogador já se despediu dos companheiros do Atlético-MG e assinará contrato até dezembro de 2021.

Fábio Santos é o primeiro reforço pedido pelo técnico Vágner Mancini. Eles trabalharam juntos em Belo Horizonte em 2019. É o terceiro jogador contratado junto ao time mineiro após Otero e Cazares. O ídolo corintiano volta ao clube após cinco anos. Ele se despediu dos companheiros de Atlético-MG neste sábado.

##RECOMENDA##

Fábio Santos fez parte do vitorioso Corinthians do início da década, erguendo seis troféus: Brasileirão de 2011 e 2015, Libertadores e Mundial de 2012 e Paulistão e Recopa de 2013.

Como fez apenas cinco jogos no Brasileirão, o lateral poderá ser inscrito sem problemas. Ele chega de graça, com o Corinthians assumindo apenas os custos do salário. E chega para cobrir uma carência do elenco. Desde o início do ano, a lateral esquerda foi o setor que mais causou dor de cabeça a Tiago Nunes e Dyego Coelho. Com a ideia de transformar Danilo Avelar em zagueiro, as opções para o setor não deram conta do recado.

Sidcley não se firmou, foi questionado pela torcida por nunca conseguir entrar em forma e vai embora no fim do ano. Lucas Pitton, o atual titular, alternou boas e más apresentações e jamais conseguiu agradar. Carlos foi quem menos recebeu críticas. Acabou sendo negociado com o Monza, da segunda divisão do futebol italiano.

Fábio Santos chega para assumir a posição e dar mais segurança à defesa corintiana, bastante vulnerável na temporada. O zagueiro Gabriel, pouco utilizado no Atlético-MG, é outro que interessa. Mas Jorge Sampaoli insiste em não liberá-lo, mesmo sendo a quinta opção do setor.

Elogiada por sua linha de uniformes cor de rosa em combate ao câncer de mama, a Umbro pisou na bola e trocou os escudos dos clubes durante a produção dos modelos. Neste sábado (17), um torcedor do Sport Clube do Recife foi reclamar nas redes sociais após perceber que o escudo do Santos foi estampado no manto leonino.

Na região superior das costas, logo abaixo do símbolo da Umbro, o rubro-negro Flávio Costa notou o erro da fornecedora e pediu uma solução. "Comprei no seu site minha camisa rosa do Sport para apoiar a causa, achei a camisa linda e a ideia arretada. Mas o que esse escudo do Santos tá fazendo ali nas costas?", questionou no Twitter.

##RECOMENDA##

Não há mais o modelo da edição limitada do Sport disponível na loja online da Umbro. Contudo, a linha masculina das camisas em prol do Outubro Rosa é vendida pelo valor de R$ 249,90 - independente do clube.

Diante da falha que pode ter lesado mais torcedores, o LeiaJá entrou em contato com as assessorias da Umbro Brasil e do Sport Clube do Recife, que ainda não se pronunciaram sobre a falha.

Confira

[@#video#@]

O Athletico-PR anunciou o retorno de Paulo Autuori neste sábado. Dessa vez, ele ocupará a função de diretor técnico, comandando o departamento de futebol e com a responsabilidade de gerir o projeto esportivo do clube por meio de sua liderança técnica. Uma das obrigações de Autuori será alinhar as atividades técnicas e metodológicas entre as equipes de formação e profissional.

Experiente, o novo diretor técnico do Athletico-PR já trabalhou na equipe paranaense. Entre 2016 e 2017, exerceu as funções de técnico e manager. Naquele período, o carioca teve desentendimentos com a diretoria do clube.

##RECOMENDA##

Em 2016, Autuori conquistou o sexto lugar no Brasileirão e levou a equipe à Copa Libertadores. No ano seguinte, comandou a equipe até as oitavas de final da competição continental, quando assumiu a função diretiva e cedeu sua posição para Eduardo Baptista.

O novo técnico, porém, foi demitido logo depois, o que causou desconfortos a Autuori, que decidiu sair da equipe. Após algumas semanas, ele foi convencido por Mario Celso Petraglia a retornar ao clube, onde ficou até o fim daquela temporada.

O último trabalho de Paulo Autuori foi no Botafogo, como treinador. Ele foi demitido da equipe de General Severiano no início do mês de outubro devido aos maus resultados no Campeonato Brasileiro. Aos 64 anos, com passagens como técnico por equipes do exterior, o carioca acumula títulos nacionais e internacionais.

O Real Madrid teve um sábado para se esquecer no Estádio Alfredo Di Stéfano. Perdeu a invencibilidade e a liderança do Campeonato Espanhol para o Cádiz, que mostrou forças para ganhar por 1 a 0, mesmo atuando fora de casa.

A parada para os jogos das seleções na data Fifa foi bastante prejudicial ao Real Madrid, que liderava com 10 pontos e não sabia o que era derrota. O time retornou da pausa sonolento e sem criatividade. E com o tropeço inesperado despencou para o terceiro lugar na tabela. Soma os mesmos 10 pontos do Cádiz, o novo líder, e do Granada, agora em segundo após 1 a 0 no Sevilla.

##RECOMENDA##

Foi um primeiro tempo ruim do Real Madrid. Sem objetividade, a equipe do técnico Zinedine Zidane sequer conseguiu ameaçar o gol de Ledesma, mesmo alugando o campo de ataque.

O poderoso setor ofensivo merengue, com Benzema, Vinícius Jr. e Lucas Vázquez deixou a desejar na etapa. O brasileiro, numa bicicleta, aos 40, até poderia ter mais sorte. Mas Modric jogou de zagueiro e atrapalhou o lance.

Investindo na forte marcação e nos contra-ataques, o Cádiz foi quem criou as melhores chances. Negredo cabeceou raspando aos 13, e Courtois espalmou o chute forte de Salvi aos 14.

Aos 15, o goleiro nada pôde fazer quando Negredo serviu Lozano, que tirou com categoria do goleiro para abrir o marcador. O atacante ainda quase ampliou aos 29, com Courtois novamente fazendo milagre. O Real abusou de errar o alvo e mereceu ir para o intervalo em desvantagem.

Atrás do marcador e apático jogo, o Real Madrid voltou bem diferente para fase final. Zidane fez logo quatro alterações para evitar o revés. Colocou Asensio, Casemiro, Éder Militão e Valverde e o time melhorou.

Vinícius Junior teve duas chances de empate, uma em cabeçada livre, porém errou o alvo. Jovic, quinta mudança de Zidane, até empatou o jogo, mas o gol acabou anulado.

Benzema, autor da assistência, estava impedido no lance.

O Real lutou até o fim. Mostrou, contudo, enorme falta de criatividade e acabou esbarrando na bom paredão defensivo do Cádiz, o novo líder do Espanhol.

O Milan mostrou neste sábado que não é líder do Campeonato Italiano por acaso ao vencer o clássico de Milão diante da Internazionale por 2 a 1, no Giuzeppe Meazza. O confronto foi decidido com dois gols de Ibrahimovic, que retornou ao time após se recuperar da covid-19. Os anfitriões marcaram com Lukaku.

O Milan manteve a campanha perfeita na competição. Ostenta quatro vitórias em quatro partidas e é o único a somar 12 pontos. Com isso, se isolou na ponta da tabela de classificação, enquanto que a Inter sofreu sua primeira derrota no torneio e caiu para o sexto lugar, estacionada nos sete pontos.

##RECOMENDA##

Recuperado do coronavírus, Ibrahimovic foi o grande protagonista da partida, especialmente nos primeiros minutos da etapa inicial. O experiente centroavante sofreu pênalti de Kolarov, viu o goleiro Handanovic defender sua cobrança, mas pegou o rebote e abriu o placar aos 12 minutos. Aos 15, completou cruzamento de Rafael Leão e ampliou o marcador.

Dominada, a Inter só acordou depois de sofrer os dois gols. Os anfitriões aumentaram a produção ofensiva e insistiram até diminuir a desvantagem com Lukaku. O centroavante belga recebeu passe de Perisic e, livre na pequena área, balançou as rede aos 28 minutos.

Na etapa complementar, como previsto, a Inter se lançou ao ataque desde o começo e pressionou o arquirrival. Hakimi, Barella e Lukaku exigiram ótimas defesas de Donnarumma, que acabou se tornando um dos destaques do clássico de Milão. O árbitro chegou a assinalar pênalti do goleiro em Lukaku, mas o VAR apontou impedimento e a penalidade foi anulada. O lance polêmico gerou muita reclamação.

Mais acionado e também o mais perigoso da Inter, Lukaku teve duas oportunidades para empatar nos acréscimos. O atacante belga quase foi às redes de novo primeiro em finalização de bico, que passou à direita do gol, e depois em arremate de calcanhar defendido por Donnarumma.

Em outro duelo já encerrado neste sábado, o Napoli, que recentemente perdeu por WO por não ter comparecido ao confronto diante da Juventus, goleou a Atalanta por 4 a 1 e subiu para o terceiro lugar, com oito pontos, um a menos que o time de Bérgamo, que aparece na vice-liderança e perdeu os 100% de aproveitamento no torneio. A Sampdoria fez 3 a 0 na Lazio (11ª) e ocupa a nona colocação.

Em um jogo movimentado, com belos gols, alternância de placar, muitas discussões, expulsão de Richarlison por uma falta dura em cima de Thiago Alcântara e gol anulado pelo VAR nos acréscimos, Everton e Liverpool empataram por 2 a 2 no dérbi de Merseyside deste sábado que abriu a quinta rodada do Campeonato Inglês.

Com o resultado, o Everton perde os 100% de aproveitamento, segue sem ganhar do rival desde 2010, mas mantém a invencibilidade no campeonato e permanece na liderança, com 13 pontos. O Liverpool, ainda impactado pelo revés histórico por 7 a 2 sofrido para o West Ham há duas semanas, aparece no segundo lugar, com 10 pontos, mas deve perder o posto ao final da rodada, já que as equipes estão emboladas na tabela.

##RECOMENDA##

Embora o time de Jürgen Klopp tenha tido mais volume de jogo, terminando a partida com quase 60% de posse de bola e finalizado o dobro do rival (22 contra 11), não houve um domínio do Liverpool, visto que as duas equipes criaram oportunidades de gol para saírem com a vitória no Goodison Park.

Mané e Richarlison, por exemplo, levaram perigo aos goleiros. O senegalês quase marcou em conclusão que passou perto do gol, e o brasileiro acertou cabeceio na trave do gol defendido por Adrian.

O Liverpool esteve à frente duas vezes no placar e foi às redes com Sadio Mané, no início do jogo, e no segundo tempo com Mohamed Salah, que se tornou o 17º jogador da história do clube a chegar à marca de 100 gols. O egípcio marcou em bonita finalização no segundo tempo.

Jogando em casa, o Everton não facilitou a vida do atual campeão inglês e buscou a igualdade com Michael Keane, e Dominic Calvert-Lewin, artilheiro do torneio, com sete tentos, e que vive grande fase. Os dois gols dos anfitriões foram marcados de cabeça, cada um em um tempo.

A partida foi especialmente equilibrada na etapa final e também marcada por uma entrada dura de Richarlison. O brasileiro chegou atrasado e acertou Thiago Alcântara. O árbitro não hesitou em expulsar o atacante aos 45 minutos.

Nos acréscimos, com um jogador a mais, os visitantes ficaram muito perto de conquistar a vitória no dérbi. Só não conseguiram porque o árbitro de vídeo flagrou Mané em posição de impedimento por alguns centímetros e anulou o gol de Henderson, aos 47 minutos.

O Fluminense recebe o Ceará neste sábado (17), a partir das 19h (horário de Brasília) no estádio do Maracanã, pela 17ª rodada do Brasileiro, tentando manter a boa sequência na competição. Nas últimas cinco partidas o Tricolor venceu três vezes e empatou duas, o que fez com que desse um salto na classificação, ocupando atualmente a quinta posição com 25 pontos.

Retorno dos veteranos

##RECOMENDA##

Após o empate em 1 a 1 com o líder Atlético-MG, em partida realizada na última quarta (14) no Mineirão, o técnico Odair Hellmann terá o retorno dos veteranos Nenê e Fred, que foram poupados. Na lateral esquerda, Danilo Barcelos pode voltar ao time após cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo, mas disputa posição com Egídio. Quem está fora é o peruano Fernando Pacheco, que teve uma lesão confirmada na coxa que o deixará fora de combate por pelo menos duas semanas.

Em entrevista coletiva na última sexta (16), o zagueiro Digão disse que o clube carioca brigará pelo título: “É muito difícil o campeonato, o mais disputado do mundo. Com a pandemia, sem torcida, aumenta ainda mais a dificuldade, mas temos que sempre olhar para o lado de cima da tabela”.

O zagueiro também destacou o papel de Emily Gonçalves, coordenadora do Departamento de Psicologia do Fluminense: “Ela faz um trabalho de formiguinha e quase ninguém vê. Ela coloca o cara para o alto quando precisa, e põe no trilho quando a pessoa começa a pensar que é o Pelé”.

Técnico suspenso

Já o Vozão, que disputou sua última partida no domingo passado (vitória de 2 a 1 sobre o Corinthians) teve a semana livre para treinar, o que, na avaliação do técnico Guto Ferreira, oferece algumas vantagens: “Procuramos descansar e recuperar os jogadores e ao mesmo tempo trabalhar alguns ajustes nos setores defensivos, ofensivos e de transição”.

E suspenso do confronto deste sábado, o treinador manda sua equipe a campo tentando não pensar em outro tricolor, o Fortaleza, com quem decide o Campeonato Cearense na próxima quarta (21), após perder o primeiro duelo por 2 a 1: “Trabalhamos jogo a jogo. Não estamos ainda em condições de priorizar uma ou outra competição”.

O Vozão chega à partida com o Flumiense com desfalques no setor defensivo, pois não contará com os laterais Samuel Xavier e Eduardo, além do zagueiro Luiz Otávio. “Não adianta ficar chorando guerreiros que não irão para a batalha. Temos que exaltar os guerreiros que vão para a luta, e podem ter certeza de que o Ceará tem grandes guerreiros”, diz Guto, despistando a possível escalação de sua equipe.

O Santos Futebol Clube, diante de toda pressão e até ameaças por parte de patrocinadores, voltou atrás e anunciou, nesta sexta-feira (16), a suspensão do contrato com Robinho. O jogador foi condenado por estupro, em primeira instância, na Ítalia

Ele estava no futebol turco selou acordo com o Santos, clube onde foi formado, no dia 10 de outubro. Até conversas em que Robinho basicamente confirma o estupro, e que fazem parte da peça juridica usada na condenação do jogador foram expostas, aumentaram ainda mais a pressão em cima do Peixe.

##RECOMENDA##

“O Santos Futebol Clube e o atleta Robinho informam que, em comum acordo, resolveram suspender a validade do contrato firmado no último dia 10 de outubro para que o jogador possa se concentrar exclusivamente na sua defesa no processo que corre na Itália”, diz o comunidado do time. 

[@#video#@]

LeiaJá também

--> Campanha nas redes pede para Robinho ser agredido em campo

--> Em áudio vazado, Robinho xinga a Globo e elogia Bolsonaro

 

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando