Esportes

| Futebol

O sábado promete mexer na tabela de classificação da Série B do Brasileiro com a realização de seis partidas. O Sport faz um duelo nordestino contra o CSA para manter vivo o sonho do acesso. Em Campinas (SP), os tradicionais Guarani e Náutico se enfrentam em confronto direto contra o rebaixamento.

Em busca da reabilitação depois de ter sido goleado pelo Ituano, por 4 a 1, o Sport recebe o CSA na Arena Pernambuco e precisa da vitória para não perder de vista o G4. O time pernambucano tem 31 contra 39 do quarto colocado Vasco, que recebe o Tombense, em São Januário.

##RECOMENDA##

Rafael Bandeira / SCR

Com 23 pontos, o CSA aposta na estreia do técnico Roberto Fernandes para deixar a zona de rebaixamento. Um jogo que interessa diretamente o clube alagoano acontece em Ponta Grossa (PR). Na beira da degola, com 24 pontos, o Operário recebe o Sampaio Corrêa, no Germano Krüger.

Por falar em rebaixamento, Guarani e Náutico fazem um confronto direto no Estádio Brinco de Ouro da Princesa. Sem vencer há seis jogos, o alviverde paulista tem 20 contra 21 pontos dos pernambucanos, que encerraram uma sequência de seis derrotas com a vitória sobre o CRB, por 2 a 1.

Um detalhe interessante do jogo em Campinas é o reencontro de Elano com o clube onde foi revelado antes de se destacar no Santos, no Manchester City-ING e na seleção brasileira. O ex-meia jamais venceu o Guarani como treinador: são três derrotas e um empate.

Confira os jogos da 24ª rodada

SÁBADO

11h

Operário x Sampaio Corrêa

Vasco x Tombense

16h

Sport x CSA

16h30

Cruzeiro x Chapecoense

18h30

Guarani x Náutico

20h30

CRB x Grêmio

DOMINGO

11h

Novorizontino x Criciúma

Tentando se aproximar da zona da Copa Libertadores o Botafogo tem pela frente neste sábado, às 21h, no Engenhão, o Atlético-GO, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Diferente dos cariocas, os goianos vem priorizando as Copas, já que estão nas quartas de final da Copa do Brasil e na semifinal da sul-americana.

No Campeonato Brasileiro, no entanto, a situação do Atlético-GO é preocupante. É apenas o penúltimo colocado, com 20 pontos, dois atrás do Avaí, o primeiro fora da zona de rebaixamento. Na última rodada, venceu o Red Bull Bragantino por 2 a 1 e quebrou uma série de seis derrotas consecutivas.

##RECOMENDA##

O Botafogo vem de um empate por 1 a 1 com o Ceará em pleno Engenhão. De altos e baixos na temporada, o time carioca é o 12º colocado, com 25 pontos. O Inter, em sexto, já tem 33.

O Botafogo teve uma sexta-feira agitada com direito a reforços. O clube carioca anunciou Danilo Barbosa, ex-Palmeiras, Gabriel Pires, ex-Benfica, e está muito próximo de oficializar Tiquinho Soares, ex-CSP da Paraíba. No entanto, Luis Castro deve manter a base dos últimos jogos.

A certeza é que o treinador não poderá contar com Lucas Fernandes, suspenso. Além dele, Breno está lesionado. A dúvida é na lateral entre Marçal e Hugo, com o segundo sendo favorito para iniciar entre os titulares. "É difícil de explicar a situação em que nos encontramos, pois nossos treinos são muito bons, a parte física, com bola. É muito intenso. Mas vamos sair dessa e conseguiremos os resultados que queremos", disse Cuesta.

Do outro lado, Jorginho seguirá fazendo rodízio no Atlético-GO com o objetivo de não desgastar nenhum jogador nesta reta decisiva. A tendência é que nomes como Dudu, Marlon Freitas, Jefferson e Wellington Rato retornem ao time titular.

A principal expectativa é em cima do atacante Luiz Fernando, principal destaque da classificação frente ao Nacional-URU, ao marcar dois gols. Caso não jogue, Peglow iniciará entre os 11 titulares. O argentino Churín deverá ser mantido.

"Vai ser uma grande partida. Não só por se tratar do meu ex-clube, mas por ser o Botafogo, pela grandeza do time. Espero fazer um grande jogo para buscar o melhor resultado possível. Em todos os jogos que fiz pelo Botafogo, entrei de corpo e alma para ajudar o clube e faço o mesmo pelo Atlético-GO", concluiu Luiz Fernando.

Novamente com São Januário lotado, o Vasco volta a campo neste sábado, às 11h, pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Sem vencer há dois jogos, os cariocas precisam reconquistar a confiança da torcida, que já tinha esgotado os ingressos antes mesmo da última rodada, algo que está virando rotina. O adversário será o Tombense, que também busca o reencontro com a vitória para se aproximar do G-4.

A aprovação da venda da SAF para a 777 Partners motivou a torcida vascaína, mas dentro de campo o Vasco não correspondeu. Na última terça-feira, fez o primeiro jogo após a venda e foi derrotado pela Ponte Preta, por 3 a 1, em Campinas (SP). Permaneceu com 39 pontos, em quarto lugar, e perdeu a chance de aumentar ainda mais a vantagem para o quinto colocado. O que pode manter o torcedor confiante é o retrospecto em casa. O time cruzmaltino ainda não foi derrotado, somando sete vitórias e cinco empates.

##RECOMENDA##

O Tombense, que ficou no empate sem gols com o lanterna Vila Nova, em casa, pode se tornar um adversário direto, porque tem 33 pontos e sonha encostar no G-4. Para isso, porém, precisa melhorar seu desempenho como visitante. Em 11 jogos, conquistou apenas uma vitória, além de seis empates e acumulou quatro derrotas. No primeiro turno, em Muriaé (MG), houve empate por 1 a 1.

O Vasco segue com o comando do técnico interino Emílio Faro, já que um novo treinador só deve chegar após o fim da implementação da 777 Partners como dona da SAF. Ulisses, Gabriel Dias e Riquelme continuam como desfalques, todos lesionados. Por outro lado, Yuri Lara, Palácios e Nenê voltam a ficar à disposição após cumprirem suspensão.

Nenê provavelmente retomará a titularidade, com Alex Teixeira jogando como ponta. Assim, quem corre risco de deixar o time é Gabriel Pec porque Marlon Gomes jogou muito bem contra a Ponte Preta, em seu primeiro jogo como titular, e pode ganhar nova chance. Yuri Lara reassume a posição no lugar de Zé Gabriel no meio-campo e o lateral-direito Matheus Ribeiro, que estreou no decorrer do último jogo, briga com Léo Matos. Este será o primeiro jogo que Alex Teixeira inicia jogando desde sua volta ao clube, após 13 anos no exterior.

Emílio pediu para que os jogadores deixem a derrota para trás e continuem focados no acesso. "Temos que quebrar o retrovisor e enxergar a próxima partida, onde teremos casa cheia. Precisamos nos manter focados no acesso, que vamos conseguir com certeza. A derrota passou e vamos tirar lições. Vamos observar o Tombense e criar estratégias para o jogo contra eles", projetou.

No lado do Tombense, o técnico Bruno Pivetti terá o retorno do volante Zé Ricardo, que cumpriu suspensão. Além disso, o atacante Keké está recuperado de lesão, mas deve começar no banco. Há disputa também no setor defensivo, com Diego Ferreira e David como opções na lateral-direita e Ednei e Joseph na zaga.

Pivetti sabe que encontrará um clima muito desfavorável, mas pediu inteligência para seus jogadores. "Vamos enfrentar uma grande equipe, em uma atmosfera com o apoio da torcida. Precisamos ser inteligentes e estratégicos para fazermos o jogo encaixar em São Januário e a gente sair com um resultado positivo", apontou o caminho.

Cenas de vandalismo foram registradas nesta semana na Argentina. Após a derrota do Aldosivi para o Godoy Cruz por 2 a 0, em partida válida pelo Campeonato Argentino, torcedores, inconformados com o resultado, foram vistos ateando fogo nos carros de jogadores e membros da comissão técnica do clube ao fim do jogo.

Segundo o jornal Olé, cinco veículos foram destruídos por torcedores do Aldosivi. Eles pertenciam a José Devecchi, Jonathan Zacarías, Francisco Cerro, Chaco Martínez - jogadores da equipe - e um integrante da comissão técnica.

##RECOMENDA##

O fato ocorreu em uma das sedes do clube, na cidade de Mar del Plata. Segundo o corpo de bombeiros da região, não houve casos de feridos com o incidente e o fogo foi controlado de forma rápida. Como a partida aconteceu em Mendoza, cidade na qual o Godoy Cruz manda seus jogos, não haviam jogadores na sede do clube no momento do ocorrido. Os atletas do Aldosivi costumam deixar seus carros no estacionamento do clube quando viajam para disputar suas partidas em outra cidade, uma prática também do futebol brasileiro.

Em comunicado oficial, o Aldosivi lamentou e condenou o incidente, classificando-o como um "ato de vandalismo". "O Club Atlético Aldosivi expressa seu total repúdio aos atos de vandalismo ocorridos nesta noite no prédio esportivo. A violência nunca é o caminho. Seguiremos trabalhando e fomentando os valores de respeito, compromisso e amor por estas cores", informa a nota.

Após os incidentes, o clube deverá realizar seus próximos jogos com os fechados, até que os fatos sejam esclarecidos e investigados. Na próxima quinta-feira, às 19h30 (horário de Brasília), a equipe enfrenta o Vélez Sarsfield, pelo Campeonato Argentino. O Aldosovi é o penúltimo colocado na competição.

Resiliência foi o termo usado pelo meia Fabinho quando perguntado sobre o que o Sport precisava, se ainda quisesse sonhar com o acesso à primeira divisão. O jogador falou que o time segue confiante e de olho no G-4. E nem mesmo a derrota pesada para o Ituano, 4x1, abalou o elenco. Segundo Fabinho, apesar de ruim, o resultado já é água passada.

“A gente tem que ser resiliente, pontos corridos é um campeonato longo, costumo falar que é uma maratona e você tem pensar jogo a jogo. Viemos de uma derrota ruim, com um placar que fugiu do nosso controle, mas quando acabou a partida tem que desligar, porque não volta mais, e focar no próximo. Sempre o jogo seguinte é o mais importante”, disse.

##RECOMENDA##

O Sport está a 8 pontos de distância do Grêmio, último time dentro da zona de acesso. Mas mesmo essa diferença pontual aliada ao rendimento abaixo do time não abalou, segundo Fabinho, a confiança do grupo. “Estamos confiantes, temos que redobrar as atenções e enquanto houver chances matemáticas de se aproximar do G4 a gente vai trabalhar muito e confiar bastante para alcançar nossa meta”, garantiu. 

Fabinho ainda elogiou a força da torcida que promete comparecer em bom número neste sábado (13), na Arena de Pernambuco. E ressaltou que mesmo com as oscilações os rubro-negros têm apoiado o time.

Os brasileiros Vinícius Junior e Casemiro, ambos do Real Madrid, e Fabinho, do Liverpool, estão na lista de 30 indicados ao tradicional prêmio Bola de Ouro 2022, organizado pela revista France Football. A lista foi divulgada nesta sexta-feira, sem os nomes de dois dos maiores astros do futebol mundial: Neymar e Messi, que tiveram uma temporada 2021/2022 marcada por frustrações no Paris Saint-Germain. Mbappé foi indicado.

O argentino foi o vencedor nas duas edições anteriores (2019 e 2021) e soma outras cinco vitórias (2009, 2010, 2011, 2012 e 2015). Neymar, por sua vez, nunca venceu, mas já ficou com a terceira colocação em 2015 e em 2017. Apesar da indicação do trio brasileiro, não há grandes esperanças de que algum deles seja agraciado com a honraria.

##RECOMENDA##

O favorito a levar o prêmio é Karim Benzema, companheiro de Vini Jr. no Real Madrid e protagonista da campanha do título do time merengue na última Liga dos Campeões. A lista também tem nomes como Robert Lewandowski, ex-Bayern de Munique e hoje no Barcelona. O artilheiro polonês foi segundo lugar na Bola de Ouro do ano passado e venceu as duas últimas edições do The Best, prêmio de melhor do mundo da Fifa.

Segundo maior vencedor da premiação da revista francesa, com cinco vitórias, atrás apenas de Messi, Cristiano Ronaldo está entre os 30 nomeados. Campeão do principal torneio europeu da temporada, o Real Madrid tem mais nomes na lista além de Vini Jr., Benzema e Casemiro, já que o zagueiro Antonio Rüdiger, o meia Luka Modric o goleiro Thibaut Courtois também figuram entre os indicados.

O fenômeno norueguês Erling Haaland, contratado nesta temporada pelo Manchester City após brilhar pelo Borussia Dortmund, é outro que está na lista. O City, aliás, tem mais representantes. Além de Kevin De Bruyne, nome forte para entrar no top 3, o time de Guardiola emplacou Phil Foden e Riyad Mahrez no top 30.

Contratado pelo Dortmund para substituir Haaland, o atacante Sebastien Haller é outro que aparece entre os escolhidos pela France Football. Depois de uma excelente temporada com a camisa do Ajax, o jogador de 28 anos mal chegou ao novo clube e precisou ser afastado ao ser diagnosticado com tumor maligno no testículo.

MELHOR GOLEIRO

O Brasil também tem representantes na briga pelo Troféu Yashin, realizado pela revista France Football para eleger o melhor goleiro da temporada. Alisson, do Liverpool, e Ederson, do Manchester City, disputam com o belga Courtois (Real Madrid), o marroquino Bounou (Sevilla), o senegalês Mendy (Chelsea), os alemães Trapp (Eintracht Frankfurt) e Neuer (Bayern de Munique), o esloveno Oblak (Atlético de Madrid) e os franceses Lloris (Tottenham) e Maignan (Milan).

Veja a lista com os 30 indicados:

Antonio Rüdiger (Real Madrid/Alemanha)

Bernardo Silva (Manchester City/Portugal)

Casemiro (Real Madrid/Brasil)

Christopher Nkunku (RB Leipzig/França)

Cristiano Ronaldo (Manchester United/Portugal)

Darwin Núñez (Liverpool/Uruguai)

Dusan Vlahovic (Juventus/Sérvia)

Erling Haaland (Manchester City/Noruega)

Fabinho (Liverpool/Brasil)

Harry Kane (Tottenham/Inglaterra)

Heung-Min Son (Tottenham/Coreia do Sul)

João Cancelo (Manchester City/Portugal)

Joshua Kimmich (Bayern de Munique/Alemanha)

Karim Benzema (Real Madrid/França)

Kevin de Bruyne (Manchester City/Bélgica)

Kylian Mbappé (PSG/França)

Luis Díaz (Liverpool/Colômbia)

Luka Modric (Real Madrid/Croácia

Mike Maignan (Milan/França)

Mohamed Salah (Liverpool/Egito)

Phil Foden (Manchester City/Inglaterra)

Rafael Leão (Milan/Portugal)

Riyad Mahrez (Manchester City/Argentina)

Robert Lewandowski (Barcelona/Polônia)

Sadio Mané (Bayern de Munique/Senegal)

Sébastien Haller (Borussia Dortmund/Costa do Marfim)

Thibaut Courtois (Real Madrid/Bélgica)

Trent Alexander-Arnold ( Liverpool/Inglaterra)

Vinicius Junior (Real Madrid/Brasil)

Virgil van Dijk (Liverpool/Holanda)

Lucas Perri acertou com o Botafogo. O goleiro assinou um pré-contrato com o clube carioca nesta semana, com o vínculo indo até o final de 2025. A informação é do jornalista Thiago Franklin, do Canal do TF. Ainda segundo ele, há a possibilidade da liberação do atleta ainda nesta janela de transferências.

Caso não aconteça, o goleiro de 24 anos chegará ao clube sem custos, mas apenas em janeiro de 2023. Revelado pelo São Paulo, Lucas Perri foi emprestado pelo clube paulista ao Náutico, em janeiro deste ano.

##RECOMENDA##

Pelo Timbu, foi titular absoluto e peça indispensável no elenco, disputando 43 partidas e conquistando o Campeonato Pernambucano de 2022.

As datas e horários das semifinais da Copa Libertadores foram divulgadas nesta sexta-feira pela Conmebol. Os primeiros a entrarem em campo na busca por uma vaga na grande decisão serão Athletico-PR e Palmeiras, que se enfrentam no dia 30 de agosto, terça-feira, a partir das 21h30, na Arena da Baixada, pelo jogo de ida. Uma semana depois, no dia 6 de setembro, outra terça, fazem a partida de volta no Allianz Parque, às 21h30.

A final do torneio continental pode ser 100% brasileira, uma vez que a outra semifinal é formada por Flamengo e Vélez. A jornada dos flamenguistas em busca de decidir o título contra um compatriota começa no dia 31 de agosto, no estádio José Amalfitani, às 21h30, e termina no feriado de 7 de setembro, no Maracanã, onde ocorrerá o duelo decisivo, a partir das 21h30.

##RECOMENDA##

Palmeiras e Flamengo decidem em casa por causa da campanha que tiveram na fase de grupos da Libertadores. O time paulista teve o melhor desempenho da história na primeira fase, com 100% de aproveitamento e 25 gols marcados.

Quando o assunto é a melhor campanha geral, o time carioca tem números melhores. Após avançar com dois empates com o Atlético-MG e vitória apenas nos pênaltis, nas quartas de final, o Palmeiras viu o rival rubro-negro assumir o melhor aproveitamento depois de vencer o Corinthians em São Paulo e no Rio. De qualquer forma, isso não tem efeitos práticos.

Nas semifinais, assim como nas duas fases anteriores do mata-mata, gols marcados fora de casa não contam como critério de desempate. Qualquer igualdade no placar agregado, portanto, fará com que a vaga na final seja decidida nos pênaltis. A grande decisão será disputada no dia 29 de outubro, no Estádio Monumental em Guayaquil, Equador

Veja as datas e horários das semifinais da Libertadores:

Athletico-PR x Palmeiras

Ida: 30/08, às 21h30, na Arena da Baixada

Volta: 06/09, às 21h30, no Allianz PArque

Flamengo x Vélez

Ida: 31/08, às 21h30, no José Amalfitani

Volta: 07/09, às 21h30, no Maracanã

O Sport divulgou nesta sexta-feira (12) a nova parcial de ingressos para o jogo deste sábado (13) contra o CSA na Arena de Pernambuco. Atualmente já foram comercializadas 28.640 entradas para o duelo.

Por conta da condição do gramado, o Sport solicitou a troca do palco do confronto da Ilha para Arena. E, com isso, acaba ganhando em capacidade do público, visto que o palco da Copa do Mundo de 2014 comporta atualmente 43 mil lugares.

##RECOMENDA##

O ritmo de vendas até baixou, visto que na quarta (10) o clube já havia anunciado cerca de 25 mil ingressos, mas ainda assim a expectativa é de bom público e talvez seja o melhor do Sport nesta Série B. A bola rola às 16h.

Expresso Arena

O Sport anunciou também o Expresso Arena, ônibus de linha especial que vai ser colocado à disposição da torcida no Terminal Cosme Damião com saída marcada a partir das 13h. Os usuários podem comprar a pulseira garantindo a ida e a volta no próprio terminal com valor de R$4,10.

A bola finalmente vai rolar para o maior campeonato de várzea mundial. O Recife Bom de Bola movimentará os gramados dos bairros da capital pernambucana a partir deste sábado (13). Neste primeiro dia, serão 54 jogos. Realizado pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Esportes, a competição se estende até dezembro.

No futsal, as quadras receberão as equipes no próximo dia 20, sábado. O futebol de campo feminino segue com inscrições abertas até o dia 14 de agosto, domingo, no site recifebomdebola.com.br. Para esta edição, houve ainda um aumento de 75% no valor da soma das premiações. Em 2021, o total foi de R$20 mil. Na atual, subiu para R$35 mil.  

##RECOMENDA##

"Poder realizar uma competição como o Recife Bom de Bola é motivo de muito orgulho para nós da Secretaria de Esportes, e não só pelo tamanho que ele tem, mas pelo que proporciona a todos os amantes de futebol de várzea da nossa capital", frisou Rodrigo Coutinho, secretário de Esportes. "É um trabalho que movimenta não apenas os nossos campos nos mais diversos bairros, mas também a economia nas comunidades. É um campeonato que transforma cada um que faz parte dele."  

Do Sub-11 ao Sub-17, o campeão receberá R$1.000,00 e o vice, R$500; nos Abertos Masculino e Feminino, R$5.000,00 para o campeão e R$ 2.000,00 para o vice; no Veterano, Futsal Masculino e Feminino, R$2.000,00 para o campeão e R$1.000,00 para o vice. O vencedor de cada uma das seis regiões político-administrativas (RPA´s), no Aberto Masculino, recebem R$1.000,00 – totalizando R$ 6.000,00.  

Na última edição da competição, em 2021, 402 equipes, divididas em nove categorias, disputaram o torneio. Foram 10.525 inscritos. As partidas movimentaram diversos locais da capital. Além do Geraldão, que abrigou o futsal, 52 campos de todo o Recife receberam jogos. Este ano, o número parcial de equipes no masculino já vai em 514. De inscritos, são 13.300. No feminino, só no futsal, são 240 atletas distribuídas por nove times.

Da assessoria

O diretor de futebol do Atlético-MG, Rodrigo Caetano, confirmou que se movimentou para tentar contratar Rafinha Alcântara, do PSG, e Paulinho, do Bayer Leverkusen, mas freou a expectativa dos torcedores ao dizer que a possibilidade de trazê-los para esta temporada é baixa. Isso porque o clube mineiro vive uma situação financeira "delicadíssima", conforme afirmado pelo próprio dirigente em coletiva de imprensa nesta sexta-feira.

"Ambos têm vínculos com seus clubes e, para que algum nome desse possa ter possibilidade, só se tivesse um acordo, ficasse livre ou término de contrato. Não é nem um caso, nem o outro", disse Caetano. "Da mesma forma que nós temos nossas dificuldades, temos a obrigação de estar sempre vasculhando o mercado. Possibilidades, tentativas, muitas vezes isso vaza. Eu não posso negar que existiu uma consulta em ambos os nomes, mas é muito pouco provável que isso ocorra nessa janela", concluiu.

##RECOMENDA##

De acordo com o diretor de futebol, no momento, o clube só fará contratações se não tiver que arcar com grandes custos de transferência. "Todos sabem da condição financeira que temos. Nossa situação financeira é delicadíssima. Nossos negócios são com atletas em fim de contrato, com baixo custo. Às vezes, conseguimos competir com outros clubes na remuneração", explicou.

Há algum tempo sendo especulado em times brasileiros, o atacante Paulinho, de 22 anos, está no Bayer Leverkusen desde 2018, após se destacar pelo Vasco e pelas seleções de base do Brasil. O meia Rafinha Alcântara, de 29 anos, com passagens por Barcelona, Celta de Vigo e Inter de Milão, pertence ao Paris Saint-Germain e jogou a última temporada pelo Real Sociedad, emprestado pelo time parisiense. Ele é filho do ex-volante Mazinho e irmão de Thiago Alcântara, do Liverpool.

FUTURO DO ATLÉTICO

Além de comentar sobre a atuação no mercado, Rodrigo Caetano falou sobre o que chamou de "temporada de insucessos" vivida pelo Atlético-MG. Depois da eliminação para o Flamengo na Copa do Brasil, nesta semana a frustração foi a queda para o Palmeiras nas quartas de final da Libertadores, após decisão nos pênaltis, na última quarta-feira. Agora, resta, o Brasileirão, competição na qual o time ocupa a sétima colocação, com 32 pontos.

"Na parte econômica, surte impacto negativo, mas vamos encontrar soluções. Mas não devemos ter venda de atletas até o fim do ano. Não usaria essa palavra fracasso. Não é fracasso total. Não vejo da forma. Lamentavelmente, ficamos fora das duas Copas, não estamos bem colocados no Brasileiro, precisamos buscar a melhor. Temos esses dois títulos conquistados, não vamos passar o ano em branco. Tem que ficar clara a nossa tristeza, indignação", completou.

Caetano também defendeu o trabalho do técnico Cuca, que chegou para tentar reerguer o time após uma série ruim com o antecessor Turco Mohamed. "A ideia é que ele permaneça (para 2023). Mas ainda teremos esse momento para conversa e planejamento. Ele vem para o prazo determinado, diferentemente do ano passado. O que está acordado é isso, mas penso eu que isso não invalida, caso seja desejo de todos. Mas isso ainda haverá o momento oportuno.

O São Paulo anunciou nesta sexta-feira seu novo terceiro uniforme para esta temporada. Inspirado na conquista de seu primeiro Mundial de Clubes da Fifa, em 1992 e em Telê Santana, um dos maiores técnicos da história do clube. O vídeo de revelação, publicado em suas redes sociais, utilizou referências da cultura japonesa, local onde o campeonato foi disputado, como animes.

Na produção, Müller, Pintado, Cafu e outros são representados na final contra o Barcelona, de acordo com o estilo de desenho típico da cultura do país asiático. Além disso, Raí, capitão do título, é a figura central do vídeo, tanto no anime como no "live action". As imagens fazem alusões ao anime "Super Campeões".

##RECOMENDA##

A camisa é inspirada no agasalho utilizado por Telê Santana na decisão. Ela conta com duas faixas, branca e preta, predominante e detalhes em vermelho na manga e nos patrocinadores. "É difícil alcançar a perfeição, mas não é difícil aproximar-se dela", frase dita por Telê Santana e que conclui o vídeo.

"Em 1992, o São Paulo atravessou o mundo para conquistá-lo. Foi uma batalha inesquecível, que eternizou o Mestre Telê e seus campeões", afirma o clube na publicação. A camisa é vendida por R$ 299 na loja virtual do clube e da patrocinadora.

A estreia do novo uniforme em campo deve ocorrer neste domingo, diante do Red Bull Bragantino, às 16h (horário de Brasília), no Morumbi, pela 22ª rodada do Brasileirão.

[@#video#@]

O Náutico venceu o CRB na última quarta-feira, deixou a lanterna da Série B, e já se prepara para enfrentar o Guarani, no sábado (13). O duelo está marcado para acontecer no estádio Brinco de Ouro, às 18h30, em Campinas. Além do alívio após encerrar a sequência de seis derrotas seguidas, o torcedor alvirrubro pode ficar animado para a próxima partida, pois terá uma estatística forte a seu favor.

Isso porque o Guarani não conseguiu vencer o Timbu nos últimos seis confrontos. A última vitória do Bugre neste recorte aconteceu em 2017, ano em que o Náutico terminou rebaixado para a Série C.

##RECOMENDA##

Porém, foi naquele mesmo ano que o Náutico deu início a essa sequência de invencibilidade, com todas as partidas sendo válidas pela Série B. No confronto do segundo turno, o Timbu venceu por 2 a 0, no Lacerdão, em Caruaru. Na época, a Arena de Pernambuco se encontrava ocupada para a realização de eventos religiosos.

Após isso, as duas equipes só se enfrentaram novamente em 2020, com triunfo alvirrubro nos dois turnos. De virada, por 2 a 1, no Brinco de Ouro, e por 2 a 0, nos Aflitos.

Em 2021, o Náutico conseguiu vencer por 3 a 1, fora de casa, com o trio Vinícius, Kieza e Erick vivendo a sua melhor fase. No segundo turno, empate em 1 a 1, nos Aflitos. O mesmo placar se repetiu neste ano, pela 5ª rodada, com o Náutico escapando da derrota com um gol nos acréscimos do segundo tempo.

Sport e CSA se enfrentam no próximo sábado (13), na Arena de Pernambuco, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Além da briga particular de cada um na competição, o jogo ainda conta com um tabu para apimentar a partida. Já faz 21 anos desde a última vitória do time alagoano na casa do Leão. 

A última vez que o CSA venceu por aqui foi em 2001, em duelo pela Copa do Brasil. Vitória por 1x0, na Ilha do Retiro. De lá para cá, foram sete confrontos, sendo apenas um no Recife, em 2014, pela Copa do Nordeste com vitória de 2x0 dos rubros-negros.

##RECOMENDA##

No retrospecto geral entre as equipes, o Sport tem boa vantagem. São 30 partidas, com 19 vitórias dos pernambucanos, oito do CSA e 3 empates. Para o jogo na Arena de Pernambuco, a expectativa é de casa cheia, visto que mais de 25 mil ingressos foram colocados à venda.

Jogar um jogo decisivo em casa diante da sua torcida. Esse é o roteiro perfeito para todos os times de futebol e ninguém, ou, quase ninguém, nega que esse contexto de duelar no seu reduto traz de fato uma vantagem para qualquer um. Com o Santa Cruz não seria diferente.

Mas, para a equipe coral, conquistar classificações heróicas longe da sua casa não é nenhuma novidade. É também com essa parte da história na bagagem que o time vai desembarcar em Tocantins para a partida decisiva contra o Tocantinópolis, no domingo (14), e que pode dar ao tricolor a chance de continuar lutando pelo acesso.

##RECOMENDA##

Que tricolor que não se lembra por exemplo de 2015 quando Bileu, Bruno Moraes e Daniel Costa marcaram contra o Mogi Mirim no Novelli Júnior em São Paulo e garantiram o acesso à primeira divisão? Os jogadores ainda tiveram uma recepção desde o aeroporto até o Arruda com milhares de pessoas nas ruas do Recife.

[@#video#@]

Ou então a Copa do Nordeste de 2016 quando nas quartas, semi e final, os jogos de volta foram todos decididos fora de casa. E no fim das contas o Santa Cruz saiu de Campina Grande com o troféu de Campeão do Nordeste nas costas.

O tricolor venceu em casa o Ceará de virada em casa por 2x1 e conquistou um 1x0 na volta no Castelão. Já com o Bahia na semi empate em 2x2 no Arruda e vitória na Fonte Nova por 1x0. E a grande final contra o Campinense começou com um 2x1 no Arruda. Na volta em Campina Grande um jogo dramático com os donos da casa abrindo o placar com Rodrigão no segundo tempo, mas Arthur, já na reta final fez o gol do empate e do título.

[@#podcast#@]

Mas não fica por aí no que toca às conquistas fora da sua casa, em domínios pernambucanos a equipe costuma ser um visitante indigesto. Como foi em 2012, na conquista do bicampeonato pernambucano e foi logo na Ilha do Retiro, casa do arquirrival que o segundo jogo se desenhou e acabou com uma vitória por 3x2. O primeiro jogo foi 0x0.

Em 2013 o tri estadual, e o roteiro é esse mesmo que você pensou, decisão fora e triunfo coral. O Santa Cruz venceu o mesmo Sport no Arruda por 1x0 e com um 2x0 com gols de Sandro Manoel e Flávio Caça-Rato na mesma Ilha do Retiro o time chegou ao seu 3º Campeonato Pernambucano seguido. 

O peso que a bagagem do Santa Cruz vai ter na volta do Tocantins a gente só vai saber no início da noite do domingo. Mas pelo menos essa mística de ser forte mesmo longe do seu ‘ninho’ o time de Marcelo Martelotte já tem ao seu favor.

O atacante Hulk tem sido muito criticado pelas recentes atuações com o Atlético-MG. A má fase vivida pelo clube mineiro e a eliminação nos pênaltis para o Palmeiras, nesta quarta-feira, deixaram o jogador irritado. Após a queda nas quartas de final da Libertadores, Hulk se defendeu, disse que o tom das críticas é inadequado e afirmou que os últimos resultados não podem apagar o que o elenco proporcionou ao torcedor em 2021.

"De um ano para cá, nós somos os maiores ganhadores do Brasil. Levamos cinco títulos. Algumas vezes você não vai conseguir ganhar. Nem por isso, nós somos uns m... Uma coisa que é dolorosa é a falta de reconhecimento. Não falo dos torcedores, que cobram, mas nos apoiam para caramba. Mas o pessoal da imprensa fica criticando", afirmou Hulk após o duelo no Allianz Parque.

##RECOMENDA##

Ao longo do jogo, Hulk teve boas oportunidades para colocar o Atlético-MG em vantagem. O Palmeiras teve Danilo expulso ainda no primeiro tempo, e Gustavo Scarpa, no segundo. Mesmo assim, o clube mineiro não conseguiu criar muitas chances e viu o placar sem gols levar o duelo para os pênaltis.

Hulk converteu sua penalidade na decisão, mas mesmo assim foi apontado como um dos vilões da temporada decepcionante que o Atlético-MG faz até aqui. Além da Libertadores, os atleticanos já foram eliminados na Copa do Brasil e estão 13 pontos distantes do líder Palmeiras no Campeonato Brasileiro.

"Enquanto tivermos chances matemáticas, tudo é possível. A gente confia em Deus. Faltam 17 jogos. Serão como finais. Só temos o Brasileirão para jogar agora e vamos dar a vida para conquistá-lo", disse Hulk.

Após a queda para o Palmeiras, o Atlético-MG volta suas atenções para a 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os comandados de Cuca jogam no domingo, às 11h, no Couto Pereira, diante do Coritiba.

A Fifa confirmou nesta quinta-feira que a Copa do Mundo do Catar começará um dia mais cedo do que o previsto. O torneio será aberto com o duelo entre Catar e Equador no dia 20 de novembro, e não mais 21, de maneira a manter a tradição de ter o país-sede no jogo de abertura da competição.

A partida de abertura e a cerimônia do torneio deste ano no Estádio Al Bayt, em Al Khor, a 50 km da capital Doha, foram antecipadas em um dia após decisão unânime tomada nesta quinta em reunião do presidente Gianni Infantino com os mandatários das seis confederações continentais, incluindo Conmebol, Uefa e Concacaf, e referendada pelo Conselho da Fifa.

##RECOMENDA##

"A decisão seguiu uma avaliação da concorrência e das implicações operacionais, bem como um processo de consulta completo e um acordo com as principais partes interessadas e o país anfitrião", justificou a Fifa. A entidade máxima do futebol argumentou que a alteração garante a continuidade de uma longa tradição em Copas. Historicamente, abrem o campeonato sempre a nação anfitriã ou o campeão anterior. A decisão teve o aval do Comitê Supremo de Entrega e Legado.

A Copa estava programada para começar no dia 21 de novembro, uma segunda-feira, com a partida entre Senegal e Holanda, pelo Grupo A. O jogo começaria às 13 horas, horário local em Doha, equivalente às 7 horas da manhã, pelo horário de Brasília, mas foi reagendado para as 19h, (13h no horário brasileiro). Inglaterra x Irã, às 10h, e Estados Unidos x País de Gales, às 16h, são as outras partidas disputadas no dia 21, que passou a ter três confrontos em vez de quatro.

A proposta amplia a duração da Copa de 28 para 29 dias de competição e contou com o apoio dos dirigentes do futebol do Catar e da Conmebol, confederação à qual está ligada a federação de futebol do Equador, seleção que encara o time catariano na abertura do Mundial.

O plano inicial da Fifa, de contar com quatro partidas no primeiro dia da Copa e de iniciar numa segunda-feira, foi motivado por pressão dos clubes e torneios europeus, que devem ter jogos até 13 de novembro, antes de sofrerem uma interrupção para a disputa do Mundial. A ideia de antecipar o jogo de abertura virou uma opção real por envolver poucos jogadores que atuam no futebol europeu.

A Copa do Mundo deste ano será a primeira da história a ser disputada fora do período de férias de verão do hemisfério norte do planeta e a primeira realizada no Oriente Médio. As 21 edições do Mundial já disputadas foram realizadas sempre no intervalo entre o fim de maio e o fim de julho, sem atrapalhar a temporada europeia, que começa em agosto e termina em maio. Será a primeira vez, portanto, que os campeonatos europeus, tanto os nacionais quanto os continentais, serão paralisados para a disputa do Mundial.

A NBA decidiu fazer uma homenagem histórica e inédita para o ídolo do Boston Celtics Bill Russell, que morreu no último dia 31 aos 88 anos de idade. A entidade vai aposentar a camisa número 6 de todos os clubes da Liga em memória do seu maior campeão.

Na NBA é comum as franquias aposentarem alguns números de camisa como o Chicago Bulls fez com a 23 do Michael Jordan, o Lakers com a 8 e 24 usada por Kobe Bryant, mas nunca na história a liga tomou decisão parecida como essa, em memória de Bill Russell, 11 vezes campeão da NBA. 

##RECOMENDA##

A decisão, porém, não tira, por exemplo, a camisa 6 de Lebron James nos Lakers. As equipes tiverem jogadores usando a camisa atualmente não precisa aposentar. 

“O sucesso inigualável de Bill Russell na quadra e o pioneirismo no ativismo pelos direitos civis merecem ser homenageados de maneira única e histórica. Aposentar permanentemente seu número 6 em todas as equipes da NBA garante que a carreira transcendente de Bill seja sempre reconhecida”, disse o comissário da NBA, Adam Silver.

Em semana decisiva, o Santa Cruz realizou seu último treino em solo recifense, nesta quinta-feira, antes de seguir viagem para o Tocantins. A Cobra Coral enfrenta o Tocantinópolis no domingo, às 16h, pelas oitavas de final da Série D. Com isso, o treinador Marcelo Martelotte revelou o que falta para que a equipe tricolor possa voltar com a classificação.

"A gente precisa ter só um pouco mais de atenção nas finalizações. Porque se voltarmos a fazer uma partida onde criamos as oportunidades de gol que criamos aqui, dificilmente não faremos o gol ou não venceremos o jogo", disse.

##RECOMENDA##

Na partida de ida, o Santa Cruz contou com o apoio de 40 mil torcedores no Arruda. Desta vez os jogadores encontrarão um ambiente diferente, já que o estádio João Ribeiro abriga um total de 8 mil pessoas e a maioria torcendo contra.

"Eu não vejo nenhuma situação adversa pelo fato de estarmos decidindo essa vaga jogando longe do Arruda. Eu encaro com naturalidade passarmos por todas essas situações", afirmou.

Martelotte não poderá contar com os titulares Jefferson (goleiro) e Wescley (meio-campo), lesionados.  O volante Daniel Pereira foi expulso no jogo de ida e se encontra suspenso para a partida decisiva.

"Sempre lamentamos as ausências, principalmente pelos jogadores. Nosso elenco é muito equilibrado, sempre tivemos sucesso quando substituímos jogadores titulares. Sempre que alguém entrou, deu conta do recado", argumentou.

A tão esperada primeira apresentação do trio ofensivo do Paris Saint-Germain na temporada vai ocorrer neste sábado, em jogo do Campeonato Francês contra o Montpellier. O técnico Cristophe Galtier revelou nesta quinta-feira que Mbappé está recuperado de incômodo muscular que o tirou dos primeiros jogos oficiais do ano e o terá ao lado de Messi e Neymar no Parque dos Príncipes.

Mbappé sentiu dores musculares e acabou desfalcando o PSG na estreia do Campeonato Francês por causa do problema físico (5 a 0 no Clermont). Já não havia atuado na decisão da Supercopa da França por suspensão (4 a 0 sobre o Nantes). Messi e Neymar se destacaram nos jogos com três gols cada.

##RECOMENDA##

O brasileiro virou alvo de especulação sobre uma possível saída por causa de "um pedido" de Mbappé. Galtier bancou Neymar e também garantiu que Messi teria uma grande temporada. Sua missão, agora, é fazer o trio render o que era esperado na temporada passada. Ele garante estar preparado para a missão.

"Não há dificuldade em integrá-lo, é um grande privilégio poder contar com Kylian Mbappé neste trio de ataque", afirmou Galtier nesta quinta-feira, na coletiva de pré-jogo do Francês. "É certo que ele ficou perturbado durante a sua preparação com a suspensão (da decisão contra o Nantes) e com as dores. Ele teve pouco tempo de jogo nas partidas de preparação, não tem muitos minutos nas pernas, mas está em boa forma. O pouco desconforto que ele tinha desapareceu completamente com os cuidados colocados."

Galtier comemorou a dedicação de Mbappé nos trabalhos da semana e confia em um atacante empolgado e pronto para ajudar o PSG a mostrar que chega entre os grandes favoritos no ano após decepcionar na temporada passada.

"Ele voltou muito dinâmico esta semana. Também trabalhei muito nas associações, vi muito o que foi feito na temporada passada em diferentes padrões de ataque. Eles estão acostumados a jogar juntos todos os dias, os três, e são muito eficientes", disse o treinador. "Ney e Leo estão um pouco mais com ritmo, mas não tenho medo de que Kylian esteja rapidamente no ritmo, depois disso veremos ao longo da partida. Eles se conhecem perfeitamente e sabem jogar um para o outro. É uma grande vantagem ter Kylian conosco."

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando