Tópicos | resultado

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) divulgou, nesta sexta-feira (24), o resultado do Processo Seletivo Extravestibular - Transferência Externa 2019.2. Segundo a instituição de ensino, a relação conta com estudantes classificados, classificáveis e processos indeferidos.

Ao todo, a instituição ofereceu 2.318 oportunidades de ingresso em diversas graduações. O quantitativo de vagas por curso, turno e campus considera a tabela de vagas ociosas geradas da UFPE pelo processo de evasão e retenção. Administração, arqueologia, direito, história, filosofia, serviço social, engenharia da computação e medicina foram alguns dos cursos disponibilizados.

##RECOMENDA##

A seleção é direcionada à transferência de alunos regulares de outras instituições de ensino nacionais para a UFPE. Os estudantes precisam estar em cursos reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC). Outros detalhes informativos podem ser obtidos pelo telefone (81) 2126-7014.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou o resultado das solicitações de atendimento específicos e especializados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), nesta quarta-feira (22). A análise dos pedidos é referente àqueles que exigiram apresentação de laudo médico durante a inscrição. No caso dos pedidos reprovados, o resultado informa o motivo.

A partir desta quinta-feira (23), serão abertos os recursos referentes aos resultados das solicitações de atendimento específico e especializado. O candidato terá até o dia 29 de maio para inserir algum documento que comprove necessidade de atendimento. O resultado será divulgado em 5 de junho na página do participante.

##RECOMENDA##

O Inep oferece atendimento específico para gestante, idoso, lactante e para outras condições específicas. Já o atendimento especializado é para participantes com autismo, baixa visão, cegueira, deficiência auditiva, deficiência física, deficiência intelectual (mental), déficit de atenção, discalculia, dislexia, surdez, surdocegueira e visão monocular. As provas do Enem 2019 serão realizadas nos dias 3 e 10 de novembro.

Por 4 a 0, a Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) mandou nesta terça-feira, 14, soltar o ex-presidente Michel Temer (MDB) e o coronel João Baptista Lima Filho, amigo de Temer. Ambos foram presos no âmbito da Operação Descontaminação, desdobramento da Lava Jato que atribui ao ex-presidente o papel de líder de organização criminosa que teria desviado, em 30 anos de atuação, pelo menos R$ 1,8 bilhão.

Prevaleceu na sessão o entendimento de que os fatos apurados na investigação são "razoavelmente antigos", relacionados à época em que Temer ocupava a vice-presidência da República, e que os crimes não teriam sido cometidos com violência, o que justifica a substituição da prisão por medidas cautelares.

##RECOMENDA##

Temer e o coronel Lima estão proibidos de manter contato com outros investigados, de mudar de endereço ou ausentar-se do País - também terão os bens bloqueados e serão obrigados a entregar o passaporte. O ex-presidente ainda não poderá ocupar cargo de direção partidária.

"Não se pode prender porque o crime é revoltante, como resposta a desejos sociais de justiça instantânea. Manter solto durante o processo não é impunidade como socialmente pode parecer, mas sim garantia, só afastada mediante comprovados riscos legais", observou o presidente da Sexta Turma, ministro Nefi Cordeiro, último a votar no julgamento.

"Juiz não enfrenta crimes, não é agente de segurança pública, não é controlador da moralidade social ou dos destinos da nação. Deve conduzir o processo pela lei e a Constituição, com imparcialidade e somente ao final do processo, sopesando as provas, reconhecer a culpa ou declarar a absolvição. Juiz não é símbolo de combate à criminalidade", completou Cordeiro.

O ministro destacou que Justiça exige "segurança e estabilidade". "A todos a Justiça se dá por igual. Cabem as garantias processuais a qualquer réu, rico ou pobre, influente ou desconhecido. O critério não pode mudar", frisou Nefi Cordeiro, ao apontar ilegalidade na prisão preventiva de Temer e do coronel Lima.

Estudantes que solicitaram isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) devem ter atenção. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), o resultado será divulgado no dia 17 deste mês. O valor da taxa cobrado é R$ 85.

Quem não for contemplado poderá apresentar recurso. O procedimento, segundo o MEC, será realizado de 22 a 26 de abril.

##RECOMENDA##

--> Enem 2019: veja todas as datas que você precisa saber

A organização da prova reforça que os feras que tiverem a isenção aprovada deverão se inscrever no Exame normalmente. O período de inscrições irá de 6 a 17 de maio pela internet.

O MEC alerta que o pedido de isenção não é automático para nenhum grupo de candidatos. Além disso, o pedido não poderá ser feito durante a fase de inscrições. As provas do Enem serão realizadas nos dias 3 e 10 de novembro; mais informações podem ser vistas no site do Exame.

O Programa Ganhe o Mundo (PGM) divulgou, nesta terça-feira (26), a lista de estudantes selecionados para o processo seletivo do projeto. Os alunos podem conferir os nomes, notas e solicitar revisão por meio do site do PGM

Os candidatos que desejarem entrar com recurso deverão fazê-lo até as 23h59 desta terça-feira (26), pelo mesmo site em que realizaram inscrição. Já os estudantes cursistas de alemão das Escolas Indígenas e do Colégio da Polícia Militar de Petrolina deverão preencher documento e encaminhá-lo para o e-mail programaganheomundointercambio@eduacao.pe.gov.br até as 22h.

##RECOMENDA##

De acordo com a Secretraria de Educação de Pernambuco, a questão de número cinco da prova de espanhol foi anulada e a pontuação foi distribuída entre todos os estudantes do idioma. O resultado final será divulgado no dia 15 de abril.

A pasta ainda salientou que um grande número de estudantes foram desclassificados por não responderem corretamente o gabarito. Confira abaixo os gabaritos, folha de resposta, lista de pré-aprovados, além das formas consideradas incorretas de preenchimento das respostas.

Clique aqui para conferir a lista de aprovados na primeira etapa.

Clique aqui para conferir o gabarito de português e matemática.

Clique aqui para conferir o gabarito de alemão.

Clique aqui para conferir o gabarito de espanhol.

Clique aqui para conferir o gabarito de inglês.

Clique aqui para conferir a folha de respostas.

Clique aqui para saber quais as formas consideradas incorretas de preenchimento do gabarito.

A Universidade de Pernambuco (UPE) divulgou, nesta sexta-feira (15), a lista com os nomes - por ordem alfabética - e notas de todos os estudantes que participaram do Sistema Seriado de Avaliação (SSA) 1 e 2. 

Já o desempenho individual dos candidatos por disciplina, assim como as notas de parâmetro de análise, estarão disponíveis no sistema da UPE a partir das 15h. Essas notas de análise são referentes à maior nota do processo, menor nota do processo e nota média.

##RECOMENDA##

De acordo com a Comissão Permanente de Concursos Acadêmicos (CPCA) da UPE, nos dois primeiros anos de SSA não existe concorência entre os estudantes, então não há como fazer análises comparatórias das notas dos candidatos.

A UPE afirma, ainda, que o modelo avaliativo tem o objetivo de melhorar o desempenho individual dos estudantes ao longo dos anos de avaliação. Confira a lista com os nomes e notas dos candidatos que fizeram o SSA1 e o SSA2.

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) divulgou, nesta quarta-feira (13), a terceira classificação do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), referente aos às primeira e segunda convocações. O resultado pode ser conferido no hotsite do Sisu da UFPE.

A listagem dos classificados contém os nomes dos alunos que saíram da segunda para a primeira entrada do mesmo curso. Esses estudantem já devem comparecer às aulas do semestre 2019.1 a partir desta quinta-feira (14). Os classificados para a segunda entrada, por sua vez, já estão matriculados e devem aguardar o início do semestre 2019.2. Confira a calendário acadêmico da UFPE.

##RECOMENDA##

Segundo a instituição, com esta chamada, esgota-se a quantidade de selecionados para a primeira entrada. Novas convocações poderão ocorrer, mas somente para o segundo semestre - a partir de junho -, caso hajam desistências em cursos que possuam segunda entrada e que cadastro reserva esteja vazio. 

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) divulgou, nesta segunda-feira (25), o resultado da reavaliação de autodeclaração racial no âmbito do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). No total, 188 candidatos que haviam sido reprovados entraram com recurso e passaram por uma nova análise nos dias 21 e 22 deste mês, no Corpo Docente da instituição de ensino, no Campus Recife. 

Dos 188 candidatos que entraram com recurso e tiveram o direito de passar por uma nova avaliação da Comissão de Validação de Autodeclaração Racial da UFPE, 74 foram aprovados. O grupo de avaliadores era formado por três membros, entre estudantes, servidores e representantes da sociedade civil. A UFPE garante que os estudantes que tiveram seus pedidos deferidos serão matriculados normalmente.

##RECOMENDA##

"Os candidatos que tiveram sua situação validada e sendo da 1ª entrada deverão procurar o seu Centro Acadêmico para início das aulas e posteriormente serão integrados ao SIG@. Os candidatos da 2ª entrada, as aulas começarão no dia 03 de agosto de 2019", informou a UFPE.

Para que ocorresse reprovação, todos os avaliadores deveriam discordar, por unanimidade, da condição de preto ou pardo autodeclarada pelo concorrente. “Para validar a autodeclaração dos candidatos, foram levados em consideração, unicamente, os aspectos fenotípicos, conforme pode ser conferido no edital”, sustenta a Universidade.

Nesta edição, a UFPE ofereceu por meio do Sisu 6.972 vagas, em que dessas, 2.400 foram direcionadas às cotas étnico-raciais. Na primeira avaliação da Comissão de Validação de Autodeclaração Racial, 280 candidatos não foram validados.   

A ansiedade tem tomado conta do estudantes que aguardam a liberação do resultado do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), nesta segunda-feira (25). Segundo a assessoria de imprensa do Ministério da Educação (MEC), a divulgação da lista com o nome dos aprovados não tem horário para ser liberado e deve ser realizada durante todo o dia. 

Na internet, a espera pelo desfecho do processe seletivo gerou repercussão. O Fies é um programa que oferece financiamento de até 100% em cursos de graduação em instituições privdas de ensino superior. Ao total, em 2019, são ofertadas 100 mil vagas na modalidade juros zero e 450 mil oportunidades na modalidade P-Fies. Ambas têm apenas uma chamada.

##RECOMENDA##

LeiaJá também

-> Com 100 mil vagas, Fies flexibiliza regra para modalidade

O resultado do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) será divulgado nesta segunda-feira (25) na página do programa na internet. Ele poderá também ser verificado nas instituições de ensino participantes. Ao todo, são ofertadas 100 mil vagas na modalidade juro zero e 450 mil na modalidade P-Fies. As duas modalidades têm apenas uma chamada.

Aqueles que forem pré-selecionados para a modalidade juro zero devem complementar suas informações no FiesSeleção, no endereço eletrônico http://fies.mec.gov.br, no período de 26 de fevereiro a 7 de março de 2019, para contratação do financiamento.

##RECOMENDA##

Já os aprovados pelo P-Fies devem verificar os procedimentos com os agentes financeiros operadores de crédito e as instituições de ensino superior.

Na modalidade juro zero, aqueles que não forem selecionados serão incluídos automaticamente na lista de espera. Esses estudantes devem acompanhar sua eventual pré-seleção do dia 27 de fevereiro a 10 de abril, na internet.

Na modalidade P-Fies não há lista de espera.

Fies

O Fies oferece financiamento para cobrir os custos das mensalidades de instituições privadas de ensino superior.

A modalidade de financiamento com juro zero é voltada para os estudantes com renda per capita mensal familiar até três salários mínimos. Nessa modalidade, o aluno começará a pagar as prestações respeitando o limite de renda.

O P-Fies é destinado aos estudantes com renda per capita mensal familiar até cinco salários mínimos. A modalidade funciona com recursos dos fundos constitucionais e de Desenvolvimento e com recursos dos bancos privados participantes.

Podem participar do programa os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir da edição de 2010, e obtiveram nota média nas provas igual ou superior a 450. Além disso, não podem ter zerado a redação.

Os bolsista parciais do Programa Universidade para Todos (ProUni), ou seja, aqueles que têm bolsa de 50% da mensalidade, podem participar do processo seletivo do Fies e financiar a parte da mensalidade não coberta pela bolsa.

O resultado da segunda chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) será divulgado nesta quarta-feira (20) na internet. Os pré-selecionados têm até o dia 27 para fazer a matrícula.

Os estudantes devem comparecer às instituições com os documentos que comprovam as informações prestadas na ficha de inscrição. Cabe aos candidatos verificar os horários e o local de comparecimento para a aferição das informações. A lista da documentação necessária está disponível na página do programa.

##RECOMENDA##

Algumas instituições podem exigir dos candidatos aprovados que façam uma prova. Os estudantes devem verificar, no momento da inscrição, se a instituição vai aplicar processo seletivo próprio.

Aqueles que não forem selecionados na segunda chamada têm ainda a chance de integrar a lista de espera nos dias 7 e 8 de março.

Inscrições

Ao todo, 946.979 candidatos se inscreveram na primeira edição do ProUni deste ano, de acordo com o Ministério da Educação. Como cada candidato podia escolher até duas opções de curso, o número de inscrições chegou a 1.820.446.

Nesta edição, são ofertadas 243.888 bolsas de estudo em 1.239 instituições particulares de ensino. Do total de bolsas, 116.813 são integrais e 127.075, parciais, de 50% do valor das mensalidades.

O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior. Em contrapartida, o programa oferece isenção de tributos às instituições que aderem ao programa.

Os estudantes selecionados podem pleitear ainda Bolsa Permanência, para ajudar nos custos dos estudos, e podem também usar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para garantir parte da mensalidade não coberta pela bolsa do programa.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) disponibilizou, nesta terça-feira (12), o resultado preliminar da segunda etapa do 27° Exame de Ordem Unificado. A lista com o nome dos provados pode ser conferida por meio do documento divulgado pela instituição.

Agora, os candidatos terão três dias para interpor recursos, com prazos que vão do meio-dia desta quarta-feira (13) e seguem até o meio-dia do dia 16. Para fazer o procedimento, é preciso usar o Sistema Eletrônico de Interposição de Recursos, no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), banca organizadora da seleção. Na lista, a relação dos aprovados está diponibilizada por seccional da OAB.

##RECOMENDA##

O resultado final será divulgado provavelmente em 26 deste mês. Já o edital de repescagem para o 28° Exame de Ordem será disponibilizado no portal da FGV a partir do dia 19 de fevereiro. 

Já está disponível o resultado da segunda etapa do PE no Campus, programa do Governo de Pernambuco que oferece incentivo financeiro para estudantes. De 14 a 19 de fevereiro, todos os aprovados deverão se inscrever para a próxima fase, enquanto que o resultado final está previsto para o dia 25. Veja os classificados:

Resultado/SSA

##RECOMENDA##

Resultado/Enem 

Por meio do programa, são beneficiados jovens de baixa renda que ingressam em universidades públicas. “Os valores serão oferecidos da seguinte forma: uma bolsa no valor de até R$ 950 no primeiro ano e de R$ 400 no segundo ano do curso. A quantia ajudará nas despesas do curso, moradia, alimentação e transporte. O objetivo é melhorar as condições de acesso à universidade dos estudantes egressos do ensino médio público pernambucano. Ao longo do ano, a Secretaria de Educação e Esportes do Estado desenvolve uma série de atividades para contribuir com a preparação dos estudantes e para melhoria dos seus resultados nas provas”, destaca o Governo de Pernambuco.

No total, mil bolsas foram oferecidas nesta edição. Dessa quantidade, 900 bolsas foram direcionadas a estudantes que usaram a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), e 100 são para os que escolheram os resultados obtidos nas etapas do Sistema Seriado de Avaliação (SSA) da Universidade de Pernambuco (UPE). Mais informações devem ser vistas no site do programa.

Os médicos que se submeteram ao Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira (Revalida) já podem conferir os resultados preliminares da prova de habilidades clínicas, realizadas no dia 17 e 18 de novembro de 2018.  Os resultados devem ser acessados mediante login feito com CPF e senha, no Sistema Revalida.

De acordo com Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), serão considerados aprovados os candidatos que alcançarem pelo menos 62 pontos, dos 100 pontos distribuídos. Ao todo, 950 médicos formados fora do Brasil participaram do exame para revalidação do diploma, que permite o exercício da medicina no país. Esta foi a segunda etapa da edição 2017, que precisou ser prolongada por conta de processos judiciais, abertos por médicos estrangeiros que queriam trabalhar sem passar pelo exame

##RECOMENDA##

Na prova, os participantes precisaram percorrer dez estações para resolução de tarefas de investigação de histórico clínico, interpretação de exames complementares, formulação de hipóteses diagnósticas, demonstração de procedimentos médicos e aconselhamento a pacientes ou familiares. Os médicos que quiserem entrar com recurso em relação aos resultados podem fazer pelo sistema do Revalida, nos dias 13 e 14 de fevereiro, das 10h às 23:59h, no horário de Brasília.

Reaplicação

O Inep informou por meio de nota, nessa segunda-feira (11), que 45 profissionais vão precisar refazer as avaliações de habilidades clínicas. Um erro nas estações dentro do Hospital Universitário de Brasília, onde esses médicos estavam realizando os testes, impediu que o desenvolvimento dos profissionais nas atividades propostas fosse filmado, prejudicando o andamento do exame. De acordo com os Instituto, as medidas cabíveis já estão sendo tomadas e todos vão ter os custos com deslocamento e hospedagem cobertos pelo Cebraspe, empresa contratada para aplicação da prova.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) promete divulgar, nesta terça feira (12), os resultados preliminares de 96% dos participantes do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2017. O período para que os candidatos entrem com recursos é de 13 a 14 de fevereiro.

As notas são referentes à Prova de Habilidades Clínicas, aplicada em 17 e 18 de novembro de 2018. A prova foi aplicada em cinco capitais brasileiras e 947 médicos formados no exterior participam do Revalida. Entretanto, 46 participantes precisarão submeter-se a uma reaplicação no dia 10 de março, em Brasília, no Distrito Federal. O motivo seria um problema ainda não esclarecido, que impossibilitou a gravação das avaliações no Hospital Universitário da capital federal.  

##RECOMENDA##

A presidência do Inep já está apurando os fatos e informou que todos os custos da reaplicação, incluindo os gastos com a viagem, hospedagem e alimentaçãos dos candidatos, serão integralmente cobertos pelo organizador do Revalida, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos  (Cebraspe), sem ônus para o Inep. 

A fase de interposição de recursos contra o resultado preliminar na Prova de Habilidades Clínicas para esses candidatos fica prejudicada, já que os participantes não possuem as suas filmagens disponíveis para fundamentarem possíveis recursos administrativos. Os participantes afetados serão comunicados pelo Instituto.

Uma pesquisa encomendada pelo Ministério da Educação (MEC), em 2018 constatou que maioria da pouplação brasileira apoia a inclusão de questões sobre gênero e sexualidade no currículo escolar. O levantamento, que custou aos cofres públicos R$ 216.240,00, nunca foi divulgado pela pasta e foi obtido pela TV Globo por meio da Lei de Acesso à Informação.

De acordo com a pesquisa, 55,8% responderam "sim" sobre a abordagem de gênero e questões sexuais fazerem parte da escola. Outros 38,2% estiveram contra a proposta, e 6% não souberam responder.

##RECOMENDA##

A pesquisa também abordou os principais problemas da escolas públicas. Em uma escala de zero a dez, os colégios de ensinos fundamental e médio obtiveram nota 5,8. A falta de infraestrutura nas escolas foi o segundo problema apontado pelos entrevistados.

Até o fechamento desta matéria, o MEC não retornou à nossa reportagem.

Nayib Bukele foi eleito presidente de El Salvador neste domingo (3), segundo declaração do Tribunal Superior Eleitoral do país. Após a apuração de cerca de 90% das urnas, o ex-prefeito de San Salvador venceu com quase 54% dos votos, obtendo mais apoio que seus três principais adversários juntos.

Ao garantir mais de 50% dos votos, Bukele evitou uma disputa de segundo turno em março. Bukele, de 37 anos, concorreu pelo partido de direita Grande Aliança pela União Nacional (Gana). Fonte: Associated Press.

##RECOMENDA##

Com 42 votos, o democrata Davi Alcolumbre (DEM) foi eleito presidente do Senado Federal no início da noite deste sábado (2). O parlamentar agradeceu ao senador Alvaro Dias (Podemos) por abrir mão de sua candidatura “em gesto de nobreza”. “Quero agradecer a Deus a oportunidade de sentar nessa cadeira e assumo o compromisso com o Senado e com o Brasil", afirmou o novo presidente. 

No seu discurso, após o resultado, ele também falou que é preciso reunificar o Senado da República. “Em torno do que lhe deve ser mais caro: a República e o interesse público". O senador ainda ressaltou que o país necessita de reformas urgentes. “Estamos aqui para servir o povo brasileiro - e não para nos servirmos dele". 

##RECOMENDA##

Davi Alcolumbre terminou seu discurso com agradecimentos ao povo, a Deus e aos colegas senadores. “O nosso país conta com cada um de nós. Não podemos nos dar ao luxo de falhar”. 

  Nascido em Macapá em 19 de junho de 1977, Alcolumbre entrou para a política em 2000, quando se candidatou a vereador da capital amapaense ainda pelo PDT. Passou dois anos na Câmara Municipal e foi eleito deputado federal em 2006. Após cumprir três mandatos, elegendo-se pelo DEM para os dois últimos deles, conseguiu vaga para o Senado em 2014. 

Disputaram o cargo: Ângelo Coronel (PSD-BA), Davi Alcolumbre (DEM-AP), Fernando Collor (Pros-AL), Esperidião Amin (PP-SC) e Reguffe (sem partido-DF). Alvaro Dias (Podemos-PR), Major Olímpio (PSL-SP) e Renan Calheiros (MDB-AL) retiraram-se da disputa.

 

O Ministério da Educação (MEC) divulgou o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), nesta segunda (28). Agora, candidatos podem conferir se ingressaram na primeira ou segunda opção de curso escolhidas. Para os estudantes que não foram selecionados, a inscrição para a lista espera tem início na terça (29). O resultado do Sisu pode ser conferido via internet, pelo site do programa, ou pelo Aplicativo Sisu.

Os estudantes selecionados devem realizar matrícula a partir de 30 de janeiro até 04 de fevereiro, a  depender da instituição de ensino para qual tenham sido selecionados. Os horários e dias de atendimento pode variar de acordo com o Edital próprio de cada instituição.

##RECOMENDA##

Já para os feras que não foram selecionados, a adesão na lista espera deve ser feita na própria página do Sisu. As inscrições têm início na terça-feira e se estendem até o dia 05 de fevereiro. Neste caso, os alunos serão convocados pela própria instituição de ensino a partir do dia 07 de fevereiro.

Novidade

A edição deste ano do Sisu contou com uma alteração, que, segundo alguns estudantes, deixou o processo seletivo mais justo. Os estudantes que foram selecionados em uma das opções de curso não vão poder participar mais da lista de espera. Em edições anteriores, os feras que foram selecionados na segunda opção poderiam concorrer na lista de espera da primeira.

Vagas

Para o ano de 2019, o Sisu disponibilizou 235.461 vagas em 129 instituições públicas de todo o país. Para participar do programa, os estudantes tiveram que prestar o Enem 2018 e ter tirado nota acima de zero na prova de redação.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou na tarde desta segunda-feiras (21) a quantidade de alunos por federação que já conferiu a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), divulgada no último domingo (18). Ao todo, mais de 3 milhões dos candidatos já tinham conferido o seu desempenho individual até o momento da liberação da tabela.

O estado com maior número de conferências foi São Paulo, com 509 mil pessoas. O estado com menor número foi Roraima, com 6,6 mil pessoas. Confira tabela completa: 

##RECOMENDA##

[@#video#@]

O próximo passo para os estudantes que fizeram Enem é a inscrição no Sistema de Seleção Unificada (Siu), porta de entrada para algumas das principais instituições públicas do país. A previsão é de que o sistema abra nessa terça-feira (22). Confira calendário completo do Sisu 2019 clicando aqui.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando