Notícias

| Cidades

O Sindicato dos Rodoviários afirma que os donos das empresas de ônibus da Região Metropolitana do Recife estão alegando que não irão cumprir a determinação do Governo de Pernambuco que determinou o fim da dupla função e o retorno de todos os cobradores, exceto os veículos do tipo BRT.

Essa determinação do governo estadual se deu no final do mês passado, o que fez com que o sindicato não deflagrasse uma greve marcada para o dia 24 de novembro, bem próximo do segundo turno das eleições municipais.

##RECOMENDA##

O retorno dos cobradores e o fim do acúmulo de trabalho estão previstos para a próxima quinta-feira (3) - o acordo foi fechado em audiência perante o Tribunal Regional Eleitoral (TRT).

Aldo Lima, presidente do sindicato, pede que os seus companheiros fiquem tranquilos porque, segundo ele, o que a Urbana enviou ao Consórcio Grande Recife foi "um ofício 'choramingando' que não teve tempo hábil para recontratar os cobradores". Aldo garante que isso é uma mentira e que as empresas continuam demitindo os rodoviários. 

"A Urbana presta serviços ao Estado e é obrigada a cumprir as determinações impostas ao transporte público", salienta Aldo. O presidente do Sindicato dos Rodoviários pede que o Governo de Pernambuco se comprometa em fazer cumprir a determinação.

"Se não for dessa forma, nós vamos para a luta. Nós  não vamos permitir que seja praticado um estelionato político, pelo fato das eleições terem passado, o candidato (João Campos) se elegeu e agora deixar as empresas passarem o trator por cima dos trabalhadores, descumprindo um acordo firmado no Tribunal Regional do Trabalho", garante Aldo Lima. 

Uma operação da Receita Federal, em parceria com a Polícia Civil de Pernambuco, apreendeu 3 toneladas de mercadorias pirateadas. A ação foi realizada na manhã desta terça-feira (1º), em um empresarial localizado no bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife, que já vinha sendo investigado pela polícia. A empresa fiscalizada também comercializava os seus produtos através das redes sociais.

A operação contou com a participação de 4 auditores-fiscais e analistas-tributários da  Receita Federal e 8 policiais civis da Decon. Segundo a Receita Federal, a comercialização de produtos falsificados traz um prejuízo enorme ao  país, corroendo a arrecadação de tributos que poderiam ser direcionados para a educação, a saúde e outras áreas sociais.

##RECOMENDA##

“A  sonegação  fiscal  deste tipo de crime é da ordem dos milhões de reais, sem  contar  nos  danos  à economia e na geração de empregos. Muitas dessas marcas  famosas  possuem indústrias no país, e com os enormes prejuízos que elas  enfrentam devido a apropriação indevida de suas marcas elas deixam de investir  e contratar. Além disso, quem compra este tipo de mercadoria está ajudando  a  financiar o crime organizado”, explicou o chefe da operação.

Mais detalhes sobre prisões, por exemplo, só serão repassados na quarta-feira (2), pela polícia.

A baixa de 20% no número de tiroteios registrada em outubro deste ano não se repetiu em novembro. Segundo o levantamento mensal da plataforma Fogo Cruzado, divulgado nesta terça-feira (1), no 11º mês, houve um aumento de 49% no índice, com 134 disparos de arma de fogo no Recife e Região Metropolitana. Ao todo, 144 pessoas foram baleadas, das quais 93 morreram e 51 ficaram feridas. No mesmo período em 2019, houve 90 disparos de arma de fogo que resultaram em 98 baleados, sendo 75 deles mortos e 23 feridos. 

Com a nova alta, a região já soma 1.746 pessoas baleadas, 1.070 mortos e 670 feridos. O aumento é de 26% em comparação aos registros do mesmo período de 2019, quando 1.389 pessoas foram atingidas por disparos de armas de fogo. 

##RECOMENDA##

Ao todo, em 2020 – de janeiro a novembro –, houve 1.574 tiroteios/disparos de arma de fogo no Grande Recife. O dia 16 de novembro foi o que mais registrou tiros e mortos em todo o mês. Foram 13 tiroteios e 11 mortes. Já o dia 13 foi o dia com mais feridos, com 6 vítimas.

Com 54 notificações de disparos, Recife segue liderando o ranking da área metropolitana. A capital é seguida de Jaboatão dos Guararapes, com 21, Cabo de Santo Agostinho, com 15, Olinda, com dez, e Paulista, com oito.

Ao extrair os dados por bairro, é possível ver Ponte dos Carvalhos, em Jaboatão dos Guararapes, e os bairros recifenses da Várzea, Nova Descoberta e Cohab empatados na primeira posição do ranking, com quatro ocorrências cada. Em seguida, vem o bairro de Piedade, também em Jaboatão, com três.

Em contraste, o número de adolescentes mortos caiu 89% em novembro. Esse índice contempla jovens de 12 a 18 anos incompletos. A queda se deve ao único registro deste mês, que está distante dos nove contabilizados no mesmo período do ano passado. Por outro lado, houve aumento no número de idosos a partir de 60 anos baleados. Foram três casos, destes, um morto e dois feridos. Em novembro de 2019 não houve vítimas do tipo.

Os homicídios múltiplos apresentam queda quando comparados a outubro deste ano, que apresentou 83% de aumento desse crime. Cinco casos nesta situação foram contabilizados para o penúltimo mês do ano, deixando 12 pessoas mortas; dentre elas, 10 homens e duas mulheres. O resultado, porém, mostra um aumento de 25% em comparação a novembro de 2019, quando houve quatro casos que resultaram em oito mortos, sendo seis homens e duas mulheres.

O Fogo Cruzado aponta ainda 22 pessoas baleadas dentro de residências em novembro. Destas, 17 foram mortas e cinco ficaram feridas. Houve um aumento de 340% referente a este tipo de crime, em comparação ao mesmo período de 2019, quando houve cinco baleados.

Quanto às ocorrências de balas perdidas, foram registradas quatro vítimas, todas sobreviveram. Entre os atingidos está uma mulher baleada no último dia 26, quando dançava durante ensaio na quadra do Colégio Marcos Freires, no bairro da Cohab, em Recife. Na ocasião, um homem de 18 anos que estava próximo ao local foi alvo de tiros e morreu.

Pernambuco terá 317 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para enfrentamento à Covid-19 custeados por mais tempo, segundo aviso de prorrogação divulgado pelo Ministério da Saúde (MS) na segunda-feira (30).  Para ser prorrogada, a taxa de ocupação deve ser superior a 50% dos leitos encontrados no plano de contingência elaborado pelo estado. Até a publicação oficial, a ocupação média de leitos de UTI no estado era de 84%, segundo a Secretaria de Saúde (SES-PE). 

As cidades contempladas pela prorrogação são Araripina, Arcoverde, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Garanhuns, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Recife e Serra Talhada.

##RECOMENDA##

A medida veio após o apelo do estado, em observação à crescente retomada de ocupação dos leitos nas unidades locais. Segundo o Governo Federal, a pasta vem prorrogando os leitos de UTI destinados exclusivamente para o tratamento de pacientes com a Covid-19 desde agosto deste ano, e o custo para a habilitação desses locais dobrou, indo de R$ 800 para R$ 1.600 em parcela única.

Os gestores dos estados e municípios recebem o valor antes mesmo da ocupação do leito, e podem solicitar ao Ministério da Saúde a prorrogação quantas vezes avaliarem necessário, desde que as orientações sejam atendidas.

Em Pernambuco, o investimento federal já foi de R$ 129,1 milhões. “Desde o início da pandemia, a pasta da Saúde já custeou a manutenção de 897 leitos de UTI. O valor investido pelo Governo Federal foi pago em parcela única para que os estados e municípios façam o custeio dessas unidades pelos próximos 90 dias – ou enquanto houver necessidade em decorrência da pandemia. O quantitativo de leitos a serem habilitados estão relacionados à taxa de ocupação na data da análise”, explica a pasta.

No Brasil, foram mais de 12 mil solicitações do tipo, atendidas com um investimento de R$ 595,1 milhões, destinado a 24 unidades federativas e ao Distrito Federal.

[@#galeria#@]

Policiais militares de Cabrobó, município do Sertão pernambucano, encontraram 1,126 kg de maconha dentro de um peixe. Na noite da segunda-feira (30), o suspeito foi preso em flagrante por tráfico de drogas.

##RECOMENDA##

Após receber a informação de que a maconha seria transportada para Petrolina, também no Sertão, o efetivo montou bloqueio próximo à entrada do bairro José e Maria. Por volta das 19h30, uma van foi abordada e os policiais encontraram a droga dentro do peixe.

O suspeito admitiu o tráfico e foi encaminhado para a delegacia do município, onde ficou à disposição da Justiça.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) registrou, nesta terça-feira (1º), 1.853 novos casos de Covid-19 em Pernambuco. Também foram confirmados mais 19 óbitos.

Entre as confirmações, 42 (2%) são de Síndrome Respiratória Aguda Grave. Os demais 1.811 (98%) são leves.

##RECOMENDA##

Com relação aos casos leves, a SES destaca que 755 casos foram notificados no sistema de informação na última segunda (30). "Os demais são atualizações dos municípios de casos que já estavam notificados entre os meses de maio e novembro, ou seja, os gestores municipais fizeram as devidas atualizações para encerramento das ocorrências", diz nota da secretaria.

Com a  atualização, Pernambuco contabiliza 184.259 casos confirmados da doença, sendo 28.055 graves e 156.204 leves. Os 19 óbitos ocorreram entre 30 de outubro e 29 de novembro. Pernambuco totaliza 9.056 mortes pelo novo coronavírus.

A Polícia Civil de Pernambuco investiga o assassinato de um homem de 35 anos, morto a tiros enquanto conversava com amigos na Rua Professor Artur Coutinho, no bairro dos Torrões, Zona Oeste do Recife, na noite do último domingo (29). A vítima fatal, identificada como Mário Lourenço das Chagas, foi surpreendida pelos suspeitos, ainda não identificados, e morreu no local.

Um outro homem, de 21 anos e amigo de Mário, foi atingido por uma bala perdida, mas socorrido imediatamente e sobreviveu. A polícia informa que as investigações serão continuadas, mas ainda não foram mencionados suspeitos ou motivação para o crime.

##RECOMENDA##

Segundo levantamento do IBGE, 577 mil pernambucanos (5,8%) não adotaram qualquer medida de restrição de contato social em outubro – mais do que o dobro registrado no mês de setembro, quando o percentual foi de 2,7% e de 255 mil pessoas. O número de pessoas que reduziram o contato, mas continuaram saindo de casa também subiu: de 3,5 milhões (37,4%) para 3,8 milhões (40,3%).

Com isso, caiu mais um pouco o número de pessoas que ficaram em casa e só saíram em caso de necessidades básicas, de 3,7 milhões (39,6% da população) para 3,6 milhões (38,5%). O mesmo ocorreu com quem ficou rigorosamente isolado: eram 1,8 milhão (19,7%) em setembro e, em outubro, o número diminuiu para 1,4 milhão (14,9%), uma diferença de 400 mil pessoas. Em comparação a julho, quase um milhão de pernambucanos deixaram o isolamento rígido.

##RECOMENDA##

Entre os que não adotaram nenhuma medida de restrição, os homens ainda são maioria, com 6,5%, enquanto as mulheres compõem 5,1%. No entanto, proporcionalmente, mais mulheres deixaram o isolamento rigoroso do que os homens: a porcentagem entre eles passou de 19,1% para 14,5%, uma diferença de 4,6 pontos percentuais. Já entre as mulheres, a diferença foi maior, de 4,9 pontos percentuais, saindo de 20,2% em setembro para 15,3% em outubro.

A proporção de pessoas que não fizeram nenhuma restrição aumentou e o isolamento rígido diminuiu em todas as faixas de idade. A faixa etária que tem maior percentual de pessoas que não fizeram nenhuma restrição na convivência com outras pessoas em outubro foi a de jovens de 20 a 24 anos: 7% se encaixam nesse perfil. Entre os idosos, com 60 anos ou mais, o percentual subiu de 1,5% em setembro para 3,4% em outubro.

Um abrigo clandestino de idosos, localizado no bairro da Mangabeira, Zona Oeste do Recife, foi interditado nessa segunda-feira (30). A proprietária do local foi presa por maus tratos, retenção do cartão de benefício e apropriação indevida dos rendimentos de idosos. 

Os próprios moradores do entorno realizaram a denúncia junto à Promotoria de Justiça e Cidadania. Eles informaram que o abrigo amontoava 11 idosos e duas pessoas com necessidades especiais, que estavam expostas a condições degradantes. 
 
A Vigilância Sanitária encontrou fraldas e alimentos jogados no chão do abrigo, que não tinha ventilação adequada, nem possuía enfermeiros ou responsáveis técnicos. Parte do almoço que seria servido estava estragado e remédios estavam jogados.

##RECOMENDA##

[@#galeria#@]

"Não foi apresentado alvará de funcionamento, CNPJ, não havia, sequer, ficha cadastral dos abrigados, prontuário médico, nem prescrições médicas para os medicamentos ministrados", indica a Polícia Civil (PC), que acrescenta que os idosos revesavam poltronas e camas. 

Os quatro colaboradores trabalhavam sem carteira assinada e eram remunerados com o saque dos benefícios dos abrigados. Um dos cartões ainda teria sido empenhado numa farmácia.

O local foi fechado pela Delegacia do Idoso (DHPP) e uma idosa, de 95 anos, precisou ser socorrida para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), com escaras "gravíssimas" nas costas. "Ao longo desses meses na Delegacia do Idoso, nunca vi escaras tão horrorosas. As fotos são chocantes e sequer podrão ser exibidas", disse a delegada Tereza Nogueira.

O grupo Mulheres do Brasil uniu-se às autoridades para identificar as famílias das vítimas. Os que se negarem a receber os idosos responderão criminalmente, reforça a PC.

Em Pernambuco, 753 mil pessoas, ou 7,9% da população, fez algum teste para detectar Covid-19 do início da pandemia até o mês de outubro, empatando com o Acre como o estado que menos testou no país. Nos três meses anteriores, Pernambuco havia ocupado sozinho o último lugar nacional. No Brasil, 12,1% das pessoas fizeram teste para detectar o vírus em outubro, contra 10,4% em setembro. No Nordeste, a proporção é de 11,3%.

A PNAD Covid detectou que, em outubro, 99 mil pessoas a mais disseram ter realizado algum tipo de testagem relacionada ao novo coronavírus em comparação ao mês anterior, quando o percentual de população testada no estado foi de 6,8%. A quantidade de pessoas testadas tem crescido desde julho, quando a PNAD Covid divulgou dados sobre testagem pela primeira vez, mas não o suficiente para fazer Pernambuco sair da última posição pelo quarto mês seguido

##RECOMENDA##

O aumento no número de testes também se refletiu em uma elevação nos resultados positivos: aproximadamente 1,6% da população do estado disse ter testado positivo para o novo coronavírus em outubro, em comparação a 1,4% em setembro. No Brasil, o índice de positivados foi de 2,7% da população do país em outubro, frente a 2,3% no mês anterior.

Das 753 mil pessoas testadas, 279 mil realizaram o swab, ou seja, com cotonete na boca e no nariz, e 69 mil (24,9%) tiveram resultado positivo; 352 mil fizeram o teste rápido com coleta de sangue através de furo do dedo e 58 mil (16,5%) testaram positivo, percentual inferior ao do mês de setembro, quando a proporção foi de 17,8%; enquanto 227 mil fizeram o teste de sangue com Covid por meio de veia no braço, sendo 60 mil (26,2%) com Covid confirmada. Uma pessoa pode ter feito mais de um tipo de teste.

Assim como ocorreu desde que a PNAD Covid passou a incluir perguntas sobre testagem no questionário, em julho, as pessoas do sexo feminino foram mais testadas em outubro: 392 mil mulheres contra 361 mil homens. No entanto, a proporção de mulheres testadas cujo exame deu positivo aumentou, passando de 53,6% para 56,3%.

No recorte por cor ou raça, das pessoas que afirmaram ter feito o teste, 61,8%, ou seja, 465 mil pessoas, se identifica como preta ou parda. Eles também são seis em cada dez dos infectados, totalizando 95 mil pessoas. Os brancos, por sua vez, totalizam 280 mil testados e 60 mil com resultado positivo para Covid.

Na distribuição por idade, a maior quantidade de pernambucanos testados está em idade de trabalhar - 432 mil pessoas de 30 a 59 anos, seguidas por 127 mil habitantes do estado na faixa etária de 20 a 29 anos. Entre as pessoas de 60 anos ou mais, 103 mil também fizeram testes para detectar o coronavírus, e 16 mil tiveram resultado positivo.

Cai número de pessoas com sintomas conjugados de Covid-19

Em outubro, 23 mil pessoas (0,2% da população) tiveram sintomas conjugados de Covid-19 no estado. Em setembro, eram 27 mil (0,3% da população). Os sintomas conjugados considerados pelo IBGE são três: perda de cheiro ou sabor; febre, tosse e dificuldade de respirar; febre, tosse e dor no peito.

Dessa parte da população local que teve sintomas conjugados, 40,9% procuraram estabelecimentos de saúde em outubro, enquanto, em setembro, foram 58,8%. O levantamento também constatou que a proporção de pernambucanos com plano de saúde no mês de outubro (18,3%) ficou praticamente estável com relação ao mês anterior. Em maio, mês inicial da PNAD Covid, pouco mais de 2 milhões de pernambucanos tinham acesso à saúde suplementar; em outubro, era 1,75 milhão.

Também em outubro, 248 mil pessoas (2,6% da população) apresentaram algum sintoma relacionado a síndrome gripal em Pernambuco, uma queda de 24,3% frente ao mês de setembro. Os sintomas gripais considerados nesta parte da pesquisa foram febre, tosse, dor de garganta, dificuldade de respirar, dor de cabeça, dor no peito, náusea, nariz entupido ou escorrendo, fadiga, dor nos olhos, perda de cheiro ou de sabor, e dor muscular. Os sintomas foram informados pelo morador e não se pressupõe a existência de um diagnóstico médico.

De acordo com a pesquisa, a proporção de idosos vivendo em lares onde há pessoas com sintomas subiu de 20,6% em setembro para 28,4% em outubro. Entre as pessoas que afirmaram ter alguma doença crônica, 42 mil, ou 2,2% do total, testaram positivo para Covid.

*Do IBGE.

Um passageiro morreu durante uma viagem no metrô do Recife, na noite dessa segunda-feira (30). A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) não identificou o usuário, mas informou que ele foi vítima de um "mal súbito fulminante".

A companhia diz que o homem pegou o trem da Linha Centro, sentido Recife, por volta das 18h30, na Estação do Barro, na Zona Oeste do Recife. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado, mas os próprios seguranças já haviam verificado que o passageiro não possuía mais sinais vitais.

##RECOMENDA##

"Toda a equipe de segurança possui treinamento de primeiros socorros, para prestar suporte aos passageiros em ocorrências como essa", ressaltou a CBTU em nota.

A operação não chegou a ser paralisada, entretanto o trem foi retirado de circulação ainda com a vítima e recolhido em uma linha auxiliar na Estação Recife.

O corpo foi removido pelo Instituto de Medicina Legal (IML). A Polícia Civil informou que até o momento não há registro do caso.

Mais 17 casos do coronavírus foram confirmados em Fernando de Noronha nas últimas 48 horas, subindo para 210 o total de registros. Os novos pacientes são moradores e trabalhadores da Ilha.

Conforme determina os protocolos do arquipélago, todos cumprem isolamento domiciliar. De acordo com a Administração de Noronha, alguns apresentam sintomas leves e outros estão assintomáticos.

##RECOMENDA##

O último boletim também confirma mais cinco curas clínica entre os pacientes infectados; 49 pessoas ainda permanecem em recuperação. Do total de casos registrados, 144 foram em Noronha e 66 importados.

 

Na início da noite desta segunda-feira (30), um princípio de incêndio foi registrado na Estação Mangueira, na Linha Centro. Segundo informações, isso ocorreu na parte debaixo de um dos vagões de um trem do Metrô Recife. 

À TV Globo, um funcionário que não quis se identificar revelou que um atrito de peças na parte debaixo do vagão pode ter causado o princípio de incêndio, mas que as chamas foram apagadas com a ajuda de um extintor da estação. 

##RECOMENDA##

Em nota, A CBTU Recife informou que o "trem apresentou um problema mecânico com travamento de um rodeiro, o que causou um princípio de incêndio devido ao atrito com os trilhos". A Companhia ainda afirmou que "o princípio de incêndio foi percebido enquanto o trem estava na Estação Mangueira, os usuários foram rapidamente evacuados e o fogo foi controlado por profissionais de segurança do Metrô. Posteriormente, o trem foi recolhido para a oficina, onde foi detectado o problema", assegurou.

Um homem, de 54 anos, morreu carbonizado após colidir com o carro em uma árvore na PR-281, em Salto do Lontra, município do Paraná. De acordo com a Polícia Militar (PM), ele tem 54 anos e é suspeito de assassinar a companheira, de 25, momentos antes do acidente desse domingo (29).

Testemunhas informaram que o homem discutia com a companheira em uma casa noturna na cidade vizinha de Realeza, quando atirou contra ela. A PM estima que, pelo menos, dois disparos foram efetuados.

##RECOMENDA##

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas a vítima morreu no local. A polícia destaca que teve conhecimento do acidente enquanto atendia a mulher.

A velocidade do veículo ainda não foi assinalada, mas após a colisão, o carro foi destruído pelas chamas. Os corpos do casal foram levados ao Instituto Médico Legal (IML) do município de Francisco Beltrão, localizado na mesma região.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) registrou, nesta segunda-feira (30), mais sete óbitos e 565 casos de Covid-19 em Pernambuco. O estado contabiliza 9.037 mortes pelo novo coronavírus.

Entre os casos confirmados, 14 são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Os demais 551 são considerados leves.

##RECOMENDA##

Pernambuco totaliza 182.406 casos confirmados da doença, sendo 28.013 graves e 154.393 leves. Os sete óbitos ocorreram entre 8 de setembro e 29 de novembro.

A primeira audiência de instrução e julgamento de Sarí Corte Real pela morte do menino Miguel Otávio Santana da Silva, de cinco anos, está agendada para as 9h desta quinta-feira (3) na 1ª Vara de Crimes contra a Criança e o Adolescente, localizada no bairro da Boa Vista, área central do Recife. O rito será conduzido pelo juiz titular do Centro Integrado da Criança e do Adolescente (Cica), José Renato Bizerra. O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) não informou a quantidade de testemunhas arroladas no processo, apesar de haver a informação de que seriam 16 inicialmente.

O objetivo da audiência é interrogar Sarí e ouvir testemunhas, tanto da defesa, quanto do Ministério Público de Pernambuco (MPPE). A empregada doméstica Mirtes Renata Santana de Souza, mãe de Miguel, e a também doméstica Marta Maria Santana Alves, a avó, estão entre as pessoas a serem ouvidas. Sarí foi denunciada por abandono de incapaz com resultado morte, com as agravantes de cometimento de crime contra criança e em ocasião de calamidade pública.

##RECOMENDA##

Depois da fase de Instrução e Julgamento do processo, o MPPE e a Defesa deverão apresentar as alegações finais, e o Juízo da 1ª Vara de Crimes contra a Criança e o Adolescente da Capital profere a decisão.

Miguel estava sob os cuidados da patroa quando caiu do 9º andar do condomínio de luxo Píer Maurício de Nassau, um dos prédios que formam as Torres Gêmeas, no Centro do Recife.

A acusada é a atual primeira-dama de Tamandaré, município do Litoral Sul de Pernambuco. O caso revelou crimes da administração do marido Sergio Hacker (PSB), com a contratação de funcionários fantasma, visto que Mirtes e Marta constavam como servidoras da prefeitura. Sérgio Hacker disputou as eleições deste ano, mas não conseguiu se reeleger.

LeiaJá também:

--> Caso Miguel: Sarí tem 10 dias para apresentar defesa



--> Caso Miguel: assista à cronologia dos eventos na íntegra



--> Peritos refazem os últimos passos de Miguel antes da queda

Um ato de salvamento terminou em tragédia no último domingo (29). Morgana Priscila Marques de Miranda, de 29 anos, morreu eletrocutada após tentar salvar o avô, José Eusébio dos Santo, 85, vítima de uma descarga elétrica. O caso aconteceu em Araras, Zona Rural do Brejo da Madre de Deus, no Agreste pernambucano.

De acordo com informações da Polícia Civil, um inquérito foi instaurado pela delegacia do município para investigar a causa do choque elétrico. O idoso estaria alimentando animais quando encostou em um fio e sofreu a descarga elétrica. Ao perceber o que estava acontecendo, a neta teria tentado puxá-lo, também morrendo eletrocutada.

##RECOMENDA##

A tragédia foi vista pela esposa de José, Rosa Marques, que também estava cuidando dos animais da família. Os corpos do avô e da neta foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Caruaru, também no Agreste, e devem ser liberados nesta segunda-feira (30).

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, neste domingo (29), 449 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 26 (6%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 423 (94%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 181.841 casos confirmados da doença, sendo 27.999 graves e 153.842 leves.

Também foram confirmados 11 óbitos, ocorridos entre os dias 04 de agosto e 28 de novembro. Com isso, o Estado totaliza 9.030 mortes pela Covid-19. Segundo a SES, os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia.

Na tarde deste sábado (28), a Secretaria de Saúde de Pernambuco divulgou o último informe Covid-19 do Estado, com o registro de 2.084 novos casos. O número, no entanto, se refere ao acumulado dos últimos três dias causado por problemas no sistema do Ministério da Saúde (e-SUS Notifica), no qual são notificados os casos leves. 

Do total de casos acumulados e registrados neste sábado, 4,7% foram notificados em setembro, 75% em outubro e 16% no mês de novembro. No que diz respeito à gravidade da doença, 44 foram quadros de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 2.038 são considerados casos leves, o que corresponde a 98% das ocorrências.

##RECOMENDA##

Com a atualização, Pernambuco totaliza 181.392 casos confirmados desde o início da pandemia, sendo 27.973 graves e 153.392 leves. Também foram registradas 20 mortes ocorridas entre os dias 12/07 e 26/11. Com isso, o Estado totaliza 9.019 mortes pela Covid-19. Com isso, o Estado totaliza 9.019 mortes pela Covid-19. Mais informações serão fornecidas no boletim epidemiológico completo. 

LeiaJá também

--> Ministro da Infraestrutura anuncia que está com covid-19

O transporte público da Região Metropolitana do Recife (RMR) contará com um reforço neste domingo (28). Por conta do 2° turno das eleições municipais, 869 veículos estarão em circulação, totalizando 9.964 viagens ao longo do dia.

Segundo o Grande Recife Consórcio de Transporte, o reforço representa 161 ônibus e 1.416 viagens a mais em relação a um domingo sem eventos especiais neste mês de novembro. Como o 2° turno acontece apenas nas cidades do Recife e Paulista, o reforço é um pouco menor que o praticado no último dia 15 de novembro quando ocorreu o 1° turno das eleições.

##RECOMENDA##

Para esclarecer dúvidas, dar sugestões ou registrar reclamações, o usuário pode entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente (0800 081 0158) ou WhatsApp (99488.3999), exclusivo para reclamações.

Com informações da assessoria

 

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando