Tópicos | Flamengo

A torcida do Flamengo parece não estar muito feliz com o desempenho do time em 2019, apesar da conquista do título do Campeonato Carioca, da classificação às oitavas de final da Copa Libertadores e da vitória na rodada de ida das oitavas de final da Copa do Brasil contra o Corinthians, mesmo jogando em São Paulo. A instabilidade no Campeonato Brasileiro, especialmente após a derrota para o Atlético-MG por 2 a 1 no sábado, com um a mais em campo no segundo tempo, gerou insatisfação e protestos dos torcedores, que na madrugada desta segunda-feira picharam muros da Gávea, sede do clube, e do CT Ninho do Urubu.

Os principais alvos foram o técnico Abel Braga e Luiz Eduardo Baptista, o Bap, vice de Relações Externas e membro do conselho gestor de futebol. "Fora Abel", "Fora Bap. O Flamengo não é seu", "Perder não é normal" e "Copa Mickey é o ca..." puderam ser lidos nos muros das duas instalações do clube rubro-negro.

##RECOMENDA##

A frase "Perder não é normal" faz uma referência ao que foi dito pelo técnico Abel Braga, na entrevista coletiva após a derrota em Belo Horizonte, que apontou que os resultados ruins diante do Internacional, em Porto Alegre, e para o Atlético-MG, ambas pelo Brasileirão, não eram resultados fora do comum diante das circunstâncias.

Já "Copa Mickey" foi uma lembrança à Florida Cup, torneio amistoso disputado durante a pré-temporada, em janeiro, nos Estados Unidos, e que teve a conquista enaltecida em uma recente nota oficial publicada pelo clube em suas redes sociais.

Com sete pontos após cinco rodadas, o Flamengo ocupa a nona posição na tabela de classificação - o líder Palmeiras tem 13. Na próxima rodada, o time rubro-negro encara o Athletico-PR, neste domingo, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

[@#galeria#@]

Flamengo e Franca deram início, na manhã deste domingo, à decisão da temporada 2018/2019 do NBB. Jogando no Maracanãzinho, no Rio, o time carioca, cinco vezes campeão da competição, venceu os adversários paulistas por 82 a 68. O confronto foi o primeiro da série de melhor de cinco duelos e a segunda partida ocorre na próxima quinta-feira, às 20h (horário de Brasília), no ginásio Pedrocão, em Franca.

##RECOMENDA##

Com cerca de 7 mil pessoas no ginásio, Olivinha liderou a equipe mandante e foi o grande destaque da partida com 23 pontos, além de oito rebotes. A boa atuação coroou uma semana especial para o pivô, que na terça-feira se tornou pai. "Essa é a semana mais especial da minha vida. Terça-feira eu estava acompanhando o nascimento da minha filha e logo na quarta-feira eu já tive jogo [contra o Botafogo, pela semifinal]. Felizmente consegui ajudar a equipe na vitória, espero que continue assim."

O Jogo 1 foi realizado no Maracanãzinho, no Rio, no palco em que o Flamengo não atuava desde 2015, quando jogou pela Liga das Américas. A torcida fez a sua parte para apoiar o time e teve seu reconhecimento por parte dos jogadores. "Sete mil pessoas nos apoiando, nossa equipe tentou fazer o melhor dentro de quadra para representá-los. Agora temos duas pedreiras lá em Franca, mas vamos trabalhar duro para isso. Vamos com calma, passo a passo. Mas, se a gente conseguir pelo menos uma vitória lá em Franca, vamos voltar para cá com boa vantagem", exaltou Olivinha.

Além de Olivinha, o Flamengo também contou com boa atuação de Marquinhos, que fez 14 pontos, cinco rebotes e cinco assistências, enquanto o armador Deryk foi responsável 11 pontos. Experiente, Anderson Varejão ajudou a equipe com dez pontos, cinco rebotes e quatro assistências. Por Franca, Lucas Dias e Alexey fizeram 15 pontos cada, com quatro rebotes e duas assistências, respectivamente. David Jackson teve participação de 13 pontos e três rebotes.

O JOGO

O primeiro quarto começou com o Flamengo ditando o ritmo de jogo com jogadas de Anderson Varejão, Deryk e Marquinhos. Porém, o time de Franca não deu mole e correu atrás do placar, aproveitando de seguidos erros ofensivos dos donos na casa. A primeira parcial terminou com a pequena diferença de cinco pontos a favor dos cariocas: 20 a 15.

No tempo seguinte, Olivinha começou a desencantar. As suas quatro tentativas de arremesso da linhas dos três pontos foram convertidas. Os visitantes até tentaram dar o troco, também de longa distância, mas jogadas fundamentais de Marquinhos e Jhonatan mantiveram a vantagem a favor do time da casa. O jogo foi para os vestiários em 48 a 32 para o Flamengo (parcial de 28 a 17).

O duelo recomeçou após o intervalo com Lucas Dias anotando cinco pontos para a equipe de Franca. Como resposta, Varejão e Olivinha dominaram a pontuação no garrafão. Porém, o camisa 9 dos visitantes estava determinado a acirrar a partida e conseguiu, com bola de três pontos, diminuir a diferença para 12 pontos. Entretanto, do outro lado o experiente pivô voltou a marcar em conjunto com Deryk, que converteu importante chute de longe.

A terceira parcial terminou em 19 a 18 para o time paulista, mas o que ficou marcado mesmo foi um toco dado por Varejão no momentos finais em que, em seguida, o pivô rubro-negro tentou salvar a saída de bola e acabou quebrando a mesa onde estavam os galões de água após cair de costas. A construção da vantagem no decorrer do jogo, principalmente no segundo quarto, ditou o ritmo do último quarto, em que o Flamengo só precisou administrar o resultado esperando pelo estouro final do cronômetro.

INVESTIMENTO

A final inédita do torneio de basquete nacional marca o encontro das duas equipes de maior investimento de toda a liga. Elas somam, ao todo, R$ 9 milhões. O time de Franca, com a ajuda do Sesi, principal investidor, trouxe nomes como Elinho e Lucas Dias, campeões pelo Paulistano na edição anterior. Também desembarcaram na equipe do interior de São Paulo David Jackson, Rafael Hettsheimeir, Jimmy e André Goes.

No Flamengo, Gustavo De Conti chegou para o lugar do técnico José Neto. As principais novidades foram a renovação de importantes nomes como Varejão, Marquinhos e Olivinha, e a chegada de Jhonatan, Deryk e Nesbitt, também campeões com o Paulistano, além de Balbi, Davi, Rafael Mineiro e Crescenzi.

O investimento se traduziu em resultado. Dono dos maiores orçamentos e das melhores campanhas na temporada regular do Novo Basquete Brasil, Franca e Flamengo iniciam neste domingo, às 10h45, no Maracanãzinho, no Rio, a série melhor de cinco que vai apontar o campeão da temporada 2018/2019.

As duas equipes investiram R$ 9 milhões nesta temporada. Com ajuda do Sesi, principal parceiro, e o patrocínio do Magazine Luiza, Franca reformulou o elenco. Elinho e Lucas Dias, campeões pelo Paulistano, David Jackson (Vasco), Hettsheimeir (Bauru), Jimmy (Mogi) e André Goes (Vitória) chegaram para unir forças com Alexey, Cipolini e Didi.

##RECOMENDA##

A reformulação também foi profunda no Flamengo, que tem a Thinkseg como principal investidora. A começar pela saída do técnico José Neto, substituído por Gustavo De Conti, campeão pelo Paulistano. O treinador chegou com salário de R$ 100 mil mensais e carta branca para montar o elenco.

Desembarcaram Jhonatan, Deryk e Nesbitt, que estavam com Gustavinho na equipe paulista, além de Balbi, Davi, Rafael Mineiro e Crescenzi. O clube ainda renovou com Varejão, Marquinhos e Olivinha.

"A relação investimento e resultado nem sempre dá certo. Mas, desta vez, os elencos com maior investimento, com mais qualidade, foram mais regulares ao longo da temporada e conseguiram chegar na decisão. Será uma final ainda mais atraente porque todos esperavam este encontro", disse Gustavinho.

Helinho, técnico de Franca, concorda com o adversário. "São times que possuem uma força muito grande em quadra. O Flamengo vem de um investimento há algum tempo. E Franca, enxergo que foi construindo essa força ao longo dos últimos anos, com contratações certas, revelando atletas, no seu jeito de jogar. As equipes chegam nesta final por merecimento."

Na temporada regular, Franca terminou em primeiro, com 23 vitórias e três derrotas. O Flamengo ficou logo atrás, com 22 triunfos em 26 duelos. Nos playoffs, o time francano passou por Bauru e Mogi sem perder e voltou à decisão depois de oito anos. Já o rubro-negro derrotou Corinthians por 3 a 0 e Botafogo por 3 a 1. A última vez que os melhores da temporada regular decidiram o título do NBB foi na disputa na temporada 2015/2016, quando o Flamengo bateu Bauru.

"Foram os times que jogaram melhor o campeonato e mereceram estar na final. Acredito que será uma grande série, entre rivais de peso no basquete e que possuem torcidas fanáticas e apaixonadas", comentou Hettsheimeir. "Vai ser uma série bem dura, o Flamengo tem jogadores experientes. Temos de tentar fazer valer o mando de quadra", acrescentou o jogador Elinho.

Para Varejão, o fato de Franca e Flamengo disputarem o título é significativo. "Esta decisão comprova que quanto mais se investe, mais você tem resultados. Não tem segredo", disse.

Campeão com o Paulistano, que surpreendeu os favoritos na última temporada, Jhonatan vai na mesma linha. "Já estive dos dois lados, em equipes com pouco investimento e outras com muito. Isso é uma situação importante para o esporte."

Equipes de maior orçamento, Flamengo e Franca vão decidir o título do NBB, o campeonato nacional masculino de basquete, da temporada 2018/2019. A equipe do técnico Gustavo De Conti superou o Botafogo por 90 a 75, nesta terça-feira, no ginásio Oscar Zelaya, e fechou a série melhor de cinco pela semifinal por 3 a 1.

A primeira partida da decisão está marcada para domingo, às 10h45, no ginásio do Maracanãzinho. O campeão será conhecido em uma melhor de cinco, com o segundo (quinta-feira, dia 23) e terceiro (sábado, dia 25) jogos ocorrendo no Pedrocão. O quarto e quinto confrontos, se necessários, serão no Rio e em Franca, respectivamente.

##RECOMENDA##

O elenco mais qualificado do Flamengo fez diferença no quarto confronto da série com o Botafogo. Com mais opções, Gustavinho conseguiu rodar o time nos momentos de dificuldade e, com boa produção dos jogadores que saíram do banco, como Davi (12 pontos) e Anderson Varejão (11), se garantiu na decisão.

O cestinha do Flamengo foi Marquinhos, que terminou o jogo com 23 pontos (66,7% de aproveitamento nas bolas de três). O ala ainda deu cinco assistências e pegou quatro rebotes. Pelo lado do Botafogo, Jamaal se destacou com 32 pontos.

"Parabéns para o Botafogo, que lutou muito, dificultou bastante. Parabéns para o Flamengo também. Tínhamos como objetivo voltar à final e conseguimos. Agora é se preparar para uma batalha na decisão", afirmou Marquinhos ao Fox Sports.

A partida ficou paralisada em dois momentos. No terceiro quarto, quando um copo foi arremessado na direção do banco do Flamengo pela torcida do Botafogo - após muita confusão para identificar o torcedor, o jogo foi reiniciado. Já na última parcial, o problema foi com a iluminação do ginásio, quando alguns refletores se apagaram.

O sorteio das oitavas de final da Copa Libertadores definiu os duelos da fase de mata-mata da competição, na noite desta segunda-feira. Em evento realizado na sede da Conmebol, no Paraguai, os oito duelos foram definidos. A grande final, em jogo único, será realizada no dia 23 de novembro, um sábado, em Santiago, no Chile.

O Palmeiras, dono da melhor campanha na fase de grupos, vai encarar o Godoy Cruz, da Argentina. Já o Cruzeiro, que faz ótima campanha, não teve a mesma sorte e vai pegar o atual campeão River Plate, da Argentina. Os times brasileiros decidem em casa a vaga para as quartas de final.

##RECOMENDA##

O Flamengo, que vem fazendo um grande investimento para conquistar o título sul-americano, vai decidir sua sorte contra o Emelec, do Equador. O Athletico-PR, por sua vez, vai enfrentar o Boca Juniors, da Argentina, em um duelo complicado para o atual campeão da Copa Sul-Americana. Será bons duelos entre brasileiros e Argentinos.

Por conta do formato do sorteio, havia expectativa sobre um eventual Gre-Nal nas oitavas. Mas o Internacional vai enfrentar o tradicional Nacional, do Uruguai, enquanto seu rival Grêmio terá de decidir a vaga fora de casa diante do Libertad, do Paraguai. Se passar, poder pegar o Palmeiras, que ficou do mesmo lado da chave, assim como o Flamengo e Internacional. Já Cruzeiro e Athletico-PR estão do outro lado da chave.

Confira os confrontos das oitavas de final da Libertadores:

JOGO 01: River Plate (Argentina) x CRUZEIRO (Brasil)

JOGO 02: Godoy Cruz (Argentina) x PALMEIRAS (Brasil)

JOGO 03: Emelec (Equador) x FLAMENGO (Brasil)

JOGO 04: LDU (Equador) x Olímpia (Paraguai)

JOGO 05: ATHLETICO-PR (Brasil) x Boca Juniors (Argentina)

JOGO 06: Nacional (Uruguai) x INTERNACIONAL (Brasil)

JOGO 07: GRÊMIO (Brasil) x Libertad (Paraguai)

JOGO 08: San Lorenzo (Argentino) x Cerro Porteño (Paraguai)

O Corinthians recebe nesta quarta-feira o Flamengo na arena em Itaquera, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. A partida colocará frente a frente os times que conseguiram os melhores contratos de TV, ambos com a Rede Globo, e que motivaram a revolta do Palmeiras - o clube alviverde ainda não fechou contrato para a TV aberta e pay-per-view e na fechada tem vínculo com a Turner.

O Corinthians espera faturar pelo menos R$ 240 milhões com a Globo neste ano, de acordo com seu balanço financeiro. O Flamengo não divulgou valores, mas os números são semelhantes. O dinheiro de um e outro pode ser maior ou menor porque há variáveis no contrato, como porcentagem referente ao número de jogos exibidos e mais um valor pago de acordo com o desempenho.

##RECOMENDA##

Apesar de estarem em padrão de igualdade, as realidades financeiras das equipes são quase opostas. "O Flamengo vem de reestruturação financeira muito grande nos últimos cinco anos: reduziu despesas e fez caixa. Por isso, nos últimos dois, está com patamar financeiro mais interessante para contratar e pagar bons salários. O clube não depende só da TV, é o segundo que mais arrecada com patrocínios, tem a bilheteria... são fontes de receitas diversificadas", informou Pedro Daniel, líder de esportes da EY, empresa de consultoria.

O clube paulista vive momento mais complicado por causa da dívida de seu estádio, que hoje é de R$ 1,1 bilhão - mensalmente, o Corinthians tem de desembolsar R$ 6 milhões para pagar o financiamento junto ao BNDES e isso compromete quase toda a bilheteria. "O clube fica muito refém da TV. E fica com dificuldade em termos competitivos para poder contratar e pagar seus principais atletas", analisou Daniel.

Os números divulgados pelo site Transfermaket exemplificam um pouco o que o analista comentou sobre os clubes. O Corinthians investiu 6,59 milhões de euros (cerca de R$ 29,5 milhões) em contratações nos últimos 12 meses, enquanto o Flamengo gastou 51 milhões de euros (R$ 228 milhões).

Apesar de ter trazido 12 jogadores para a atual temporada, além do técnico Fábio Carille, o presidente Andrés Sanchez estipulou um teto salarial e reduziu a folha 4% em relação a 2018. Hoje paga mensalmente algo em torno de R$ 11 milhões.

O Flamengo investiu alto nas contratações e só de salário para o atacante Gabriel gasta cerca de R$ 1,25 milhão - o jogador está emprestado pela Inter de Milão. A folha salarial do elenco está em torno de R$ 15 milhões.

"Em curto prazo o Corinthians não tem como competir com o Flamengo. Para conseguir isso, precisa antes de qualquer coisa, de alguma maneira, reduzir despesa e com o tempo fazer caixa para poder contratar atletas de peso. O Flamengo fez a lição de casa recentemente e colhe os frutos", encerrou Daniel.

Após a suada classificação ao mata-mata da Copa Libertadores que deixou o Flamengo aliviado e diminuiu um pouco a pressão sobre o elenco, o time rubro-negro volta a campo neste domingo, às 11 horas, para enfrentar a Chapecoense, no Maracanã, em duelo da quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

A equipe carioca, que estreou com vitória sobre o Cruzeiro, precisa voltar a vencer para encostar no grupo dos primeiros colocados. Nas últimas duas exibições, ambas fora de casa, foi derrotado pelo Inter por 2 a 1 e empatou com o São Paulo em 1 a 1.

##RECOMENDA##

Pelo que indicou nos últimos treinamentos, o técnico Abel Braga deve repetir a escalação reserva que atuou contra o São Paulo, mas com algumas mudanças pontuais. O motivo de escalar um time alternativo é a proximidade da partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil diante do Corinthians, marcada para a próxima quarta-feira, às 21h30, em São Paulo.

"É uma partida que ficou entre dois jogos na teoria importantes. Mas temos que ter cuidados. Temos que sentir as conquistas, mas acaba hoje. Em alguns momentos, perdemos um pouco a concentração com o que estava por vir, perdemos a concentração", afirmou Diego, que terá a missão de liderar o time formado por reservas. O meia perdeu a titularidade para o uruguaio Arrascaeta.

As possíveis mudanças podem incluir o volante Hugo Moura improvisado na zaga ao lado de Mateus Thuler e a escalação de Vitinho, que atuou poucos minutos contra o Peñarol, no Uruguai. Já o goleiro Diego Alves foi relacionado pelo técnico Abel Braga e deve ser o titular do Flamengo.

Recuperado de uma entorse no tornozelo esquerdo, o atacante Uribe voltou a treinar e deve ficar no banco de reservas. O zagueiro Rhodolfo, ainda com dores musculares, segue de fora. Os outros jogadores titulares serão poupados para preservar a integridade física após o jogo contra o Peñarol, realizado no meio da semana.

Um dia após se classificar às oitavas de final da Copa Libertadores, o Flamengo anunciou a chegada de mais um reforço para a sequência da temporada. O clube oficializou a contratação do lateral-direito João Lucas, que foi um dos destaques do Bangu no último Campeonato Carioca - o time foi semifinalista da competição.

João Lucas, de 21 anos, assinou contrato com o Flamengo até o fim de 2021. Ele disputou oito jogos pelo Bangu no Estadual. Antes de defender o time carioca, ele teve passagens por Vila Nova-MG, onde foi formado nas divisões de base, e Goiás.

##RECOMENDA##

Com o anúncio da sua contratação, João Lucas deverá estar em breve à disposição do técnico Abel Braga, que tem Pará e Rodinei como principais opções para a lateral direita do Flamengo. O clube também já indicou interesse na contratação de Rafinha, hoje no Bayern de Munique, na próxima janela de transferências internacionais.

Em suas primeiras declarações como jogador do Flamengo, João Lucas celebrou a chance de atuar por um dos principais clubes do futebol brasileiro.

"A expectativa é a melhor possível no Flamengo. É uma enorme honra e prazer vestir essa camisa que vários craques já usaram. A torcida é a maior e mais bonita do Brasil. Espero corresponder as expectativas e marcar o meu nome na história Rubro-Negra", disse João Lucas ao site oficial do Flamengo.

O Flamengo avançou de fase na Libertadores da América ao empatar em 0x0 com os uruguaios do Peñarol no estádio Campéon Del Siglo nesta quarta-feira (8). Após a partida, uma cena lamentável foi flagrada pelas câmeras. Um torcedor da equipe da casa comete um ato racista ao imitar um macaco para a torcida do Flamengo.

Durante a partida outro caso também foi flagrado. Um objeto que ao que parece era uma casca de banana foi arremessado no atacante rubro-negro Vitinho. No momento, ele ainda tentou levar o objeto até a equipe de arbitragem, mas acabou impedido por jogadores do Peñarol. O jogador negou posteriormente que fosse uma banana. 

##RECOMENDA##

Mas o caso do torcedor flagrado nas câmeras deixa poucas dúvidas. O gestual imitando um macaco em direção à torcida do Flamengo pode ser ver na imagem claramente. Essa não é a primeira vez que a torcida do Peñarol é acusada de racismo. Em 2017 em partida contra o Palmeiras disputada em São Paulo, o volante Felipe Melo afirmou que foi chamado de macaco pelos jogadores da equipe uruguaia.

[@#video#@]

Mesmo tendo desperdiçado ao menos oito grandes chances de marcar um gol, o Flamengo empatou, nesta quarta-feira, com o Peñarol, por 0 a 0, e se classificou para as oitavas de final da Copa Libertadores, em Montevidéu, numa partida que se tornou dramática para o time da Gávea após a expulsão de Pará durante o segundo tempo.

O time da Gávea terminou em primeiro lugar no Grupo D com os mesmos dez pontos da LDU, que fez 4 a 0 no boliviano San Jose nesta quarta, e do próprio Peñarol. O desempate foi no saldo de gols, com a equipe carioca somando seis gols, contra quatro dos equatorianos e dois dos uruguaios.

##RECOMENDA##

O adversário do Flamengo nas oitavas de final da Libertadores vai ser realizado através de sorteio agendado pela Conmebol para segunda-feira. Antes, no domingo, o time vai receber a Chapecoense, no Maracanã, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

O JOGO - O Flamengo teve a chance de abrir vantagem logo a um minuto de jogo, depois que Everton Ribeiro arrancou, tocou para Arrascaeta, que descobriu Gabriel livre na área. Mas o atacante perdeu grande chance e irritou o técnico Abel Braga.

Empurrado pela torcida, o Peñarol tentou atacar, afinal o técnico Diego López havia escalado três atacantes. Mas o tradicional time uruguaio está longe dos seus melhores dias. A única boa chance surgiu aos oito minutos com Brian Rodriguez em chute de fora da área.

Aliás, o primeiro tempo foi todo do Flamengo, que soube valorizar a posse de bola, esfriar o ânimo uruguaio e, com isso, obteve ao menos seis boas chances de marcar, graças às jogadas individuais de Everton Ribeiro, os passes de Arrascaeta e a velocidade de Bruno Henrique.

Aos 22, Gabriel chutou fora, quando deveria ter invadido um pouco mais a área. Bruno Henrique chegou atrasado em outros dois lances, após jogadas bem trabalhadas. O Peñarol limitava-se a concentrar suas ações nos lances de bola parada e nos chutes de longa distância, mas não levou mais perigo ao gol de César até o fim da primeira etapa.

Após 45 minutos, a impressão é que o Flamengo poderia ter definido sua classificação. E o tempo final começou da mesma forma. Eme nove minutos, Arrascaeta e Gabriel tiveram ótimas chances de marcar, mas falharam.

O jogo estava controlado. O Peñarol não demonstrou força para buscar a vitória. Mas o Flamengo quase entregou, após falha geral da zaga, aos 15 minutos. Léo Duarte afastou quase em cima da linha.

O confronto começou a mudar aos 19 minutos, quando Pará foi expulso, ao receber o segundo amarelo por causa de falta em Brian Rodriguez. O Peñarol se entusiasmou e Abel tirou Bruno Henrique para colocar Rodinei.

Sabedor de que a LDU tinha um placar favorável diante do San Jose, o Peñarol foi para o ataque, mesmo que de forma desordenada. Aos 25 minutos, Lema tentou de longe e forçou César a fazer boa defesa. González levou perigo na sequência, ao chutar cruzado. Aos 29, Cebolla Rodriguez cabeceou por cima.

Nos últimos 15 minutos, o Flamengo ficou acuado, diante de um Peñarol que não sabia o que fazer com a bola. Aos 47, Vitinho partiu sozinho do campo de defesa, mas chutou em cima do goleiro Dawson. Aos 50, uma confusão ocorreu entre vários jogadores, algumas garrafas foram atiradas dentro do campo e o juiz encerrou a partida, tendo expulsado Giovanni González.

FICHA TÉCNICA

PEÑAROL 0 X 0 FLAMENGO

PEÑAROL - Dawson; Giovanni González, Formiliano (Trindade), Lema e Lucas Hernández; Guzmán Pereira, Gargano (Cannobio) e Cristian Rodríguez; Darwin Núñez (Gabriel Fernández), Viatri e Brian Rodríguez. Técnico: Diego López

FLAMENGO: César; Pará, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Cuéllar, Willian Arão, Everton Ribeiro e Arrascaeta (Vitinho); Gabriel (Diego) e Bruno Henrique (Rodinei). Técnico: Abel Braga.

ÁRBITRO - Roberto Tobar (Fifa/Chile).

CARTÕES VERMELHOS - Pará e Giovanni González.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu (Uruguai).

A CBF sorteou nesta quinta-feira (2), poucos minutos depois de definir os confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil, os mandos de campos dos oito duelos desta fase. Nos três embates entre clubes tradicionais do País, Flamengo, Santos e Cruzeiro se deram bem e farão o jogo de volta como mandantes contra Corinthians, Atlético-MG e Fluminense, respectivamente.

Por conta da preocupação com a segurança, para evitar confronto entre torcidas rivais, a CBF sempre realiza "sorteios casados" na hora de definir os mandos de campo. A intenção é evitar que dois ou mais jogos sejam realizados na mesma data na mesma cidade.

##RECOMENDA##

Assim, o duelo Flamengo x Corinthians foi "casado" com Sampaio Corrêa e Palmeiras, que farão a primeira partida em São Luis. O mesmo aconteceu com os confrontos de times mineiros mais São Paulo x Bahia, por conta do jogo do Santos contra o Atlético-MG. Pelo sorteio, o clube tricolor paulista terá de decidir a vaga nas quartas de final em Salvador.

Entre os clubes gaúchos, quem se deu melhor foi o Grêmio, que decidirá em casa contra o vencedor de Vila Nova e Juventude. O Internacional terá de fazer a partida decisiva contra o Paysandu em Belém. Por fim, o Athletico-PR ficou com a vantagem de jogar em Curitiba contra o Fortaleza na rodada de volta.

As oitavas de final marcam as estreias de 11 equipes na Copa do Brasil. São os oito clubes classificados à Copa Libertadores - Flamengo, Cruzeiro, Atlético-MG, São Paulo, Grêmio, Internacional, Athletico-PR e Palmeiras -, mais Fortaleza (atual campeão da Série B do Campeonato Brasileiro), Sampaio Corrêa (vencedor da Copa do Nordeste) e Paysandu (ganhador da Copa Verde).

Estes clubes se juntam aos cinco clubes que passaram pelas quatro primeiras fases da competição. Quatro deles já são conhecidos: Corinthians, Santos, Bahia e Fluminense. O quinto e último será definido na partida entre Vila Nova e Juventude, na próxima terça-feira, em Goiânia, pela rodada de volta - na ida, em Caxias do Sul (RS), houve empate por 0 a 0.

A CBF reservou três datas para a rodada de ida - 15, 22 e 29 de maio - e três para a volta - 22 e 29 de maio e 5 de junho. Com a parada para a disputa da Copa América, as quartas do Brasil serão realizadas apenas em julho, nos dias 10 e 17.

Conforme anunciado anteriormente pela CBF, o VAR (árbitro de vídeo) será utilizado na Copa do Brasil justamente a partir das oitavas de final.

Confira os confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil:

RODADA DE IDA

Corinthians x Flamengo

Fluminense x Cruzeiro

Atlético-MG x Santos

Sampaio Corrêa x Palmeiras

São Paulo x Bahia

Internacional x Paysandu

Vila Nova/Juventude x Grêmio

Fortaleza x Athletico-PR

RODADA DE VOLTA

Flamengo x Corinthians

Cruzeiro x Fluminense

Santos x Atlético-MG

Palmeiras x Sampaio Corrêa

Bahia x São Paulo

Paysandu x Internacional

Grêmio x Vila Nova/Juventude

Athletico-PR x Fortaleza

A CBF sorteou nesta quinta-feira os confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil e definiu três duelos entre clubes tradicionais do País. Flamengo e Corinthians reeditarão umas das semifinais do ano passado - os paulistas se classificaram - e o Cruzeiro, atual bicampeão e maior vencedor da competição com seis títulos, enfrentará o Fluminense. O outro embate de destaque é entre Atlético-MG e Santos.

Internacional, Grêmio e Palmeiras "deram sorte" e terão pela frente equipes menos tradicionais. O clube colorado enfrentará o Paysandu, o rival tricolor jogará contra quem passar de Vila Nova e Juventude e o alviverde paulista encarará o Sampaio Corrêa. Por fim, o São Paulo fará um duelo de tricolores contra o Bahia e o Athetico-PR medirá forças contra o Fortaleza.

##RECOMENDA##

As oitavas de final marcam as estreias de 11 equipes na Copa do Brasil. São os oito clubes classificados à Copa Libertadores - Flamengo, Cruzeiro, Atlético-MG, São Paulo, Grêmio, Internacional, Athletico-PR e Palmeiras -, mais Fortaleza (atual campeão da Série B do Campeonato Brasileiro), Sampaio Corrêa (vencedor da Copa do Nordeste) e Paysandu (ganhador da Copa Verde).

Estes clubes se juntam aos cinco clubes que passaram pelas quatro primeiras fases da competição. Quatro deles já são conhecidos: Corinthians, Santos, Bahia e Fluminense. O quinto e último será definido na partida entre Vila Nova e Juventude, na próxima terça-feira, em Goiânia, pela rodada de volta - na ida, em Caxias do Sul (RS), houve empate por 0 a 0.

A CBF reservou três datas para a rodada de ida - 15, 22 e 29 de maio - e três para a volta - 22 e 29 de maio e 5 de junho. Com a parada para a disputa da Copa América, as quartas do Brasil serão realizadas apenas em julho, nos dias 10 e 17.

Conforme anunciado anteriormente pela CBF, o VAR (árbitro de vídeo) será utilizado na Copa do Brasil justamente a partir das oitavas de final.

Confira os duelos das oitavas de final da Copa do Brasil:

Internacional x Paysandu

Flamengo x Corinthians

Atlético-MG x Santos

Grêmio x Vila Nova/Juventude

Palmeiras x Sampaio Corrêa

Athletico-PR x Fortaleza

Cruzeiro x Fluminense

São Paulo x Bahia

Depois do choque de cabeça com Dedé que o tirou do final da vitória por 3 a 1 do Flamengo sobre o Cruzeiro na estreia do Campeonato Brasileiro no último sábado (27), o zagueiro Rodrigo Caio gravou um vídeo no hospital para tranquilizar os familiares, amigos e os torcedores.

"Obrigado pelas orações. Foi só um "cortezinho". Estou bem. Estou consciente e lembrei de tudo. Logo estou de volta", disse o jogador no vídeo publicado em suas redes sociais. O corte a que se referiu foi na boca.

##RECOMENDA##

Rodrigo caio foi a nocaute após chocar seu rosto contra a cabeça de Dedé em disputa de bola no último lance do jogo, aos 50 minutos, e causou preocupação nos torcedores e jogadores, especialmente no próprio Dedé, que tirou a camisa para abanar o zagueiro.

O jogador permaneceu caído no gramado por um tempo e depois de ser atendido pelo departamento médico do Flamengo, foi levado de ambulância para o hospital. Segundo os médicos do clube, o zagueiro deixou o Maracanã consciente.

Não houve fratura nos exames realizados e o jogador não preocupa para os próximos jogos, mas deve permanecer no hospital para fazer mais exames. A expectativa é de que receba alta neste domingo. Após vencer o Cruzeiro, o Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira, às 16 horas, em duelo contra o Inter, em Porto Alegre.

PREOCUPADO - Mesmo que Rodrigo Caio não deva ser desfalque para a sequência de partidas, o técnico Abel Braga se mostrou preocupado com a possibilidade de, além do zagueiro, ter outras baixas no elenco depois de optar por escalar os titulares, pressionado em razão da derrota recente para a LDU, do Equador, na Copa Libertadores.

"A gente vai brigar por cada jogo. Foi um pouco imprudente colocar a mesma equipe do jogo passado. Joguei sem um goleiro, não sei se vou ter os centrais para o próximo jogo, é complicado. Ainda bem que vencemos um grande time, é duro de ser batido", afirmou o treinador na coletiva após o jogo.

Confira o vídeo:

[@#video#@]

Seguidos atrasos na volta do intervalo das partidas contra San José e Peñarol custaram caro ao Flamengo na Copa Libertadores. A Conmebol anunciou nesta terça-feira uma punição ao clube carioca por demorar além do tempo no retorno ao campo na derrota para o Peñarol, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, no último dia 3, e, conforme previsto em regulamento, o técnico Abel Braga está suspenso do jogo contra a LDU, nesta quarta, em Quito, no Equador.

O Flamengo já tinha sido advertido por atraso na partida contra o San José, em Oruro, na estreia pela competição continental, e não escapou da punição na reincidência. De acordo com a Conmebol, os clubes têm 15 minutos "de apito a apito" no período de intervalo. O clube carioca estuda como recorrer, mas a medida é incontestável, já que é prevista no regulamento da competição como responsabilidade do treinador.

##RECOMENDA##

O clube já foi informado da punição e, assim, a tendência é que o auxiliar Leomir comande a equipe contra a LDU, nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no estádio Rodrigo Paz Delgado, conhecido como Casa Blanca, em Quito, pela quinta rodada do Grupo D.

Se Abel Braga está fora, o atacante Gabriel tem presença confirmada na partida. O jogador teve confirmada apenas a suspensão automática pela expulsão contra o Peñarol - cumprida contra o San José. Mas recebeu uma multa de US$ 1.500,00 (cerca de R$ 6 mil), que será debitada dos direitos de televisão do Flamengo.

A delegação rubro-negra chegou a Quito na noite de segunda-feira e treina nesta terça no estádio Atahualpa, em Quito. Abel Braga terá força máxima contra a LDU.

Cada vez mais próximo de pendurar as chuteiras, o zagueiro Juan, de 40 anos, foi relacionado para o segundo jogo da final do Campeonato Carioca, na qual Flamengo e Vasco se enfrentam neste domingo (21), às 16h, no Maracanã. Na ida, a equipe rubro-negra venceu por 2 a 0.

O defensor flamenguista terá seu contrato encerrado no fim de abril e sua despedida deve acontecer no jogo em casa contra o Cruzeiro, dia 27, data da estreia da equipe comandada pelo técnico Abel Braga no Campeonato Brasileiro.

##RECOMENDA##

O ídolo sofreu uma lesão no tendão de Aquiles em setembro do ano passado e ficou seis meses fora dos gramados. Em 2019, jogou apenas uma partida, saindo do banco nos minutos finais da vitória por 2 a 0 sobre o Madureira, na Taça Rio, no fim de março.

Cria da base flamenguista, Juan tem 331 jogos pelo clube, com 32 gols marcados. Ao lado de Júnior Baiano, o atleta é o maior zagueiro-artilheiro da história do Flamengo.

Se confirmar o título sobre o Vasco, o defensor somará três conquistas contra os rivais cruzmaltinos. Ele esteve em campo nas decisões dos estaduais de 2000 e 2001, vencidas pelo time rubro-negro.

No próximo compromisso do Flamengo, contra a LDU (EQU), fora de casa, na quarta-feira, Juan é ausência confirmada. Apesar de figurar na lista de relacionados para a decisão do Campeonato Carioca, o ídolo não está inscrito na Libertadores.

Além do clube rubro-negro, Juan defendeu mais quatro equipes ao longo de sua carreira profissional de 23 anos. Ele teve passagens destacadas por Bayer Leverkusen (ALE), Roma (ITA) e Internacional, além da seleção brasileira, pela qual disputou as Copas do Mundo de 2006 e 2010.

Desde o início do ano, dezenas de times de futebol de todo Brasil se enfrentam em partidas estaduais. São jogos emocionantes e disputados, levando os torcedores a sentirem desde raiva, a palpitações e sentimentos de esperança e animação.

Neste final de semana, os campeonatos estaduais chegam ao fim, entre eles o Pernambucano, o Cearense e o Carioca. Mas quais as probabilidades do Náutico ganhar do Sport ou o Vasco superar a vantagem do Flamengo e se tornar o campeão no Rio de Janeiro? E na capital paulista, onde Corinthians e São Paulo ainda estão no 0x0? 

##RECOMENDA##

Convidamos o professor de matemática Julio César Cocão para uma aula de probabilidade, que além de servir para o futebol, é fundamental para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O educador explica quem tem mais chance de ser campeão. Veja:

 

O lateral-esquerdo Renê não se ilude com a vantagem de 2 a 0 obtida pelo Flamengo no primeiro jogo da decisão do Campeonato Carioca, diante do Vasco. Segundo o jogador, o rubro-negro deverá entrar em campo com a atenção redobrada para o segundo duelo, neste domingo, às 16 horas, no Maracanã.

"Temos de entrar concentrados em campo para conseguirmos fazer um grande jogo, como foi o primeiro. É um clássico, jogo muito duro e se não tivermos cuidado as coisas podem reverter", disse o jogador, nesta sexta-feira, durante entrevista coletiva.

##RECOMENDA##

O lateral espera por um jogo mais disputado. "O Vasco vai precisa ir atrás do resultado. Temos de aproveitar esta situação para atacar e também buscar a vitória. Vai ser um jogo muito difícil. Vamos ter de realizar um grande jogo."

Renê comentou o fato de não poder contar com Bruno Henrique no setor esquerdo do ataque, pois o companheiro de equipe está suspenso. "Ele (Bruno Henrique) possui características próprias. É alto, rápido, forte e se movimenta muito em campo. O Diego já é um articulador de jogadas, que nos dá muitas opções na partida."

Sobre o compromisso de quarta-feira, no Equador, diante da LDU, pela quinta rodada da fase de grupos da Libertadores, Renê disse que prefere pensar neste duelo somente a partir de segunda. "Temos de pensar jogo a jogo. Antes temos uma decisão de Estadual, com estádio lotado, frente ao mar rival. Sabemos da importância que tem essa partida. Na segunda-feira vamos conversar para saber o que poderemos fazer na quarta-feira."

O juiz Pedro Henrique Alves, da 1ª Vara da Infância, Juventude e Idoso do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, liberou, nesta terça-feira, o uso parcial do Ninho do Urubu, o CT do Flamengo, por jogadores das divisões de base do clube.

A decisão do juiz acata pedido do Ministério Público do Rio, ainda que sob algumas condições. De qualquer forma, a liberação permitirá que as divisões de base do Flamengo voltem a treinar no CT, onde ocorreu incêndio que provocou a morte de dez jovens atletas, em fevereiro.

##RECOMENDA##

O magistrado definiu que os atletas das divisões de base do Flamengo não poderão pernoitar no Ninho do Urubu. "Libero parcialmente o Centro de Treinamento Ninho do Urubu, para ingresso dos menores integrantes das categorias de base do CRF, com vistas, exclusivamente, à realização de treinamentos e demais atividades esportivas e correlatas, conforme área limite de trânsito, bem como frequentar os vestiários, centro médico e restaurante", determina o juiz.

A decisão do magistrado tem três condicionantes. São elas: disponibilização de assistência médica integral e oportuna em caso de incidente de urgência, realização de vistoria no local e de uma audiência, marcada para 21 de maio.

Durante o período em que não podia utilizar o Ninho do Urubu, as divisões de base do Flamengo vinham treinando no CT do Audax, localizado em São João do Meriti, na região metropolitana do Rio.

O Ninho do Urubu chegou a ficar interditado de 27 de fevereiro a 11 de março, mas o Flamengo conseguiu liberá-lo após realização de vistorias e a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) junto ao Corpo de Bombeiros com medidas regularizadoras contra incêndio e pânico.

O Flamengo goleou o San José, da Bolívia, por 6 a 1, nesta quinta-feira, no Maracanã, pela quarta rodada da fase de grupo da Copa Libertadores. Com o resultado, o time carioca assumiu a liderança do Grupo D, com os mesmos nove pontos do Peñarol, mas com um saldo de gols melhor (7 a 4).

O Flamengo precisa de apenas um ponto nos dois últimos jogos para garantir vaga nas oitavas de final. A equipe do técnico Abel Braga volta a jogar pela competição no dia 24, diante da LDU, no Equador. A última partida será em 8 de maio, em Montevidéu, frente ao Peñarol.

##RECOMENDA##

Agora, o Flamengo "muda a chave" e passa a se concentrar na decisão do Campeonato Carioca. O primeiro jogo será domingo, no Engenhão, diante do Vasco.

O JOGO - O Flamengo começou em ritmo alucinante. No primeiro minuto, Everton Ribeiro arrancou pelo meio, passou pela marcação e tocou para Arrascaeta, que bateu cruzado para defesa de Lampe.

A pressão foi enorme e o gol não demorou a sair. Após cobrança de escanteio pela direita, Bruno Henrique desviou e Diego abriu o placar, com ajuda do goleiro, aos dois minutos. Aos quatro, o zagueiro Toco foi expulso ao cometer falta em Bruno Henrique, que escapava sozinho em direção ao gol boliviano.

O jogo era de um time só. O San José só se defendia, enquanto o Flamengo abusou da posse de bola. Mas uma bobeada da defesa do time carioca propiciou o gol de empate da equipe boliviana, marcado por Saucedo, aos 18 minutos. O lance foi irregular, pois Sanguinetti, que participou da jogada, estava impedido.

A cobrança das arquibancadas veio na sequência por intermédio de vaias, mas o Flamengo não perdeu a concentração e manteve seu domínio. Diego e Everton Ribeiro quase marcaram.

Aos 30, o segundo gol do Flamengo saiu da forma menos esperada: no contra-ataque. Diego Alves saiu bem em um escanteio e iniciou o ataque. Everton Ribeiro e Bruno Henrique levaram a bola, que acabou sobrando para o camisa 7 bater de pé direito para colocar o Flamengo de novo em vantagem no placar.

O time brasileiro poderia ter ampliado ainda mais o placar, mas Arrascaeta, Willian Arão e Bruno Henrique falharam na finalização. Além disso, Pará e Renê não tiveram boa atuação, o que fez o time afunilar as jogadas e facilitar a marcação boliviana.

O segundo tempo foi todo de Arrascaeta, que recebeu uma oportunidade como titular. O uruguaio colecionou dribles, lançamentos e ainda fez um lindo gol aos 11 minutos. O meia matou no peito e bateu bonito de pé direito para fazer 3 a 1.

Se no ataque o Flamengo ia bem, na defesa o time da Gávea apresentou fragilidade, principalmente nas laterais. Mas a superioridade técnica era muito grande. Diego quase fez um golaço, Rodrigo Caio acertou o travessão, mas o quarto gol só saiu aos 34 minutos, após uma jogada que teve início com Willian Arão e Pará, dois dos jogadores mais cobrados pela torcida. A bola sobrou para Everton Ribeiro, que fez o segundo dele e o quarto do Flamengo.

Com o Maracanã em êxtase, Willian Arão foi puxado por Gutierrez dentro da área, após cobrança de escanteio. Pênalti que Vitinho converteu: 5 a 1, aos 38 minutos. Mais quatro minutos e Gutierrez falhou, ao desviar cruzamento de Pará: 6 a 1. Assim, os mais de 64 mil flamenguistas presentes deixaram o estádio em festa.

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO 6 X 1 SAN JOSÉ

FLAMENGO - Diego Alves; Pará, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê (Trauco); Cuéllar, Willian Arão, Diego (Vitinho) e Everton Ribeiro (Lucas Silva); Arrascaeta e Bruno Henrique. Técnico: Abel Braga.

SAN JOSÉ - Lampe; Juárez (Rojas), Edemir Rodríguez, Toco e Jair Torrico; Ovando, Didí Torrico, Gutiérrez e Sanguinetti; Rodrigo Ramallo (Marcelinho) e Saucedo (Alessandrini). Técnico: Néstor Clausen.

GOLS - Diego, aos dois, Saucedo, aos 18, e Everton Ribeiro, aos 30 minutos do primeiro tempo. Arrascaeta, aos 11, Everton Ribeiro, aos 34, Vitinho, aos 38, e Pará, aos 42 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Piero Maza (Fifa/Chile).

CARTÕES AMARELOS - Willian Arão e Edemir Rodríguez.

CARTÃO VERMELHO - Toco.

RENDA - Não divulgada.

PÚBLICO - 60.965 pagantes (64.814 presentes).

LOCAL - Maracanã, no Rio.

O Flamengo voltará a jogar na elite do vôlei na próxima temporada. Nesta quinta-feira, a equipe carioca garantiu presença na Superliga Feminina 2019/2020 ao derrotar o Maringá/AmaVôlei (PR) por 3 sets a 0, com parciais de 25/23, 25/16 e 25/17, no ginásio da AABB da Lagoa, no Rio, pelas semifinais da divisão de acesso, a Superliga B.

Como o Flamengo já havia vencido o primeiro confronto, fechou a série melhor de três jogos por 2 a 0, assegurando vaga na decisão e na elite do vôlei feminino. E o seu adversário na final, marcada para 13 de abril, sairá do duelo entre os paulistas Vôlei Valinhos e Bradesco Esportes, de Osasco. O time de Valinhos ganhou o primeiro duelo e será mandante no segundo, nesta sexta-feira.

##RECOMENDA##

"A felicidade é muito grande, cheguei no Flamengo aos 19 anos. Tenho uma longa história aqui, foi onde aprendi a amar o voleibol. Fico muito feliz em saber que aqui ainda há espaço para sonho. Assumi esse projeto com convicção de que conseguiríamos evoluir e continuar fazendo um grande trabalho. Deixo um legado aqui para o clube", comentou Alexandre Ferrante, técnico da equipe feminina do Flamengo.

O Flamengo fez história na Superliga Feminina na temporada 2000/2001, quando foi campeão com um time que contava no seu elenco com Leila e Virna. O time agora finalista foi apresentado em julho de 2018 e precisou disputar a Superliga C para garantir a vaga na segunda divisão.

Na Superliga B, o Flamengo teve a segunda melhor campanha da primeira fase, depois passando pelo FEAC/AFC Franca, do interior paulista, nas quartas de final. Agora, então, conseguiu o acesso e vai buscar o título.

Na temporada 2019/2020 da Superliga, o Flamengo realizará o clássico Fla-Flu, pois o rival das Laranjeiras participa do torneio, tendo sido eliminado e ficado na sétima posição na atual edição do torneio.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando