Tópicos | Flamengo

Através de uma publicação no Instagram, o atacante Mario Balotelli agradeceu neste domingo (18) os torcedores do Flamengo e desejou "boa sorte" ao clube carioca. Na mensagem, o jogador italiano disse "obrigado" para os fãs que escreveram "mensagens e manifestações de afeto".

"Obrigado, torcida rubro-negra, por todas as mensagens e manifestações de afeto nesses últimos dias. Boa sorte ao Flamengo e a todos vocês", escreveu o jogador.

##RECOMENDA##

O interesse do Flamengo pelo atleta se tornou público há cerca de 10 dias, depois de especulações na imprensa italiana. A proposta do clube brasileiro foi de cerca de 3 milhões de euros livres de impostos por temporada. O contrato seria até o fim de 2021.

O término das negociações deixa mais evidente o possível retorno de Balotelli ao futebol italiano. Segundo a emissora "Sky Sports", o atacante teria dado sua palavra ao presidente do Brescia, Massimo Cellino, que defenderá o time lombardo na próxima temporada.

O clube italiano teria oferecido 1 milhão de euros e um contrato válido por três anos. A quantia poderá chegar até a 3 milhões de euros com os bônus.

[@#video#@]

Da Ansa

A goleada de 4 a 1 do Flamengo sobre o Vasco na noite deste sábado, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, registrou o maior público do futebol do País em 2019. O Clássico dos Milhões no Mané Garrincha, em Brasília, teve 65.418 pagantes e quebrou recorde.

O mando era de campo era do clube cruzmaltino, que transferiu a partida de São Januário para a capital federal a fim de obter uma renda maior, o que gerou a insatisfação do técnico Vanderlei Luxemburgo. A renda do clássico em Brasília foi de R$ 5.285.443,00.

##RECOMENDA##

O Vasco preferiu que o jogo não fosse em seu estádio também porque temia que houvesse violência, como aconteceu em 2017, quando torcedores brigaram dentro e fora de São Januário e o clube acabou punido pelo STJD. Além disso, há fatores políticos na decisão, uma vez que o presidente Alexandre Campello não concordou com a iniciativa de o governador do Rio, Wilton Witzel, conceder administração temporária do Maracanã a Flamengo e Fluminense por 180 dias. Logo, o mandatário preferiu que a partida não fosse no lendário estádio.

A vitória do time rubro-negro sobre o arquirrival por 4 a 1 superou Flamengo 1 x 1 Athletico-PR, jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, disputado em 17 de julho e que levou 64.844 torcedores ao Maracanã.

Curiosamente, dos 10 jogos com os maiores públicos do futebol brasileiro nesta temporada, nove envolveram o Flamengo. O "intruso" na lista quase toda flamenguista é o clássico entre São Paulo e Corinthians, válido pelo primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, que terminou sem gols e levou 58.713 torcedores ao Morumbi.

Confira os 10 maiores públicos do futebol brasileiro em 2019:

1º Vasco 1 x 4 Flamengo, 65.418 no Mané Garrincha

2º Flamengo 1 x 1 Athletico-PR, 64.844 no Maracanã

3º Flamengo 0 x 1 Peñarol-URU, 61.576 no Maracanã

4º Flamengo 2 x 0 Emelec-EQU, 61.202 no Maracanã

5º Flamengo 6 x 1 San José-BOL, 60.965 no Maracanã

6º Flamengo 6 x 1 Goiás, 60.947 no Maracanã

7º São Paulo 0 x 0 Corinthians, 58.713 no Morumbi

8º Flamengo 3 x 1 LDU-EQU, 58.034 no Maracanã

9º Flamengo 2 x 1 Chapecoense, 57.494 no Maracanã

10º Flamengo 1 x 0 Corinthians, 55.586 no Maracanã.

O que devia ser uma boa ação em prol de pessoas em situação de rua, acabou em pancadaria na noite dessa quinta-feira (15). Testemunhas afirmaram que torcedores do Flamengo realizavam uma distribuição de alimentos aos desabrigados, quando vascaínos iniciaram o ataque na Praça do Pacificador, em Duque de Caxias, Rio de Janeiro. Ninguém foi preso.

Nas imagens é possível identificar o embate, com pessoas arremessando objetos e portando pedaços de madeira. Houve muita correria na praça e policiais foram acionados para dispersar os torcedores. Mesmo com a confusão, não há registro de feridos ou detidos, de acordo com o G1.

##RECOMENDA##

Acompanhe

[@#video#@]

 

O sonho de o Flamengo se reforçar com Mario Balotelli não vai se concretizar. Nesta quinta-feira, o clube carioca comunicou que desistiu de contratar o atacante italiano, após dois dias de reuniões com os representantes do jogador em solo europeu.

"O Clube de Regatas do Flamengo, o atleta Mario Balotelli e seus representantes decidem, de comum acordo e após dois dias de cordiais reuniões em Mônaco, encerrar nesta data (15/8) as negociações envolvendo a possível contratação do atleta", anunciou o clube carioca em breve comunicado oficial.

##RECOMENDA##

Com o interesse em Balotelli, o Flamengo enviou o vice-presidente de futebol do clube, Marcos Braz, e o diretor de futebol Bruno Spindel para Montecarlo, além do advogado Marcos Motta, onde se encontraram com o empresário Mino Raiola. Lá, foi apresentada a proposta para Balotelli, jogador agenciado por ele. Mas as conversas não avançaram.

A busca por Balotelli atendia ao desejo do técnico português Jorge Jesus, que solicitou a contratação de um centroavante. E o jogador, de 29 anos, estava sem clube desde o fim da sua passagem pelo Olympique de Marselha, ao término da temporada 2018/2019 do futebol europeu.

Havia otimismo no Flamengo para contratar Balotelli, especialmente porque o atacante não está na mira dos principais clubes da Itália ou do Velho Continente. Nos últimos dias, o Brescia, que foi campeão da segunda divisão italiana na temporada passada, se tornou concorrente do time carioca e até chegou a negar a sua contratação. Mas pode ser mesmo o seu destino, ainda mais após o anúncio oficial da desistência da direção da equipe rubro-negra.

Sport teve a 15ª maior receita do país em 2018. É o que aponta o estudo “Análise de Mercado Clubes Brasileiros Série A”, realizado pela BDO Publicações, uma das maiores empresas de consultoria e auditoria do Brasil. Os dados foram passados com exclusividade ao LeiaJá.

O Leão movimentou no ano passado quase R$ 105 milhões. Os cinco primeiros clubes do raking são Palmeiras, Flamengo, Corinthians, São Paulo e Grêmio. A lista destaca a proporção de gastos dos times, inclusive dados referentes às comissões para agentes. De acordo com o levantamento, maior parte do crescimento deve-se a TV e vendas de atletas.

##RECOMENDA##

Veja o estudo completo aqui.

Tentando a contratação do atacante Mario Balotelli, os diretores do Flamengo embarcaram nesta terça-feira (13) para a Europa e deverão se encontrar pessoalmente com o jogador de 29 anos.

De acordo com o jornal Gazzetta dello Sport, a comitiva do Flamengo, formada pelo vice de futebol, Marcos Braz, o diretor executivo, Bruno Spindel, e o advogado Marcos Motta, tentarão convencer Balotelli e o seu agente, Mino Raiola, de que uma mudança para a América do Sul iria fortificar a carreira do italiano.

##RECOMENDA##

As negociações deverão durar cerca de dois dias, já que os diretores do Flamengo querem encerrar em breve a novela envolvendo o clube carioca e o atacante.

Balotelli está sem clube desde junho, quando o Olympique de Marseille optou em não renovar seu contrato. Desde então, o atacante vem sendo cogitado em alguns times italianos, como Hellas Verona, Brescia e Fiorentina.

O jogador tem passagens por Inter de Milão, Manchester City, Milan, Liverpool, Nice e Marseille. Pela seleção italiana, o atleta possui 14 gols em 36 partidas.

Da Ansa

Se vem de uma derrota marcante contra o Bahia por pesados 3 a 0 fora de casa, nada melhor para o Flamengo do que voltar ao "conforto do lar" para tentar se recuperar na briga pelo título brasileiro. E é neste espaço, o Maracanã, que a equipe de Jorge Jesus tentará se manter imbatível no jogo deste sábado, às 19h, contra o Grêmio.

Jogando em seus domínios, o time carioca só conhece vitórias até o momento, tendo acumulado 18 de seus 24 pontos nessas partidas, que o levaram ao terceiro lugar na tabela. Foram seis triunfos em seis compromissos, com 19 gols marcados - ótima média de mais de três gols por partida - e sete sofridos, sendo o único time no Nacional que ainda está com 100% de aproveitamento em casa.

##RECOMENDA##

Os bons resultados em campo têm deixado as arquibancadas sempre tomadas de vermelho e preto, com uma média de 46.395 pagantes no Maracanã nos cinco compromissos que cumpriu naquele estádio na atual edição do Brasileirão. Para o jogo deste sábado, as vendas antecipadas já haviam ultrapassado a casa dos 40 mil bilhetes nesta sexta-feira.

Para o meia Everton Ribeiro, o fato de atuar em casa sempre é favorável, mas diante do "perigoso" Grêmio, tal vantagem pode não ser decisiva se o time não estiver atento. "Fica um jogo mais bonito quando é aberto. Para nós é melhor de jogar. Mas é mais perigoso, claro. O Grêmio tem qualidade e posse de bola. Temos de ter atenção total. Em casa ou fora, eles têm uma postura de atacar. É fazer nosso jogo para conquistarmos a vitória", comentou o camisa 7.

Recuperado de uma lesão óssea no pé, Everton Ribeiro tem presença certa na partida deste sábado. O mesmo não deve acontecer com o seu "xará" gremista, Everton Cebolinha, destaque da equipe do técnico Renato Gaúcho, que deve mandar a campo um time alternativo neste sábado. "O Everton está em uma excelente fase. Se não vier para o jogo, melhor para nós. Mas será difícil", afirmou o meia, capitão da equipe na ausência de Diego.

Diego, aliás, que teve uma fratura óssea e lesão ligamentar e está fora já há mais de duas semanas, é só uma das várias ausências da equipe comandada pelo técnico Jorge Jesus. Além dele, continuam de fora do time neste sábado o meia Vitinho (artroscopia no joelho), o zagueiro Rodrigo Caio e os atacantes Lincoln e Gabriel Barbosa - os últimos três todos com lesões musculares na coxa.

Os dois jogadores de frente, por sinal, até retomaram os treinos no campo durante a semana, mas a comissão técnica, por precaução, deve optar por não escalá-los, focando no duelo de quartas de final da Copa Libertadores diante do Internacional, que tem início no próximo dia 21.

Em compensação, o volante Cuéllar, poupado na partida contra o Bahia em Salvador, deve retornar à vaga de primeiro volante no lugar de Piris da Motta. O restante da equipe deve repetir a escalação que começou jogando na Fonte Nova.

Seis meses após um incêndio de grandes proporções nas instalações do Ninho do Urubu deixar dez atletas mortos e três feridos, a maioria das famílias das vítimas fatais ainda não foi indenizada pelo Flamengo e as negociações estão travadas. Por enquanto, o clube entrou em acordo só com os familiares de Athila Paixão e Gedson Santos, além do pai de Rykelmo Souza - a mãe do jogador segue sem acordo com a diretoria da equipe.

O Estado conversou com Rosana Souza, mãe de Rykelmo, e com as outras sete famílias que ainda não foram indenizadas. Pais e mães dos garotos divergem quanto à possibilidade de um acerto financeiro. Alguns estão otimistas em resolver a situação sem ir à Justiça, outros não veem dessa forma, como é o caso de Rosana, que já entrou com um processo judicial contra o clube. Um ponto, no entanto, une todos eles, conforme disseram ao Estado: a omissão e o descaso do clube na questão.

##RECOMENDA##

"O Flamengo está irredutível e as famílias estão indignadas com sua diretoria pela ausência total de diálogo. Estão se sentindo abandonados", diz o defensor público do Estado do Rio de Janeiro, Rodrigo Pacheco.

Assim que as mortes foram confirmadas, a Defensoria Pública e o Ministério Público do Rio foram chamados pelo Flamengo para ajudar num acordo. O clube, porém, que paga ajuda mensal de custo de R$ 5 mil às famílias, não concordou com a proposta apresentada na ação coletiva e passou a negociar individualmente com cada uma delas. Estabelecendo parâmetro de indenização a partir de uma das famílias, o clube se fortaleceu para não negociar valores superiores com os demais. Valores não são revelados porque há uma cláusula de confidencialidade.

No momento, o defensor, que representa a família do lateral Samuel Rosa, garante que não há outra opção a não ser a via judicial. "O único caminho que temos é o do judiciário. É péssimo porque é uma ação que não vai durar menos de 10 anos", lamenta Pacheco. À frente da Defensoria Pública, ele e o MP do Rio entraram com ação dias após a tragédia pedindo o bloqueio de R$ 57 milhões das contas do Flamengo, mas a Justiça ainda não deu uma resposta ao caso.

O principal motivo para que as negociações estejam emperradas é a espera pela resolução do inquérito da Polícia Civil que investiga os responsáveis pelo incêndio. Recentemente, o MP do Rio não denunciou os dez indiciados no caso, incluindo o ex-presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Mello, e solicitou que o inquérito retornasse à 42.ª DP do Recreio dos Bandeirantes para que as apurações fossem aprofundadas. O prazo estipulado pelo MP vence no início de setembro.

"O clube tem tratado o assunto com distância, sem intenção de resolver a questão", afirma o advogado Henrique Wolff, que representa a mãe do volante Jorge Eduardo. De acordo com o advogado Alexandre Soares, defensor contratado pela mãe do zagueiro Arthur Vinícius, a diretoria do Flamengo não o procurou sequer para fazer uma oferta. "Caso não tenha acordo, a Justiça será o caminho", diz.

OUTRO LADO - Ao Estado, o vice-presidente geral e jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee, afirmou que, após a tragédia, o presidente Rodolfo Landim colocou um staff grande à disposição das famílias, que os advogados do clube estão em contato direto com os representantes legais dos familiares e a proposta aceita por duas famílias e o pai de Rykelmo também foi apresentada para os representantes legais dos outros familiares.

Segundo Dunshee, "o passo inicial para que as conversas resultem num acordo é as pessoas entenderem que, embora o Flamengo seja responsável, ele não teve culpa e intenção de prejudicar ninguém". Ele se mostrou otimista quanto à possibilidade de consenso entre as partes.

Depois de passar uma semana na Itália para resolver as últimas pendências burocráticas e realizar os exames médicos necessários, o zagueiro Léo Duarte foi anunciado nesta quarta-feira como novo jogador do Milan. Contratado junto ao Flamengo, o jogador de 23 anos assinou um contrato válido por cinco temporadas, até 2024, com o clube de Milão.

"Primeiro Rubro-Negro. Agora Rossonero. Bem-vindo, Léo", escreveu em português o time italiano em sua conta no Twitter. Léo Duarte foi adquirido pelo Milan por 11 milhões de euros (aproximadamente R$ 49 milhões, na cotação atual), sendo que o Flamengo ficará com 70% (R$ 34,46 milhões), e tornou-se o sexto brasileiro mais caro da história do time. Ele fará parceria com o meia Lucas Paquetá, outro jogador revelado pela equipe carioca que está em Milão desde o ano passado.

##RECOMENDA##

Na Itália, Léo Duarte terá a concorrência do argentino Mateo Musacchio e do italiano Alessio Romagnoli, hoje titulares no time de Milão. Mattia Caldara está lesionado, mas costumava iniciar as partidas entre os titulares do ex-técnico Gennaro Gattuso. Hoje o Milan tem Marco Giampaolo, contratado junto à Sampdoria, como treinador.

Na semana passada, Léo Duarte, cria das categorias de base do Flamengo, já havia se despedido da torcida rubro-negro através das redes sociais.

"Gostaria de agradecer ao Flamengo por esses cinco anos maravilhosos. O Flamengo me formou como jogador e como pessoa. Cheguei ao Ninho (do Urubu) ainda menino, repleto de sonhos, e agora saio homem, tendo a honra de ter vestido a camisa do clube de maior torcida do Brasil e jogado quase 100 partidas profissionalmente. Muito obrigado a todos que estiveram ao meu lado nesse período: torcida, diretoria, comissão técnica, funcionários e jogadores. Nada seria possível se não fossem vocês. Obrigado, Flamengo. Obrigado, Nação!", escreveu na última sexta-feira.

Léo Duarte é a sexta contratação do Milan para esta temporada. O clube rubro-negro também acertou com o lateral-esquerdo francês Theo Hernández, os meias Ismael Bennacer (argelino), Rade Krunic (bósnio) e Franck Yannick Kessié (marfinense), além do atacante português Rafael Leão. Ao todo, o clube já gastou 109 milhões de euros (R$ 488,50 milhões) em reforços.

A negociação entre o atacante Mario Balotelli e o Flamengo movimentou o mercado de transferências. O irmão do jogador italiano, Enock, também deverá acompanhar o parente e estaria conversando com o Boavista, time do Rio de Janeiro que disputou a Série D do Campeonato Brasileiro.

De acordo com o jornalista italiano Gianluca Di Marzio, da emissora "Sky Sports", o clube de Saquarema poderá se beneficiar com a possível chegada de Balotelli ao Flamengo. O presidente da equipe rubro-negra, Rodolfo Landim, comentou que o italiano "demonstrou interesse" de atuar no time carioca.

##RECOMENDA##

Aos 26 anos, Enock já atuou nas categorias de base do Manchester City, mas somente coleciona passagens por times de pequena expressão do futebol italiano. Na temporada passada, o atacante defendeu o Pavia, da quarta divisão.

Neste ano, o Boavista foi eliminado pelo Brusque, de Santa Catarina, nas oitavas de final da Série D. Agora, o time carioca só disputará a Copa Rio na sequência da temporada.

O Boavista ficou conhecido na Itália no final de 2010, quando estava negociando com o ex-atacante italiano Christian Vieri. O ex-jogador de Milan, Inter, Juventus e seleção italiana até se apresentou para defender a equipe, mas desistiu de vestir a camisa do clube após um problema pessoal.

Da Ansa

Desde a retomada após a parada da Copa América, o torcedor do Bahia não comemorou nenhum gol no Brasileirão, tampouco uma vitória. A missão de fazer o ataque voltar a funcionar para se reabilitar na competição não deve ser fácil. Isso porque o próximo compromisso será contra o embalado Flamengo, em jogo marcado para as 16 horas deste domingo, na Fonte Nova, pela 13ª rodada.

O Bahia está sem vencer há cinco rodadas no Brasileirão e há sete jogos no total, contando o empate por 1 a 1, em Porto Alegre, e a derrota por 1 a 0, na Arena Fonte Nova, em disputa com o Grêmio pelas quartas de final da Copa do Brasil. O gol marcado na arena gremista foi o único do time após a paralisação. Com 16 pontos somados, a equipe baiana vai encontrar um Flamengo invicto há sete jogos e dono da terceira colocação, com 24.

##RECOMENDA##

O técnico Roger Machado ganhou mais opções para montar o ataque, com o retorno de Élber, recuperado de lesão, e Arthur Caíke, novamente à disposição após cumprir suspensão. Apesar disso, ele indicou a manutenção do trio formado por Artur, Lucca e Gilberto, utilizado no empate sem gols com a Chapecoense.

Quem volta ao time é o lateral-direito Nino Paraíba, que foi liberado pelo departamento médico e entra no lugar de Ezequiel. Roger não poderá contar com o volante Ronaldo, impedido de jogar por pertencer ao Flamengo. A lista de baixas ainda tem o volante Elton e o meia Guerra, em transição física, além do zagueiro Ernando e dos atacantes Rogério e Iago, em tratamento de lesão.

Depois de superar o Emelec nos pênaltis e garantir a classificação para as quartas de final da Copa Libertadores, o Flamengo visita o Bahia pela 13.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo acontece neste domingo (3), às 16h, na Arena Fonte Nova, em Salvador, e pode marcar a estreia de Filipe Luís pelo clube carioca.

Recém-contratado junto ao Atlético de Madrid, o lateral-esquerdo da seleção brasileira foi relacionado pela primeira vez pelo Flamengo. Ainda não se sabe, porém, se o jogador será titular, já que Renê pode ser mantido no flanco canhoto da defesa rubro-negra.

##RECOMENDA##

Para a partida contra o Bahia, o técnico português Jorge Jesus não contará com Gabriel, lesionado e suspenso. Além do atacante, o colombiano Cuéllar será desfalque. Desgastado, o volante fez exames que constataram fadiga muscular.

O colombiano fez trabalho na academia na última sexta-feira e deu lugar ao paraguaio Piris da Motta. Depois de três partidas consecutivas, o lateral-direito Rafinha, outra badalada contratação recente, também pode ser poupado. Machucados, Rodrigo Caio, Vitinho, Diego e Lincoln ficam de fora.

O Flamengo deve ir a campo com: Diego Alves; Rodinei (Rafinha), Thuler, Pablo Marí e Renê; Piris da Motta (Cuellar); Éverton Ribeiro, Gerson e Arrascaeta; Bruno Henrique e Reinier.

Confira a lista de relacionados do Flamengo:

Goleiros - Diego Alves, César e Gabriel Batista

Zagueiros - Thuler, Pablo Marí, Rhodolfo e Dantas

Laterais - Rodinei, Rafinha, João Lucas, Renê e Filipe Luís

Volantes - Piris da Motta, Willian Arão e Hugo Moura

Meias - Gerson, Éverton Ribeiro e Arrascaeta

Atacantes - Bruno Henrique, Berrío, Reinier e Vitor Gabriel

Aproveitando o embalo da festa pela classificação às quartas de final da Copa Libertadores da América, quando derrotou o Emelec (EQU) nos pênaltis por 4x2, o Flamengo apresentou nesta quinta-feira (1º), no Rio de Janeiro, seu terceiro uniforme para a temporada 2019-2020. A estreia da vestimenta está marcada para acontecer no jogo do próximo domingo (4) pelo Campeonato Brasileiro, quando o rubro-negro carioca enfrenta o Bahia em Salvador (BA).

Usando a ClimaLite, tecnologia aplicada para que o uniforme não retenha a transpiração e permita que os atletas permaneçam mais tempo com a temperatura ideal do corpo, a camisa tem estilo minimalista. Inspirado no verso da "Marcha do Flamengo", que se tornou seu hino popular, que diz "é o maior prazer vê-lo brilhar", a terceira camisa do Mengão mistura neutralidade e cores vibrantes. O uniforme é cinza e, além de trazer o símbolo e outros detalhes em amarelo neon, vem com a gola clássica. Na versão feminina, a fornecedora de material esportivo Adidas atendeu a um pedido das mulheres flamenguistas e elaborou as peças com modelagem especial e com gola ajustada.

##RECOMENDA##

O vice-presidente de Comunicação e Marketing do clube da Gávea, Gustavo Oliveira, elogiou o novo uniforme. "O novo manto vem com cores escolhidas para entregar um visual arrojado, com o contraste entre o cinza e o amarelo fluorescente, uma tendência global apresentada nesta temporada", disse.

Já o head de futebol da Adidas no Brasil, André Campos, destacou as inovações tecnológicas da camisa. "Tem a marca Adidas de inovação e tecnologia, se apresentando em cores modernas e tecnológicas, completando os uniformes desenvolvidos para o Flamengo nesta temporada e se relacionando com os uniformes dos demais gigantes do mundo", declarou.

A nova camisa do Flamengo estará à venda para a Magnética a partir de sábado (3) pelo site www.adidas.com.br/flamengo, lojas Adidas e lojas oficiais do Flamengo. As versões adultas custam R$ 249,99 e as infantis R$ 229,99.

Flamengo e Botafogo fazem, neste domingo, às 16h, um clássico que poderia ser de opostos no Campeonato Brasileiro, se fosse levado em conta apenas o quesito saúde financeira dos clubes. Na prática, entretanto, o torcedor que for ao Maracanã verá duas equipes às voltas com um mesmo sentimento: a desconfiança.

De um lado, estará um time que conta com um elenco milionário e nunca em sua história investiu tanto, recheando seu elenco com jogadores como Filipe Luís, Rafinha, Rodrigo Caio, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabriel Barbosa, entre outros.

##RECOMENDA##

De outro, um clube que passa por sérios problemas em seus cofres, chegando a contar recentemente com pacto de silêncio de seus jogadores em protesto contra atrasos nos pagamentos. Tamanha discrepância, porém, não se repete em termos de tensão para este domingo, com ambas as equipes similarmente imersas em uma "zona de turbulência".

Na parte mais rica da rivalidade, a eliminação do time nas quartas de final da Copa do Brasil para o Athletico-PR e o grande risco do mesmo destino se concretizar no meio da próxima semana nas oitavas da Copa Libertadores (na ida, derrota de 2 a 0 para o Emelec, em Guayaquil) já acionaram o sinal de alerta no clube.

No lado botafoguense, além de vir de derrota no jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana para o Atlético-MG na última quarta-feira em casa (1 a 0), o bom desempenho do início do Brasileirão deixou de se repetir e a equipe não sabe o que é vitória há três jogos na competição.

No encontro deste domingo, que é apenas o segundo do ano entre as duas equipes (pelo Campeonato Carioca, vitória de 2 a 1 do Flamengo no Engenhão), portanto, a necessidade de vitória para tentar desanuviar o ambiente passou a ser o elo que une os dois clubes neste domingo.

Com 21 pontos e lutando para encostar nos líderes, o treinador Jorge Jesus convive com a dúvida entre escalar ou não todos os atletas disponíveis, sob risco de desgastar mais ainda a já desfalcada equipe para o jogo contra o Emelec na próxima quarta-feira.

Já o time de General Severiano, com 16 pontos, tenta se aproximar do rival na tabela de classificação sem contar com a mesma qualidade de peças no elenco - até perdeu um dos destaques, o atacante Erik, que pertence ao Palmeiras e seguiu por empréstimo para o Japão na última sexta-feira.

Para o zagueiro botafoguense Gabriel, as ausências no adversário não devem ser encaradas como grande vantagem para seu time, mas o caminho para a vitória pode ser encontrado com uma alternância entre humildade e ousadia.

"Desfalques desses são importantes, mas não podemos achar que será fácil. Não podemos cair nessa armadilha. Vamos com total humildade para marcar da melhor maneira possível e, com a bola, atacar. Um jogo super importante, uma briga boa na parte de cima da tabela e um clássico. Humildade, mas ousadia na hora de atacar para buscar a vitória", comentou o defensor.

No lado rubro-negro, os desfalques já confirmados são os dos meias Arrascaeta, que ainda se recupera de uma lesão muscular, e Everton Ribeiro, com lesão no pé; além de Diego e Vitinho, que passaram por cirurgias e devem ficar por muito tempo longe dos gramados.

Na defesa, Léo Duarte, que negocia com o Milan e pode se despedir do clube, deve dar lugar ao espanhol Pablo Marí, que pode estrear no time. Já o lateral-esquerdo Renê tem tudo para ser poupado e dar lugar a Trauco, enquanto, no ataque, Lincoln e Lucas Silva disputam uma das vagas deixadas pela série de desfalques no setor.

O Botafogo, por sua vez, não contará com o lateral-esquerdo Gilson, suspenso devido à expulsão na derrota para o Santos no último domingo. Jonathan é o reserva imediato à disposição do técnico Eduardo Barroca. No setor de ataque, Luiz Fernando e Rodrigo Pimpão competem por uma chance no clássico.

O lateral-esquerdo Filipe Luís foi apresentado nesta sexta-feira no Flamengo, no CT do Ninho do Urubu, e já chegou pensando grande. O jogador de 33 anos, depois de 14 temporadas na Europa - sendo as últimas quatro no Atlético de Madrid, da Espanha -, recebeu a camisa 16 rubro-negra e comentou que voltou ao Brasil para fazer história em seu novo clube.

"Foram conversas interessantes e intensas. Não foi questão financeira, poderia ter ficado na Europa. Foi o desafio de entrar para a história do Flamengo. Pouca gente tem essa chance. E hoje o Flamengo nos proporciona isso. Tem que ser um pensamento de todos os flamenguistas: o Flamengo tem que estar em primeiro lugar. Hoje é um grande dia para mim", disse o jogador em uma concorrida entrevista coletiva.

##RECOMENDA##

Depois de acertar a sua saída do Atlético de Madrid, Filipe Luís assinou contrato com duração de dois anos e meio, até dezembro de 2021, com o Flamengo no início desta semana e chegou ao Rio de Janeiro na última quinta-feira. No mesmo dia, disposto a entrar logo em forma após um período de férias - esteve com a seleção brasileira na conquista da Copa América - já começou os testes físicos no CT Ninho do Urubu.

O lateral-esquerdo admitiu que quando decidiu sair do Atlético de Madrid não tinha como preferência jogar no Flamengo. Mas ressaltou que no final tomou a decisão certa. "Foi uma decisão muito difícil, depois de 15 anos na Europa. Tinha a possibilidade de continuar. Mas quando o Flamengo liga a balança, é diferente. Minha família está aqui e entende e sabe o que o Flamengo significa para mim. É um sonho. Só foi possível porque hoje o Flamengo tem esse projeto de grandeza, de lutar por todos os títulos. Não sou o salvador da pátria, mas vim para ajudar. Com a nação do nosso lado tenho certeza que vamos conquistar títulos importantes", afirmou o jogador, destacando a importância da opinião de sua esposa para aceitar a proposta rubro-negra.

"Conversamos muito. O poder de convencimento desses caras é impressionante. Conversei com a minha esposa, e ela falou que iríamos para um lugar que realmente me queriam, onde vou me sentir importante e querido. Isso faz toda diferença. Minha esposa é que queria vir para cá (risos). Eu é que não queria no início, queria jogar na Champions (Liga dos Campeões). Mas hoje ver o meu filho com a camisa do Flamengo me enche os olhos. Hoje a decisão é 100% que eu pensei, fiz a decisão correta", completou.

Filipe Luís teve nesta sexta-feira o seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e já está regularizado para poder estrear pelo Flamengo, mas não deve ser relacionado para o clássico contra o Botafogo neste domingo, pelo Brasileirão. Ele se junta a Gerson, Rafinha e Pablo Marí como contratações realizadas neste meio do ano.

Novo reforço do Flamengo, o lateral-direito Filipe Luís teve uma quinta-feira agitada no Rio de Janeiro. O jogador, proveniente de Madri, desembarcou no Aeroporto Internacional Tom Jobim nas primeiras horas da manhã - pouco antes da chegada da delegação que estava no Equador para a partida contra o Emelec, pela Copa Libertadores -, foi ao CT Ninho do Urubu à tarde e já iniciou os testes físicos antes mesmo de sua apresentação oficial.

Ainda no Galeão, o jogador, torcedor rubro-negro de família, prometeu empenho para superar os novos desafios, admitiu um gosto especial por vestir a camisa do clube e não fez planos para a data da estreia. "É especial. No Brasil, o Flamengo realmente é diferente, o coração bate mais forte. Não sei quando vai ser a estreia, estou há duas semanas e meia de férias, mas finalmente estou aqui. Muita vontade de poder jogar aqui. Eu tenho me preparado para poder superar esse desafio. Realmente é uma sensação única que eu sempre quis", disse.

##RECOMENDA##

À tarde, junto com seus dois filhos, foi até a zona oeste da cidade para começar seu trabalho no CT Ninho do Urubu. Logo na chegada, encontrou os meias Éverton Ribeiro e Arrascaeta, que não viajaram a Guayaquil por estarem lesionados. Já nas dependências do local, teve o primeiro contato com o técnico português Jorge Jesus.

Por causa do voo, Filipe Luís não pôde acompanhar a derrota do Flamengo por 2 a 0 para o Emelec e nem a lesão de seu grande amigo Diego, um dos incentivadores na negociação com o clube. O lateral-esquerdo só poderá ser inscrito na Libertadores caso a equipe inverta a vantagem e consiga a classificação às quartas de final. "É um jogador fundamental para a gente. Precisamos dele. Espero que ele se recupere bem. Não tem ninguém mais preparado mentalmente para poder superar essa lesão", afirmou.

Com 33 anos, Filipe Luís retorna ao Brasil após 14 temporadas na Europa. Seu último clube foi o Atlético de Madrid. Ele se junta a Gerson, Rafinha e o espanhol Pablo Marí como contratações realizadas neste meio do ano. Ele fechou um contrato até dezembro de 2021.

O Flamengo sofreu uma baixa de peso para a sequência da temporada 2019. Nesta quarta-feira, após a derrota por 2 a 0 para o Emelec, no duelo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores, o médico Márcio Tannure, do clube carioca, confirmou que o meia Diego fraturou o tornozelo esquerdo e será operado no retorno da delegação ao Rio. Ele não definiu a data e nem deu grandes detalhes da lesão, mas indicou que o problema é grave.

"O Diego sofreu uma fratura-luxação no tornozelo esquerdo, com fratura óssea e lesão ligamentar. O tratamento é cirúrgico. A fratura é considerada complexa. Amanhã, quando ele chegar de viagem será reavaliado por mim no hospital, com outros exames complementares para avaliarmos a real extensão dessa lesão. Vamos agendar a cirurgia o mais breve o possível", disse o chefe do departamento médico do Flamengo.

##RECOMENDA##

Após receber uma entrada dura, Diego enroscou o tornozelo no gramado aos 26 minutos do segundo tempo. Não conseguiu se levantar, chorou de dor e deixou o campo de maca direto pra os vestiários. Posteriormente, foi levado a um hospital, onde exames preliminares apontaram a necessidade de cirurgia.

Quando Diego deixou o campo, o Flamengo já havia realizado as três substituições, o que levou o time a terminar a partida com dez jogadores no campo, em igualdade numérica ao Emelec, pois um atleta do time equatoriano - Vega - havia sido expulso.

Diego não é o único problema por lesão do Flamengo, pois os meias Éverton Ribeiro, Arrascaeta e o atacante Vitinho não puderam atuar em Guayaquil por estarem contundidos.

O elenco milionário do Flamengo inicia nesta quarta-feira (24), em Guayaquil, às 21h30 (de Brasília), diante do Emelec, no jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores, a sua participação na fase de mata-mata da competição mais desejada por sua imensa torcida. O time do técnico português Jorge Jesus entra em campo pressionado após a eliminação na Copa do Brasil para o Athletico-PR, sofrida no Maracanã na semana passada, quando a equipe caiu nos pênaltis após um empate por 1 a 1 no tempo normal.

Mas o início da missão flamenguista nesta fase eliminatória na tentativa de repetir o título conquistado em 1981 não vai ser fácil. Jorge Jesus não poderá contar com três titulares: Arrascaeta, Vitinho e Everton Ribeiro, todos lesionados. Para não dar pistas para o adversário, o treinador não permitiu a entrada da imprensa no último treino da equipe, nesta terça-feira, em nenhum momento.

##RECOMENDA##

Jesus mantém seu estilo ofensivo, ao escalar Bruno Henrique e Berrío para fazerem companhia a Gabriel nas investidas ofensivas. Diego será o articulador das jogadas, enquanto Willian Arão e Cuéllar vão se revezar na marcação.

"O fato de ter alguns jogadores lesionados não nos vai fazer mudar a forma de jogo. Trabalhamos todas da mesma maneira. Temos de seguir em frente com os jogadores que temos e não estou muito preocupado com isso", disse o treinador, nesta terça-feira, em entrevista coletiva antes do último treinamento para o duelo desta quarta.

O clima de pressão começou a ser visto de forma mais radical no último sábado, quando torcedores do Flamengo foram até o aeroporto do Galeão, no Rio, e cobraram os jogadores e o técnico rubro-negro com um forte protesto que conseguiu desestabilizar o emocional do meia Diego. O jogador, que desperdiçou uma das penalidades da equipe na semana passada com uma cavadinha no Maracanã, precisou ser contido por seguranças ao reagir contra os xingamentos que recebeu no saguão de embarque.

Essa pressão começou a ser aliviada com o empate por 1 a 1 com o Corinthians, no último domingo, em São Paulo, onde a igualdade só foi garantida com um gol no final do segundo tempo, pela rodada passada do Brasileirão. Entretanto, um novo revés fará o clima de cobrança voltar com tudo antes do duelo de volta com o Emelec, que ocorrerá no próximo dia 31, no Maracanã.

O duelo desta quarta-feira também vai ser o primeiro de Jorge Jesus em uma Libertadores, que foi citada pelo comandante nesta terça-feira como "um dos motivos pelos quais aceitou comandar o Flamengo". "Se alguma vez eu pensava em estar na Libertadores, não pensava. Minha vida é a Champions (Liga dos Campeões da Europa), mas Libertadores é a 'Champions' da América Latina", enfatizou.

Do lado do Emelec, o presidente do clube, Nassib Neme, demonstra confiança no sucesso da equipe, apesar das duas derrotas consecutivas sofridas nos dois últimos jogos do Campeonato Equatoriano. "O Emelec cresce muito neste tipo de jogo", disse o dirigente. "Vai ser uma disputa intensa, complicada, mas eu tenho muita fé na equipe."

O técnico espanhol Ismael Rescalvo não se abalou com a derrota, por 1 a 0, frente ao Deportivo Cuenca na sexta-feira, em casa. "Não é possível vencer sempre. Este tropeço não muda em nada o nosso plano de jogo e a expectativa para enfrentar o Flamengo."

Depois de vários dias de negociação, a diretoria do Flamengo confirmou nesta terça-feira a contratação de mais um reforço de peso para a sequência da temporada. Trata-se do lateral-esquerdo Filipe Luís, que assinou um contrato com o clube rubro-negro por dois anos e meio, até dezembro de 2021. A expectativa é que a apresentação do jogador, que recentemente se desligou do Atlético de Madrid e ainda está na capital da Espanha, aconteça nesta semana.

Para anunciar a contratação do lateral-esquerdo de 33 anos, campeão da Copa América com a seleção brasileira, o Flamengo usou em suas redes sociais uma foto de Filipe Luís ainda criança com a camisa rubro-negra - o jogador já declarou ser flamenguista de coração.

##RECOMENDA##

O jogador é o quarto reforço rubro-negro e se junta ao lateral-direito Rafinha, ao meia Gerson e ao zagueiro espanhol Pablo Marí como as contratações vindas no meio desta temporada. Se contar todo o ano, o Flamengo já contratou nove jogadores. Os que vieram em janeiro foram o defensor Rodrigo Caio, o lateral-direito João Lucas, o meia uruguaio Arrascaeta e os atacantes Bruno Henrique e Gabriel Barbosa.

Nascido em Jaraguá do Sul (SC) e revelado pelo Figueirense em 2003, o jogador foi o grande destaque da equipe catarinense e se transferiu para o Ajax, da Holanda. Filipe Luís também atuou pelo La Coruña, da Espanha, e foi eleito o melhor lateral-esquerdo do Campeonato Espanhol na temporada 2008/2009.

Em alta na Europa, o brasileiro foi contratado pelo Atlético de Madrid, em julho de 2010, e assinou por cinco anos com o clube espanhol. Durante este período, o atleta teve uma breve passagem pelo Chelsea, da Inglaterra, antes de ser recontratado pelo time de Madri, onde permaneceu até agora. Pela seleção brasileira, além da Copa América, disputou a Copa do Mundo de 2018 na Rússia.

Em sua volta ao Brasil depois de 14 temporadas, Filipe Luís poderá jogar duas competições em 2019: o Campeonato Brasileiro e a Copa Libertadores, caso o Flamengo passe pelo Emelec, do Equador, nas oitavas de final. O jogador chega para ser o dono da lateral esquerda do clube, que atualmente conta com Renê e o peruano Trauco.

O Flamengo volta viver dias de tensão depois de ser eliminado pelo Athletico-PR na Copa do Brasil. Neste sábado, uma confusão marcou o embarque da equipe carioca para o confronto de domingo com Corinthians, às 16h, em São Paulo, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Segundo informações do site Flapress, cerca de 30 torcedores compareceram ao aeroporto do Galeão para cobrar o time rubro-negro após o revés diante do clube paranaense. O principal alvo dos protestos foi o meio-campista Diego, que desperdiçou sua cobrança na decisão por pênaltis na última quarta-feira, no Maracanã.

##RECOMENDA##

Na chegada do ônibus da delegação flamenguista, os torcedores pediram para falar com o camisa 10, que também é capitão da equipe comandada por Jorge Jesus. Coube ao técnico português acalmar os ânimos dos fanáticos, que entoavam gritos de ordem.

"Não é mole, não, para jogar no Mengo tem que ter disposição", cobravam. "Ô, ô, ô, ô, quero de volta meu Flamengo vencedor" e "não é mole, não, a Libertadores já virou obrigação" também foram parte do repertório.

Ao notarem que os jogadores não saíam do ônibus, os torcedores cantaram: "Não é mole, não, estão se cagando dentro do busão". Foi aí que Jorge Jesus interveio: o comandante teria pedido para os torcedores não intimidarem nem agredirem os jogadores.

O português também teria sido aplaudido pela iniciativa. Em seguida, os seguranças do clube e do aeroporto fizeram uma espécie de cordão de isolamento para os atletas. De toda forma, o clima seguiu tenso. No caminho para o embarque, Diego chegou a responder, o que causou mais confusão. Alguns torcedores partiram para cima do meia e tentaram até invadir a área de embarque. Os seguranças tiveram de intervir para evitar um problema maior.

Os jogadores passaram pelo portão de embarque ouvindo xingamentos e novos gritos de "não é mole, não, para jogar no Mengo tem que ter disposição". Além do camisa 10, Vitinho e Pará também foram bastante cobrados.

Confusões à parte, o Flamengo divulgou os 25 atletas relacionados para o jogo contra o Corinthians. A lista inclui os recém-contratados Gerson, meia, e o espanhol Pablo Marí, zagueiro. Recuperado, Bruno Henrique está à disposição, mas Arrascaeta ficará fora por estar lesionado.

Depois da partida, a delegação rubro-negra dorme em São Paulo, pois na segunda-feira embarca para o Equador, onde enfrenta o Emelec, em Guayaquil. A partida é válida pelas oitavas de final da Libertadores e acontece na quarta.

Confira os relacionados para o jogo do Flamengo diante do Corinthians:

Goleiros: Diego Alves, César e Gabriel Batista;

Zagueiros: Léo Duarte, Rodrigo Caio, Rhodolfo, Thuler e Pablo Mari;

Laterais: Pará, Rafinha, Renê, Rodinei e Trauco;

Volantes: Cuéllar, Piris da Motta e Willian Arão;

Meias: Diego, Éverton Ribeiro e Gerson;

Atacantes: Berrío, Bruno Henrique, Gabriel, Lincoln, Lucas Silva e Vitinho.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando