Tópicos | relação

Chegou o fim do relacionamento da apresentadora Monique Evans com a DJ Cacá Werneck. Monique revelou que o casal se desentedeu bastante durante o isolamento social da Covid-19. Em entrevista ao jornal Extra, a mãe da modelo Bárbara Evans disse que a relação se desgastou.

"A gente começou a brigar muito, foi desgastando, e eu peguei Covid. Eu fiquei aqui na minha casa e ela lá no estúdio dela. Sábado ela apareceu aqui em casa, e a gente se desentendeu de novo, mas dormimos juntas esses dias todos, até hoje", explicou ela.

##RECOMENDA##

Monique ressaltou que Bárbara não tem nada a ver com a separação. A loira garantiu que a filha não foi pivô. A única coisa que a minha filha fez foi comprar uma passagem para mim. Ela mora em Adolfo [São Paulo) e está se sentindo muito sozinha, principalmente porque ela está com um probleminha de saúde e vai me esperar para levá-la ao médico. E a Cacá não gostou de ela ter me chamado para passar uns dias lá", contou.

"Acho que pelo jeito agora estamos separadas. Ela está muito grilada por eu estar indo para a casa da minha filha. Ela está com essa neura de que as pessoas da minha família não ligavam para ela na época que nós ficamos separadas", emendou. Monique Evans afirmou que ficou sabendo da separação através da mídia: "Se ela tomou essa decisão de falar com a imprensa, acabou mesmo".

A grande polêmica em torno da família da cantora Mariah Carey continua e, dessa vez, a própria artista resolveu contar detalhes de sua vida familiar na biografia que está lançando. 

Em um trecho, Mariah revela que sua irmã mais velha, Alisson, lhe deu drogas e tentou vendê-la para um cafetão aos 12 anos. 

##RECOMENDA##

"Quando eu tinha 12 anos, minha irmã me drogou com valium, me ofereceu uma unha cheia de cocaína, me fez queimaduras de terceiro grau e tentou me vender para um cafetão", revelou ela.

No livro "'The Meaning of Mariah Carey'", a estrela pop descreve a irmã Alisson como uma pessoa perturbada e sua outra irmã Morgan como uma pessoa violenta. De acordo com Mariah, as irmãs sempre a viram como um meio de enriquecimento rápido. 

Sobre a sua mãe, a artista diz: “Eu diria que a negligência foi em vários níveis. Sempre me senti suja, não me sentia bem e ela acabou me deixando com pessoas que não eram confiáveis".

Israel discute em segredo com vários líderes de países árabes e muçulmanos para normalizar as relações com o Estado hebreu, afirmou neste domingo o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

"Há muitos encontros não acompanhados pela mídia com líderes árabes e muçulmanos para normalizar as relações com o Estado de Israel", declarou Netanyahu em Jerusalém, antes de informar que conversou com governantes do Sudão, Chade e Omã.

##RECOMENDA##

Netanyahu fez as declarações na véspera do primeiro voo comercial direto" entre Israel e Emirados Árabes Unidos, após o acordo de normalização entre os dois países anunciado em 13 de agosto, o que o Estado hebreu tenta ampliar para outros países da região.

O primeiro-ministro israelense estava ao lado de Jared Kushner, conselheiro da Casa Branca e genro do presidente Donald Trump.

"Os avanços de hoje serão as normas de amanhã e abrirão o caminho a outros países que querem normalizar suas relações com Israel", completou Benjamin Netanyahu.

Jared Kushner chamou o acordo com os Emirados Árabes de "passo gigante" a favor da paz no Oriente Médio.

Um reflexo da vontade de acelerar a normalização é a viagem de uma delegação israelense-americana, na segunda-feira, no primeiro voo comercial direto entre Tel-Aviv e Abu Dhabi.

No voo "histórico" estarão presentes, além de Kushner, o diretor do Conselho Nacional de Segurança Israelense, Meir Ben-Shabbat, assim como o conselheiro presidencial americano de Segurança Nacional, Robert O'Brien.

Ao mesmo tempo, o líder do Hezbollah libanês, Hassan Nasrallah, afirmou neste domingo que o movimento mataria um soldado israelense para cada membro do grupo morto por Israel, dando a entender que ainda não vingou uma vítima de um bombardeio recente na Síria.

"Os israelenses devem compreender: quando matam um de nossos combatentes, nós mataremos um de seus soldados. É a equação", afirmou Nasrallah em um discurso.

Um combatente do Hezbollah morreu em um bombardeio israelense em 20 de julho na Síria, onde o movimento apoia o regime de Bashar al-Assad.

O ator Bruno Gagliasso usou seu perfil no Twitter para comentar como é a sua relação com o filho Bless, na última terça-feira (30). O ator também comentou sobre a ansiedade dos filhos para chegada do irmão Zyan e até ensinou a pronúncia correta do nome.

“O Bless é meu melhor amigo. De verdade. Ele é muito igual a mim. Vocês tem que ver como ele tá pilhado pelo irmão”, escreveu Bruno. 

##RECOMENDA##

Uma seguidora comentou na postagem: “Sempre que eu vejo o Bless nos vídeos ele lembra muito você, sério”. O ator logo respondeu: “Ele é meu filho. Natural que pareça. É coisa de alma”.

Depois de adotar Titi, 6 anos, e Bless, 4, Bruno e Giovanna Ewbank esperam a chegada do seu terceiro filho, primeiro gestado pelo casal. Ele aproveitou para ensinar aos seguidores como é a pronúncia correta do nome escolhido. “Vocês já aprenderam o nome do bebê? Zyan, pronuncia-se Záian”, ensinou o ator.

Nesta sábado (30), o cantor Vinícius D'Black resolveu abrir o coração. Em um vídeo publicado no seu perfil do Instagram, ele declarou que o seu casamento com Nadja Pessoa, ex-participante do reality show 'A Fazenda', chegou ao fim. No conteúdo, D'Black exaltou a importância do relacionamento com Nadja. "Não foram dez dias, foram dez anos de momentos inesquecíveis, dias felizes e dias difíceis, risos e lágrimas, vitórias e derrotas", disse.

"Foi tudo muito intenso, um turbilhão de emoções que me tomaram o coração e transformaram nossas vidas para sempre. [...] Agradeço a Deus por tudo e peço que abençoe a Nadja em todos os seus passos. Agradeço o carinho dos fãs que torceram tanto pela dupla NADBLACK e que tenho certeza que irão continuar conosco mesmo em caminhos diferentes e por fim obrigado pelo acolhimento da minha família, dos amigos e de todos os fãs por esse mundão. Amo vocês", completou.

##RECOMENDA##

Confira o comunicado na íntegra:

[@#video#@]

Chegou ao fim o namoro de Carla Prata e Mariano, dupla com o cantor Munhoz, do hit Camaro Amarelo. Após quase dois anos de relacionamento, a ex-bailarina do Faustão e o sertanejo decidiram colocar um ponto final há cerca de três semanas por divergências de pensamentos.

Segundo informações da colunista Fábia Oliveira, do jornal carioca O Dia, Carla queria casar, mas parece que Mariano achava cedo selar a união. "O que era prioridade para mim, não era para ele. Somos muito diferentes, estilos de vida diferentes, hábitos diferentes, horários diferentes, objetivos diferentes e criação diferente. O que acabou atrapalhando", explicou a beldade.

##RECOMENDA##

Em uma postagem no Instagram, uma fã questionou Carla Prata se a relação com o artista teria acabado, e sem titubear ela confirmou a notícia. "Sim, terminamos", escreveu. A curiosidade da seguidora foi devido à ausência de Carla no casamento de Munhoz com Rhayssa Carvalho, no último dia 4, em Campo Grande (MS).

A atriz Camila Márdila, que interpreta na novela Amor de Mãe a ativista Amanda, decidiu matar a curiosidade dos seus fãs. Interagindo com os internautas, nesta terça-feira (4), ela afirmou que não é homossexual. "Nunca me relacionei com outra mulher e, atualmente eu estou casada com um boy muito maravilhoso. Então não vejo muito a previsão disse acontecer. Mas...", explicou.

Questionada também se era pernambucana, por causa do sotaque, Camila contou o lugar de onde nasceu. "É uma pergunta que me fazem demais. O sotaque foi tudo fruto de trabalho mesmo. Sou brasiliense, e eu acho o sotaque pernambucano maravilhoso", disse. Antes de Amor de Mãe, Camila Márdila já havia trabalhado com autora Manuela Dias.

##RECOMENDA##

Em 2016, a atriz fez parte do elenco da minissérie Justiça. Camila Márdila trabalhou ao lado de Adriana Esteves, Jesuíta Barbosa, Débora Bloch, Cauã Reymond, Vladimir Brichta e Leandra Leal. No cinema, ela interpretou Jéssica, filha de Val (Regina Casé), no filme Que Horas Ela Volta?, de Anna Muylaert.

[@#video#@]

O presidente palestino, Mahmud Abbas, anunciou neste sábado a ruptura de "todas as suas relações", incluindo na área de segurança, com Israel e Estados Unidos, em uma reunião extraordinária da Liga Árabe no Cairo para analisar o plano de Donald Trump para a região.

"Informamos que não existirá nenhum tipo de relação com vocês (os israelenses) nem com os Estados Unidos, nem sequer em termos de segurança, à luz do plano americano que viola os acordos de Oslo", assinados com Israel em 1993, disse o presidente da Autoridade Palestina no Cairo.

Abbas, que afirmou ter enviado a mensagem ao primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, pediu a Israel "que assuma suas responsabilidades enquanto potência ocupante" dos territórios palestinos.

"Os palestinos têm o direito de manter sua luta legítima por meios pacíficos para acabar com a ocupação", completou.

O plano americano, apresentado na terça-feira por Trump e que prevê em particular a anexação de partes da Cisjordânia ocupada por Israel, foi aprovado pelos israelenses, mas gerou a indignação dos palestinos.

Entre os muitos pontos sensíveis do projeto figura a anexação por Israel das colônias implantadas na Cisjordânia ocupada desde 1967, em particular no Vale do Jordão, que deveria virar a fronteira leste de Israel.

A ONU considera que as colônias instaladas nos territórios palestinos ocupados por Israel desde 1967 são ilegais e boa parte da comunidade internacional as considera um grande obstáculo para a paz.

Embora a colonização da Cisjordânia ocupada tenha ocorrido durante todos os governos israelenses desde 1967, a situação se intensificou nos últimos anos sob o estímulo de Netanyahu e de seu aliado em Washington, Trump.

Após tomar um estimulante sexual usado para a reprodução de touros, um homem sofreu com uma ereção de três dias e precisou passar por uma cirurgia de emergência. Internado em uma unidade de saúde em Reynosa, no México, ele revelou que planejava se relacionar com uma mulher de 30 anos.

"Ele havia tomado um estimulante sexual que havia comprado em Veracruz, usado pelos fazendeiros daquela região para revigorar os touros para inseminação", descreveram os médicos do Hospital Especializado 270 ao La Republica.

##RECOMENDA##

A identidade do paciente não foi divulgada e não houve atualizações sobre seu estado de saúde após o procedimento.

Que Thais Fersoza ama falar sobre maternidade todo mundo já sabe, né? Mas dessa vez, a atriz e apresentadora surpreendeu os fãs e seguidores ao falar sobre um assunto um pouco delicado na vida de seus filhos: o ciúme entre eles. No YouTube, a esposa de Michel Teló falou sobre como construiu a relação de amizade entre Melinda e Teodoro, que possuem 11 meses de diferença de idade e também deu dicas para as mamães sobre como lidar com o relacionamento entre irmãos.

"Dificilmente eles brigam, eles são muito parceirinhos. Mas isso foi uma preocupação nossa desde o início", confessou ela logo no início do vídeo.

##RECOMENDA##

Thais explicou que, num primeiro momento, ela ficou mais receosa sobre como seria o relacionamento de Melinda com Teodoro, mas que as coisas caminharam naturalmente, já que a primogênita da família não tem muita noção de como era sua vida antes do irmão chegar.

"Quando eu engravidei do Teodoro me preocupou demais a Melinda achar que ela não era suficiente para a gente. Olha que viagem! Mas como foi muito em cima um do outro fiquei com medo dela pensar que não bastava. Num primeiro momento achei que ela iria ficar chateada e como seria a relação dos dois. Depois eu vi que estava tudo certo e as coisas foram se ajeitando naturalmente. Eles tem 11 meses de diferença, o que é muito pequeno. Ela não tem muita noção do que é a vida sem ele, ela não se recorda", disse.

A mamãe-coruja ainda lembra como foi o primeiro encontro dos dois, afirmando que foi um momento memorável na vida dela e entrega que as discussões entre as crianças ocorre mais por causa dos brinquedos: "Eles tem os momentos de briga, no sentido de é meu, é meu. Eu sou coerente: quem ganhou esse presente? Eu falo que pode emprestar e pode ser dos dois. Eles nunca tem briguinhas de ciúmes, é só com essa coisa de brinquedo".

E ainda revela sua estratégia para nenhum dos dois se sentir excluído pela mãe ou pelo pai. "O Teodoro é completamente enlouquecido e apaixonado pelo Michel. Então ele solicita mais o Michel do que a mim. Eu percebo que ele vem mais comigo quando eu to muito de chameguinho com a Melinda e ele pede minha atenção. Aí eu boto todo mundo para brincar juntos. A Melinda é muito comigo, com essa coisa da roupa, cabelo, brincar de boneca, ela adora. A gente sempre tenta estar todos juntos e também ir fazendo o revezamento de neném que a gente fala", frisou.

Por fim, Thais contou que Melinda é mesmo uma irmã-coruja e trata Teodoro com o maior carinho possível: "Ela adora cuidar dele, paparicar ele. Falar que é o neném dela, falar que quer o chamego dela. Ela diz que ele tem saudades dela".

A ascensão das redes sociais como ferramentas de comunicação e sua presença constante na vida de boa parte da população fez delas um importante meio também de contato de empresas com seus clientes/consumidores. Hoje, os canais de comunicação deixaram de ser vias de mão única, tornando-se mais abertos à interação. Isso traz, além de oportunidades, grandes desafios às empresas que querem – e precisam – acompanhar essas mudanças para se manterem competitivas.

Parece “bobo” falar na necessidade de manter uma boa comunicação nas redes sociais, estando em um mundo hiperconectado, mas a verdade é que ainda há muitas marcas que não conseguem fazê-lo, seja por falta de profissionais aptos a tal, seja por falta de visão da gestão, ainda presa a conceitos tradicionais. Estas correm riscos de ficarem para trás na disputa pela clientela e eventualmente irem à falência.

Olhando pelo lado bom, a internet traz ótimas oportunidades para empresas e profissionais que sabem fazer uso de seus recursos. O ambiente online permite encontrar mais facilmente, traçar estratégias mais assertivas e cativar o consumidor de mil e uma maneiras. Ademais, é um meio mais barato que mídias tradicionais como a televisão e mais direcionado. Enquanto, na TV, paga-se um preço alto para exibir uma propaganda para todo o público daquele canal, na internet, essa divulgação pode mirar diretamente no público-alvo, o que torna a comunicação mais adequada – além de ter custos menores.

Saindo do campo financeiro, talvez o grande desafio da comunicação online seja falar a língua do cliente. Principalmente na época atual, em que os nativos digitais deixaram de ser futuros consumidores e já estão aí, no mercado de trabalho e de fato consumindo. Essa geração, que cresceu em meio à tecnologia, tem um pensamento multitarefa e multitela, é imediatista e busca experiências cada vez mais personalizadas. Como atender a essas expectativas de forma cativante? Primeiramente, estudando o seu público. Depois, planejando estratégias que possam aproximar a marca, humanizá-la, torná-la “amiga” do consumidor. Não faltam exemplos de empresas que realizam um ótimo trabalho online. A Netflix, por exemplo, é sempre elogiada por sua presença digital, com tom informal e descomplicado. O Ifood é outra empresa que se comunica bem com o cliente.

O ambiente digital traz muitos desafios, mas também diversos caminhos possíveis de serem seguidos e, se bem trilhados, que levam ao sucesso dos negócios. Cabe às empresas investirem em pesquisa sobre seu público e em estratégias de aproximação. Tudo o que o internauta quer, hoje, é se sentir próximo da sua marca preferida, pertencente a um grupo, enfim, sentir-se valorizado. Não é pedir muito.

Luana Piovani voltou a falar da relação estremecida com o ex-marido, Pedro Scooby. Na última quinta-feira, Scooby levou os três filhos para celebrar o seu aniversário de 31 anos na Califórnia, Estados Unidos. Namorando a cantora Anitta, o surfista foi detonado por Luana em um vídeo divulgado no YouTube.

Incomodada com as atitudes de Pedro Scooby, a atriz desabafou. No conteúdo do canal, Luana Piovani afirmou que ficou quatro dias sem falar com os filhos, Dom, Bem e Liz, e que brigou com o ex através de mensagens. "Eles viajaram na quinta, falei com eles na sexta e nunca mais me respondeu nenhum WhatsApp, não atendeu nenhuma ligação. Liguei para a Leticia e ela também não atendeu. E por que ela não me atendeu? Porque ele me deu o número errado. Também tenho tudo printado, anotado, marcado. Não sei por que ele faz essas coisas, ele quase parece ingênuo de achar que a gente não organiza", disse.

##RECOMENDA##

Em um outro momento do vídeo, Luana revelou que Pedro Scooby a chamou de louca. "E aí agora ele aparece me chamando de louca, claro, me dizendo absurdos e, pra melhorar, vou contar isso mesmo porque todo mundo aí passa por isso também. Eu corto na minha carne pelos meus filhos. Eu terminei meu casamento cortando na carne porque eu sabia que ia ter um pai melhor se eu me separasse porque não tava bom do jeito que tava, uma pessoa para dividir a função de ter três filhos", explicou. Se divertindo com as crianças, Pedro não se pronunciou sobre as novas declarações de Luana.

Confira:

No último dia 29, durante um encontro com fãs e convidados para mostrar o resultado do primeiro DVD, "Hello Mundo", Ludmilla afirmou que não vê problema algum em namorar uma mulher. Após a declaração, a cantora assumiu o romance com a bailarina Brunna Gonçalves.

No Instagram da dançarina, Ludmilla já deu uma aparecida em postagens especiais sobre viagens e shows. A cantora incluiu no DVD uma canção que homenageia Brunna, segundo informações do colunista Leo Dias.

##RECOMENDA##

Nesta segunda-feira (3), Ludmilla reunirá um time de famosos no Rio de Janeiro para a divulgação do seu novo trabalho. Alguns internautas comentaram que não é novidade o namoro de Ludmilla e Brunna. "Chocou o total de zero pessoas. Já tinham postado que ela se relacionava com uma bailarina", escreveu uma pessoa. "Ela achou mesmo que estava escondendo?", questionou outra.

Nesta terça-feira (7), Simaria Mendes, dupla com a irmã Simone, soltou o verbo sobre relacionamento amoroso. A cantora participou do programa "Pânico", na rádio Jovem Pan, e declarou que na juventude pensava em se casar com um homem que não fosse do Brasil.

"Desde pequena eu já falava: 'Vou casar com homem de fora do país, não vou casar com brasileiro, não'. Falavam que os caras daqui eram muito vagabundos, muito bandidos. Não vou querer casar com homem para ficar me botando chifre toda hora, não. Eu arranco logo a 'pingola' dele. Não brinca comigo, não, que você acorda sem a torneira, viu, meu amor?", disse.

##RECOMENDA##

Casada com o espanhol Vicente, Simaria recebeu críticas nas redes sociais após dizer que não se envolveria com brasileiros. "Brasileiro é vagabundo? Mas são os brasileiros que pagam pra ver seus shows, né, querida?!", comentou uma seguidora no Instagram. "Vai falar mer** na p*** que pariu. Irmãs Galvão são sertanejas, vocês não!", criticou outra pessoa.

O ator Felipe Roque, conhecido pelas maldades do soldado Caius na novela "Jesus", da Record, está empenhando em mais um projeto profissional. Ele foi escalado para participar do filme "Resistir Para Recomeçar", interpretando um homem casado que terá um romance gay com o protagonista, o ator Junior Provesi.

Nesta quarta-feira (8), Felipe irá gravar cenas sensuais em um motel no Rio de Janeiro. No roteiro, o personagem de Felipe é acostumado a ter relações com garotos de programa e travestis. Abordando questões LGBTQI+, como machismo, homofobia e transfobia, o longa-metragem também terá a presença da ex-BBB Gleici Damasceno.

##RECOMENDA##

Na Globo, Felipe Roque viveu o protagonista Gabriel em "Malhação - Pro Dia Nascer Feliz", além de atuar nas novelas "A Regra do Jogo", escrita por João Emanuel Carneiro. Em 2015, ele contracenou com Giovanna Antonelli, Thalita Carauta e Fabíula Nascimento na comédia cinematrográfica "SOS - Mulheres ao Mar 2". 

Antes do incêndio da catedral de Notre Dame, em Paris, vários outros tesouros do patrimônio mundial foram devorados pelas chamas.

- Museu Nacional do Rio de Janeiro -

##RECOMENDA##

Na noite do dia 2 de setembro de 2018, o Museu Nacional do Rio de Janeiro foi reduzido a cinzas por um incêndio causado por um curto-circuito em um aparelho de ar-condicionado. Era considerado o maior museu de história natural e antropológica da América Latina, com mais de 20 milhões de peças.

O antigo palácio imperial abrigava, por exemplo, um esqueleto de dinossauro descoberto em Minas Gerais e numerosos exemplares de outras espécies extintas, como preguiças gigantes e tigres de dentes de sabre.

- O Santo Sudário salvo das chamas -

Em 1997, a catedral San Juan Bautista e o Palácio Real de Turim, no noroeste da Itália, foram devastados por um incêndio. Um bombeiro conseguiu salvar o Santo Sudário, uma das relíquias mais veneradas pelos católicos, ao quebrar com um martelo o vidro à prova de balas que o protegia.

- Ópera de Veneza -

Em 1996, a ópera de Veneza ficou quase totalmente destruída por um incêndio. Este teatro, inaugurado em 1792, era um dos mais prestigiosos do mundo. Dois eletricistas foram condenados a seis e sete anos de prisão, acusados de atear o fogo para encobrir atrasos em sua obra. O local foi reaberto em 2004.

- Liceu de Barcelona -

Em 1994, o Liceu de Barcelona, o teatro lírico mais famoso da Espanha, com quase 150 anos, situado no centro da cidade, foi destruído por um incêndio provocado por uma fagulha de um maçarico. Foi reconstruído.

- Castelo de Windsor -

No dia 20 de novembro de 1992, toda a parte nordeste do Castelo de Windsor, residencia real a oeste de Londres, foi destruída por um incêndio, que quase atingiu os apartamentos privados da rainha. Começou pela capela, onde um spot de luz incendiou uma cortina.

Após cinco anos de obras de restauração, o castelo reabriu ao público em 1997.

- Biblioteca de Sarajevo -

Em meio à guerra que sacudiu a Bósnia entre 1992 e 1995, no dia 25 de agosto de 1992, a partir das montanhas que dominam a cidade, tropas sérvias incendiaram a biblioteca nacional da Bósnia, prédio construído em 1896. Só se salvaram das chamas cerca de 300 mil livros, das mais de dois milhões de obras, algumas muito raras.

A nova biblioteca - em parte financiada pela União Europeia - foi inaugurada em 2014.

- O Grande Teatro de Genebra -

Em 1951, um incêndio destruiu o Grande Teatro de Genebra, construído no século XIX. Um teste de fogos de artifício para uma reapresentação das Valquírias, de Richard Wagner, desencadeou o sinistro. Foi reaberto em 1962, após 11 anos de obras.

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) divulgou, nesta sexta-feira (1), a segunda convocação da lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2019, apenas para o campus Recife.

Os candidatos devem entregar documentação na próxima quinta-feira (7), no Corpo Discente, das 8h às 12h e das 14h às 16h, de acordo com a nota de retificação do edital, divulgada no hotsite da UFPE para o Sisu. A lista com a documentação necessária está descrita no edital.

##RECOMENDA##

Nesta convocação, foram chamados estudantes para preencher as vagas que não foram preenchida em alguns cursos na primeira chamada da lista de espera, como também por desistência de candidatos anteriormente. A instituição chamará um número maior de candidatos do que o de vagas existentes, com o objetivo de gerar cadastro reserva.

Já a divulgação da terceira classificação, distribuída por entrada, nos campi Recife, Vitória e Caruaru, será realizada até o dia 14 de março, também por meio do hotsite da UFPE. A lista será composta por nomes dos candidatos classificados, por entrada, após a confirmação da intenção de matrícula.

Os estudantes já classificados para a segunda entrada ainda poderão aparecer nesta lista remanejados para a primeira. Os alunos devem acompanhar a publicação no hotsite do Sisu.

O presidente Jair Bolsonaro deve se reunir com Juan Guaidó, autoproclamado presidente interino da Venezuela, entre amanhã (28) e sexta-feira (1º). O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, participará do encontro. O venezuelano é esperado em Brasília por volta da meia-noite, segundo a assessoria da vice-presidência da República.

No mês passado, o Tribunal Supremo de Justiça proibiu Guaidó de deixar o país e congelou suas contas. A Corte atendeu a um pedido do procurador-geral da Venezuela, Tarek William Saab, aliado do presidente Nicolás Maduro. Apesar das ordens, o interino foi à Colômbia e prometeu retornar à Venezuela em breve.

##RECOMENDA##

Há dois dias, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, conversou em particular com Guaidó, em Bogotá, na Colômbia. Antes, Araújo também se reuniu com Guaidó. Eles participaram da reunião do Grupo de Lima, da qual participaram representantes das Américas, em defesa de uma saída pacífica para crise venezuelana sem interferência externa.

Chile

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, confirmou hoje ter convidado Guaidó para participar da Cumpre do Prosur, mecanismo de integração vinculado à União das Nações Sul-americanas (Unasur), em março, em Santiago (Chile).

Na sua conta no Twitter, Guaidó afirma que mais de 50 países o reconhecem como presidente legítimo. O Brasil, os Estados Unidos, o Chile, o Paraguai e o Canadá foram as primeiras nações a reconhecer a legitimidade do venezuelano. Na região, México e Urugia optaram pela neutralidade, enquanto China e Cuba apoiam o governo Maduro.

Violência

Nos últimos dias o clima de confronto dominou a região fronteiriça da Venezuela com o Brasil e a Colômbia. Por ordem de Maduro, a fronteira com o Brasil foi fechada. Houve dificuldades para o transporte da ajuda humanitária internacional com registros de mortos e feridos. Segundo relatos, militares venezuelanos atiraram na direção de civis desarmados.

Para Maduro, há uma orquestração internacional, liderada pelos Estados Unidos e Colômbia, com o objetivo de promover uma intervenção na Venezuela. Ele e aliados negam a existência de crise humanitária no país.

*Com informações da TVN, emissora oficial do Chile.

A Universidade de Pernambuco (UPE) divulgou, na manhã desta quarta-feira (27), o segundo remanejamento da terceira fase do Sistema Seriado de Avaliação (SSA3) e a segunda lista de convocados, a partir da lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Os feras aprovados deverão realizar as matrículas na próxima quinta-feira (7). Quem não fizer as candidaturas será automaticamente eliminado.

As matrículas devem ser feitas nos campi da UPE no Recife, Benfica e Camaragibe, das 8h às 13h. Já os aprovados nas unidades da UPE no interior do Estado, devem se dirigir aos campi para obter maiores detalhes. Confira, ao final da matéria, os endereços das unidades. 

##RECOMENDA##

No ato da candidatura, é preciso levar duas fotos 3x4, além de fotocópia e original ou apenas fotocópia autenticada de identidade; CPF; certificado de conclusão do ensino médio com histórico escolar (para os cotistas, histórico escolar deve comprovar que estudou os três anos do ensino médio e os anos finais do 6º ao 9º (antiga 5ª a 8ª serie) do ensino fundamental em escola pública estadual ou municipal); certidão de nascimento ou casamento; título de eleitor e comprovante de votação; e comprovação de quitção com o Serviço Militar, no caso de homens maiores de 18 anos.

Além disso, os estudantes cotistas residentes em Recife ou Região Metropolitana de Recife que já são beneficiados com passagens gratuitas através do cartão VEM RMR, deverão apresentar original e fotocópia do cartão. Maiores informações podem ser obetidas por meio dos telefones (81) 3183-3660 e 3183-3791, por e-mail processodeingresso@upe.br ou, ainda, pelo site do processo seletivo.

Confira abaixo os endereços de cada unidade de matrícula.

Campi Santo Amaro e Camaragibe: Faculdade de Ciências Médicas (FCM), Rua Arnóbio Marques, 310 – Santo Amaro – Recife, Fone: 3183-3528;

Cursos de Administração e Direito: Faculdade de Administração (Fcap), Av. Sport Clube do Recife, 252 – Madalena – Recife, Fone: 3181-8600;

Cursos de Engenharia e de Física de Materiais: Escola Politécnica (Poli), Rua Benfica, 455 – Madalena – Recife, Fone: 3184-7536.

Campus de Caruaru, Rodovia 104 - Km 62 – Nova Caruaru, Fone: (81) 3719-9444;

Campus Nazaré da Mata, Rua Amaro Maltez, 201 – Bairro Novo – Nazaré da Mata, Fone: (81) 3633-4615;

Campus Garanhuns, Rua Capitão Pedro Rodrigues, 105 – São José – Garanhuns – Fone: (87) 3761-8210;

Campus Arcoverde, Rua Cícero Monteiro Melo, s/n – Arcoverde - Fone: (87) 99647-7711;

Campus Salgueiro, Av. Verimundo Soares, s/n, Km 511, BR 232 - Salgueiro, Fone: (87) 3871-8707;

Campus Petrolina, BR 203, Km 2 – Vila Eduardo - Petrolina, Fone: (87) 3866-6470;

Campus Palmares, Av. Homero de França Limeira, s/n – Santa Rosa - Palmares, Fone: (81) 3662-0172;

Campus Serra Talhada, Av. Custódio Conrado, 600 – Nossa Senhora da Conceição – Serra Talhada, Fone: (87) 3831-2311.

Dos insultos pessoais à cúpula de Hanói nos dias 27 e 28 de fevereiro, passando pelo chamado "encontro histórico" em junho passado em Singapura: seguem abaixo os principais momentos da agitada relação entre Donald Trump e Kim Jong Un nos últimos dois anos:

- Ameaças nucleares -

Em 2 de janeiro de 2017, antes mesmo de assumir a presidência dos Estados Unidos, Donald Trump afirma que a Coreia do Norte jamais poderá desenvolver uma "arma nuclear com capacidade para atingir o território americano".

A opção diplomática parece impor-se e em maio de 2017 Trump afirma estar disposto a uma reunião com o líder norte-coreano.

Mas poucos meses depois, Pyongyang testa dois mísseis intercontinentais e Kim assegura que "todo o território americano está ao alcance" da Coreia do Norte.

Uma crise tem início entre os dois países, acompanhada de sanções financeiras dos Estados Unidos e da promessa de Trump de responder com "fogo e ira" a qualquer ataque norte-coreano.

Os norte-coreanos respondem com o sexto teste nuclear de sua história, depois do qual anunciam que usaram uma bomba H.

- Ofensas pessoais -

Em setembro, Trump chama Kim, na Assembleia Geral da ONU, de "pequeno homem foguete". Dois dias depois, o norte-coreano responde: "Castigarei com fogo o senil americano mentalmente transtornado".

Em novembro, Trump se refere ao antagonista como um "cachorro doente" e no início de 2018 se vangloria do tamanho de seu botão nuclear.

- Otto Warmbier, "torturado"-

Em setembro de 2017, Donald Trump acusa Pyongyang de ter "torturado além do imaginável" Otto Warmbier, um estudante americano que ficou preso na Coreia do Norte por 18 meses e foi enviado de volta a seu país em estado de coma em junho de 2017. Faleceu uma semana depois.

Washington impõe aos cidadãos americanos praticamente uma proibição de viagem à Coreia do Norte (posteriormente suavizada para facilitar a ajuda humanitária) e decide voltar a incluir o país na lista de Estados que apoiam o terrorismo.

No fim de setembro de 2018, um tribunal de Washington condena a Coreia do Norte a pagar 501 milhões de dólares por sua responsabilidade na morte do estudante.

- A guinada olímpica -

No dia 1 de janeiro de 2018, Kim Jong Un declara estar disposto a enviar uma delegação aos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul. Em fevereiro, durante os Jogos de Pyeongchang, as duas Coreias se aproximam, tanto simbolicamente - com o desfile conjunto na cerimônia de abertura - como diplomaticamente - com um encontro de emissário dos países.

Depois do evento esportivo, o líder norte-coreano e o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, celebram três reuniões em menos cinco meses.

- Visita surpresa de Pompeo -

Em 8 de março de 2018, o presidente americano surpreende ao aceitar um convite para uma reunião com Kim Jong Un, transmitido pela Coreia do Sul.

Na condição de diretor da CIA, antes de assumir o cargo de secretário de Estado, Mike Pompeo viaja a Pyongyang no fim de semana da Páscoa para um encontro com Kim.

Em 8 de maio, Trump revela que Pompeo faz nova viagem à Coreia do Norte. O novo secretário de Estado retorna aos Estados Unidos com três ex-prisioneiros que tinham a libertação exigida por Washington.

- "Reunião fantástica" -

O aperto de mãos entre Kim e Trump na reunião de cúpula de 12 de junho em Singapura é exibida ao vivo para todo o planeta.

O líder norte-coreano elogia um "encontro histórico" e o presidente americano cita uma "reunião fantástica".

Os dois assinam um documento conjunto no qual Pyongyang se compromete a trabalhar a favor de uma "desnuclearização completa da península coreana", enquanto Washington promete "garantias de segurança" à Coreia do Norte.

- Negociações patinam -

Desde junho, as conversações para concretizar a desnuclearização não se traduziram em avanços concretos.

Pyongyang, que não adotou nenhuma medida considerada irreversível para desmantelar seu programa nuclear, exige um alívio das sanções para seguir avançando.

Washington prevê a continuidade da pressão econômica, enquanto a desnuclearização não for "definitiva e totalmente verificável".

Em 19 de janeiro de 2019, a Casa Branca anuncia a celebração de uma nova reunião, após um encontro entre o presidente americano e o general norte-coreano Kim Yong Chol.

Trump anuncia em 9 de fevereiro que a reunião acontecerá em Hanói. "Espero ver o presidente Kim e avançar na causa da paz!", declara.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando