Esportes

| Futebol

Apreciadores do esporte mais praticado por homens no planeta têm muito o que aprender quando o assunto é a inclusão das mulheres no futebol. A Copa do Mundo feminina, disputada na França e que consagrou a seleção dos Estados Unidos no último dia 7, por exemplo, comprova com dados que o espaço delas vem crescendo de modo satisfatório. A FIFA, organizadora do torneio, divulgou números recordes de audiência. Para se ter uma ideia, no Brasil, a partida entre Holanda x Estados Unidos válida pela final do mundial foi vista por mais de 20 milhões de pessoas.

Para incentivar ainda mais a prática da modalidade, muitas iniciativas vêm dando certo. É o caso do projeto #JogaMiga, organizado por mulheres que não conseguiam encontrar lugares para "bater uma bolinha" aos finais de semana. O que era apenas um encontro de futebolistas passou a ser estruturado para incluir mais mulheres no futebol com treinos técnicos, táticos e físicos. "Como muitas mulheres aprenderam a jogar na fase escolar, a ideia do #JogaMiga é ser sem fins lucrativos, ser inclusivo e, principalmente, para quem nunca jogou ter um espaço para aprender", conta uma das idealizadoras do projeto Nayara Perone.

##RECOMENDA##

Mesmo com os encontros acontecendo desde 2015, Nayara ressalta que o #JogaMiga ganhou mais suporte em 2017 com a participação de profissionais da área que acreditaram na ideia e se dedicaram ao projeto. "Hoje temos mais de um técnico, mas o primeiro foi o Denis Ferreira, que já treinava um dos nossos times, o MigaFC. Ele abraçou o projeto quando passamos a receber muita gente para treinar", lembra.

Deu tão certo que o treino que começou com uma turma, hoje, já tem seis e com uma média de 20 atletas por aula. No #JogaMiga, todas se condicionam, mas o importante é não deixar o ambiente competitivo demais. "As meninas querem ganhar, mas não permitimos que a derrota venha colocar para baixo o time que perdeu. Esse trabalho é importante para que todas possam participar dos treinamentos", explica Nayara.

 Projeto está estruturado para incluir mais mulheres no futebol com treinos técnicos, táticos e físicos | Foto: Acervo Pessoal

O #JogaMiga também criou um mapa, disponível no site jogamiga.com.brque permite o cadastro de times de futebol feminino de todas as categorias e de qualquer lugar do Brasil. A ideia é que essas equipes se aproximem para disputar partidas e criar vínculos, como já é feito em São Paulo.

A auxiliar administrativa Brenda Botelho, 23 anos, é uma das jogadoras do projeto. Carioca, ela mora em São Paulo há seis anos sempre foi apaixonada por futebol, tanto que chegou a cogitar a possibilidade de participar de uma peneira do Vasco da Gama. "Jogava com os meninos no local em que minha mãe trabalhava e consegui peneira no Vasco por meio da Meg [ex-goleira da seleção], mas meu pai não me deixou ir."

Vascaína de coração, Brenda conta que ficou dez anos sem jogar e que voltou às atividades graças ao #Jogamiga. "O clima de lá é maravilhoso, fiz amigas de verdade. Depois de tanto tempo parada, começar do zero foi a melhor coisa, pois lá temos treinos físicos, táticos, coletivo e, na maioria das vezes, churrasco depois", diverte-se a jogadora.

 

A história delas no futebol brasileiro

De 1941 até 1979, o Brasil proibia, por lei, a prática do futebol por mulheres. Muitas delas se reuniam de maneira clandestina para praticar o esporte mas, por diversas vezes, o jogo era paralisado e as atletas eram levadas para a delegacia.

Essa e outras histórias sobre a inclusão delas no esporte são o tema da Exposição "Contra-Ataque! As Mulheres do Futebol", que está no Museu do Futebol, no Pacaembu, em São Paulo, até o dia 20 de outubro.

 

Serviço

Exposição Contra-Ataque! As Mulheres do Futebol

Quando: até 20 de outubro - de terça a domingo, das 9h até 17h

Onde: Museu do Futebol - Praça Charles Miller, s/nº, Pacaembu, São Paulo - SP

Ingressos: R$ 15 (inteira), R$ 7,50 (meia); às terças-feiras a visitação é gratuita

Informações: contraataque.museudofutebol.org.br

A seleção da Argélia conquistou o segundo título da Copa Africana de Nações, nesta sexta-feira, ao derrotar o Senegal, por 1 a 0, no estádio Internacional do Cairo, no Egito. É o segundo troféu argelino, repetindo o feito de 1990. Os senegaleses somaram o segundo vice-campeonato, o primeiro foi em 2002.

O único gol do jogo foi marcado por Baghdad Bounedjah, aos 2 minutos do primeiro tempo. O atacante pegou a bola pela ponta esquerda e cortou para o meia. A finalização saiu forte e pegou na perna do zagueiro Salif Sane. A bola subiu, "matou" o goleiro Alfred Gomis e caiu dentro do gol.

##RECOMENDA##

Apesar da presença de astros como o senegalês Sadio Mané, craque do Liverpool, e do argelino Riyad Mahrez, do Manchester City, o jogo não teve grande nível técnico. Vários lances foram disputados de forma bem intensa, com o árbitro camaronês Neant Alioum sendo obrigado a distribuir seis cartões amarelos. Quatro receberam os campeões argelinos. O jogo teve 50 faltas. A Argélia cometeu 32 e o Senegal, 18.

Com a vantagem conquistada logo no início da partida, os argelinos adotaram uma postura de contra-ataque, deixando a iniciativa da partida para os senegaleses, que não demonstraram competência para obter pelo menos o empate.

Em uma das melhores oportunidades, aos 37 minutos do segundo tempo, Ismaila Sarr pegou um rebote, livre na entrada da área. O sem-pulo saiu forte, mas por cima da meta de Rais M'Bolhi.

Após o apito final, todos os jogadores argelinos se dirigiram até próximo da torcida, em menor número nas arquibancadas, enquanto vários jogadores de Senegal se atiraram ao solo e choraram bastante.

O italiano Daniele De Rossi, ex-Roma, deve ser o próximo reforço do Boca Juniors. Daniel Angelici, presidente do clube argentino, afirmou nesta sexta-feira que a contratação do volante está "99% assegurada" e que deverá ser anunciada nos próximos dias.

"O caso De Rossi está bem. Está com Nicolás (Burdisso, gerente do Boca e ex-companheiro de De Rossi na Roma). O jogador disse que queria terminar sua carreira no Boca. Nos próximos dias ele estará viajando", disse Angelici, em entrevista coletiva.

##RECOMENDA##

A principal preocupação com a chegada do atleta italiano é a grande quantidade de jogadores estrangeiros no elenco da equipe argentina. Os colombianos Frank Fabra, Jorman Campuzano e Sebastián Villa, o uruguaio Nahitan Nández, o venezuelano Jan Carlos Hurtado e o paraguaio Junior Alonso também atuam pela tradicional equipe de Buenos Aires.

"Ter um campeão mundial que $iz que quer terminar sua carreira aqui no Boca me enche de orgulho. É bom para o futebol argentino ter esses jogadores. Em 99%, De Rossi vai ser um jogador do Boca", disse o dirigente.

O italiano de 35 anos atuou de 2001 a 2019 pela Roma. Disputou 616 jogos e fez 63 gols pelo clube. Foi campeão da Copa da Itália nas temporadas 2006/2007 e 2007/2008, além da Supercopa da Itália em 2007. Pela seleção italiana foram 117 jogos. No período pela equipe nacional, ajudou o seu país a conquistar a Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, e foi vice-campeão europeu, em 2012, além de ter alcançado, com a seleção olímpica, uma medalha de bronze nos Jogos de Atenas-2004.

Com o término da Copa América e da Copa do Mundo de Futebol Feminino, o futebol nacional voltou à tona no meio da última semana com os jogos de ida da Copa do Brasil. O Campeonato Brasileiro também já teve seu retorno sábado e domingo passados e alguns clássicos serão atração no próximo final de semana. Entretanto, uma coincidência na tabela de três campeonatos brasileiros distintos é o que mais chama a atenção: tem Corinthians enfrentando o Flamengo domingo, em São Paulo, tanto no futebol feminino como no masculino, com jogos válidos pelo sub-20 e pela 12ª rodada do Brasileirão.

Os famosos "clássicos das multidões" começam na manhã de domingo. Às 11h, no Estádio Alfredo Schurig, a Fazendinha, o Corinthians recebe o Flamengo em jogo válido pela 6ª rodada do nacional sub-20. A molecada do Flamengo lidera a competição com 13 pontos conquistados em cinco jogos disputados enquanto o Corinthians ocupa a 5ª posição com nove pontos. O jogo terá transmissão pelo SporTV, mas a entrada é franca para quem quiser comparecer ao Parque São Jorge e assistir à partida.

##RECOMENDA##

Também com portões abertos, o Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu, recebe às 14h outra edição do clássico entre alvinegras e rubro-negras. Pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino, Corinthians e Flamengo duelam com transmissão na TV aberta pela Band. Apesar dos dois times já terem garantido a classificação para a próxima fase do torneio, o Timão é líder da competição com 33 pontos em 12 jogos. As meninas do Fla estão na 4ª posição da tabela com 29 pontos.

Estádio do Pacaembu será o palco do duelo entre Corinthians x Flamengo pelo Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino - Foto: Wikimedia/Mike Peel

Às 16h, pela 12ª rodada do Brasileirão, a Arena Corinthians, em Itaquera, promete uma atmosfera de clássico regional para o jogo que pode fazer o time da casa sonhar em encostar um pouco mais nos líderes do campeonato. O Corinthians comandado pelo técnico Fábio Carille, é o oitavo colocado com 15 pontos. Porém, como tem um jogo a menos que os demais adversários, tenta a vitória contra as estrelas do Flamengo, do técnico moçambicano Jorge Jesus, para ganhar confiança com mais uma vitória em casa.

Já o rubro-negro carioca, mesmo eliminado da Copa do Brasil em casa no confronto contra o Atlhetico-PR, é o terceiro na tabela do Campeonato Brasileiro com 20 pontos e depende da vitória contra o Timão para seguir na cola do vice-líder Santos, que tem 23 e do líder invicto Palmeiras, que soma 26 pontos ganhos. Até o meio-dia desta sexta-feira (19), 30 mil ingressos já tinham sido vendidos para o confronto. Na TV aberta, o jogo terá transmissão pela Globo.

Após dois empates seguidos na Série B, a equipe do Sport coleciona problemas para a volta aos gramados, na próxima segunda-feira (22), contra o Brasil de Pelotas. Com os desfalques, o técnico Guto Ferreira deverá forçar uma nova formação.

Com a lesão confirmada do lateral-esquerdo Sander, o Sport não poderá contar o atleta. Além dele, também desfalcam a equipe o volante João Igor e os meias Sammir, Pedro Carmona e Leandrinho, este último, cumprindo suspenção.

##RECOMENDA##

No último treino tático da equipe, Guto optou pelo reserva Guilherme Lazaroni para suprir a ausência de Sander. Já no caso do desfalque deixado por Leandrinho, a opção foi a improvisação de Guilherme. Com a mudança, Hyuri assumiu a ponta esquerda.

Apesar dos testes, a escalação ainda é um mistério. O time voltou a treinar nesta sexta-feira (19), mas dessa vez, a movimentação foi fechada à imprensa.

Por Gabriela Ribeiro

Rafinha, Pablo Marí, Gerson, João Lucas e Lincoln são as novidades na lista dos 30 jogadores inscritos pelo Flamengo, que foi divulgada nesta sexta-feira, para a disputa das oitavas de final da Copa Libertadores contra o Emelec, do Equador. O clube poderá fazer novas alterações antes do início das quartas de final e das semifinais.

Uribe (negociado com o Santos), Ronaldo (emprestado para o Bahia), Thiago Rodrigues (emprestado para o Atlético-MG), Klebinho e Rafael Santos ficaram de fora. Existia a possibilidade de Filipe Luís, lateral-esquerdo do Atlético de Madrid e da seleção brasileira, ser inscrito, mas as negociações com o clube espanhol não foram definidas.

##RECOMENDA##

O Flamengo enfrenta o Emelec nas oitavas de final da Libertadores. O primeiro jogo será nesta quarta-feira, em Guayaquil, às 21h30 (de Brasília). O jogo de volta, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, está previsto para o próximo dia 31. O vencedor deste confronto vai encarar Internacional ou Nacional, do Uruguai, nas quartas.

Antes, o Flamengo joga contra o Corinthians, neste domingo, na Arena Corinthians, em São Paulo, pela 11.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O meia uruguaio Arrascaeta, com uma lesão muscular na coxa esquerda, está fora dos dois próximos jogos.

Confira a lista de inscritos do Flamengo para as oitavas de final da Libertadores:

1 - Diego Alves

2 - Rodinei

3 - Rodrigo Caio

4 - Rhodolfo

5 - Willian Arão

6 - Renê

7 - Éverton Ribeiro

8 - Cuellar

9 - Gabriel

10 - Diego

11 - Vitinho

12 - César

13 - Trauco

14 - De Arrascaeta

15 - Gerson

16 - João Lucas

17 - Hugo Moura

18 - Rafinha

19 - Reinier

20 - Lincoln

21 - Pará

22 - Gabriel Batista

23 - Lucas Silva

24 - Pablo Marí

25 - Piris da Motta

26 - Thuller

27 - Bruno Henrique

28 - Berrío

29 - Vitor Gabriel

30 - Léo Duarte

O Allianz Parque abriu neste mês de julho uma nova atração para o público. Fora o habitual passeio ao estádio do Palmeiras, há também uma tirolesa de 200 metros de extensão montada para oferecer ao visitante uma visão panorâmica da arena. O trajeto é da parte superior, no Gol Norte, com o deslocamento em diagonal até uma plataforma no Gol Sul.

[@#video#@]

##RECOMENDA##

A tirolesa está montada em um ponto a 35 metros de altura. Na descida, o passageiro chega a atingir cerca de 25 km/h. Quem estiver disposto a encarar o trajeto recebe equipamentos de segurança, como capacete e cordas, e faz o caminho pela corda com um paraquedas amarrado ao corpo, material utilizado para reduzir a velocidade do deslocamento.

"A aceitação tem sido boa. É uma descida suave, não tem grandes emoções em termos de radicalidade, mas é uma descida boa, que você pode curtir e tem uma visão boa dos setores do Allianz Parque", disse o gerente da Arena Experience, Ciro Azevedo. O passeio de tirolesa estará aberto ao público até o próximo dia 26.

O valor do passeio é de R$ 99 em dias da semana e de R$ 129 aos fins de semana. Quem for com um grupo de pessoas ou tiver realizado também o tour pela arena ganha desconto. O passeio é liberado para crianças a partir de 8 anos e tem como limite pessoas com peso até 120 kg. A compra pode ser feita pelo site.

A tirolesa integra parte de um projeto do Allianz Parque de abrir as portas da arena em dias sem jogos de futebol, eventos ou shows. Recentemente o local teve como uma outra atividade pontual a descida de rapel do teto de estádio ao gramado. "Estamos sempre atentos às tendências do mercado de entretenimento, tanto nacional quanto do exterior, e investimos constantemente no desenvolvimento de experiências inéditas, como é o caso da tirolesa", afirmou o gerente geral do Allianz Parque, Eduardo Rigotto.

Ídolo do Chelsea nos tempos de jogador, o agora técnico Frank Lampard conheceu nesta sexta-feira a sua primeira derrota no comando do time de Londres. No primeiro amistoso desta pré-temporada no Japão, o clube perdeu para o Kawasaki Frontale, atual campeão do Campeonato Japonês, por 1 a 0, no Nissan Stadium, em Yokohama. O gol da vitória foi do centroavante brasileiro Leandro Damião - ex-São Paulo, Santos e Internacional -, em uma cabeçada, aos 43 minutos do segundo tempo.

A primeira derrota de Lampard no Chelsea aconteceu no primeiro jogo da história da equipe inglesa contra um adversário japonês. Na semana passada, ainda na Europa, o Chelsea havia empatado por 1 a 1 contra o Bohemian, da Irlanda, e goleado o St. Patrick's Athletic, outro clube irlandês.

##RECOMENDA##

A partida também marcou a estreia do norte-americano Christian Pulicic na equipe inglesa. O meia, que entrou no segundo tempo, foi comprado junto ao Borussia Dortmund no início do ano por 64 milhões de euros (cerca de R$ 268 milhões na cotação atual).

Em campo, o Chelsea enfrentou um time fechado e criou poucas oportunidades de perigo. No primeiro tempo, o Kawasaki Frontale, que atualmente é o terceiro colocado do Campeonato Japonês, limitou o clube inglês a chutes de fora da área do espanhol Pedro e do brasileiro Kenedy.

No segundo tempo, o lance de maior perigo do Chelsea foi aos 30 minutos, quando Giroud exigiu boa defesa do goleiro em cobrança de falta. Aos 43, porém, Leandro Damião marcou de cabeça o único gol da partida.

O Chelsea atuou com Caballero; Azpilicueta (Zappacosta), David Luiz, Zouma (Christensen) e Marcos Alonso (Emerson Palmieri); Kovacic (Bakayoko), Jorginho (Drinkwater) e Mount (Pulisic); Kenedy (Kasey Palmer), Pedro (Barkley) e Batshuayi (Giroud).

Após a derrota para o Kawasaki Frontale, o Chelsea segue no Japão. O próximo rival será o Barcelona, nesta terça-feira, na cidade de Saitama. Depois, já de volta à Europa, a pré-temporada será completada com os duelos contra Reading (na Inglaterra), Red Bull Salzburg (na Áustria) e Borussia Mönchengladbach (na Alemanha).

Após mais um resultado ruim na série C, nem todos os jogadores do Santa quiseram falar com a imprensa na saída do campo no Castelão. Coube ao goleiro Anderson e o técnico Milton Mendes responderem aos questionamentos. Ambos afirmaram que nada está perdido.

Se o resultado acabou sendo uma vitória magra do Sampaio, por 1 a 0, muito se deve à atuação do goleiro Anderson. Ele pegou um pênalti e uma finalização à queima roupa que deram chances para o Santa tentar reagir. Mas os gols não saíram.

##RECOMENDA##

Chateado, Anderson lamentou a derrota, mas fez um discurso de energia positiva. “A maré virou. Os resultados não estão acontecendo. Está incomodando. Tá complicado, mas a gente não desanimou. Não tem nada perdido. A gente vai conseguir sair dessa. Essa fase ruim vai passar”, disse ele, em entrevista à Rádio Jornal.

Já o técnico Milton Mendes falou sobre o “erro individual” que teria causado o gol do Sampaio Correa, explicou suas opções e disse que ainda segue acreditando na classificação. Ele ainda comparou o gramado do Arruda ao do Castelão. “Nossa equipe foi formada para jogar. Você viu que num campo como esse criamos muito. Não é desculpa. É a realidade”, afirmou.

Por fim, Mendes elogiou seus comandados e projetou 4 vitórias nos próximos 5 jogos para chegar ao objetivo de se classificar. “Não podemos apontar absolutamente. Estamos atravessando um momento de infelicidade. Digo que os meninos trabalharam muito. Enquanto há possibilidade, vamos continuar lutando”, disse.

O Santa Cruz foi até o Maranhão e não conseguiu passar pelo Sampaio Corrêa. Com gol ainda no primeiro tempo, os donos da casa venceram por 1a 0 e complicaram a situação coral na fase de grupos. O tricolor do Arruda segue com 17 pontos conquistados, fora do G4, e segundo o próprio Milton Mendes, precisa de 4 vitórias nos últimos 5 jogos. 

Com muitas mudanças, o Santa Cruz entrou em campo diante da seguinte forma: Anderson; Cesinha, João Victor, Vitão, Victor Lindenberg; Lucas Gonçalves, Kadu, Allan Dias; Dudu, Misael e Pipico.

##RECOMENDA##

No primeiro tempo, boas trocas de passes, maior posse e bola no travessão com menos de 15 minutos. Victor Lindenberg, o estreante da noite, experimentou de muito longe e acertou o poste. Tudo parecia positivo, mas o baque veio aos 24. Roney fez boa jogada individual pelo lado esquerdo de ataque, cortou pra dentro e bateu forte, rasteiro, abrindo o placar.

O Santa acusou o golpe e não conseguiu mais controlar as ações do jogo. Perto do fim da primeira etapa, Roney novamente fez boa jogada, tocou para o meio da área e Kadu no ato de tirar a bola acabou cometendo pênalti. Na cobrança, Salatiel Júnior parou em Anderson. Ótimo defesa do goleiro coral.

Na etapa final Milton Mendes tentou durante os 45 minutos restantes com Everton, Guilherme e Warley. Eles entraram nas vagas de Allan Dias, Dudu e Misael. O empate quase saiu dos pés de Guilherme Queiróz, mas a bola passou ao lado da trave.

Quando se abriu para tentar o empate, o Santa acabou dando espaço para o Sampaio contra atacar. Mas Anderson evitou o pior ao defender um chute a queima roupa dentro da pequena área.

Com informações de assessoria

O Barcelona prepara uma proposta oficial para contratar Neymar. Depois de sondar o Paris Saint-Germain com uma oferta de 40 milhões de euros (cerca de R$ 168,7 milhões), mais o meia Philippe Coutinho e o atacante francês Ousmane Dembélé, pacote que foi recusado pelo time francês, os catalães vão aumentar o montante para 100 milhões de euros (R$ 420 milhões). O time francês ainda poderia escolher dois jogadores entre uma lista de seis nomes: Coutinho, Dembélé, Ivan Rakitic, Nelson Semedo, Malcom e um nome não divulgado.

Embora a prioridade do atacante seja voltar para o Barcelona, o brasileiro já foi especulado em vários clubes europeus. Isso significa que Neymar é a bola da vez na janela de transferências do mercado europeu.

##RECOMENDA##

De acordo com a TV italiana RAI e o jornal espanhol Mundo Deportivo, o pai de Neymar e o diretor esportivo da Juventus, Fabio Paratici, teriam uma reunião marcada para falar sobre uma possível transferência. Os assessores de Neymar não confirmam o encontro.

O caminho para a Catalunha é menos tortuoso que para outras regiões europeias. Neymar deve encontrar dificuldade ao negociar com outros clubes. O Real Madrid praticamente pulou fora da conversa quando o técnico Zinedine Zidane mostrou preocupação com a (má) influência que o brasileiro poderia exercer sobre os jovens da equipe, como Vinicius Junior e Rodrygo.

Além disso, o clube ficou assustado - esse foi o termo usado por uma pessoa próxima à diretoria merengue - diante da acusação de estupro feita pelo modelo Najila Trindade após um encontro entre os dois em Paris - o Tribunal de Justiça concedeu mais 30 dias para a conclusão do inquérito, prazo que dever ser concluído no início de agosto.

A Juventus já tem Cristiano Ronaldo como protagonista, além de ter investido 85,5 milhões de euros (cerca de R$ 361 milhões) na contratação do zagueiro holandês De Ligt. A imprensa italiana está alvoroçada com a possibilidade de um ataque formado por CR7 e Neymar, mas o clube italiano não considera o brasileiro prioridade. É uma oportunidade.

O Manchester United, outro time que está na lista de contatos de Neymar, esbarra num fator limitante: a equipe não vai disputar a Liga dos Campeões no ano que vem. Para Neymar, isso significa problema grave.

Josep Guardiola tem dúvidas se ele será capaz de repetir o desempenho dos anos anteriores e torceu o nariz no Manchester City; o Liverpool tem um time redondo com dois pontas bem encaixados no esquema de Jürgen Klopp (Salah e Mané) e o Chelsea ainda não sabe se poderá contratar na próxima janela de transferências, pois luta para derrubar a punição da Fifa.

VALOR DE NEYMAR - As sondagens esbarram no valor pedido pelo PSG: 300 milhões de euros. Obviamente, o valor é exagerado. Depois de contratá-lo por 222 milhões (R$ 934 milhões, na cotação atual), o clube francês terá de considerar alguns fatores de desvalorização.

Neymar deveria levar o PSG ao título da Liga dos Campeões e elevar sua cotação para ser eleito melhor jogador do mundo. Ele se machucou por dois anos seguidos e não ficou na lista dos dez primeiros em 2018. Quanto Neymar vale hoje? De acordo com o Centro Internacional de Estudo do Esporte, 150 milhões de euros (R$ 631 milhões). Ou seja: uma desvalorização de R$ 303 milhões.

Tirando a possibilidade de uma reviravolta nas negociações e algum time fazer uma proposta oficial por Neymar, o atacante deve viajar com o elenco para a turnê de pré-temporada na China, onde fará dois jogos: contra a Internazionale, em Macau, no dia 27 de julho e contra o Sydney FC, na cidade de Suzhou, no dia 30. O treinador afirmou que ele deve viajar. O estafe de Neymar decidiu evitar uma saída forçada, mas mostra otimismo e espera resolver a negociação com o Barcelona em "duas ou três semanas".

Após reunião com Leonardo, diretor esportivo do PSG, na segunda-feira, Neymar reiterou a vontade de deixar o clube. O diálogo foi breve e cordial, sem bronca, apesar da insatisfação pública do clube com o atacante por ter se reapresentado das férias depois dos demais colegas. Foram sete dias de atraso. Em nenhum momento, Leonardo tentou convencer Neymar a permanecer no time francês.

O atleta Biro Biro recebeu alta, nesta quinta-feira, e saiu da Clínica São Vicente, localizada na Gávea, no Rio, onde estava internado desde terça-feira. O jogador deverá permanecer sob repouso e observação médica pelos próximos 15 dias, antes de ser submetido a um exame de estudo eletrofisiológico.

O estudo eletrofisiológico é uma forma de cateterismo cardíaco que visa estudar o funcionamento do sistema elétrico do coração, através da introdução de cateteres (dois a três) por via venosa (a mais comum) ou por via arterial. Por meio deste tipo de estudo, ainda é possível identificar o mecanismo e o local do aparecimento de certas arritmias cardíacas. É utilizado para diagnosticar os distúrbios elétricos do coração. É realizado no centro cirúrgico, garantindo uma maior segurança na realização deste procedimento.

##RECOMENDA##

Recém-contratado pelo Botafogo, o atacante de 24 anos caiu desacordado no gramado e, após ser amparado pelos seus companheiros, foi reanimado nos vestiários do local durante socorro de emergência feito pelo cardiologista do clube, Eduardo Amorim.

Biro Biro tem histórico de problema cardíaco. No ano passado, ele precisou passar por um procedimento médico, chamado de ablação, para corrigir uma arritmia cardíaca, detectada no período em que ele estava atuando no futebol chinês.

Este tipo de cirurgia, a qual ele foi submetido no Rio de Janeiro, é realizada por meio de cateteres, sem a necessidade de abertura do tórax para acesso ao coração, possibilitando uma rápida recuperação.

Biro Biro foi contratado pelo Botafogo por empréstimo junto ao Nova Iguaçu e foi oficializado como reforço botafoguense apenas na semana passada, embora já estivesse treinando com o elenco alvinegro desde o último dia 1º. Antes disso, ele esteve no São Paulo, no qual foi pouco aproveitado, no primeiro semestre do ano, após passar uma temporada no Shanghai Shenxin, da China.

O atleta não participa de uma partida oficial desde o dia 24 de fevereiro, quando disputou um dos apenas dois jogos que fez pelo São Paulo. Sem saber quando poderá voltar a contar com o atacante, o Botafogo volta a campo no domingo, quando enfrenta o Santos, às 11 horas, no Engenhão, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com dois jogos marcados em casa, na próxima semana, o Náutico espera decolar na reta final da Série C e se firmar de vez no G4. Pensando nisso, o clube decidiu apostar no “fator torcida”.

O clube apostou na promoção “casadinha”, com um único valor para ingressos das duas partidas. A venda para sócios começa nesta quinta (18), com 50% de desconto, o valor fica a R$ 15. Categorias ‘VIP’ e ‘Sou Nação’ entram de graça. Já para os não-sócios, as vendas começam a partir desta sexta-feira (19), com R$ 15 a meia-entrada e R$ 30 a inteira.

##RECOMENDA##

Os ingressos podem ser adquiridos online ou presencial. Em caso de compra física, o torcedor receberá os ingressos referentes aos dois jogos, já nas compras online, o sócio irá receber dois créditos para serem usados cada um em uma partida. Os não sócios também receberão dois créditos, mas no cartão de crédito.

A primeira decisão acontece no domingo (21), às 18h, contra o Treze, enquanto que a segunda, contra a equipe do Confiança, na sexta (26), às 20h. A promoção muda de valor a partir do sábado (20), subindo para R$ 20 a meia-entrada e R$ 40 a inteira. 

Por Gabriela Ribeiro

A seleção brasileira não chegou muito longe no Mundial Feminino - caiu para a anfitriã França nas oitavas de final -, mas tem um motivo para comemorar a campanha realizada. Nesta quinta-feira, depois de uma votação popular em seu site, a Fifa anunciou o gol mais bonito da Copa do Mundo Feminina. Com mais de 300 mil votos, o eleito foi o da atacante Cristiane na derrota por 3 a 2 para a Austrália.

[@#video#@]

##RECOMENDA##

A jogada do gol começou com uma linda caneta da lateral-esquerda Tamires, que passou a bola para Debinha. A atacante avançou pela ponta esquerda e cruzou na marca do pênalti para Cristiane, que se antecipou à zaga australiana e de cabeça colocou no canto esquerdo da goleira australiana Williams.

Cristiane disputou a eleição popular contra outras nove jogadoras: Lucy Bronze (Inglaterra), Aurora Galli (Itália), Jackie Groenen (Holanda), Yui Hasegawa (Japão), Amandine Henry (França), Sofia Jakobsson (Suécia), Alex Morgan (Estados Unidos), AjaraNchout (Camarões) e Asisat Oshoala (Nigéria). Ao todo, o Mundial teve 146 gols em 52 jogos, com uma média de 2,8 gols por partida.

Além de Cristiane, Marta fez história. Com dois gols marcados na competição - um contra a Austrália e outro contra a Itália, ambos pela fase de grupos -, a craque brasileira chegou a 17 e assumiu o posto de maior artilheira da história do Mundial, entre homens e mulheres. Tem um a mais que o centroavante alemão Miroslav Klose.

O técnico Vanderlei Luxemburgo voltou a indicar, no treinamento desta quinta-feira no CT do Almirante, que o Vasco terá novidades na sua escalação para o clássico contra o Fluminense, sábado, em São Januário, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. E eles deverão ser o zagueiro Leandro Castán, o lateral Henrique e os atacantes Marrony e Yan Sasse.

A atividade foi realizada no mesmo horário da partida, para ajudar o elenco a se adaptar às condições que serão enfrentadas no domingo. E como já havia ocorrido no jogo-treino diante do Boavista, Castán e Henrique entraram nos lugares de Ricardo Graça e Danilo Barcelos, Marquinho assumiu a função de Marcos Júnior no meio-campo, com Marrony sendo deslocado para a ponta esquerda. E Yan Sasse ocupou a ponta direita, na vaga do suspenso Rossi.

##RECOMENDA##

Com isso, o Vasco deve entrar em campo diante do Fluminense com a seguinte formação: Fernando Miguel; Pikachu, Leandro Castán, Ricardo e Henrique; Richard, Raul e Marquinho; Valdívia, Yan Sasse e Marrony.

Luxemburgo também aproveitou a atividade para observar jogadores dos juniores, como o goleiro Alexander e o zagueiro Miranda, considerados destaques da equipe sub-20, assim como João Pedro (19 anos), Vinícius (18 anos) e Figueiredo (17 anos).

Garantido na formação titular, o volante Richard espera que o Vasco exiba por maior tempo os momentos de bom futebol apresentados no fim de semana passado, na retomada do Campeonato Brasileiro, na derrota por 2 a 1 para o Grêmio.

"É o momento de pegarmos o que fizemos de bom lá em Porto Alegre contra o Grêmio e colocarmos novamente em prática nesse clássico. Aproveitamos essa semana para trabalhar aquilo que deixamos a desejar também. Contamos com o apoio do nosso torcedor e tenho certeza que vamos apresentar um bom futebol", disse.

O clássico com o Fluminense será um reencontro para Richard, que defendeu o clube das Laranjeiras em 2017 e 2018. O meio-campista apontou que o adversário possui um estilo de jogo bem diferente ao do seu período e apontou a necessidade de valorização da posse de bola para o Vasco não ser derrotado.

"O Fluminense tem um estilo de jogo bem diferente da época que eu estava lá. O Diniz vem fazendo um grande trabalho. Já pude jogar contra ele e sei que a maneira de jogo é ficar com a posse de bola. Temos que saber aproveitar as chances, como disse antes, e rodar bem a bola quando ela estiver no nosso pé. Não podemos perder a posse por alguma bobeira, pois a equipe deles é perigosa e possui jogadores de qualidade, como o Pedro", afirmou.

O melhor futebol de base do planeta é europeu. Dominante nos últimos anos nas Copas do Mundo e também nos torneios entre clubes, os representantes do Velho Continente também passaram a ser soberanos nos Mundiais de base da Fifa, tendo conquistado recentemente o quarto título consecutivo sub-20, dessa vez com a Ucrânia.

Outrora dominado principalmente por Argentina e Brasil, maiores vencedores com seis e cinco títulos, respectivamente, o Mundial Sub-20 passa, desde a edição de 2013, por uma nova realidade. França, Sérvia (2015), Inglaterra (2017) e, agora, Ucrânia alteraram essa hierarquia e levaram para a Europa as últimas taças do torneio de juniores.

##RECOMENDA##

Assim, antes coadjuvantes na competição, as seleções do Velho Continente já ameaçam até mesmo o domínio histórico dos sul-americanos no Mundial Sub-20, tanto que agora estão a apenas um título de igualar os 11 dos representantes da Conmebol como maiores vencedores do torneio.

Na avaliação de Ney Franco, a balança passou a pender para o lado europeu pela evolução da preparação das suas seleções. "Antigamente, a América do Sul tinha o domínio, mas agora o trabalho de base dos europeus sobressai pela metodologia, a organização, a parte financeira dos clubes, algo que permite uma melhor formação cognitiva e esportiva dos atletas, lhe dando estudo. Ficamos um pouco para trás porque outros países vem fazendo melhor", avaliou, em entrevista ao Estado, o hoje técnico da Chapecoense e que estava à frente da seleção em 2011 no Mundial Sub-20, na última conquista do Brasil e de uma equipe sul-americana.

Na sua opinião, além do maior tempo de preparação para os torneios, as seleções europeias também passaram a sobressair sobre as sul-americanas em função da força física, que se aliou ao talento, com essas equipes conseguindo ser mais intensas durante os jogos.

"As equipes estão com uma intensidade muito alta. Além do jogador correr 13km, consegue fazer ações curtas e de muita intensidade várias vezes e por mais tempo, com sprints e arrancadas. Isso é algo que os clubes precisam trabalhar, além da parte tática, ou não conseguiremos competir internacionalmente. A grande virtude do futebol brasileiro é a parte técnica, mas precisamos aliá-la com a força física ou ficaremos para trás", disse.

A conquista desses títulos por diferentes seleções europeias e a presença de equipes de menor tradição nas fases decisivas do Mundial Sub-20 - a Coreia do Sul foi vice-campeã neste ano, enquanto o Equador, que já havia levado o título sul-americano, foi o terceiro colocado - também apontam para torneios mais equilibrados entre as equipes, com a emergência de novas forças.

"A Coreia do Sul antes contava com jogadores que até tinham força e talento, mas precisavam sair de lá para se desenvolver, fazendo intercâmbios. Eles investiram muito nisso", afirma Ney, que observou várias equipes estrangeiras virem ao Brasil para adquirirem conhecimento e evolução.

Assim, o predomínio que já se via na Copa do Mundo, com os europeus tendo faturado os últimos quatro títulos e tendo colocado quatro seleções nas semifinais no Mundial da Rússia-2018, também se tornou realidade na base. Prova de que não só o poderio financeiro explica um domínio que também é visto no Mundial de Clubes, com os times europeus tendo vencido as seis últimas edições do torneio.

O próximo território a ser conquistado pelos europeus parece ser o Mundial Sub-17. O continente já tem o último campeão - a Inglaterra -, mas ainda está longe dos número de títulos dos africanos - sete contra quatro. Essa distância poderá ser diminuída ainda neste ano, quando o torneio será disputado no Brasil, a partir de 26 de outubro.

A seleção brasileira, aliás, só participará do torneio por ser o país-sede, pois fracassou recentemente no Sul-Americano da categoria, algo que tem se repetido no sub-20 a ponto de nem ter participado de três dos últimos quatro Mundiais. E, de longe, tem visto os europeus assumirem um protagonismo que era seu e dos argentinos.

O Internacional venceu o Palmeiras nos pênaltis por 5 a 4 nesta quarta-feira no estádio Beira-Rio e garantiu vaga nas semifinais da Copa do Brasil. Depois de bater o adversário por 1 a 0 no tempo regulamentar e devolver a derrota no jogo de ida, o time colorado avançou no torneio e enfrentará o Cruzeiro na próxima fase.

A partida foi marcada por uma atuação polêmica da arbitragem, que voltou atrás da decisão de um pênalti para o Palmeiras e anulou um gol do Inter nos acréscimos. As duas equipes voltam a campo no sábado, às 19h, pelo Campeonato Brasileiro. O Palmeiras visitará o Ceará, e o Inter terá o clássico com o Grêmio no Beira-Rio, em Porto Alegre.

##RECOMENDA##

O Internacional foi melhor no primeiro tempo e pressionou o Palmeiras desde o início. Criou ao menos duas boas oportunidades antes de abrir o marcador. Rodrigo Moledo e Guerrero pararam em Weverton. O time alviverde, muito recuado, não conseguia acertar um contra-ataque.

Destaque da equipe colorada pela movimentação e chegada ao ataque, Patrick foi coroado com o gol aos 40 minutos. Ele bateu de fora da área, a bola desviou em Luan e encobriu o goleiro palmeirense. Atrás no marcador, o Palmeiras finalmente esboçou uma reação. Em contra-ataque, Dudu chutou e Marcelo Lomba fez boa defesa.

Para dar mais criatividade ao time, Felipão colocou na volta do intervalo Moisés na vaga de Lucas Lima. Pouco depois, colocou Willian Bigode no lugar de Zé Rafael. O Palmeiras passou a ter mais posse de bola, mas Inter continuava mais efetivo. Weverton segurava o placar.

Com a vantagem no placar, a equipe anfitriã passou a recuar. O jogo ficou truncado até que aos 36 minutos, Felipe Melo invadiu a área, se enroscou com Edenílson e o árbitro Rafael Traci marcou pênalti. Mas, depois de consultar o VAR, voltou atrás. Os torcedores vibraram com a anulação como se fosse mais um gol.

A partida ainda teria mais polêmica nos acréscimos. Após cobrança de escanteio, Victor Cuesta desviou de cabeça e mandou para as redes. Felipe Melo, que estava na marcação, reclamou de falta na jogada. O árbitro foi consultar o VAR. D'Alessandro tentou seguir o juiz e foi expulso. Mais uma vez, Rafael Traci voltou atrás e anulou o gol.

A partida foi para os pênaltis, com muita reclamação pelo lado do Inter. Nas dez cobranças iniciais, Gustavo Gómez e Patrick erraram e mantiveram a disputa empatada. Nas alternadas, Nonato fez para o Inter e Moisés bateu no travessão, garantindo o time colorado nas semifinais.

FICHA TÉCNICA:

INTERNACIONAL 1 (5) x (4) 0 PALMEIRAS

INTERNACIONAL - Marcelo Lomba; Bruno (Nonato), Rodrigo Moledo, Victor Custa e Uendel (Wellington Silva); Rodrigo Lindoso, Edenílson, Patrick, D'Alessandro e Nico López (Rafael Sobis); Paolo Guerrero. Técnico: Odair Hellmann.

PALMEIRAS - Weverton; Marcos Rocha, Luan e Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique, Dudu, Lucas Lima (Moisés) e Zé Rafael (Willian); Deyverson (Carlos Eduardo). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

GOL - Patrick, aos 40 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Nico López e D'Alessandro; Dudu, Luan e Gustavo Gómez.

ÁRBITRO - Rafael Traci.

RENDA - R$ 2.306.661,00.

PÚBLICO - 38.836 pagantes.

LOCAL - Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

[@#galeria#@]

Os jogadores do Cruzeiro tiveram pouco tempo para comemorar a classificação para a semifinal da Copa do Brasil diante do Atlético-MG, na noite desta quarta-feira (17), em Belo Horizonte. Logo após o jogo, no Independência, o ônibus do clube foi atingido por vândalos que atiraram pedaços de pau, pedras e garrafas. Nenhum integrante da delegação sofreu ferimentos.

##RECOMENDA##

"O Cruzeiro Esporte Clube lamenta e repudia qualquer ato de vandalismo desta natureza e enfatiza que a classificação foi decidida dentro das quatro linhas, prevalecendo sempre o respeito entre os adversários, independente do resultado ao final do jogo", escreveu o Cruzeiro em suas redes sociais.

Antes do incidente, em entrevista coletiva, o técnico Mano Menezes exaltou a experiência da equipe, que continua na briga pelo tricampeonato consecutivo da competição. "Penso que o Cruzeiro, mais uma vez, fez valer a experiência de vivenciar isso com mais frequência. Nós ganhamos a nossa classificação quinta-feira passada, quando talvez todos esperássemos que nós não tivéssemos uma resposta daquelas para dar. E no futebol você não pode subestimar o seu adversário. Nós estamos levando a classificação daqui hoje porque jamais subestimamos o Atlético-MG, mesmo tendo uma vantagem de 3 a 0."

Apesar da vantagem inicial, o treinador afirmou que não considerou seu time tão favorito à conquista da vaga. "Aquilo que te dá um favoritismo, de 90 a 10, como eu ouvi hoje à tarde, para o Cruzeiro, pelo 3 a 0, você vê que na prática não tem tanto valor assim. Aconteceram lances que nós poderíamos perder por 3 a 0, quem sabe, e no mínimo ir para as penalidades máximas. Nossa experiência de classificar assim, de entender que você passa sufoco mesmo, fez com que a gente tenha levado essa classificação."

MORTE - Um torcedor do Atlético-MG faleceu durante o jogo, após ter um mal súbito no estádio Independência. Luciano Oliveira Palhares, de 34 anos, sofreu um ataque cardíaco no intervalo da partida, chegou a ser atendido pelos médicos, mas não resistiu a caminho do Hospital João XXIII. Os responsáveis pela gestão do estádio lamentaram a morte. "A Arena Independência lamenta profundamente o acontecido e se solidariza com seus familiares e amigos."

Os clubes também se manifestaram sobre a morte. "O Cruzeiro Esporte Clube lamenta profundamente o falecimento do torcedor Luciano Oliveira Palhares, que estava presente no jogo no estádio Independência. Nossos sinceros sentimentos aos familiares e amigos!", registrou a diretoria cruzeirense, nas redes sociais. "O Clube Atlético Mineiro lamenta profundamente a morte do torcedor Luciano Oliveira Palhares."

O técnico Luiz Felipe Scolari, como era de se esperar, demonstrou total impaciência na entrevista coletiva depois da eliminação do Palmeiras na Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira (17). Ríspido em quase todas as respostas, ele admitiu que o Internacional foi melhor em campo e mereceu a vaga para as semifinais do torneio.

Ele também evitou lamentar muito a queda precoce no torneio mata-mata, após a derrota por 1 a 0 no tempo normal e por 5 a 4 nas penalidades. "Ninguém morreu. Não tem nada. Perdemos uma competição. Outros perdem, outros ganham, alguém vai ganhar. Não tem que crucificar A ou B, temos que jogar futebol com a mesma qualidade que nós temos. Em determinados momentos, alguém pode ser superior. Vamos conversar e pronto", disse.

##RECOMENDA##

Para o treinador, o time alviverde vacilou especialmente no primeiro tempo, quando deixou o Internacional controlar a partida. "Não estávamos encurtando. Não conseguimos fazer uma marcação para apertar. Não ganhamos uma dividida no primeiro tempo. Esses detalhes fizeram com que o Internacional crescesse. No segundo tempo equilibrou, foi para os pênaltis e pronto", opinou.

Ao ser questionado sobre os motivos da classificação do Inter, se mostrou irritado. "Porque jogou melhor, teve mais qualidade. Quem vai te responder vai ser o Odair (Hellmann). Posso te responder sobre a minha equipe, que teve menos qualidade que o Internacional. Aí eu converso com a minha equipe para ver os erros que aconteceram, para não cometer em outros jogos."

O Palmeiras volta a campo no sábado, quando visitará o Ceará pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time alviverde lidera a competição com 26 pontos, três a mais do que o Santos, o segundo colocado. Para a partida, Felipão ainda não informou se poupará titulares.

O clássico entre Vasco e Flamengo, no dia 17 de agosto, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, deverá ser disputado no estádio Mané Garrincha, em Brasília. A ideia do time de São Januário foi aprovado pelo rival da Gávea. Só resta o aval da CBF.

Este será o segundo duelo das equipes pelo Brasileiro fora do Rio de Janeiro. Ano passado, houve empate por 1 a 1. Esta será a segunda vez que o Vasco vende um jogo no campeonato nacional. Em 4 de maio, a equipe cruzmaltina encarou o Corinthians, em Manaus, e também empatou por 1 a 1. Em cada jogo, o clube carioca recebeu R$ 500 mil.

##RECOMENDA##

O Mané Garrincha tem registro de jogos com grandes brigas entre torcedores em jogos de Vasco e Flamengo. Em 2013, durante Vasco x Corinthians, e em 2016, no jogo Flamengo x Palmeiras, brigas intensas entre as torcedores ocorreram, causando até a interdição do estádio.

Ainda longe da data do clássico, o técnico Vanderlei Luxemburgo orientou o time do Vasco, nesta quarta, em jogo-treino contra o Boavista, em São Januário. Dois times foram utilizados pelo treinador. No primeiro tempo atuaram: Fernando Miguel; Pikachu, Leandro Castán, Ricardo e Henrique; Richard, Raul e Marquinho; Valdívia, Yan Sasse e Marrony. O time não foi bem e ficou no empate sem gols. Valdívia, com boa movimentação, e Leandro Castán, recuperado de lesão muscular, foram os destaques.

Na etapa final, Luxemburgo fez quatro mudanças e escalou: Sidão; Cáceres, Breno, Werley e Danilo Barcelos; Fellipe Bastos, Andrey, Marcos Júnior e Lucas Mineiro; Bruno Cesar e Tiago Reis. O time criou várias oportunidades, venceu por 3 a 0, com três gols de Bruno Cesar, autor também da assistência para o gol de Marcos Júnior. O zagueiro Breno, afastado dos gramados havia um ano por causa de uma cirurgia no joelho esquerdo, também participou da atividade.

Para o clássico de sábado, às 11 horas, em São Januário, diante do Fluminense, pela décima rodada do Brasileiro, Luxemburgo não poderá contar com Rossi, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Marrony deve ficar com a vaga. Leandro Castán é outro que pode surgir na equipe titular.

O Vasco volta treinar nesta quinta-feira pela manhã no CT do Almirante. O time cruzmaltino Em 16º lugar no Campeonato Brasileiro, o Vasco tem nove pontos, mesma pontuação do rival Fluminense, mas fica atrás no saldo de gols. As duas equipes cariocas brigam com o Cruzeiro para fugir da zona de rebaixamento.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando