Esportes

| Geral

Que os russos são pessoas de gostos peculiares todo mundo sabe, mas já imaginou uma competição de tapas na cara? É claro que isso só poderia ser sediado no país com a maior área do planeta. A competição foi sediada em Krasnoiarsk e teve Vasiliy Kamotskiy como grande vencedor.

O evento aconteceu durante a Siberian Power Show, uma feira esportiva que acontece anualmente. Vasiliy, um grandalhão de 168kg foi derrubando oponente após oponente. Quem quisesse, e tivesse coragem, bastava se colocar a frente do gigante russo e aguentar. Com a boa apresentação na competição ele agora deve ser convidado para outras competições da modalidade.

##RECOMENDA##

A regra é simples, separados por uma mesa, os atletas precisam tirar os anéis dos dedos, relógios. Cada um desfere um tapa no rosto do adversário, quem desistir primeiro perde. Um juiz também pode interferir caso alguém desmaie, o que ocorre com frequência.

A competição não faz distinção de tamanho e peso, e com adversários bem menores, Vasiliy não deu chances a ninguém, desmaiou alguns oponentes e levou para casa cerca de R$ 1.750.

[@#video#@]

LeiaJá também

--> Camisa 10, Paquetá lembra Zico, Pelé e Ronaldinho

O coordenador de seleções da CBF, Edu Gaspar, garante que não há no mundo seleções dispostas a enfrentar o Brasil em amistosos. Ao Estado, ele mostrou uma planilha mapeando as competições dos continentes e o calendário das equipes. Na lista estavam as agendas de possíveis rivais da Conmebol, Uefa, Concacaf, África, Ásia e Oceania.

De acordo com Edu Gaspar, a CBF mapeia ainda os jogos do futebol brasileiro com a intenção de não prejudicar clubes que estejam disputando partidas decisivas, embora o técnico Tite não tenha nenhuma prerrogativa para não convocar os melhores para a seleção.

##RECOMENDA##

A dificuldade de encontrar adversários fortes e à altura do Brasil é antiga. "Tentamos amistosos contra rivais fortes da Europa, por exemplo, mas ninguém quer jogar contra o Brasil, mesmo aqueles que estão com datas livres", disse Edu Gaspar.

A justificativa diz respeito a possíveis derrotas. "As seleções da Europa têm compromissos em torneios regionais e eliminatórias para a Eurocopa. Quando estão livres, não querem encarar o Brasil porque sabem da possibilidade de derrota e, assim, podem perder moral para jogos oficiais".

Edu Gaspar revela que a Alemanha aceitou jogar e depois mudou de ideia. Sobram os times mais fracos, menos tradicionais.

O jovem tenista espanhol de 19 anos, número 255 do ranking mundial, Nicola Kunh, sofreu um colapso devido a fortes cãibras nas pernas na quadra 1, durante a partida contra o alemão Mischa Zverev, número 75 do ranking pela primeira rodada do Masters de Miami. O jogador acabou abandonando a partida.

A partida decorria normalmente. Com a vitória no primeiro set por 6 a 4, Nicola chegou a ter oito match points (pontos do jogo), foram oito chances de finalizar a partida que o espanhol não aproveitou. O alemão acabou ganhando o segundo set no tie break (desempate) e venceu por 7 a 5.

##RECOMENDA##

No ultimo set enquanto estava 2 a 1 no serviço de Nicola, o atleta começou a ter um colapso e caiu no court (quadra) com expressão de muita dor. Mischa, que não ganhava uma partida a sete meses acabou ficando com a vitória porque Nicola abandonou o encontro devido ao colapso. Confira as imagens fortes: 

[@#video#@]

O mercado esportivo mundial movimenta US$ 50 bilhões (R$ 191 bilhões) anualmente com o chamado "matchday" - a receita gerada com bilheteria, naming rights, shows, eventos, camarotes, restaurantes, projetos de sócio-torcedor - em estádios, arenas e complexos esportivos. É o que aponta um estudo realizado pela empresa Sports Value.

Desse valor, 51% são gerados apenas nos Estados Unidos com ligas como MLB (beisebol), NHL (hóquei), NFL (futebol americano) e NBA (basquete). O Campeonato Brasileiro aparece como a décima liga que mais arrecada - se considerado apenas futebol, sobe para sexto, com arrecadação de US$ 200 milhões (R$ 765 milhões).

##RECOMENDA##

Segundo o especialista em marketing esportivo Amir Somoggi, sócio da Sports Value, o País apresenta potencial muito grande de crescimento por conta da baixa taxa de ocupação das partidas do Brasileirão. Em 2017, foram 380 partidas, com média de público de 18.822 pessoas - ocupação de 43%. O grande modelo de sucesso neste quesito é o Campeonato Inglês. Por lá, a média de público é de 38.274 e a taxa de ocupação nos estádios é de 99%. A segunda liga no ranking é a alemã, com 44.646 espectadores por partida e ocupação de 92%.

"Falta no Brasil inteligência no sistema de gestão de arena, que sobra no mercado internacional. Estamos praticamente com 60% dos estádios vazios e nenhuma das grandes ligas de futebol tem esse potencial inexplorado em termo de público e de serviço", aponta Somoggi.

A lógica é simples. Mais gente nos estádios gera maior demanda de produtos. É nesse momento que os times desenvolvem ações com parceiros e patrocinadores para maximizar os lucros com os "clientes" em potencial. Nos EUA, esse trabalho nos dias dos jogos gera receitas maiores do que com direitos de TV e patrocínios. No Brasil, esse processo ainda é primário.

"No Brasil, o matchday é basicamente bilheteria e sócio-torcedor. Tirando casos isolados como o São Paulo, que tem camarote e shows, e o Athletico-PR, com a Arena da Baixada", explica Somoggi. "Em geral, os estádios não são dos clubes. No Allianz Parque, por exemplo, é a WTorre que administra toda parte de exploração em shows e eventos. O Palmeiras fica com 20% dos ganhos líquidos."

Mesmo ainda sendo considera baixa, a ocupação dos estádios brasileiros deu um grande salto desde 2003, quando as partidas tinham 82% de lugares vazios. Se apresentasse o mesmo índice das principais grandes ligas, o faturamento anual com estádios no País poderia mais que dobrar, chegando a US$ 500 milhões (R$ 1,9 bilhão).

O estudo da Sports Value mostra que uma família de quatro pessoas gasta em média US$ 664 (R$ 2.542 mil) para acompanhar um jogo do New York Knicks na NBA. Mas a partida é só parte de um grande espetáculo, com tudo de ponta: estrutura, restaurantes, lojas, etc.

O técnico Jorge Sampaoli confirmou ter devolvido seu salário ao Santos após tomar conhecimento que o grupo de jogadores ainda não recebeu os vencimentos de fevereiro, que deveriam ter sido quitados no começo de março. O treinador apontou que o pagamento precisa ser feito simultaneamente a todos os funcionários do clube.

Inicialmente, a diretoria do Santos quitou apenas os vencimentos dos membros da comissão técnica, mas não efetuou o pagamento dos salários e dos direitos de imagem do elenco santista.

##RECOMENDA##

"Sobre os salários, qualquer um teria feito o mesmo. Todos devem receber na mesma data", afirmou Sampaoli, após a derrota por 4 a 0 para o Botafogo, em Ribeirão Preto, na noite de quarta-feira, pela rodada final da primeira fase do Campeonato Paulista.

O treinador argentino foi questionado se no fim de 2018, quando negociou para assumir o Santos, se tinha conhecimento dos problemas financeiros do clube. O treinador afirmou que só estava preocupado em conhecer o elenco e declarou que os dirigentes precisam estar no mesmo nível de grandeza do time.

"Não tinha motivo para saber da condição financeira do clube. Cheguei com o conhecimento do elenco, das necessidades que a equipe tinha. É uma realidade que o clube tem de resolver. o Santos é um clube de grande história, e os dirigentes tem de estar à altura", afirmou.

No início da sua passagem pelo Santos, Sampaoli já havia realizado outras críticas públicas contra a diretoria, reclamando da demora para a chegada de reforços. Posteriormente, boa parte dos seus pedidos foram atendidos.

Quarenta e um dias após o incêndio que matou dez atletas no Centro de Treinamento George Helal, o Ninho do Urubu, advogados que representam sete famílias das vítimas reclamaram hoje (19) da falta de diálogo com a direção do clube sobre as indenizações. Confirmado oficialmente, o clube fechou acordo com apenas uma família. Não é revelado o nome do atleta nem o valor da indenização.

“O que a gente pleiteia? A gente quer sentar com o Flamengo, conversar dentro de parâmetros mínimos. O valor estipulado pelo MP [Ministério Público] como base para a gente iniciar uma conversa”, disse a advogada Mariju Maciel.

##RECOMENDA##

Ao lado dos advogados Arley Carvalho e Paula Wolff, que representam as famílias de Christian Esmério, Gedinho, Pablo, Jorge Eduardo, Arthur, Samuel e Rykelmo, eles reclamam que o clube não está negociando com as famílias.

“Quem foi o causador da tragédia? Quem foi o negligente na tragédia? Foi o Flamengo. Não foram os familiares. Quem deve ter por obrigação procurar é o Flamengo. E isto não tem sido feito. Não é só para negociar. Não está sendo feito nenhum movimento de carinho”, afirma o advogado Arley Carvalho.

Inicialmente, as famílias de todos os atletas mortos recusaram a indenização proposta pelo clube na reunião de mediação, realizada no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. A oferta inicial do clube foi entre R$ 300 mil e R$ 400 mil, além de um salário mínimo mensal por 10 anos para cada família dos atletas mortos.

Outro lado

Em nota, o Flamengo informou que fechou acordo com uma família e que vem negociando com outras três. O clube esclarece que a advogada do atleta Rykelmo chama-se Gisleine Nunes, e que já se reuniu com advogados do clube. “O Flamengo lembra que em reunião no Tribunal de Justiça, no dia 21/2/2019, os advogados não concordaram com os termos propostos e encerraram as conversas”, diz a nota.

O Flamengo também contesta a falta de apoio às famílias. “Nestes 39 dias, o clube procurou estar sempre ao lado das famílias dos atletas, dando suporte financeiro e psicológico. Todas as despesas com transporte, alimentação e hospedagem ficaram a cargo do clube, que não mediu esforços para atender a todas as demandas.”

O clube conclui, informando ter gasto R$ 222.580,30, em passagens aéreas e hospedagem de parentes, advogados e empresários dos jogadores. No texto diz que segue dando uma ajuda de custo mensal de R$ 5 mil para as nove famílias que ainda não acertaram as indenizações.

Segundo o Flamengo, em relação aos 16 atletas sobreviventes, o clube já fechou acordo com 13 famílias e está em negociação com as três restantes.

O incêndio que atingiu o CT do Flamengo, em 8 de fevereiro, no começo da manhã. Na ocasião, vários atletas dormiam. Investigações indicam que houve um curto-circuito no ar-condicionado do alojamento em que estavam os adolescentes provocando o fogo e, consequemente, o incêndio.

A rivalidade entre Santa Cruz e Sport dessa vez será compartida na quadra de futsal. As equipes brigam pela liderança do Grupo A na primeira fase da Copa Tronadon e nesta terça feira (19), as 21h15 no Arrudinha, ginásio anexo ao Estádio do Arruda.

As duas equipes já garantiram a classificação para próxima fase e estão empatadas com seis pontos na liderança do grupo A, com vantagem do Sport no saldo de gols.

##RECOMENDA##

Foram dois jogos e duas vitorias para as equipes. O Santa Cruz venceu o Óleo por 2x1 e o Litoral Norte por 3x0. O Sport venceu o Litoral Norte por 3x1 e o Óleo por 5x0. Óleo e Litoral se enfrentam às 20h.

O Grupo B tem o Pombos na liderança, com seis pontos, que enfrenta o vice-líder Farmácia João Alfredo, que também tem seis pontos. A partida será no Ginásio Municipal de Camocim de São Félix, também às 21h15 valendo a liderança. Imperial e a Seleção de Caruaru jogam às 20h.

No grupo C o equilíbrio é maior, restando uma vaga e ainda com dois clubes com chances. O JW Palmares está classificado enfrenta a Associação Gravataense que ainda briga por vaga. O jogo no Ginásio Municipal de Joaquim Nabuco acontece as 20h. O Cortês, sem chance de classificação terá o Posto Ferreira que sonha com a vaga pela frente a partir das 21h15.

Se classificam para a segunda fase oito equipes: os dois primeiros dos Grupos A e B, além do melhor terceiro colocado entre as duas chaves, e também os três primeiros do Grupo C. Ao avançar, os times se enfrentam nas quartas de final em sistema eliminatório em jogo único até a final, no dia 26 de março.

Com informações da assessoria

Na renovação gradual da seleção brasileira iniciada pelo técnico Tite após a Copa do Mundo da Rússia, Richarlison foi o jogador que mais rapidamente ganhou espaço. Sua primeira convocação só aconteceu porque o preferido do treinador à época, Pedro, se machucou. O atacante do Everton, da Inglaterra, agarrou a oportunidade e não mais a largou. Hoje, é nome praticamente certo do grupo que disputará a Copa América do Brasil, em junho e julho.

Convocado mais uma vez, Richarlison se apresenta nesta segunda-feira (18) a Tite, no Porto, para os amistosos contra Panamá, no sábado, e contra a República Checa, dia 26, em Praga.

##RECOMENDA##

Aos 21 anos, Richarlison tem "dupla personalidade". Fora de campo é tímido, retraído. Dentro, se transforma. Luta intensamente, não se amedronta joga de maneira vertical. "Sempre vou buscar o gol", disse ao Estado. "Nunca sinto pressão.", Neste domingo, o atacante fez um gol e sofreu o pênalti que resultou no segundo nos 2 a 0 do Everton sobre o Chelsea.

Confira a entrevista com Richarlison:

Você tem sido constantemente convocado por Tite. Já se sente no grupo da Copa América?

Com certeza estou confiante. Desde a Copa eu fui chamado em todas as convocações, tenho feito bom trabalho, o Tite tem gostado. Estar dentro do grupo da Copa América é um objetivo, mas para isso tenho de estar bem no Everton e aproveitar bem esses amistosos. A concorrência é grande.

Nesse contexto, qual a importância dos amistosos contra Panamá e República Checa?

Para mim, todos os amistosos são importantes, independentemente do adversário. Por isso, vou chegar bem à seleção, para poder contribuir.

Tite está empolgado com seu futebol. Recentemente, disse que você cheira a gol. O que representa ter moral com o chefe?

Fico muito feliz em ouvir isso dele. Esse elogio não é à toa. Ele viu o que eu faço de melhor nos treinos e nos jogos. Eu me dedico, me empenho muito. Sempre vou buscar o gol, acho que outros técnicos que vierem a trabalhar comigo vão gostar também.

Você parece um cara tímido fora de campo. Dentro, não se intimida, não tem medo dos adversários, vai sempre em direção ao gol. O que muda?

(sobre a timidez) Depende. Se não me sinto à vontade num ambiente, fico na minha mesmo. Mas dentro de campo sempre fui assim. Estou acostumado com estádios lotados. Desde moleque eu jogava bem, era alvo de pressão, xingamentos. Já estou acostumado. Sempre vou buscar o gol.

Como vê a renovação que Tite está fazendo na seleção?

A renovação é importante, até para a próxima Copa. E jogando na Europa, a gente vai sempre evoluindo, atropelando os que vão ficando para trás e não estarão em 2022.

A que você atribui a rápida adaptação ao futebol inglês (antes, jogou um ano Watford)?

A parte física ajudou. Eu sou forte fisicamente e o futebol daqui exige muito isso.

O Everton faz campanha irregular nesta temporada. Por quê?

É normal. A gente não tem um elenco numeroso e, com o passar do campeonato, o grupo vai ficando desgastado.

Há fundamento nas notícias de que você pode se transferir para Atlético de Madrid ou Chelsea?

Eu também fico de olho nas notícias, o time tal me quer, o Manchester United tem interesse... Para mim não chegou nada. Se chegar, o Everton e o empresário vão me avisar. Estou com a cabeça no Everton (tem cinco anos de contrato).

Como surgiu a dança do pombo?

Estava de férias no Rio, jogando videogame com um amigo, fiz a dança, coloquei no Instagram e bombou. Já tinha feito a dança há três anos, mas não repercutiu. Eu não era conhecido (jogava no América-MG).

Como estão as aulas de inglês?

Bem. Tenho aula três dias por semana (total de 7 horas). Já estou conseguindo me comunicar um pouco no clube.

E a vida em Liverpool?

Fico mais em casa mesmo, jogando videogame online com o pessoal da minha cidade (Nova Venécia, no Espírito Santo). Moro com um amigo, meu empresário e a mulher dele. E comprei um cachorro (um husky siberiano) que também me faz companhia.

O Liverpool teve mais trabalho do que o esperado, levou um susto neste sábado, mas venceu e retomou a liderança do Campeonato Inglês, ao menos provisoriamente. Diante do penúltimo colocado Fulham, fora de casa, os comandados de Jürgen Klopp sofreram para fazer 2 a 1.

O resultado intensificou a disputa pelo título nacional. Afinal, o Liverpool foi a 76 pontos, dois a mais que o Manchester City, que tem uma partida a menos. Por outro lado, o Fulham segue decepcionando, tem apenas 17 pontos, na penúltima colocação, e está muito próximo do rebaixamento.

##RECOMENDA##

No confronto do segundo melhor ataque do Inglês contra a pior defesa, a superioridade do Liverpool ficou na teoria. Em campo, o time de Klopp sofreu para impor seu ritmo veloz e pouco criou. Mas na primeira grande oportunidade, abriu o placar. Aos 25 minutos, Mané recebeu pela esquerda, encontrou Firmino e correu para o meio da área, onde recebeu de volta para marcar seu 11.º gol nos últimos 11 jogos.

Se já não era incisivo, o Liverpool se tornou ainda mais preguiçoso com a vantagem. Lallana e Van Dijk até tentaram, mas o goleiro Sergio Rico teve poucas preocupações no restante da primeira etapa.

Na volta do intervalo, o Fulham foi para cima e passou a ameaçar. Aos 18 minutos, teve um gol bem anulado, por impedimento de Ayite. Quatro minutos mais tarde, após rápido contragolpe, Anguissa ficou com a sobra e arriscou de fora da área, exigindo trabalho de Alisson.

O empate sairia de uma falha defensiva, e de quem não está acostumado a errar. Após chute torto de Milner, Van Dijk tentou o recuo de cabeça para Alisson, mas jogou fraco. Babel chegou para dividir com o brasileiro, deu sorte e ficou com o gol vazio para marcar contra seu ex-time.

A esperança do Fulham, porém, durou pouco, porque quatro minutos depois seria o Liverpool que se aproveitaria de uma falha do adversário. No mesmo lance, o goleiro Sergio Rico errou duas vezes. Primeiro, ao não agarrar o chute fraco de Salah, no meio do gol. Depois, ao puxar Mané no rebote. O árbitro marcou pênalti, que Milner converteu para selar o resultado.

Com a pausa no calendário inglês para as partidas das seleções, o Liverpool só volta a campo no dia 31, quando recebe o Tottenham pelo Inglês. No dia anterior, o Fulham terá a difícil missão de encarar o Manchester City, fora de casa, e tenta encerrar a sequência de seis derrotas na competição.

A Associação do Futebol Argentino (AFA) anunciou neste domingo (17) o corte do zagueiro Nicolás Otamendi da seleção nacional. O jogador foi vetado dos amistosos diante de Venezuela e Marrocos, este mês, por causa de uma lesão sofrida no sábado, a serviço do Manchester City.

Otamendi torceu o tornozelo esquerdo no triunfo por 3 a 2 sobre o Swansea, pelas quartas de final da Copa da Inglaterra, mas permaneceu e campo ao longo dos 90 minutos. Submetido a exames, o jogador teve uma lesão diagnosticada - não foi revelada a gravidade -, que o impedirá de vestir as cores da seleção.

##RECOMENDA##

A AFA não esclareceu se o técnico Lionel Scaloni convocará alguém para a vaga deixada por Otamendi. Se optar por manter o elenco já chamado, quem pode se beneficiar é o gremista Kannemann, uma vez que terá menos concorrência para tentar um lugar na equipe.

A Argentina vai duelar com Venezuela, sexta-feira, em Madri, e Marrocos, quatro dias mais tarde, em Tanger. As partidas marcarão o retorno de Lionel Messi, que não veste as cores da seleção desde a decepcionante campanha na Copa do Mundo da Rússia, no ano passado, que terminou nas oitavas de final.

A ginástica artística brasileira brilhou em um dos eventos preparatórios para o Mundial. Neste sábado (16), em Stuttgart, a seleção feminina triunfou na disputa por equipes no DTB Pokal Team, uma importante competição amistosa, contando com ótimas apresentações de Rebeca Andrade.

O time brasileiro conseguiu uma nota final de 164,396 pontos. O segundo lugar ficou com a Rússia (159,496), enquanto a equipe da Holanda foi a terceira colocada (153,763).

##RECOMENDA##

Rebeca Andrade brilhou ao conseguir as melhores notas brasileiras em todos os aparelhos. Foi assim no salto (14,800), nas assimétricas (14,566), na trave (13,433) e no solo (14,133).

"Nós treinamos muito para conseguir esse resultado e eu não falo nem da medalha, falo sobre nós. Temos muita coisa para melhorar, mas o meu orgulho é gigantesco e eu sou muito grata por ter vocês como minha equipe e amigas", escreveu Rebeca em seu perfil no Instagram.

No salto, ainda participaram Flavia Saraiva (14,600) e Carolyne Pedro (13,600). Nas

assimétricas, Jade Barbosa conseguiu 13,300 e Flavia fez 13,266. Na trave, o Brasil também contou com Flavia, que fez 13,033, e Thais Fidélis somou 12,733. Já no solo, Flavia conseguiu 13,666 e Thais obteve 13,266.

O DTB Pokal Team é a primeira competição da equipe brasileira em 2019 e ocorre na mesma cidade - Stuttgart - palco do Mundial de Ginástica Artística desta temporada, que será classificatória para a Olimpíada de Tóquio, em 2020.

O evento prossegue neste domingo na Alemanha com a disputa da final masculina por equipes a partir das 12 horas (de Brasília). No qualificatório, o time brasileiro foi o terceiro colocado.

A brasileira Rose Volante foi derrotada pela irlandesa Katie Taylor, nesta sexta-feira à noite, na Filadélfia, Estados Unidos, por nocaute técnico, a 1min40 do nono assalto. Com o resultado, a lutadora europeia ficou com os cinturões da Organização Mundial de Boxe (OMB), Federação Internacional de Boxe (FIB) e Associação Mundial de Boxe (AMB) na categoria dos pesos leves.

Katie Taylor soma agora 13 vitórias, com seis nocautes, enquanto Rose perdeu pela primeira vez na carreira profissional após 15 lutas. A brasileira chorou muito após a derrota e reclamou de uma cabeçada involuntária no último momento da luta.

##RECOMENDA##

Katie Taylor vai em busca do quarto título mundial ainda este ano, que pertence à belga Delfine Persson, campeã pelo Conselho Mundial de Boxe (CMB).

"Quero agradecer muito meus treinadores e parabenizar a Rose pela grande luta. Quero me tornar a maior boxeadora de todos os tempos", afirmou Katie Taylor, de 32 anos, campeã olímpica em Londres-2012, pentacampeã mundial e hexacampeã europeia.

A LUTA - No combate, Rose foi para cima desde o primeiro segundo, mas se descuidou na defesa e acabou recebendo uma direita no queixo em contragolpe e caiu com 1min55 de luta. Ela sofreu uma contusão abaixo do olho direito, mas seguiu na luta.

No segundo round, mais calma, Rose lutou na média distância. Katie seguiu no contragolpe e a brasileira acertou sequência de dois golpes, que a irlandesa devolveu com quatro socos na linha de cintura.

No terceiro assalto, a rápida Katie entrou e saiu do raio de ação de Rose até com certa facilidade e a brasileira não achou a adversária durante os dois minutos. E no quarto round a irlandesa começou a atacar. Com muita velocidade, passou a encaixar várias sequências de golpes. Rose, caminhando mal, não chegou perto da adversária.

No quinto assalto, os dois minutos de duração foram todos de Katie, que começou a atacar na linha de cintura. Rose sentiu os golpes e demonstrava cansaço. Já a irlandesa manteve o ritmo forte e dominou mais uma vez, atingindo vários golpes em Rose.

No sétimo round, Katie evitou a troca de golpes e circulou Rose, que buscou encurtar a distância, mas não tinha força para ameaçar a rival. E a irlandesa voltou a acelerar o ritmo no oitavo assalto e por duas vezes deu a impressão de que conseguiria o nocaute. Rose, corajosa, apanhou muito e ficou em pé.

No intervalo do oitavo para o nono round, o juiz do combate disse que pararia a luta se a brasileira não atacasse a adversária. E Rose não respondeu aos ataques constantes de Katie e o juiz acabou encerrando o combate, confirmando a derrota da brasileira por nocaute técnico.

Já imaginou bater em uma bola de golfe e acertar o buraco depois de a bola viajar 110 metros de distância? A façanha foi realizada nesta quinta-feira (14) por Ryan Moore em torneio realizado em PC Sawgrass, em Ponte Vedra Beach, na Flórida, Estados Unidos. Foi a nona vez que isso ocorreu na competição, a primeira em que a bola não toca ao chão antes de acertar o buraco.

Moore conseguiu elevar a dificuldade do lance e torna-lo ainda mais impossível pelo fato de a bola cair direto no buraco, sem tocar em absolutamente nada. Conhecida como “ace” a jogada já aconteceu em outras nove ocasiões no torneio, mas em todas, exceto a jogada de Moore, a bola bateu no chão antes de entrar no buraco.

##RECOMENDA##

O 17° buraco, do campo conhecido como “ilha verde” é considerado um dos mais difíceis do torneio. Além da distância, um lago e muito vento no caminho mudam facilmente o curso da bola valorizando ainda mais o lance do atleta de 36 anos. Na competição 14 bolas não passaram pelo lago. O lance tem sido chamado de o mais difícil da história da ilha verde.

O torneio tem a maior premiação de todo circuito com 12,5 milhões de dólares ou R$ 48 milhões de reais. A 49° edição da competição realizada em 2019 conta com a participação do maior jogador de golfe de todos os tempos, Tiger Woods, que busca se recuperar no circuito.

Confira o vídeo com o lance de Moore e dos outros oitos atletas que também realizaram a façanha no torneio:

[@#video#@]

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, recebeu alta na manhã desta sexta-feira (15), do Hospital São Luiz. O dirigente ficou dez dias internado por causa de uma encefalite viral. "Recebeu alta em ótimas condições clínicas e laboratoriais", disse o diretor adjunto de futebol do Corinthians, Jorge Kalil, que também é médico.

Andrés deve continuar a recuperação em casa e voltar ao trabalho na próxima segunda-feira, embora não exista uma previsão oficial de qual retomará as atividades. Durante o período em que esteve internado, Andrés não assinou o termo de afastamento da presidência. Edna Murad, primeira vice-presidente, era responsável por assinar documentos e procurações nos últimos dias.

##RECOMENDA##

Com 55 anos, Andrés foi internado na quarta-feira da semana passada. Ele chegou a ficar na UTI, a unidade de tratamento intensivo, do hospital e a expectativa era de que o mandatário recebesse alta no início desta semana. Exame de sangue apresentaram resultados "um pouco alterado", de acordo com Kalil, e, por isso, a alta foi adiada após o presidente evoluir bem nos últimos dias.

A encefalite viral é uma inflamação no sistema nervoso central que causa fortes dores de cabeça, febre e até convulsões. O tratamento exige medicação, repouso e ingestão de líquidos.

Andrés estava trabalhando normalmente antes da internação e chegou a acumular a gestão da área de marketing do clube após a saída de Luiz Paulo Rosenberg. O presidente corintiano ainda não definiu novo nome para cuidar do departamento.

O Palmeiras deve fechar nos próximos dias a venda do lateral-esquerdo Luan Cândido, de 18 anos, para o RB Leipzig, da Alemanha. O jogador revelado nas categorias de base do clube e com passagens pela seleção brasileira sub-17 e sub-20 deve ser negociado por R$ 39 milhões, com a possibilidade de a transferência render até mesmo R$ 43 milhões com o pagamento de bônus caso o atleta alcance metas previstas em contrato.

Dirigentes da equipe alemã estão em São Paulo nesta semana para cuidar dos detalhes finais da contratação. Luan Cândido tem participado de treinos com o elenco profissional do Palmeiras desde o ano passado, porém não teve chance de estrear. O jogador, no entanto, é presença constante na seleção brasileira de base e participou recentemente do Sul-Americano sub-20, no Chile.

##RECOMENDA##

O clube iniciou as tratativas pela venda de Luan em viagem recente do diretor de futebol Alexandre Mattos para a Europa. O Barcelona também mostrava interesse pelo jovem jogador. No entanto, o RB Leipzig conseguiu avançar na negociação e propôs um modelo mais vantajoso de negócio, com o pagamento de maior parte da transferência à vista e ainda a possibilidade de bônus.

O Palmeiras tem a meta de arrecadar neste ano cerca de R$ 50 milhões em venda de jogadores. O valor está estipulado no orçamento do clube e é uma forma de equilibrar as finanças depois de gastos com a renovação de contratos e aumento salarial de jogadores importantes, como Dudu e Bruno Henrique, assim como a compra de atletas na última janela de transferências.

O time é dono de 70% dos direitos econômicos do jogador. O restante pertence a terceiros. Além de Luan Cândido, outra revelação da base do clube bastante procurada times europeus é o zagueiro Vitão, de 19 anos.

Uma equipe de críquete de Bangladesh escapou por pouco de se somarem às 49 mortes do atentado em simultâneo a duas mesquitas em Christchurch, na Nova Zelândia nesta sexta-feira (15). A equipe que faz uma série de amistosos no país tinha acabado de chegar a uma das mesquitas atacadas para orações e escaparam.

Segundo relatos de jogadores e comissões técnicas a imprensa local, a equipe não chegou nem a descer do ônibus que os transportava. Logo que chegaram ouviram os disparos, os jogadores e comissão técnica permaneceram no veículo e depois se dirigiram ao um estádio de críquete nas proximidades.  

##RECOMENDA##

O treinador da equipe conversou com um repórter da ESPN: “Assistimos a tudo do ônibus, como um filme, pessoas sangrando ao saírem da mesquita”, lamenta Khaled Mashud Pilot.

A Federação de críquete divulgou nota através do Twitter: "Todos os membros da Equipe de Críquete do Bangladesh, em Christchurch, estão em segurança de volta ao hotel após o incidente. O Bangladesh Cricket Board está em constante contato com os jogadores e com a gerência da equipe”, diz o comunicado.

A atividade programada para a equipe na sexta previa um jogo teste contra uma equipe da Nova Zelândia que acabou sendo cancelado depois do atentado. Esse seria a terceira e ultima atividade da equipe na região.

[@#video#@]

LeiaJá também

--> Autor de ataque a mesquita queria vingar menina sueca

 

Rose Volante disputa nesta sexta-feira à noite, na Filadélfia, nos Estados Unidos, uma das lutas mais importantes da história do boxe brasileiro. A paulista, de 36 anos, campeã mundial dos pesos leves da Organização Mundial de Boxe (OMB), vai enfrentar a irlandesa Katie Taylor, dona dos cinturões da Associação Mundial de Boxe (AMB) e da Federação Internacional de Boxe (FIB) e apontada por muitos críticos como a melhor boxeadora da atualidade.

"Vim para realizar um sonho. O sonho de ser campeã unificada. Trouxe um cinturão e irei embora com três", disse a pugilista brasileira, dona de um cartel invicto de 14 vitórias, com oito nocautes.

##RECOMENDA##

A confiança de Taylor não é menor. Campeã olímpica em Londres-2012, cinco vezes campeã mundial amadora e seis vezes campeã europeia, a irlandesa de 32 anos falou de seu objetivo para este ano. "Após vencer a Rose, vou ganhar o quarto título mundial no segundo semestre." Ela tem 12 triunfos.

Felipe Moledas, técnico de Rose, revelou segredos que poderão ajudar sua lutadora. "A Rose tem maior pegada. E vai pressionar a Katie desde o primeiro gongo. A Katie nunca enfrentou alguém como a Rose."

As duas lutadoras pesaram abaixo do limite da categoria (até 61,235 quilos). Rose acusou 60,418 quilos, contra 60,736 quilos de Katie. "Eu estou aqui", disse a brasileira, antes de um aperto de mão. O SporTV 3 vai transmitir a luta a partir das 22 horas.

O goleiro da Chapecoense Gilsivan Soares da Silva, de 34 anos, conhecido como Ivan Soares, é procurado por ferir a ex-namorada e roubar o celular dela e de outro homem na tarde da última quarta-feira. O crime foi registrado na cidade de Espinosa (MG). O motivo teria sido ciúme. O jogador fugiu e ainda não foi localizado.

A polícia foi acionada por um jovem de 21 anos, o primeiro a ser vítima do atleta, no bairro São Cristóvão. Acreditando que o rapaz estaria saindo com sua ex-companheira, Ivan o abordou e, simulando estar armado, exigiu que ele entregasse o celular. Em seguida, o acusado foi até um salão de beleza onde se encontrava Laise Fernandes, de 30 anos, com quem se relacionou. Munido com uma faca, ele também a obrigou a entregar o telefone.

##RECOMENDA##

O objetivo seria conferir se os dois estariam trocando mensagens, mas como o celular da ex tinha senha, ele retornou ao salão e exigiu que ela desbloqueasse o aparelho. A mulher se negou e houve briga, ocasião em que ela cedeu, após ter a faca encostada em seu pescoço.

Durante a confusão, móveis e outros objetos do estabelecimento foram danificados. A mulher feriu-se após a faca cair sobre seu pé esquerdo, ocasionando uma fratura. Ela foi levada ao hospital. A proprietária do salão confirmou esta versão e contou que o atleta se mostrava muito alterado.

FUTURO - Ivan chegou à Chapecoense no início de 2018. Ele teve seu contrato renovado até o fim deste ano. No último sábado, o jogador pediu licença do clube para tratar de assuntos pessoais no norte de Minas Gerais, onde possui familiares, mas não se apresentou na última terça-feira, como previsto. A ocorrência envolvendo o atleta pegou de surpresa os diretores do time de Santa Catarina.

O clube informou que, por enquanto, não se manifestará a respeito. Já Ivan, que estaria negando as acusações, é esperado para uma reunião com a diretoria.

Na última segunda-feira (11) o lutador do UFC e ex-campeão Connor McGregor foi preso pela policia de Miami (EUA) acusado de quebrar o celular de um rapaz. O jogador foi detido e liberado posteriormente depois de pagar a fiança. O site TMZ divulgou nesta quinta (14) o vídeo em que é possível ver Connor pisando no celular.

O caso aconteceu por volta das 5h na saída de uma casa noturna. Ahmed Abdirzak ao localizar Connor sacou o celular para fazer uma foto com o polêmico lutador que reagiu dando um tapa no aparelho e posteriormente pisando no mesmo.

##RECOMENDA##

Ao TMZ Ahmed relatou o acontecido. "Quando saímos, estávamos esperando nosso carro no valet. Vi McGregor e tentei pegar meu celular. Assim que peguei, ele veio e tentou apertar minha mão. Então ele me puxou, pegou meu telefone e começou a esmagá-lo. Todos os seguranças dele me cercaram e me empurraram para longe enquanto ele pisoteou o celular”, disse a vitima.

"Aí McGregor pegou o celular, colocou no bolso, riu e entrou em sua SUV. Aí eles foram embora. Foi quando o gerente do hotel chegou. Eu tenho fotos do meu filho que nem salvei na minha nuvem, isso que me irritou mais. Essas fotos, eu provavelmente nunca mais vou ter”, completou.

O atleta foi localizado no hotel em que estava hospedado em Miami e foi preso. Para ser liberado pagou fiança de US$ 12,5 mil (cerca de R$ 47 mil) e foi  acusado por roubo e dano ao patrimônio. O aparelho, avaliado em $3,8 mil reais ficou destruído e não foi devolvido por Connor. O luatador cumpriu serviço comunitário recentemente depois de invadir um ginásio em Nova York e quebrar a vidraça de um ônibus na tentativa de agredir seu rival, Khabib Nurmagomedov.

Confira o vídeo do momento que Connor pisa no aparelho:

[@#video#@]

Conhecido por ser um esporte em que você precisa de boa estatura para ganhar destaque, alguns casos no mundo do basquete mostram que nem sempre a altura é impedimento para algumas pessoas. Reese Turner é anão e com 1,30m, seus arremessos de três sido mostrados mundo fora.

 Com 17 anos, o armador Reese Turner é integrante da equipe do Cushing High School que fica no Texas. A baixa estatura não é problema para Reese, que chama atenção pela habilidade e facilidade nos chutes do perímetro.

##RECOMENDA##

Na atualidade, o jogo na NBA tem sofrido mudanças especialmente nas bolas de três, que tem sido cada vez mais importante na era “Stephen Curry”, considerado o melhor chutador de 3 da NBA. Com isso, sem muita briga dentro do garrafão, a liga começa a abrir espaço para jogadores menores com bom arremesso, justamente o que tem feito Reese ganhar destaque, mas será que a NBA tem espaço para um anão?

O jogador, nas suas redes socias, sempre usa a hashtag “coração acima de altura” e quer ser inspiração para outras pessoas e em uma das publicações ele ainda desdenha dos “haters” e salienta seu bom momento. A NBA nunca teve um anão na sua história: o menor jogador a atuar na liga foi Muggsy Bogues com 1,60m.

[@#video#@]

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando