Notícias

| Cidades

Na manhã desta sexta-feira (15), o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes, e o presidente da Empetur, Antonio Neves Baptista, visitaram o Mercado de Artesanato, em Itapissuma, Região Metropolitana do Recife, que foi incendiado na última quarta-feira (13). 

O motivo da reunião foi discutir os passos para a reconstrução do Mercado de Artesanato, um dos pontos turísticos mais importantes do município, que revendia obras de artesãos da região e funcionava ainda como ponto de chegada de turistas a Itapissuma.

##RECOMENDA##

O espaço ficou completamente destruído pelo incêndio, que pode ter comprometido também outro ponto importante para a cidade, o corredor de boxes onde é servida a famosa caldeirada, prato típico local.

"É necessário realizar perícia para avaliar o comprometimento da parede lateral, que é ligada à área da caldeirada, para que a gente possa avançar na realização do projeto de reconstrução. Já amanhã vamos enviar engenheiros para iniciar esses estudos”, declarou o secretário Rodrigo Novaes.

O próximo passo, segundo o gestor de Turismo do Estado, será a elaboração e assinatura de convênio com o município visando reerguer o mercado. “Com o laudo definitivo, poderemos avançar nos encaminhamentos para firmar convênio com o município para elaborar o projeto e, logo, realizar a obra", pontua Novaes.

A Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho inicia neste sábado (16), a vacinação contra a Covid-19 das pessoas a partir dos 15 anos, não sendo necessário realizar o agendamento. 

Para a imunização, o público deve se dirigir a um dos postos de vacinação com um documento oficial com foto, comprovante de residência ou cartão SUS e estar acompanhado de um responsável, que também deve portar um documento oficial com foto.

##RECOMENDA##

Excepcionalmente neste sábado, ficam abertos, de 8h às 13h, os pontos de vacinação localizados em Ponte dos Carvalhos (Escola Manoel Davi), Pontezinha (Escola Eronides Soares), Charneca (Escola Padre Antônio de Melo), Gaibu (Escola Professora Maria Thamar) e o Centro de Vacinação Covid-19 da Praça Nove de Julho.

 No domingo também haverá vacinação, desta vez apenas no Centro de Vacinação Covid-19 da Praça Nove de Julho, das 8h às 13h. Nos locais, também estarão sendo aplicadas a primeira dose em outras idades, segunda dose e dose de reforço.

Na manhã desta sexta (15), o desabamento da laje de um galpão localizado no Km 10 da rodovia PE-109, no município de Bonito, agreste pernambucano, deixou quatro pessoas feridas. O Corpo de Bombeiros comunicou que chegou ao local por volta das 8h50, resgatando duas pessoas, identificadas como José Roberto e Silva, de 57 anos, e Fábio Lira da Silva, de 43 anos.

Os dois foram conduzidos ao Hospital Municipal de Bonito. Uma terceira vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e outra por populares. Em fase de construção, o galpão fica localizado na Fazenda Abdias, no bairro Alto Bonito. 

##RECOMENDA##

Após denúncia do AME Animal, quatro cachorros e 65 porcos foram resgatados pela Polícia Militar (PM) em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. O órgão de proteção indicou a ocorrência de maus-tratos, que foi verificada pelas autoridades na manhã dessa quinta-feira (14).

Em razão das 'péssimas condições' apontadas pela PM, os 69 animais foram retirados do local. Os cachorros foram levados pelo AME Animal e os suínos encaminhados ao setor C da Prefeitura. 

##RECOMENDA##

[@#galeria#@]

O efetivo realizou buscas na área para localizar o responsável pelo crime, mas ele não foi encontrado. O caso seguiu para a Delegacia de Plantão, onde as medidas cabíveis serão adotadas.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) atualizou, nesta sexta-feira (15), os números da pandemia do coronavírus em Pernambuco. Foram confirmados 414 novos casos da Covid-19, além de 11 óbitos.

Dos novos registros, 17 são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 397 são leves. Pernambuco totaliza 625.561 casos confirmados da doença, sendo 54.264 graves e 571.297 leves.

##RECOMENDA##

No boletim de hoje também constam 11 mortes, ocorridas entre o dia 11 de dezembro de 2020 e a última quinta-feira (15). Com isso, o Estado totaliza 19.877 mortes pela Covid-19.

Na noite dessa quinta-feira (14), três homens foram presos em flagrante por tráfico de drogas na Avenida Ribeiro de Brito, em Boa Viagem, Zona Sul do Recife. O grupo escondia uma grande quantidade de maconha e é acusado de abastecer os bairros de Cajueiro Seco e Piedade, no município vizinho de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife.

Com informações sobre a participação do trio no comércio ilegal da Zona Sul, policiais militares montaram campana no local indicado e encontraram um tablete com 1kg do entorpecente e mais 100g dividida em dois pedaços com os suspeitos. 

##RECOMENDA##

Diante do flagrante, o trio foi conduzido junto com o material à Delegacia de Boa Viagem, onde ficaram à disposição da Justiça.

 

 

 

Três integrantes de uma facção criminosa com atuação na Bahia foram presos em uma casa de veraneio na cidade de Tamandaré, Litoral Sul de Pernambuco, na manhã desta quarta-feira (13). A operação compartilhada entre as Polícias Federal-PE e Militar-BA cumpriram mandados de prisão já expedidos contra um casal e um terceiro integrante, capturado com 517g de cocaína.

No momento da abordagem, outras 11 pessoas estavam na casa que servia de esconderijo para os foragidos. Apesar de indícios de participação de grupos criminosos, todos foram ouvidos e liberados, mas serão investigados para verificar a atuação na Organização Criminosa. Caso confirmada, todos poderão receber penas que variam de três a oito anos de reclusão.

##RECOMENDA##

[@#galeria#@]

Os alvos principais da operação foram presos preventivamente. Os dois homens seguiram para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu Lima, na Região Metropolitana do Recife, e a mulher foi encaminhada ao Presídio Feminino do Recife, no bairro do Engenheiro do Meio, Zona Oeste da capital. Dois veículos usados para a logística dos crimes também foram apreendidos.

Tortura contra PM

A Polícia Federal explica que um dos presos é fundador da facção baiana que atuava no tráfico de drogas, de armas, homicídios e roubos à instituições financeiras e carros-fortes.

Em março de 2020, o grupo chegou a emboscar o delegado titular da 28ª Delegacia da Bahia, que foi acionado para apurar uma denúncia de que havia um corpo na Rua São Geraldo. Quando chegou ao local, ele foi surpreendido pelos criminosos armados.

A organização também é acusada de associar 50 criminosos, alguns com fuzis, para invadir a mesma delegacia e atacar um posto da Polícia Militar. O grupo ainda é apontado por assassinar o policial militar Gustavo Gonzaga da Silva, no dia 8 de junho de 2018.

Após cumprir expediente, a vítima voltava para casa quando foi abordada por três integrantes. O militar foi rendido, torturado e teve o corpo mutilado antes de ser morto com tiros na cabeça.

Donos dos restaurantes do polo gastronômico, funcionários da Caldeirada e ambulantes que atuavam no Mercado do Artesanato de Itapissuma, na Região Metropolitana do Recife, receberão um auxílio semanal até que o espaço seja reformado.

Após o mercado pegar fogo na última quarta-feira (13), o prefeito da cidade, Zé de Irmã Teca, se reuniu com os seus secretários, representantes do poder Legislativo, artesãos e permissionários do polo gastronômico nesta quinta-feira (14).

##RECOMENDA##

Um plano de ação para minimizar os impactos econômicos que serão gerados pelo incêndio foi divulgado pela prefeitura. O objetivo é dar todo o suporte necessário para os trabalhadores que tiveram prejuízos, a fim de apresentar soluções efetivas, mitigando os danos - já que o espaço é um ponto turístico da cidade e fonte de renda para muitas famílias do município.

De acordo com o Prefeito de Itapissuma, Zé de Irmã Teca, o Polo Gastronômico da Caldeirada permanecerá interditado até sair o laudo técnico com as ações de segurança necessárias, porém ações foram tomadas para os artesãos que perderam seus espaços de venda e peças possam divulgar e vender os artesanatos no Shopping de Igarassu, gratuitamente. Além disso, a Secretaria de Municipal de Turismo realizará feiras itinerantes no município, à medida que os artesãos forem produzindo novas peças.

Já o auxílio financeiro será disponibilizado para os trabalhadores da Caldeirada com  o crédito diretamente em conta bancária a partir da próxima quarta-feira (20). 

Veja quem terá direito e qual o valor

Os donos dos restaurantes do polo gastronômico: R$ 2.500,00 semanal

Funcionários da Caldeirada: R$ 200,00 semanal

Ambulantes: R$ 200,00 semanal

Artesãos que faziam exposição de suas peças no mercado e estavam frequentemente dentro do mercado, como única fonte de renda:  salário mínimo + ressarcimento do valor das peças perdidas e/ou avariadas.

Artesãos que apenas deixavam suas peças no Mercado: ressarcimento do valor das peças perdidas e/ou avariadas.

O auxílio será pago aos artesãos até que a reforma do mercado seja concluída, já os funcionários e donos de restaurantes na Caldeirada devem receber até sair o laudo técnico com as ações de segurança necessárias. 

A Secretaria Municipal de Turismo e o Conselho Municipal de Turismo vão realizar o cadastro das pessoas que trabalham na área da caldeirada. Para se cadastrar, os beneficiários precisam apresentar CPF, RG e um comprovante de residência 

[@#video#@]

A fome cresce no Brasil em meio à pandemia da Covid-19, com mais da metade da população vivendo a insegurança alimentar, sem ter acesso pleno e permanente a alimentos. Segundo a Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan), são mais de 19 milhões de brasileiros passando fome atualmente.

##RECOMENDA##

Na tentativa de diminuir a fome e possibilitar que moradores das comunidades mais carentes de Pernambuco recebam alimentos, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) iniciou, em março de 2020, vários projetos como o "Marmitas Solidárias"  e o "Roçado Solidário", sendo este último responsável pelas plantações dos alimentos que são distribuídos para a Rede de Bancos Populares de Alimentos que tem dezenas de bancos descentralizados.

Assentamento Che Guevara, em Bonito, Região Metropolitana do Recife. Foto Rafael Bandeira/LeiaJá Imagens

Nova remessa

Na manhã desta quinta-feira (14), como parte da Jornada Nacional de Soberania Alimentar, os movimentos populares que integram a Via Campesina fizeram a doação de 10 toneladas de alimentos produzidos nos assentamentos e acampamentos da reforma agrária para 19 bancos populares espalhados no Grande Recife. 

Vani Souza, integrante do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), afirmou que "nós temos como proposta mudar esse cenário. Não vamos permitir, num país com terras agricultáveis, de camponeses e camponesas, ver 20 milhões de pessoas passando fome por um projeto de morte do capitalismo, do agronegócio e de Bolsonaro". 

Jaime Amorim, que integra a Direção Nacional do MST e da coordenação da Via Campesina Internacional revelou que "não basta ter segurança alimentar, fazer com que o alimento chegue a todas as partes do mundo. É necessário que ele seja saudável, tenha boa relação com o meio ambiente, que as pessoas sejam respeitadas, que quem produz alimentos tenha direitos. A soberania alimentar é um princípio da vida componesa", detalha.

 

A Prefeitura de Caruaru, Agreste de Pernambuco, iniciou nesta quinta-feira (14), a entrega de absorventes higiênicos para alunas das escolas municipais, como parte do programa Ciclo Digno. A Escola Municipal Mariana de Lourdes Lima foi a primeira a receber o material.

A lei que dispõe sobre o programa Ciclo Digno foi sancionada pela Prefeita Raquel Lyra no dia 19 de julho deste ano. "Como mulher e prefeita, estou muito feliz em poder dar um passo tão importante para as nossas alunas caruaruenses. Cerca de 13 mil meninas serão beneficiadas com o programa, que foi aprovado por unanimidade pela Câmara de Vereadores", disse Raquel.

##RECOMENDA##

O programa vai garantir para cada aluna, a partir dos 10 anos, dois pacotes de absorventes por mês, distribuídos nas escolas em que as estudantes estiverem matriculadas. Além dos pacotes, também terá absorvente disponível nos banheiros femininos nas unidades escolares.

"Queremos combater o enfrentamento à pobreza menstrual e contribuir com as pessoas que não têm acesso a recursos para a compra. Vamos juntas por mais saúde, dignidade e educação para nossa gente", concluiu Raquel.

O Procon Pernambuco divulgou nesta quinta-feira (14), que a Celpe é a empresa pernambucana que os consumidores mais reclamaram dos serviços. Entre os problemas apontados, as pessoas relataram mais sobre as cobranças abusivas ou indevidas feitas pela companhia.

O Banco Bradesco aparece em segundo lugar, sendo o empréstimo a principal reclamação - em terceiro lugar está a Compesa.

##RECOMENDA##

“Com 52 unidades espalhadas pelo estado, nosso objetivo é sempre garantir para o consumidor pernambucano um ótimo serviço para que ele possa resolver seus casos com tranquilidade”, ressalta a Gerente de Atendimento, Thamires Lima. 

O Procon-PE orienta que para ter um atendimento junto ao órgão, o consumidor deve realizar o agendamento através do site. 

Para comparecimento, o consumidor deve apresentar a carteira de identidade, CPF e o comprovante de residência, além de levar documentos que possam comprovar a reclamação, como nota fiscal, ordem de serviço, fatura, comprovante de pagamento, contrato, entre outros. 

Para mais informações, o órgão disponibiliza os seguintes canais de comunicação: telefone: 0800 282 1512; WhatsApp 3181.7000; e-mail: atendimento@procon.pe.gov.br; instagram: @proconpe.

Resposta

Por meio de nota, a Neoenergia Pernambuco afirmou "que o ranking divulgado pelo Procon Pernambuco tem como referência números absolutos, sem considerar a quantidade de clientes atendidos e a procedência das reclamações. A companhia destaca que as 58 queixas registradas pelo órgão representam 0,0015% do universo de mais de 3,8 milhões de consumidores. A concessionária informa, ainda, que mantém um canal de comunicação permanentemente aberto com o Procon Pernambuco para dirimir dúvidas e solucionar os casos relatados pelos consumidores".

Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta quinta-feira (14), o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Superintendência Regional do Trabalho em Pernambuco (SRTb/PE) destacaram os riscos da ausência de monitoramento e controle da qualidade do ar nos ambientes de trabalho artificialmente climatizados, sobretudo durante o período de pandemia.

Segundo fiscalizações realizadas nos últimos 18 meses, as irregularidades contribuíram para a maior proliferação da Covid-19 entre os trabalhadores de diversos setores, em especial, aqueles que atuam em serviços de saúde. No total, foram inspecionados 277 estabelecimentos de saúde, entre hospitais públicos, municipais e estaduais, e privados, além de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). 

##RECOMENDA##

"Nas fiscalizações, notamos um baixíssimo grau de domínio no que diz respeito à qualidade do ar nos ambientes artificialmente climatizados, seja com ausência de renovação e de filtragens adequadas ou até mesmo com a não exaustão do ar de setores especiais, como áreas de isolamento, laboratório, refeitórios, quartos de repouso, entre vários outros", detalhou a auditora fiscal, Chefe do Setor de Segurança e Saúde da SRTb/PE, Simone Holmes.

Ações do MPT durante a pandemia

Ainda no início da pandemia, segundo a procuradora do Trabalho Adriana Gondim, o MPT chegou a expedir “recomendações em caráter preventivo para a proteção das categorias mais expostas à contaminação da Covid-19”. Neste momento, segundo ela, as diretrizes já abrangiam o controle da qualidade do ar, que “revelou-se ação imprescindível à proteção da saúde não só dos trabalhadores, mas também dos usuários dos sistemas público e privado de saúde”.

Diante do cenário de contravenções generalizadas, no entanto, a Inspeção do Trabalho e o próprio MPT propuseram a adoção de um termo de compromisso para que “os estabelecimentos pudessem se adequar, dentro de um prazo razoável e negociado, respeitando as características individuais e sem punição pecuniária pelo descumprimento do termo", explicou. 

A partir disso, audiências públicas foram realizadas, como forma de corrigir gradativamente as unidades nas quais irregularidades foram detectadas. Conforme o MPT, houve maior adesão da rede privada, sendo ainda preocupante os quadros verificados na rede pública de saúde. As violações constatadas somam, pelo menos, 700 autos de infração. 

Diretrizes de qualidade do ar já eram descumpridas antes da Covid-19

Embora a situação tenha sido acentuada pela pandemia, as normas relacionadas à garantia da qualidade do ar já eram descumpridas antes da condição de emergência sanitária. Para Adriana Gondim, mesmo nos momentos em que houve o decréscimo de casos de pacientes internados, possibilitando as melhorias estruturais nos sistemas de ar, os protocolos não foram cumpridos.

“Não se aproveitou a oportunidade para adequações para o enfrentamento das irregularidades associadas aos sistemas de renovação do ar, filtragem e exaustão. Aquelas unidades de saúde que não buscaram a avaliação da qualidade do ar em seus postos de trabalho, através de seus gestores, negligenciaram na tutela da saúde de trabalhadores e pacientes, propiciando o  quadro de adoecimento e casos de Covid- 19 que poderiam ser evitados", complementou a procuradora do Trabalho.

CARTILHA

O trabalho desenvolvido entre o MPT e a SRTb/PE culminou na produção da cartilha "A Covid-19 está no ar - Como garantir a qualidade do ar interior durante a pandemia?". O material, destinado a empregadores e trabalhadores, traz informações que possibilitam a construção de um meio ambiente de trabalho mais seguro e saudável, ao estabelecer um equilíbrio entre o uso do ar-condicionado e o acesso à ventilação natural, sobretudo no período da crise sanitária. O material ainda será divulgado.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) atualizou, nesta quinta-feira (14), os números da pandemia do coronavírus em Pernambuco. Foram confirmados 417 novos casos da Covid-19, além de nove óbitos.

Dos novos registros, 11 são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 406 são leves. Pernambuco totaliza 625.147 casos confirmados da doença, sendo 54.247 graves e 570.900 leves.

##RECOMENDA##

No boletim de hoje também constam nove mortes, ocorridas entre o dia 28 de fevereiro de 2021 e a última quarta-feira (13). Com isso, o Estado totaliza 19.866 mortes pela Covid-19.

Em prol dos cuidados a pacientes com câncer de mama, o Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP) e a Casa Rosa lançaram a campanha de arrecadação #SEJAROSA e chamam atenção ao mês da visibilidade de combate à doença. Para custear exames de rotina, as entidades comercializam a Caixa Rosa durante todo mês de outubro.

O kit produzido pelo Lucilo Maranhão diagnósticos é vendido por R$ 65 no quiosque solidário da Casa Rosa, no piso L1 do RioMar Shopping. A Caixa contém um lenço estampado com duas artes assinadas por Bruno Alheiros e uma cerâmica de Tracunhaém como símbolo da disseminação de informações sobre a importância do autocuidado.    

##RECOMENDA##

Fundada em 2014, a Casa Rosa acolhe mulheres diagnosticadas com câncer de mama e em vulnerabilidade social vindas do Interior de Pernambuco. Localizada na Rua Nicarágua, bairro do Espinheiro, Zona Norte do Recife, a ONG tem capacidade de 18 leitos e promove a permanência rotativa, que pode se prolongar por até 60 dias com possibilidade de retorno para exames, acompanhamento e reconstrução mamária.

A iniciativa solidária apoiada por empreendedores ocorre desde 2017 e conta com apoio de diversos estabelecimentos, que oferecem promoções e produtos com renda destinada às instituições.

Entre os apoiadores, Borsoi Café, Dona Santa, Trousseau Exclusivite, Manu Tenório Culinária Saudável, Florance Ateliê de Flores, Lana Bandeira Doces, Entrevinhos, Restaurante Chicama, Organno Loja e Boleria das Marias, que divulgarão suas iniciativas através das redes sociais.

Na manhã desta quinta-feira (14), motoristas enfrentaram um congestionamento estimado em 10km no sentido Recife da BR-232, no município de Moreno, após um caminhão que transportava mármore tombar e espalhar a carga na rodovia. Os veículos circularam com lentidão na altura do km 29.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informa que o acidente ocorreu por volta das 4h30. O condutor do caminhão disse que tombou no canteiro central após ser trancado por outro veículo e perder o controle da direção.

##RECOMENDA##

Ele passou por teste do bafômetro que deu resultado negativo para consumo de bebida alcoólica.

O trânsito prosseguiu pelo acostamento enquanto o Departamento de Estradas e Rodagem (DER-PE) removia o pó do mármore quebrado e pedaços das placas. Após a limpeza da maior parte do material, por volta das 8h50, os veículos voltaram a ocupar a faixa direita da BR-232 em baixa velocidade.

Uma recifense que fugiu para Portugal após causar o prejuízo de R$ 300 mil à empresa em que trabalhava há 21 anos foi extraditada nessa quarta-feira (13). A auxiliar administrativa, de 36 anos, desembarcou no Aeroporto Internacional dos Guararapes sob custódia da Polícia Federal (PF) por volta das 20h40 e foi encaminhada direto para o sistema prisional feminino.

Foragida há cerca de três anos em Lisboa, agentes federais viajaram para capturá-la após tratativas diplomáticas entre as autoridades brasileira e portuguesa. Ela morava do Curado IV, em Jaboatão dos Guararapes, e foi denunciada por efetuar os descontos de duplicatas sem que a fábrica localizada no bairro de Afogados, Zona Oeste do Recife, prestasse os serviços.

##RECOMENDA##

A denúncia foi feita pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) em julho de 2016 e sua prisão preventiva decretada em outubro de 2019. No mesmo ano ela fugiu do Brasil e a Justiça acionou a Núcleo de Cooperação Policial Internacional (Interpol) para incluir seu nome na difusão vermelha.

Após integrar a lista de procurados internacionais, no dia 20 de julho deste ano, a recifense foi localizada na capital portuguesa no último 31 de agosto. Ela é acusada de furto qualificado com abuso de confiança e por emitir duplicatas simuladas, cujas penas variam de 4 a 12 anos de reclusão.

O secretário de Turismo do município de Itapissuma, Ricardo Oliveira, que esteve presente no Mercado de Artesanato, onde ocorreu um incêndio nesta quarta-feira (13), falou sobre os prejuízos materiais que envolvem artesãos da região. Ele também citou peças históricas que enfeitavam um pub no local.

O local chegou a ceder até o teto com o fogo. Segundo o secretário, tudo foi queimado antes mesmo dos bombeiros chegarem. Mas, apesar de lamentar a perda material, ele celebrou ao menos o fato do incêndio não ter resultado em nenhuma vítima.

##RECOMENDA##

“Quando eu cheguei não tinha mais nada, o fogo já tinha consumido tudo. Quando cheguei, os bombeiros ainda não estavam aqui porque estava em outras ocorrências, foi o que passaram para nós.”, disse. Ricardo afirmou qiue estava em Olinda em reunião quando soube e ainda assim chegou antes do Corpo de Bombeiros.

Um pub dentro do local, que funcionava em horário alternativo, era enfeitado com peças históricas que foram perdidas. “Eram várias artes que tinham aqui dentro, de diversos artesãos de Itapissuma e mais atrás tinha uma praça de alimentação, um pub que só funcionava sexta, sábado e domingo, chamada Praça do Vinil, conhecido na região. Era um lugar muito bonito e creio que não vai conseguir recuperar nada, porque ela era toda decorada com peças antigas, eram antiquários que tinha lá dentro. Peças que não encontram em lugar nenhum”, lamentou Ricardo Oliveira. 

O secretário ainda confessou que, logo após o acontecimento, a Prefeitura de Itapissuma já discute uma forma de ajudar os artesãos que perderam suas obras expostas sem especificar ainda o que vai ser feito. Ricardo também falou sobre a necessidade da perícia da Defesa Civil para liberar a reabertura dos restaurantes que ficam anexados ao local do incêndio.

[@#video#@]

Pernambuco recebeu nesta quarta-feira (13), 4.500 novas doses da vacina Astrazeneca para fortalecer o combate ao novo coronavírus. Os imunizantes desembarcaram no Aeroporto Internacional do Recife e já estão na sede do Programa Estadual de Imunização (PNI-PE).

Segundo o governo estadual, as vacinas vão passar a fazer parte do estoque estratégico do Estado que visa auxiliar os municípios que relatarem eventualidade que impossibilitem os avanços da campanha de vacinação em seus territórios.

##RECOMENDA##

Desde o início da campanha, em janeiro deste ano, Pernambuco já recebeu 13.627.350 doses de vacinas contra a Covid-19. Desse total, foram 4.707.170 da Astrazeneca/Oxford/Fiocruz, 4.481.720 da Coronavac/Butantan, 4.264.650 da Pfizer/BioNTech e 173.810 da Janssen.

A cidade de Olinda está há sete dias sem registrar mortes pela Covid-19. Atualmente, 12 pacientes estão internados na cidade, sendo sete na enfermaria e cinco na UTI - 230 pessoas estão em isolamento domiciliar.

Até a última terça-feira (12), Olinda tinha confirmado 25.226 casos, desses, 22.243 casos leves, 2.983 de forma grave e 993 óbitos. 

##RECOMENDA##

Vacina

O município já aplicou  486.918 doses, das 512,256 recebidas do governo estadual. O município disponibiliza 13 pontos de vacinação distribuídos pela cidade, além do Expresso Vacina Olinda, um ônibus que toda terça e quinta-feira visita um bairro para rastrear pessoas com segunda dose em atraso. O ônibus, que é uma parceria da Prefeitura de Olinda com a empresa Conorte, estará nesta quinta (14), das 9h às 16h, na Vila São Bento, em Guadalupe.

No início da tarde desta quarta-feira (13) um incêndio atingiu o Mercado de Artesanato de Itapissuma, na Região Metropolitana do Recife. Segundo informações apuradas pela reportagem do LeiaJá não houve nenhuma vítima. Ao contrário do que se especulava nas redes sociais, nenhum restaurante da redondeza foi atingido.

O incêndio começou dentro do Mercado de Artesanato e não chegou a atingir os restaurantes. Algumas pessoas relataram que se tratou de um curto circuito, mas essa informação não foi confirmada pelos Bombeiros. 

##RECOMENDA##

[@#video#@]

O incêndio, que foi controlado, deixou peças de mais de 60 artesãos destruídas. As artes estavam dentro do Mercado de Artesanato. A Defesa Civil está a caminho do local para decidir se libera ou não a abertura dos restaurantes que ficam anexados ao prédio do mercado.

Mais informações em instantes

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando