Tópicos | Aplicativos

Para movimentar a venda de softwares, a Adobe lançou ofertas em seu site oficial para a Black Friday. Com início nesta segunda-feira (18), a campanha baixou os valores de programas como Photoshop, Illustrator e Premiere. Os preços promocionais seguem até o dia 29 deste mês. As informações são do Tecmundo.

Os estudantes que adquirirem pela primeira vez o pacote com todos os aplicativos do Creative Cloud receberão 70% de desconto. Já as demais pessoas que quiserem todo o material, poderão contar com o desconto do 40%. Há também o plano para equipes - com mais de duas pessoas - com 25% de economia.

##RECOMENDA##

Além dos conhecidos apps, o pacote de assinatura dá acesso a um banco de imagens, com o Adobe Stock; auxilia na produção personalizada de portfólio com o Adobe Portfolio, além de proporcionar uma série de programas de edição. No site, o Creative Cloud é vendido por U$ 19,99, equivalente a R$ 83,68.

O iFood deve implementar mudança nas forma de realizar suas entregas a partir dos próximos meses. A foodtech vai permitir a utilização de novos equipamentos para seus entregadores, além de trabalhar em uma tecnologia feita especialmente para entregas com robôs autônomos.

A primeira novidade é a utilização de um novo patinete elétrico para as operações locais dos colaboradores da empresa. Os equipamentos foram desenvolvidos em parceria com a Scoo, empresa responsável pelo aluguel do modal. A nova geração desse transporte possui freio a disco, pneu maciço 8 polegadas, capacidade máxima de 150 kg, além de uma lanterna de LED 1.1W Ultra-Bright (LED).

##RECOMENDA##

Nesta fase inicial, serão 20 equipamentos disponibilizados e, até o final de novembro, outros 130 entram em operação, apenas na cidade de São Paulo. A previsão é que o número seja expandido nos próximos meses em outras localidades. 

O segundo anúncio feito foi o início do projeto piloto que trará um robô autônomo para realizar as entregas do aplicativo. Desenvolvido em parceria com a Synkar, empresa especializada em inteligência artificial, o veículo autônomo já havia sido anunciado em agosto, em parceria com outra empresa, mas aparentemente não deu muito certo. 

Dessa vez, ele fará a primeira etapa do deslocamento total da entrega, com a retirada do pedido no restaurante, localizado dentro da praça de alimentação, e levará até o iFood Hub, estrutura física onde o entregador retira os pedido e seguirá com a entrega por moto ou bike. 

A próxima fase dos testes com o robô contemplará a última etapa da entrega, que compreende em receber o pedido pelo entregador e deslocá-lo até o consumidor dentro de grandes condomínios residenciais.

A Uber anunciou, na última segunda-feira (28), que vai expandir os testes com a ferramenta que dá aos motoristas parceiros a opção de aceitar ou não dinheiro como forma de pagamento das viagens. O recurso funcionará dentro do aplicativo e, caso o condutor do veículo queira o recurso ativo, receberá apenas chamados para viagens pagas com cartão de crédito e débito.

A ferramenta já vinha sendo testada pela empresa nas cidades de Campo Grande, Cuiabá, João Pessoa, São José dos Campos, São Luís, Sorocaba e Ribeirão Preto. Agora será a vez de mais três municípios do interior de São Paulo: Mogi Guaçu, Bragança Paulista e Marília.

##RECOMENDA##

Os testes nas novas cidades começam nas próximas semanas e, a partir da avaliação do resultado, a empresa fará novos aprimoramentos até que o produto final possa ser expandido nacionalmente. 

Recentemente, atendendo a demandas de seus motoristas, a Uber já havia implementado outro recurso, que mostra o destino do usuário antes mesmo da aceitação da viagem e iniciou uma atualização nos valores das taxas cobradas para cancelamento (apenas em São Paulo).

Dezenas de usuários da Samsung estão insatisfeitos após a instalação, sem permissão, dos aplicativos News Brasil e Noticias y tendencias, em seus celulares. De acordo com reclamações feitas na loja Play Store - a loja de apps do Google - as ferramentas teriam aparecido após uma atualização de software. Uma das queixas dos usuários é que não é possível remover os apps dos aparelhos, e que, ambos só possuem informações em espanhol.

Tanto o News Brasil, quanto o Noticias y tendencias, são desenvolvidos pela Blue Blood Apps, empresa argentina que desenvolve apps de notícias. Nos comentários, os clientes da companhia sul-coreana, apontam que grande parte dos aparelhos que receberam a novidade são da linha Galaxy J8, após atualização realizada na última semana.

##RECOMENDA##

Procurada, a assessoria da Samsung infomou que está apurando o caso, mas que ainda não há informações oficiais sobre o que pode ter acontecido. Confira algumas das reclamações abaixo.

[@#galeria#@]

A Uber lançou nesta quinta-feira (24), uma iniciativa para dar mais segurança às suas motoristas. Feita em parceria com a Rede Mulher Empreendedora, a plataforma criou o ​Elas na Direção, um projeto que​ vai contemplar tanto mulheres que já dirigem usando o aplicativo como aquelas que ainda não se cadastraram. O primeiro recurso lançado pela empresa se chama U-Elas e aparece dentro do próprio app para motoristas, permitindo à mulher escolher o gênero de seus passageiros. 

"​Para se sentirem mais à vontade,​ as motoristas agora podem optar por levar apenas usuárias que se identificam como mulheres, sejam cis ou trans. A ferramenta U-Elas pode ser ligada a qualquer momento e estará disponível exclusivamente para parceiras mulheres", afirma Claudia Woods, diretora geral da Uber no Brasil. Com a aplicação da ferramenta, que deve começar a funcionar em novembro, a empresa espera atrair futuras colaboradoras, mais confiantes e seguras com o trabalho nas ruas. Atualmente, apenas 6% dos motoristas da companhia são mulheres. 

##RECOMENDA##

[@#video#@]

Por se tratar de uma iniciativa piloto, o serviço vai funcionar - a princípio - em apenas três cidades brasileiras: Fortaleza (CE), Campinas (SP) e Curitiba (PR), com planos de expansão para o restante do Brasil apenas em 2020. Mas o recurso não é o único benefício do programa. Participantes do ​Elas na Direção ​contarão com ações de incentivo exclusivas ligadas ao programa Uber Pro

Além disso, mulheres que quiserem se tornar motoristas parceiras, mas não possuírem veículo próprio, receberão condições exclusivas para aluguel de carros, fruto de uma parceria da companhia com a Localiza Hertz. A empresa de aluguel de veículos oferecerá um preço inferior ao valor regular da categoria.

Cada cidade também receberá uma Rede de Apoio com especialistas mulheres fazendo atendimento presencial, de mulher para mulher, nos Espaços Uber. Cursos on-line sobre empoderamento pessoal e econômico, também podem ser encontrados e assistido pelas novas parceiras.

O WhatsApp liberou, na última segunda-feira (21), o recurso de privacidade e sistema de convite  que permite ao usuário decidir se ele será ou não adicionado em um grupo. Nada de ser surpreendido em um novo grupo da família, do trabalho ou de compras. Se a pessoa que adicionar seu número de telefone não estiver na lista de permissões, a adição não poderá ser concluída. Com a novidade, os usuários terão mais controle sobre seu mensageiro. 

Para ativá-la, basta ir para a barra de configurações no seu aplicativo, e tocar em Conta > Privacidade > Grupos. Depois selecione uma das três opções: "Ninguém", "Meus contatos", ou "todos", para estabelecer quem poderá adicionar o seu número em novos grupos de conversas criados na plataforma.

##RECOMENDA##

Caso o usuário escolha a opção "Ninguém", terá que aprovar manualmente a entrada em cada grupo para o qual for convidado. "Meus contatos" significa que somente usuários da lista de contatos e “todos”, o recurso é desativado, permanecendo como é atualmente. Essas novas configurações de privacidade já começaram a funcionar e estarão disponíveis para quem utilizar a última versão do WhatsApp.

Em casos de restrições de convites será solicitado que a pessoa que convidar os participantes envie envie um convite privado, em uma conversa particular, dando aos usuários a escolha de participar - ou não - de um novo grupo. Quem receber a notificação terá três dias para aceitar o convite antes, após o prazo ele será expirado.

 

A Garena liberou uma atualização especial de Halloween para o game Free Fire, na última quarta-feira (16). Após isso, o jogo de battle royale conquistou o primeiro lugar entre os games mais baixados para Android, desta semana. Porém, a novidade não parece ter agradado seus usuários. Muitos jogadores reclamaram - tanto no Twitter, quanto na página do jogo, na Play Store - de problemas no login e até mesmo sobre o grau de dificuldade das partidas após o upgrade.

[@#video#@]

##RECOMENDA##

Mesmo assim o game mobile continua sendo um dos mais populares do Brasil. Na loja online do Google conseguiu passar o queridinho do momento, Call of Duty - que ficou em segundo lugar. O Free Fire também está entre os 10 games mais baixados para iOS, sendo considerado um dos aplicativos de jogos mais rentáveis do momento. 

LeiaJá também

--> Fortnite de volta com 'Capítulo 2'

--> Confira os jogos mais baixados da PSN em setembro

--> Call of Duty é o jogo mais baixado para Android e iOS

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) começou a decidir se condomínios residenciais podem proibir os moradores de oferecerem vagas em plataformas digitais de aluguel por temporada. O caso começou a ser analisado na semana passada, mas um pedido de vista interrompeu o julgamento.

A resolução do processo é aguardada para pacificar os conflitos criados com o surgimento de novas tecnologia. Em todo o país, os tribunais têm proferido decisões divergentes sobre a questão. Em São Paulo, por exemplo, existem decisões que garantiram aos proprietários o direito de alugar o imóvel por curta temporada. No Rio Grande do Sul há decisões contrárias aos donos dos imóveis e a favor dos condomínios.

##RECOMENDA##

O STJ julga um recurso protocolado para anular uma decisão do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) que proibiu um casal de Porto Alegre de alugar um apartamento por meio do aplicativo Airbnb. 

Pela decisão do TJ-RS, a falta de vínculo entre os inquilinos, a alta rotatividade de pessoas, além da reforma no apartamento para criar novos quartos e acomodar mais pessoas caracterizam-se como hospedagem, tipo de atividade comercial proibida pela convenção do condomínio.

No recurso, a defesa do casal argumentou que locar quartos não se caracteriza como hospedagem, mas como ocupação temporária. Dessa forma, segundo os advogados, a locação por curto espaço de tempo, "com alguma rotatividade de inquilinos" não configura contrato de hospedagem. Além disso, os ganhos de renda com o valor dos aluguéis não demonstram que tenha ocorrido exploração comercial em afronta à destinação residencial do edifício.

Ao analisar o caso, o relator do processo, ministro Luis Felipe Salomão, entendeu que o condomínio não pode proibir que os moradores ofereçam vagas por meio das plataformas digitais. Para o ministro, a proibição atinge o direito à propriedade e os aluguéis devem ser enquadrados como locação residencial e não como hospedagem.

Após o voto de Salomão, o julgamento foi interrompido por um pedido de vista do ministro Raul Araújo. Ainda faltam os votos da ministra Isabel Gallotti e dos ministros Antonio Carlos Ferreira e Marco Buzzi.

Aplicativos de transporte

O surgimento de novas tecnologias também gerou conflitos entre motoristas de aplicativos e taxistas. No entanto, o caso foi definitivamente decidido em maio deste ano, quando o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que é inconstitucional proibir a atuação dos motoristas particulares dos aplicativos Uber, Cabify e 99. Por unanimidade, com base no princípio constitucional da livre concorrência, a Corte decidiu que os municípios podem fiscalizar o serviço, mas não podem proibir a circulação ou estabelecer medidas para restringir a atuação.

 

O novo aplicativo de mensagens do Instagram, Threads, parece estar conquistando os usuários do Android. O app, ficou entre os 10 mais baixados da plataforma e funciona como um chat exclusivo para a lista de Melhores Amigos dos usuários da ferramenta de compartilhamento de fotos.  É o Direct Message melhorado, em que é possível enviar fotos, videos, status e fazer stories tanto para grupos selecionados, quanto para indivíduos. Você pode aprender como usá-lo aqui.

Além do Threads, o aplicativo do Prime Video, da Amazon, também figurou entre os 10 mais, geralmente dominado pelas redes sociais. Em primeiro lugar, o Twitter é o app mais procurado pelos usuários Android, seguido do Nubank e o Itaú. Confira todos:

##RECOMENDA##

Confesse, desde que o Instagram disponibilizou os efeitos nos stories é cada vez mais difícil resistir a vontade de testá-los ou seguir alguém que não os use. Os adereços digitais podem entrar em vídeos e fotos deixando as publicações mais divertidas, seja com pinturas faciais, fantasias e até figuras, como os monstrinhos Pokémon, dançantes.

O mais recente e - atualmente - mais popular desses efeitos é o da cachorra Sasha. A foto em 3D do animal deitado já causou muito susto em seguidores desavisados, por conta do seu realismo que deixou todo mundo acreditando se tratar de uma cadela de verdade. Mas, você sabe como usar esses efeitos? Se você ainda não faz parte do time de usuários dos efeitos do Instagram, confira nosso tutorial na galeria!

##RECOMENDA##

E se quiser ir diretamente para o efeito, acesse esse link pelo seu celular e abra-o no aplicativo do Instagram, disponível para Android e iOS.

[@#galeria#@]

A Amazon lançou nesta quinta-feira (10), seu primeiro aplicativo do Amazon Music para a Apple TV. Com intenção de se fazer presente em mais dispositivos - e logo após o Spotify anunciar sua versão para o aparelho da maçã - a ferramenta inclui compatibilidade com o modelo 4K e o HD padrão. Para funcionar o app requer a versão tvOS 12.0 ou posterior e pode ser baixado na tvOS App Store, gratuitamente.

Parte do pacote Prime da Amazon (no Brasil), o Amazon Music oferece aos usuários acesso ao catálogo de músicas, listas de reprodução e estações da companhia. Há a opção de acompanhar as letras de cada canção no aplicativo, e os usuários que utilizarem a ferramenta usando o Apple TV também ainda podem acessar todas as músicas compradas e importadas que estão na biblioteca "Minhas músicas".

##RECOMENDA##

O Amazon Music para Apple TV está disponível a partir de  hoje nos EUA, Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia, Brasil, Canadá, França, Itália, Espanha, Alemanha, México, Japão e Índia.

LeiaJá também

--> Amazon Prime chega ao Brasil com serviços por R$ 9,90

--> Alexa chega ao Brasil falando português

--> Existe vida fora da Netflix? Veja os 'tesouros' da Amazon

O Instagram lançou uma nova barra de ferramentas para seus stories. Além dos efeitos já conhecidos com boomerang, superzoom e mãos livres, a plataforma resolveu reunir seus principais stickers em uma única aba chamada “Criar”. Ao acessar o novo modo o usuário poderá não apenas digitar um texto, mas também colocar GIFs, contagem regressiva, enquete, perguntas e até um Throwback Thursday (TBT), com fotos postadas no feed da conta.

Além da aba “Criar” o adesivo “Música” também ganhou sua própria aba, com direito a efeitos em vídeos tirados enquanto a canção escolhida roda - com ou sem legenda. Os filtros, que antes precisavam ser selecionados, agora ficam visíveis na parte inferior da tela, além de que é possível colocá-los em fotos da galeria. Fotos ou vídeos tirados na aba “normal” também ganham novas funções como a possibilidade de marcar marcas parceiras.

##RECOMENDA##

Modo ‘Criar’

Se você quer testar o recurso basta deslizar a tela para direita. Logo abaixo do botão de câmera no Stories ficam os nomes dos modos que podem ser acessados pelo usuário. O TBT, que vem com o nome de “Neste Dia” traz uma postagem aleatória, compartilhada pelo usuário na mesma data, só que de anos anteriores. É possível mudar a publicação apertando o símbolo de dados, que colocará outra imagem (ou acontecimento envolvendo seguidores - como o dia que alguém começou a seguir você) publicada nos mesmos moldes. Basta escolher o que você quer e compartilhar em seguida.

[@#galeria#@]

LeiaJá também

--> Threads: o aplicativo de mensagens do Instagram

--> Uber lança opção de viagem sem conversa

--> Instagram vai remover função 'Seguindo' do aplicativo

O Facebook anunciou, na última quinta-feira (3), mais um aplicativo para compor sua lista de redes sociais. Feito para funcionar como um extensão do Instagram, a empresa lançou o Threads, um novo serviço de chat da plataforma. A ferramenta, que já estava sendo testada por usuários selecionados, deve ser disponibilizada nos próximos dias para Android e iOS.

Como funciona

##RECOMENDA##

O Threads funciona como um bate-papo em que você pode fazer stories e responder mensagens para pessoas que estão na sua lista de  Melhores Amigos do Instagram. É o Direct Message melhorado, em que é possível enviar fotos, videos, status e fazer stories tanto para grupos selecionados, quanto para indivíduos. 

Ao instalar, além das permissões de acesso a fotos, vídeos e gravações, você pode ativar o Status Automático, que vai permitir que o aplicativo acesse a sua localização e diga aos seus contatos se você está online e o que está fazendo (com emojis para cada momento). O recurso é muito parecido com o status do saudoso MSN, que mudava para “ausente” quando você saia do aplicativo só que ele usa a sua localização para entender dizer o que você está fazendo. 

Ao enviar uma foto ou vídeo para algum de seus contatos você pode escolher se ele verá apenas uma vez, se poderá reproduzir ou se a imagem permanecerá no bate-papo. Apesar disso, na hora de gravar o conteúdo não são as mesmas. Sim, você vai poder compartilhar com seus contatos mais próximos, mas não terá GIFs, stickers, boomerang, entre outros recursos amplamente usados na versão original do Instagram.

[@#galeria#@]

O ponto alto aqui é a velocidade das mensagens e a forma como elas são mostradas no aparelho, muito familiar ao Messenger -  outro produto do Facebook, só que em uma versão mais leve e sem tantas firulas. Em sua lista de contatos você pode escolher quem verá o conteúdo publicado, inclusive, entre as pessoas que fazem parte da sua lista de Melhores Amigos.  Na página principal, onde são exibidas as contas, puxa o contato escolhido para a esquerda e você conseguirá enviar uma foto ou vídeo sem clicar no ícone da câmera, para a direita é possível remover os “indesejáveis” da visualização dos stories.

O aplicativo ainda conta diversas nuances de temas mais escuros, grupos ocultos e permite salvar as fotos originais no aparelho. É intuitivo, já que a quantidade menor de recursos faz com que seja facilmente navegável, mas parece apenas uma versão mais triste e menos prática do seu primo, Messenger. No entanto,  pode ter um futuro promissor, uma vez que o chat dentro do Instagram não é tão atraente. 

Call of Duty Mobile mal chegou e parece já estar agradando o público. O game chegou ao topo dos jogos mais baixados tanto para iOS quanto para celulares Android, ocupando o lugar conquistado pelo Mario Kart Tour, na última semana. Para quem está curioso, o FPS conta com possibilidade de multiplayer e até modo Battle Royale. 

Se você já conhecia o título nas versões para PC e consoles e já se empolgou com as diversas guerras retratadas no enredo vai gostar da versão mobile. Tanto os gráficos apresentam uma boa qualidade, quanto a jogabilidade parece ser um verdadeiro desafio, possuindo níveis para aqueles mais experientes e também um “modo simples”, que lança tiros automaticamente. 

##RECOMENDA##

A versão mobile do Call of Duty nada deixa a desejar de suas versões em aparelhos mais robustos. É possível conversar com outros jogadores através de bate-papo por texto e voz, seja em grupo de amigos ou randomicamente. Mapas emblemáticos do multiplayer do Call of Duty: Black Ops e do Call of Duty: Modern Warfare, também estão disponíveis gratuitamente, dando uma sensação de nostalgia a quem já se aventurou pelos cenários.

Disponível gratuitamente, o game possui compras no app, mas nada que atrapalhe a jogabilidade. Durante as partidas a área segura do mapa vai reduzindo até que o jogador ou equipe sobreviva no final. Se você está pensando em testar o jogo, aproveite apenas para fazer uma limpeza no seu aparelho, se livrando dos aplicativos que não usa mais. A versão mobile do Call of Duty pesa quase 1.5 GB e precisa estar conectada à internet para funcionar.

Parece que o Google está, cada vez mais, colocando em prática suas promessas de garantir a privacidade de seus usuários em todas as suas ferramentas. A empresa resolveu acrescentar ao serviço de mapas da companhia - o Google Maps - o modo anônimo, mais conhecido pelo seu funcionamento no Chrome.

Além do navegador, agora o usuário poderá ativar o modo anônimo no Maps, para que atividades, como locais pesquisados, não serão salvas na conta do Google. Elas também não serão usadas para personalizar a experiência no aplicativo. A medida funciona principalmente, para evitar que o histórico possa ser acessado por terceiros em alguma eventualidade.

##RECOMENDA##

De acordo com o Google, para ativar o modo anônimo, basta clicar na sua foto do perfil, localizada no canto superior direito da tela e ativar a navegação. No momento em que você quiser recomendações de restaurantes, informações sobre o trânsito a caminho do trabalho e outros recursos sob medida, basta desativar o modo. O recurso será lançado para Android nas próximas semanas, e deve chegar aos telefones com iOS pouco tempo depois da atualização.

A Uber lançou na última segunda-feira (1º) o Uber Pro, novo programa de vantagens da empresa para motoristas. Após iniciar os testes com seu programa de recompensas para os usuários, a companhia busca melhorar também a satisfação de seus colaboradores. Ao participar do programa, os motoristas parceiros terão acesso a um desconto de até 50% em cursos de graduação semipresenciais, entre outros benefícios.

Os testes começaram nas cidade de Curitiba, Fortaleza e São Paulo, agora são estendidos para todo o país. Dentro do programa o motorista poderá fazer parte de uma das quatro categorias: Azul, Ouro, Platina e Diamante. Cada uma oferece uma vantagem diferente.

##RECOMENDA##

Quem for da categoria Ouro, por exemplo, ganha até 50% de desconto em cursos de graduação semipresenciais, em faculdades selecionadas. O benefício é estendido à família dos colaboradores, que podem indicar até mais três dependentes para também se matricularem nos cursos de graduação pagando menos na mensalidade. Além disso há premiações como 50% de abatimento em mensalidades de academias, entre outros.

Para ter acesso às vantagens é preciso ter uma nota média de, pelo menos, 4,85 estrelas, além de outros critérios, como pontos acumulados. Os pontos do Uber Pro compreendem ciclos de três meses, ao final dos quais são zerados, iniciando uma nova contagem.

Aqueçam seus motores e preparem suas bombinhas para dar a largada no novíssimo Mario Kart Tour. O game para mobile conquistou o pódio dos aplicativos para iOS mais baixados da semana trazendo a saudosa e popular corrida dos personagens da franquia Mario Bros. Na loja do Android, na aba de jogos, ele também é o mais requisitado.

Além do game e dos aplicativos de redes sociais, o ranking do iOS segue com o iFood em segundo lugar, o Adobe Lightroom em quinto e o app de compras Wish, na nona posição. Na Google Play Store, nos aplicativos gratuitos (que não incluem os jogos), o destaque fica para o TikTok, eleito o app mais baixado do mês de agosto.

##RECOMENDA##

Confira todos:

Google Play

Apple Store

O Google anunciou, neste sábado (28), uma nova atualização no serviço rotas Google Maps. A ferramenta vai passar a ter, entre as indicações de trajeto, um especial para quem anda de moto. O recurso permite comparar a diferença de tempo gasto entre veículos fechados e o modal.

Entre as opções de mobilidade oferecidas pelo aplicativo, para que o usuário possa se programar para chegar ao destino estão, bicicleta, motoristas particulares, à pé, transporte público e carro. Além da escolha do melhor meio de transporte para sua necessida também é possível observar as condições do trânsito, o tempo do trajeto e conferir detalhes do trajeto, fotografados em 360º.

##RECOMENDA##

[@#video#@]

LeiaJá também

--> Google Maps sugerirá múltiplos modais para um só trajeto

--> Uber anuncia nova versão do app para integrar serviços

--> Confira 6 ferramentas do Google indispensáveis na sua vida

A Uber apresentou na última quinta-feira (26), uma série de novidades que vão mudar a cara de seu aplicativo. Em um evento realizado nos Estados Unidos, a empresa exibiu uma nova interface do app, que irá integrar o serviço de viagens particulares com o Uber Eats, tudo em um mesmo local. Além disso, haverá também uma integração com o transporte público, semelhante aos apps que passam informações sobre linhas e horários de ônibus. 

Transporte público

##RECOMENDA##

Querendo ir além de dos serviços de entrega e transporte a Uber anunciou a ampliação da expansão da integração com transporte público - em que oferece informações sobre linhas e horários - para mais países. O recurso funcionava há alguns meses em cidades como Londres, Sydney e Chicago e começou a funcionar em Paris, Cidade do México e São Francisco. A empresa afirmou que, nos próximos meses, a integração irá abarcar mais sete cidades, incluindo São Paulo.

O serviço é muito parecido com o que propõe a nova versão do Google Maps, por exemplo, oferecendo múltiplas opções de modais para tornar a viagem do usuário mais rápida. No caso da Uber, o serviço exibe informações sobre linhas de ônibus, metrô ou trens direto no aplicativo, para que o usuário possa comparar as opções disponíveis com o valor da corrida, em tempo real. Em Denver, nos Estados Unidos, é possível até mesmo comprar a passagem direto no app da companhia, sem ter que enfrentar filas ou fazer pagamentos em dinheiro.

 "Em muitos casos, o transporte público pode ser a opção mais rápida e barata para se locomover. Por isso, continuaremos trabalhando com as cidades para facilitar ainda mais essas viagens. Seja fornecendo informações no app, permitindo a compra de passagens ou firmando novas parcerias, estamos entusiasmados em trabalhar para fortalecer o transporte público e ajudar a reduzir a dependência das pessoas de possuir um carro particular", afirmou David Reich, diretor global de Uber Transit, durante o evento.

Ciclistas mais seguros

Outra novidade é adição de um recurso para alertar motoristas e usuários sobre a presença de ciclistas. O objetivo é orientar quem está realizando uma viagem de Uber a verificar a presença de ciclistas antes de abrir a porta do carro no momento do embarque. Além disso, se estiver em uma viagem que termine perto ou ao longo de uma ciclovia ou ciclofaixa, o aplicativo enviará uma notificação no final do percurso, orientando que o usuário redobre a atenção ao sair do carro. A intenção da empresa é aumentar a segurança dos ciclistas nas ruas. 

O projeto, que inicialmente está sendo implementado nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, já está em teste e vai ser aprimorado de acordo com a opinião de  motoristas parceiros, usuários e ciclistas. Além dos alertas para os usuários, os motoristas parceiros também vão receber comunicados com informações sobre as regras de trânsito que proíbem parar ou estacionar em vias exclusivas para bicicletas. A ideia é incentivá-los a procurar locais seguros para estacionar ao realizar o embarque e desembarque de passageiros.

Sem descartáveis

Por fim, além da integração com o aplicativo principal da empresa o Uber Eats vai ganhar, em outubro, um recurso que permite aos usuários dispensarem o recebimento de talheres descartáveis, guardanapos e canudos nos pedidos realizados em restaurantes. A iniciativa começou em fevereiro, com alguns estabelecimentos, e agora será expandida em escala global para todos os parceiros.

A nova versão do aplicativo será lançada em cidades de nove países, inclusive no Brasil. O novo app chegará para os usuários brasileiros ao longo das próximas semanas.

Você pode nem se dar conta, mas se acessa a internet com certa frequência é bem possível que o Google esteja presente na sua vida. Seja no sistema operacional do seu telefone ou até na forma em que você procura informações, a empresa - que celebra seu 21º aniversário nesta sexta-feira (27) - conseguiu virar parte indispensável da vida de quem procura estar conectado. 

A missão inicial do Google era algo como "organizar a informação mundial para torná-la acessível e útil para todos". Seus fundadores, Larry Page e Sergey Brin, conseguiram mais do que criar uma grande biblioteca virtual da informação: criaram ferramentas e serviços para facilitar a vida das pessoas do mundo todo.

##RECOMENDA##

O mais recente serviço criado pela companhia é o Google Play Pass, que oferece exclusividade em jogos e aplicativos feitos para dar aquela “mãozinha” no dia a dia. Se você tem alguma dúvida da presença da gigante, confira nossa lista de ferramentas da empresa que, com certeza, fazem parte do seu cotidiano.

O buscador 

O buscador do Google é - sem dúvidas - o motor de pesquisa na web mais popular da internet, além de ser o principal produto da companhia. Ele foi a primeira criação da empresa, saindo na versão beta em 21 de setembro de 1999. Vinte anos depois continua sendo o mais utilizado, presente em diferentes idiomas. 

Google Maps

Depois que inventaram o Google Maps, se você tiver um celular com internet, é praticamente impossível que consiga se perder por aí. O serviço de pesquisa e visualização de mapas e imagens funciona, inclusive, com fotos de satélite e realidade aumentada, trazendo informações sobre ruas, rotas e estabelecimentos. O Maps é um dos aplicativos pré-instalados nos celulares Android e, atualmente, disponibiliza suas funções em cidades dos Estados Unidos, Canadá, União Europeia, Austrália e Brasil, entre outros.

YouTube

Se você vai procurar assistir um vídeo na internet, qual o primeiro site que lhe vem à cabeça? Provavelmente, YouTube. Ele não foi originalmente criado pela companhia, mas passou a fazer parte dos serviços oferecidos pelo Google em 2006. Seja para criar conteúdo ou para assisti-los, aprender a fazer uma receita ou consertar uma pia de macarrão instantâneo, a rede de compartilhamento de vídeos é uma das melhores formas de entretenimento estilo “faça você mesmo”.

Gmail

No começo dos anos 2000, com a popularização da internet, muita gente passou a usar e-mails para se comunicar (e mandar correntes para os amigos). No Brasil, os usuários alternavam entre domínios de sites como Bol, Uol, Hotmail e Yahoo. Com a chegada do Gmail, em 2004, as pessoas começaram a migrar, principalmente pela capacidade de armazenamento, interface de busca  - mais intuitiva e, após alguns anos, conectividades com outros serviços.

Google Chrome

Outro que tomou conta da preferência da maioria dos usuários da internet foi o Google Chrome. O navegador chegou para competir com o - atualmente - odiado Internet Explorer e com o então queridinho Mozilla Firefox. Em menos de dois anos de uso, o Chrome já era o terceiro browser mais usado do mundo, ele foi lançado pela primeira vez em setembro de 2008, para o Microsoft Windows, e mais tarde foi atualizado para rodar em aparelhos  com Linux, Mac, iOS e Android. 

Google tradutor

Imagine viajar pelo mundo e poder se comunicar em diversos idiomas, ou até traduzir automaticamente sites de outros países. É para isso que serve o Google Tradutor, serviço de tradução instantânea de textos e sites ofertado pelo Google. A empresa introduziu o software de tradução em 2007 e ele vem integrado tanto ao Chorme quanto aos aparelhos Android.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando