Notícias

| Economia

O dólar chegou a ensaiar queda mais forte nesta sexta, mas o movimento perdeu fôlego na tarde desta sexta-feira, acompanhando o fortalecimento da moeda americana no exterior. O dólar subiu ante divisas fortes e de emergentes, após a divulgação de indicadores mostrando força da economia americana e ainda declarações de Donald Trump de que um acordo comercial com a China "está muito perto". No mercado à vista, o dólar caiu a R$ 4,17 pela manhã, mas acabou fechando estável, em R$ 4,1929. No mês, a moeda acumula alta de 4,5% e, no ano, de 8,3%.

Operadores ressaltam que o tom de maior prudência nas mesas de câmbio no final da tarde é a típica "cautela antes do fim de semana". Em meio a dúvidas do que pode ocorrer em locais como Chile, Bolívia, Colômbia e Hong Kong no sábado e domingo, além da possibilidade de tuítes e/ou declarações de Donald Trump e de dirigentes da China, os agentes buscaram refúgio no dólar. Assim, a moeda zerou a queda e ficou operando perto da estabilidade nos minutos antes do fechamento. Pela manhã, operadores detectaram vendas fortes por um fundo.

##RECOMENDA##

O sócio e gestor da Absolute Invest, Roberto Serra, ressalta que há nos últimos dias um aumento de otimismo com o Brasil, com bancos recomendando investimentos na bolsa, mas no câmbio o final de ano é sazonalmente marcado por saídas maciças de dólares do Brasil, com empresas remetendo recursos para exterior, por exemplo, para pagar dividendos.

Em novembro do ano passado, houve saídas líquidas de US$ 12,987 bilhões pelo canal financeiro, de acordo com dados do BC. Em dezembro, saíram mais US$ 14,635 bilhões por este mesmo canal. Para Serra, neste ambiente, não há por que o BC intervir no mercado de câmbio para segurar o dólar. Por isso, ele acredita que a instituição não deve fazer nada além do que já faz diariamente, com os leilões de dólares à vista e que tem mantido os indicadores técnicos do mercado de câmbio sob controle. "Não tem anormalidade no mercado." Para o gestor, o real tem acompanhado o movimento de piora das moedas emergentes, embora em ritmo um pouco mais forte, por causa da frustração com o leilão da cessão onerosa.

O economista para América Latina da Pantheon Macroeconomics, Andres Abadia, ressalta que as saídas sazonais de dólar no final do ano, aliadas com o clima de tensão social na América do Sul, segue contribuindo para manter o câmbio pressionado no Brasil. A expectativa de Abadia é que essa pressão se dissipe no começo de 2020, principalmente porque o movimento de saída de dólares típico do final do ano se reduz.

O Ibovespa interrompeu nesta sexta-feira duas semanas de perdas consecutivas. Nos quatro dias até esta sexta-feira - não houve negócios na quarta, feriado -, a bolsa acumulou ganho de 2%, com a alta de 1,11% nesta sessão, encerrada aos 108.692,28 pontos, na máxima do dia pelo segundo pregão. No mês, o Ibovespa acumula agora ganho de 1,37%.

Relatório do Rabobank mostra que o Ibovespa teve o melhor desempenho na semana entre os 20 principais índices de ações mundiais.

##RECOMENDA##

Nesta sexta pela manhã, declaração mais favorável do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre a China ajudou em especial as ações da Vale ON (+3,33% no fechamento), em dia no qual o minério de ferro teve alta. Também ajudou a recomendação de compra pelo ScotiaBank para as ADRs da companhia.

Neste pregão, o volume financeiro foi de R$ 16,9 bilhões, em mais um dia de amplitude entre a mínima, de 107.156,64, e a máxima, de 108.692,28 pontos, que coincidiu mais uma vez com o fechamento.

Analistas acreditam que o desempenho da semana abre caminho para um rali de fim de ano, no qual volte a ser testada a máxima histórica do Ibovespa, na casa de 109 mil pontos.

Os dados da semana corroboram a visão de recuperação econômica gradual, com inflação ainda contida - o IPCA-15 de novembro, divulgado nesta sexta-feira, foi o menor para o mês desde 1998. O quadro é de retomada da atividade, com inflação ainda baixa, o que mantém a perspectiva de juros reduzidos, beneficiando as ações de empresas com exposição à economia doméstica.

Assim, em dia de queda do petróleo (-0,90% para o Brent e -1,38% para o WTI, após ganhos acima de 2,5% no dia anterior), as ações de companhias aéreas, como Azul (+4,73), estiveram entre as vencedoras na sessão. Após os ganhos do dia anterior, as ações da Petrobras fecharam em leve alta (+0,44% para a preferencial e também para a ordinária).

Já o dólar fechou o dia estável, a R$ 4,1929, replicando o desempenho da semana.

Os empregados da Petrobras ligados à Federação Única dos Petroleiros (FUP) marcaram greve para a próxima segunda-feira, 25. A paralisação, aprovada em 12 das 13 assembleias realizadas nos últimos dias, envolverá importantes unidades produtivas da empresa, entre elas a Bacia de Campos e as maiores refinarias do País, como Replan, em Paulínia (SP), e Reduc, em Duque de Caxias (RJ). O abastecimento, no entanto, está garantido, como prevê a legislação.

A FUP acusa a empresa de descumprir o acordo coletivo firmado neste mês após um extenso período de negociação direta e mediação do Tribunal Superior do Trabalho (TST). A estatal, segundo a entidade, não está cumprindo cláusulas relativas à segurança dos trabalhadores e do meio ambiente e também relativas a garantias conquistadas pelos funcionários que ingressaram por meio de concurso público.

##RECOMENDA##

Sobre a segurança da saúde dos trabalhadores e do meio ambiente, existem duas acusações - a de que a empresa vinculou a premiação de empregados, revertida em ganhos salariaIs, a metas de segurança, o que estimula a subnotificação de acidentes; e a de que o número de tripulantes nas plataformas foi reduzido nos últimos anos a ponto de colocar em risco os que permaneceram trabalhando nas embarcações.

"A gente não quer que aconteçam acidentes como o do óleo que atingiu praias do Nordeste e que hoje compromete a vida da população local", afirmou o diretor de Assuntos Institucionais da FUP, Deyvid Bacelar.

No que diz respeito às garantias dos concursados, a acusação é que a empresa está decidindo demissões e transferências das equipes das unidades inseridas no programa de privatização sem conversar com o sindicato, como prevê o acordo coletivo, segundo a FUP.

Procurada, a Petrobras ainda não respondeu.

No último mês de outubro, o número de empresas inadimplentes aumentou 5,55%. Está é a maior alta desde janeiro deste ano. Um levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) aponta que as empresas com contas em atraso encerraram o último mês com uma dívida média de R$ 5,5 mil.

O setor com maior número de empresas negativadas é o de serviços, cujo o aumento foi de 8,51%. Em seguida, estão os comércios, com alta de 2,90%, acompanhado do setor industrial com 2,89%. O levantamento indica que 70% das pendencias em nome de pessoas jurídicas foram contraídas em bancos e financeiras.

##RECOMENDA##

Mesmo com o aumento de empresas devedoras em relação ao mês de setembro, o número de outubro deste ano é inferior ao do mesmo mês de 2018, quando a alta foi de R$ 7,26%.

Em relação aos números de inadimplentes por regiões do Brasil, a região Sul foi a que registrou o maior índice em comparação a outubro de 2018. O número de pessoas jurídicas negativadas nessa região cresceu 8,30%. No Sudeste, o crescimento de contas em atraso foi de 6,59%. Já a região Nordeste apresentou o menor número, com 2,34%.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, reafirmou nesta sexta-feira (22) que as medidas da equipe econômica estão na direção certa, o que já se reflete numa aceleração no ritmo de crescimento da economia.

"Não se remove o que foi feito em 40 anos em alguns meses. Mas está havendo um programa de reformas que está sendo implementado", afirmou Guedes, durante discurso no Encontro Nacional de Comércio Exterior (Enaex), no Rio.

##RECOMENDA##

Segundo ele, o PIB do País crescerá mais que o dobro no ano que vem, dando início a uma dinâmica virtuosa, que ajuda a deflagrar o investimento de longo prazo, junto com a queda nos juros.

"Eu mesmo tinha dúvidas de quão rápido a coisa podia acontecer, e está relativamente no prazo esperado", acrescentou.

"Na margem (série com ajuste sazonal), (a economia) já está acelerando, a gente já chega ao final do ano crescendo bem acima de 1%. Em setembro sobre setembro do ano passado, já está 2% e pouco. Para o ano que vem, a gente já está relativamente seguro de que ela já cresce mais que o dobro que cresceu este ano", afirmou o ministro.

Na semana passada, o Banco Central informou que seu Índice de Atividade (IBC-Br) registrou alta de 0,91% no acumulado do terceiro trimestre do ano, na comparação com o segundo trimestre, pela série com ajuste sazonal. No terceiro trimestre em relação ao mesmo trimestre de 2018, a economia cresceu 0,99%. Na comparação entre os meses de setembro de 2019 e setembro de 2018, houve elevação de 2,11%.

[@#galeria#@]

O Núcleo de Trabalhabilidade Emprego e Carreiras da UNAMA - Universidade da Amazônia promoveu na última quinta-feira (21), no campus Alcindo Cacela, em Belém, a Feira do Empreendedorismo e Inovação. O evento teve palestras, desfile de moda, dança e estande com alguns empreendedores alunos da universidade e egressos.

##RECOMENDA##

A coordenadora do Núcleo de Empregabilidade, professora Regina Cleide, disse que a feira tem como objetivo ajudar os alunos a entender melhor o mercado e mostrar para a sociedade que a UNAMA insere no mercado de trabalho profissionais capacitados. “Se ele quiser se direcionar para o mundo dos negócios; ser um intraempreendedor, ele está preparado. Muitas das vezes o profissional trabalha nas duas vertentes, ele é um empreendedor, gera emprego e renda, mas também é empregado e intraempreendedor nessa empresa com o seu ato criativo”, explicou Regina.

A feira teve estandes com alunos empreendedores de diversos cursos, como de Farmácia, EAD de Administração e Serviço Social. A aluna de Farmácia Bárbara Oliveira elogiou a iniciativa da universidade, pois acredita ser uma forma de o aluno expandir seus horizontes ainda dentro do universo acadêmico. “Você obtém novos conhecimentos, você troca experiência com outras pessoas que também estão expondo, isso é algo que tem a acrescentar pra gente. Se você sabe mais, sabe do mercado e as inovações que estão tendo no mundo do empreendedorismo, você pode conhecer e são novas possibilidades que abrem pra gente estar sempre buscando inovar em áreas diferentes”, contou Bárbara.

“Nós temos que buscar nossa autonomia e essa feira está incentivando o nosso trabalho. Eu sou pequena empreendedora e pude divulgar o meu trabalho e aprender ainda mais. Com esse trabalho eu consigo criar a minha filha, manter minha casa, ajudar meus pais e ainda pago a minha faculdade”, disse Patrícia Santana, uma das expositoras da Feira de Empreendedorismo e aluna EAD de Administração.

 

 

Uma pesquisa do Observatório de Turismo e Eventos da Cidade de São Paulo aponta o impacto de R$ 361 milhões no turismo do município no último fim de semana. O número se dá por conta da realização do 49ª Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos. Segundo o estudo, o índice foi 8% superior ao levantamento do ano anterior, no qual R$ 334 milhões foram registrados.

Outro número em elevação no GP Brasil de 2019 foi a quantidade de pessoas nas arquibancadas e camarotes. Em 2018, 150 mil pessoas acompanharam os três dias de Fórmula 1 (sexta, sábado e domingo) em São Paulo. Já na penúltima etapa da temporada deste ano, vencida pelo holandês Max Verstappen, 158 mil pessoas passaram por Interlagos entre 15 e 17 de novembro.

##RECOMENDA##

Apesar da tentativa do Governo Federal em tentar a construção de um novo autódromo para receber a Fórmula 1 no Rio de Janeiro, São Paulo tem contrato com o grupo gestor da categoria, o Liberty Media, até 2020. Segundo o governador do estado, João Doria (PSDB), em entrevista coletiva antes da corrida do último domingo (17), uma reunião com a empresa está programada para acontecer em dezembro. O encontro deve selar a renovação do acordo entre a principal categoria do automobilismo mundial com a capital paulista por mais dez anos.

O Ministério da Defesa foi a pasta que recebeu a maior liberação de recursos neste fim de ano, R$ 3,473 bilhões. Na semana passada, o governo publicou um relatório extemporâneo anunciando a liberação de todos os recursos que haviam sido contingenciados.

Ao longo do ano, o governo foi "congelando" despesas para cumprir a meta fiscal do ano. À medida que a receita foi mostrando desempenho acima do esperado, e com a ajuda dos leilões de petróleo, a equipe econômica conseguiu liberar todas esses recursos bloqueados.

##RECOMENDA##

Nesta sexta-feira, foi publicado um decreto detalhando as liberações. No total, os órgãos tiveram R$ 13,976 bilhões liberados. Para a Educação, foram R$ 2,695 bilhões. Para o Desenvolvimento Regional, R$ 1,905 bilhão. A Economia recebeu R$ 1,365 bilhão, e Ciência e Tecnologia, R$ 1,159 bilhão.

O governo federal está "despedalando" os bancos públicos e, com isso, abrindo espaço para o crédito privado, afirmou nesta sexta-feira o ministro da Economia, Paulo Guedes. "Estamos desestatizando o mercado de crédito", disse Guedes, durante o Encontro Nacional de Comércio Exterior (Enaex), no Rio.

O ministro disse que grandes empresas já estão tomando recursos privados.

##RECOMENDA##

Segundo ele, a mudança de postura de bancos estatais tem feito milhões de brasileiros receberem empréstimos pelo Brasil inteiro, em vez de concentrar recursos em campeões nacionais para comprarem empresas no exterior. "Acabou a moleza para campeão nacional", afirmou.

Pacto federativo

Guedes defendeu que o País não pode ficar aprisionado por um modelo que deu errado, uma vez que o controle do Estado em todos os campos resultou em "corrupção da democracia e desaceleração na economia". "O pacto federativo, na verdade, é uma proposta de transformação do Estado brasileiro", defendeu.

Segundo Guedes, o governo quer criar uma grande classe média empresarial emergente, cabendo ao Estado "sopros de assistencialismo no andar de baixo". "Temos que reforçar essa cultura de responsabilidade fiscal, de sustentabilidade fiscal."

Nessa direção, Guedes apontou o pacto federativo como um marco institucional da cultura de responsabilidade fiscal, reforçando a importância da descentralização de recursos e da transferência de responsabilidades à classe política.

Privatizações

O ministro afirmou também que as privatizações não estão acontecendo no ritmo satisfatório, mas que isso é compreensível. Ele voltou a dizer que o governo adotará um "fast track" (atalho) para acelerar o processo.

Os grupos Vestuário (0,68%) e Despesas Pessoais (0,4%) foram os que apresentaram as maiores altas do Índice de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) de novembro. Já o principal impacto positivo partiu do segmento de Transportes, que teve variação de 0,3% e influência de 0,06 ponto porcentual no IPCA-15, conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em Vestuário, o destaque foram os itens roupa masculina (1,15%), roupa infantil (0,65%) e roupa feminina (0,49%). Além disso, as joias e bijuterias mostraram aceleração de preços em relação ao mês anterior, passando de alta de 1,24% em outubro para 1,87% em novembro.

##RECOMENDA##

No grupo Despesas Pessoais, o IBGE ressaltou a influência dos subitens empregado doméstico (0,31%) e jogos de azar (2,46%). Esta última variação reflete reajuste no preço das apostas a partir do dia 10 deste mês.

Em Transportes, que respondeu pelo maior impacto negativo do IPCA-15, os destaques foram combustíveis (1,07%) e passagens aéreas (4,44%).

A gasolina e o etanol continuaram apresentando aceleração, de 0,8% e 2,53%, respectivamente. Os preços do óleo diesel (0,58%) e do gás veicular (0,10%) também subiram.

A Caixa Econômica Federal inicia nesta sexta-feira (22) mais uma etapa de liberação do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que paga até R$ 500 por conta ativa ou inativa. Os trabalhadores nascidos em junho e julho - sem conta no banco - poderão retirar o dinheiro.

O saque começou em setembro para quem tem poupança ou conta corrente na Caixa, com crédito automático. Segundo a Caixa, no total os saques do FGTS podem resultar em uma liberação de cerca de R$ 40 bilhões na economia brasileira até o fim do ano.

##RECOMENDA##

Originalmente, o saque imediato iria até março, mas o banco antecipou o cronograma, e todos os trabalhadores receberão o dinheiro este ano.

Atendimento

Os saques de até R$ 500 podem ser feitos nas casas lotéricas e terminais de autoatendimento para quem tem senha do cartão cidadão. Quem tem cartão cidadão e senha pode sacar nos correspondentes Caixa Aqui, apresentando documento de identificação, ou em qualquer outro canal de atendimento.

No caso dos saques de até R$ 100, a orientação da Caixa é procurar casas lotéricas, com apresentação de documento de identificação original com foto. Segundo a Caixa, mais de 20 milhões de trabalhadores podem fazer o saque só com o documento de identificação nas lotéricas.

Quem não tem senha e cartão cidadão e vai sacar mais de R$ 100, deve procurar uma agência da Caixa.

Embora não seja obrigatório, a Caixa orienta ainda, para facilitar o atendimento, que o trabalhador leve também a carteira de trabalho para fazer o saque. Segundo o banco, a carteira de trabalho pode ser necessária para atualizar dados.

As dúvidas sobre valores e a data do saque podem ser consultadas no aplicativo do FGTS (disponível para iOS e Android), pelo site da Caixa ou pelo telefone de atendimento exclusivo 0800-724-2019, disponível 24 horas.

A data limite para saque é 31 de março de 2020. Caso o saque não seja feito até essa data, os valores retornam para a conta do FGTS do trabalhador.

Horário especial

Para facilitar o atendimento, a Caixa vai abrir 2.302 agências em horário estendido hoje e na segunda-feira (11). As agências que abrem às 8h terão o atendimento encerrado duas horas depois do horário normal.

As que abrem às 9h terão atendimento uma hora antes e uma hora depois. Aquelas que abrem às 10h iniciam o atendimento com duas horas de antecedência. E as que abrem às 11h também iniciam o atendimento duas horas antes do horário normal.

A lista das agências com horário especial de atendimento pode ser consultada no site da Caixa. Nesses pontos, o trabalhador poderá tirar dúvidas, fazer ajustes de cadastro e emitir senha do Cartão Cidadão.

A Caixa destaca que o saque imediato não altera o direito de sacar todo o saldo da conta do FGTS, caso o trabalhador seja demitido sem justa causa ou em outras hipóteses previstas em lei.

Essa modalidade de saque não significa que houve adesão ao saque aniversário, que é uma nova opção oferecida ao trabalhador, em alternativa ao saque por rescisão do contrato de trabalho.

Por meio do saque aniversário, o trabalhador poderá retirar parte do saldo da conta do FGTS anualmente, de acordo com o mês de aniversário.

*Colaborou Kelly Oliveira

A Organização Mundial do Comércio (OMC) afirmou nesta quinta-feira que as restrições comerciais entre as economias do G20, grupo que inclui o Brasil, permaneceram historicamente altas nos últimos meses. Segundo um relatório divulgado pela instituição, entre a metade de maio e meados de outubro deste ano, países do grupo introduziram medidas de restrição a importações no valor de US$ 460,4 milhões, um aumento de 37% em relação ao período anterior, de outubro de 2018 a maio de 2019.

Diante dos resultados, a OMC reduziu sua projeção para o crescimento do comércio mundial em 2019 de 2,6% em abril para 1,2% agora, o que representaria o menor avanço desde a crise financeira internacional de 2008.

##RECOMENDA##

A maior parte das restrições comerciais implementadas pelas economias do G20 no período, 28 no total, foram aumentos de tarifas, proibição de importações e procedimentos aduaneiros mais rigorosos.

Na avaliação do diretor-geral da OMC, Roberto Azevêdo, os resultados devem ser "uma séria preocupação" para os governos e a comunidade internacional. Ele destaca a necessidade de que as nações do G20 desempenhem uma "forte liderança" com o objetivo de evitar "aumento da incerteza, queda do investimento e um crescimento do comércio ainda mais fraco".

"Historicamente, altos níveis de restrição comercial tem um claro impacto no crescimento, na criação de empregos e no poder de compra no mundo inteiro", afirma Azevêdo.

Durante o período de análise, segundo a OMC, as novas restrições coincidiram com indicadores prospectivos cada vez mais negativos para o comércio e a produção no mundo, incluindo encomendas de exportações contabilizadas pelos índices de gerentes de compras.

Apesar disso, as economias do G20 também implementaram, nos últimos 5 meses, 36 medidas para facilitar o comércio.

Os brasileiros que quiserem investir e morar nos Estados Unidos terão que pagar mais caro para conseguir o visto do programa de governo americano EB-5. O valor subiu quase o dobro, passando de US$ 500 MIL (R$ 2,1 milhões) para US$ 900 mil (R$ 3,7 milhões) - o que representa um aumento de 80%. A medida passou a vigorar nesta última quarta-feira (21). 

De acordo com o Correio Braziliense, o valor foi corrigido pela inflação e será atualizado a cada cinco anos. O visto EB-5 foi criado em 1990 e concede o Green Card, que é o visto permanente de imigração, ao investidor, sem que ele precise comprovar trabalho próprio.

##RECOMENDA##

LeiaJá também

-> Brasil abre as portas para EUA, Austrália, Canadá e Japão

-> Bolsonaro anuncia isenção de visto para chineses

No retorno do feriado da Consciência Negra, o Ibovespa fechou nesta quinta-feira na máxima do dia, em alta de 1,54%, a 107.496,73 pontos, e recuperou nível não visto desde o encerramento da sessão de 8 de novembro. O dia foi de viés negativo para os índices de referência em Nova York e de alta superior a 2% nas cotações do petróleo, fator que beneficia as ações da Petrobras. O giro diário foi de R$ 19,5 bilhões. O Ibovespa acumula agora leve ganho de 0,26% no mês.

No plano doméstico, a geração de empregos em outubro, o sétimo avanço mensal consecutivo, contribuiu para alimentar a percepção de recuperação, ainda que gradual, da economia brasileira. O apelo por compras de ações foi reforçado também por avaliação positiva de grandes casas, como o UBS, que elevou a recomendação da bolsa.

##RECOMENDA##

O dólar voltou a tocar a marca de RS 4,21 mais cedo na sessão, e acabou por se acomodar à faixa de R$ 4,19, a R$ 4,1930 (-0,25%) no fechamento da moeda à vista.

Os ganhos em São Paulo tiveram contribuição importante das ações da Petrobras, com a preferencial em alta de 3,72% e a ordinária, de 2,66% no fechamento, e do setor siderúrgico, especialmente Gerdau (+7,52% na preferencial) - o BTG Pactual reiterou recomendação de compra para Gerdau e manteve a ação como "top pick" entre as siderúrgicas.

Pelo segundo dia os preços da commodity fecharam em alta, com relato da Reuters de que a Opep e aliados devem estender os atuais cortes de produção, de 1,2 milhão de barris/dia, até junho de 2020. O grupo se reunirá no próximo dia 5.

Eduardo Guimarães, especialista em ações da Levante, chama atenção também para o efeito positivo da MP 905 sobre o passivo trabalhista de estatais como a Petrobras e a Eletrobrás. "Para a Petrobras, o efeito positivo é de R$ 24 bilhões em cinco anos", diz Guimarães.

No exterior, embora persistam incertezas com relação às negociações entre Estados Unidos e China, o dia foi de perdas bem moderadas para os principais índices de Nova York, ainda próximos de suas máximas históricas.

O dólar avançou levemente ante rivais nesta quinta-feira, após oscilar entre os campos positivo e negativo, na esteira de um noticiário misto sobre o desenrolar da guerra comercial entre os Estados Unidos e a China.

Próximo ao horário de fechamento da bolsas de Nova York, o dólar subia a 108,64 ienes, enquanto o euro caía a US$ 1,1058 e a libra recuava a US$ 1,2906. Na mesma marcação, o índice DXY, que mede a variação do dólar ante uma cesta de seis rivais fortes, terminou o dia em alta de 0,06%, a 97,993 pontos.

##RECOMENDA##

Repercutiram no mercado diferentes notícias sobre a guerra comercial - ora indicando avanço nas negociações, ora apontando os impasses para o entendimento. Pela manhã, a Dow Jones Newswires, por exemplo, informou que o vice-primeiro-ministro da China Liu He convidou autoridades americanas para novas tratativas comerciais em solo asiático.

Por outro lado, notícia do South China Morning Post de que Pequim aguarda manifestações do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre o apoio formal do Congresso americano às manifestações em Pequim reforçou temores de que o assunto possa impactar nas negociações comerciais entre as partes.

Segue no radar de investidores, ainda, a publicação das atas das mais recentes reuniões de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) e do Banco Central Europeu (BCE). Os dirigentes do BC dos EUA, segundo o documento da instituição, veem que a política monetária do país está "bem calibrada", oferecendo uma sinalização menos "dovish" para os mercados.

Já os dirigentes do BCE entendem que o crescimento fraco do bloco pode perdurar por mais tempo do que o esperado, dando sinais de que pode haver uma continuidade de medidas de estímulo monetário. Mas a fraqueza do euro ante o dólar não deve se manter no próximo ano: de acordo com relatório do CIBC Economics, a moeda comum deve ganhar novo impulso em 2020, considerando "mudanças para o uso da política fiscal".

Na África do Sul, o dólar recuou ante o rand após o BC do país decidir manter a taxa básica de juros em 6,50%, ao contrário da expectativa de relaxamento monetário que prevalecia no mercado. Também perto do fechamento das bolsas nova-iorquinas, o dólar caía a 14,6871 rands sul-africanos.

A CAIXA inicia, nesta sexta-feira (22), a sétima etapa do calendário de pagamento do Saque Imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os trabalhadores nascidos em junho e julho poderão sacar até R$ 500 de cada conta ativa ou inativa do FGTS. Cerca de 8,7 milhões de pessoas poderão sacar a partir de amanhã, com a liberação de aproximadamente R$ 3,3 bilhões.

Balanço

##RECOMENDA##

Entre 13 de setembro e 19 de novembro foram atendidos cerca de 44 milhões de trabalhadores, que receberam R$ 18,9 bilhões do Saque Imediato do FGTS. Cerca de 46% dos 96 milhões de contemplados já sacaram aproximadamente 47% dos R$ 40 bilhões previstos para a ação.

A maior ação de pagamento já efetivada no país realizou, até 19 de novembro, 378,1 milhões de atendimentos nos canais oficiais da CAIXA. São realizados, em média, mais de 650 mil pagamentos do Saque Imediato por dia nos canais disponibilizados pela CAIXA. 

* Da assessoria

O mercado de trabalho brasileiro criou 70.852 empregos com carteira assinada em outubro, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados pelo Ministério da Economia. Esse foi o sétimo mês consecutivo de abertura de vagas formais.

O saldo de outubro decorre de 1,365 milhão de admissões e 1,294 milhão de demissões. Esse foi o melhor resultado para o mês desde 2017, quando foram criadas 76.599 vagas no décimo mês do ano. Em outubro do ano passado, houve abertura líquida de 57.733 vagas, na série sem ajustes.

##RECOMENDA##

O resultado de outubro ficou dentro do intervalo das estimativas de analistas do mercado financeiro consultados pelo Projeções Broadcast. As projeções eram de abertura de 55.000 a vagas a criação de 150.000 vagas, com mediana positiva de 76.000 postos de trabalho.

No acumulado de janeiro a outubro de 2019, o saldo do Caged foi positivo em 841.589 vagas, o melhor desempenho para o período desde 2014, quando a abertura de vagas chegou a 912.287, na série com ajustes. Em 12 meses até outubro, houve abertura de 562.186 postos de trabalho.

Setores

O resultado do mês foi puxado pelo comércio, que gerou 43.972 postos formais, seguido pelo setor de serviços, que abriu 19.123 vagas de trabalho.

Também tiveram saldo positivo no mês a indústria (8.946 postos), a construção civil (7.294 postos) e a extração mineral (344 postos).

Por outro lado, a agropecuária fechou 7.819 vagas em outubro, enquanto os serviços industriais de utilidade pública tiveram fechamento líquido de 581 vagas no mês. A administração pública também encerrou 427 vagas.

Salário médio de admissão

O salário médio de admissão nos empregos com carteira assinada teve alta real de 2,03% em outubro de 2019 ante o mesmo mês de 2018, para R$ 1.597,31, segundo dados do Caged. Na comparação com setembro, porém, houve queda de 0,48%, informou o Ministério da Economia.

O maior salário médio de admissão em outubro ocorreu na administração pública com R$ 2.611,13. Já o menor salário médio de admissão foi registrado na agropecuária, com R$ 1.360,10.

Os consumidores brasileiros voltaram a ficar mais propensos às compras em novembro, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) aumentou 1,3% em relação a outubro, para 95,2 pontos, o quarto avanço consecutivo. Na comparação com novembro de 2018, o indicador teve uma alta de 8,7%.

Segundo a CNC, o bom desempenho do ICF está em linha com os sinais recentes favoráveis da atividade econômica, como inflação baixa, liberação de saques do FGTS e PIS/Pasep e redução de juros, entre outros fatores.

##RECOMENDA##

Na passagem de outubro para novembro, a alta do ICF foi puxada pelos componentes Momento para aquisição de bens duráveis (4,5%), Perspectiva de Consumo (2,3%), Renda Atual (1,4%) e Emprego Atual (1,0%). O único componente que não apresentou crescimento foi o de Compras a Prazo (0,0%).

Na comparação com novembro de 2018, os destaques foram os itens Momento para aquisição de bens duráveis (18,9%) e Perspectiva de Consumo (12,4%).

"As famílias permanecem com desejo de comprar eletroeletrônicos e eletrodomésticos, impulsionadas, possivelmente, pela Black Friday. Somam-se a isso as condições de compra através do parcelamento, uma vez que pode haver espaço no orçamento para aquisições financiadas", justificou Antonio Everton, economista da CNC, em nota oficial.

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, deixou Washington nesta quarta-feira (20) sem uma definição por parte dos Estados Unidos sobre a reabertura do mercado americano para a importação de carne bovina fresca do Brasil. O pleito foi tema da reunião da ministra com o secretário de Agricultura dos EUA, Sonny Perdue.

Ao deixar o encontro, a ministra afirmou que os americanos dirão "em breve" se as informações prestadas pelo governo brasileiro são suficientes para retomar as importações de carne bovina in natura ou se os EUA enviarão uma nova missão ao País para avaliar as condições sanitárias. Os americanos, segundo ela, não se comprometeram com prazos.

##RECOMENDA##

Questionada se os americanos deram sinalização de quanto tempo essa análise pode levar, ela afirmou que "pode ser este mês, no mês que vem ou no ano que vem". De Washington, a ministra viajou a Nova York, onde terá encontros com investidores estrangeiros antes de voltar ao Brasil.

A ministra minimizou a importância da discussão sobre a carne bovina e a relevância da abertura do mercado americano. Segundo ela, esse foi "o último assunto" tratado na reunião com Perdue e o mercado está aquecido com exportações para a China.

O mercado americano está fechado para a importação da carne bovina in natura brasileira desde 2017. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas sorteadas no concurso 2209 da Mega-Sena, realizado na noite dessa quarta-feira (20), em São Paulo.

Com isso, a estimativa de prêmio do próximo sorteio, que ocorre no sábado (23), é de R$ 31 milhões. As dezenas sorteadas foram 22, 25, 28, 32, 33 e 47.

##RECOMENDA##

Quarenta e nove apostas acertaram a quina, com prêmio de R$ 42.445,66. Já a quadra teve 3.746 apostas vencedoras e prêmio de R$ 793.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando