Tecnologia

| Gadgets

A Consumer Electronics Show (CES) de 2020 acabou, mas as novidades apresentadas no evento parecem não ter fim. Depois de mostrar alguns dos principais destaques como o carro Avatar que funciona sem volante e o Ballie, assistente robô da Samsung, trouxemos algumas novidades para quem queria mesmo era saber sobre os mercados para gamers. Gabinetes, monitores e até um PC Gamer portátil foram alguns dos dispositivos que chamaram atenção no evento. Confira nossa lista:

Asus e seus novos desktops

##RECOMENDA##

A Asus lançou uma série de novos computadores para jogos durante a CES 2020. Tivemos os laptops Zephyrus G14 e TUF, a Republic of Gamers (ROG) estreando novos modelos Strix: GA35 e GT35 para jogadores que gostam de participar de torneios de e-sports competitivos e muito mais. Além desses novos dispositivos de jogos, a Asus ROG também anunciou os novos  Strix GA15 e GT15 desktops para lidar com jogos hardcore, streaming e multitarefas. Eles usam os mais recentes processadores AMD Ryzen de terceira geração e os futuros processadores Intel Core de 10ª geração.

Display curvo Samsung

A Samsung anunciou que a partir deste ano, sua linha Odyssey de laptops, PCs e dispositivos VR está se expandindo para incluir também monitores gamers. Os Odyssey G7 e G9 são displays curvos de 27 e 49 polegadas, respectivamente. Eles vêm com curvatura 1000R, tempo de resposta rápido de 1 ms, taxa de atualização de 240Hz para FPS (jogos de tiro em primeira pessoa), compatibilidade com G-Sync e muito mais.

O mini PC gamer Razer Tomahawk 

A Razer, marca conhecida por fazer acessórios e dispositivos voltados para jogadores de e-sports, chamou atenção ao anunciar um pequeno, porém potente gabinete para games. Com um processador Intel Core i9 de 8 núcleos,  SODIMMs DDR4 de canal duplo, 1,2 V máx. 64 GB a 2400 MHz ou 32 GB a 2666 MHz e placa gráfica NVIDIA GeForce RTX 20 series, o pequeno dispositivo não é muito maior que uma caixa de som portátil tem sua estrutura principal feita de alumínio com vidros temperados e uma abertura superior para resfriamento.

Alienware Concept UFO

Saindo um pouco dos gabinetes e monitores a Dell resolveu entrar no páreo dos dispositivos para gamers com um console portátil muito parecido com o Nintendo Switch. Porém, a intenção do protótipo é permitir que os usuários rodem games para PCs de forma portátil. Ele vem dividido em tela de 8 polegadas (com resolução de 1900x1200 pixels), com processador Intel Core de 10ª geração, GPU, bateria,  Joy-Cons muito parecidos com os feitos pela Nintendo e um Porta USB-C para conexão de um monitor ou teclado. Apesar de funcionar como um console, o dispositivo é - pelo menos por enquanto - um tipo estranho de computador portátil.

O ano mal começou, mas já tem produto ganhando prêmio por aí. A Kodak Alaris foi a ganhadora do Prêmio Linha de Scanner do Ano 2020, da Buyers Laboratory (BLI), líder mundial em avaliação independente de hardwares, softwares e serviços de criação de imagens de documentos. Esta é a quarta vez em cinco anos que a marca leva o título para casa. 

Para determinar o ganhador da premiação os analistas da BLI consideram os scanners atuais que foram enviados para testes no laboratório da empresa. Os analistas verificam a classificação geral recebida pelo scanner após os testes e as classificações em categorias-chave, como Confiabilidade, Produtividade, Manuseamento de Mídia, Qualidade de Imagem, Facilidade de Configuração, Drivers/Utilitários, Desempenho de OCR e Valor.

##RECOMENDA##

O Scanner premiado vem com tela touch para facilitar a digitalização de documentos em menos de 10 segundos e encaixe para diferentes tipos de documentos, podendo escanear até 4.000 páginas por dia.

A Samsung anunciou que a sua grande novidade de 2019, o Galaxy Fold, deve finalmente chegar ao Brasil no final deste mês. O smartphone com tela dobrável foi o primeiro a dar o pontapé inicial para a tendência das empresas mobile de criarem telefones com telas neste design. Protagonista de diversas polêmicas no ato de seu lançamento, o aparelho conseguiu se redimir. A empresa garante que as falhas encontradas pelos testadores - que faziam com que o display funcionasse por menos de 24h - já foram resolvidas. 

Com uma tela frontal e a imersiva Tela Infinity Flex de 7,3 polegadas, quando aberto, o telefone permite que os usuários realizem multitarefas, possibilitando que até três aplicativos sejam abertos simultaneamente. As aplicações abertas também podem passar por transições imperceptíveis entre a tela externa e a tela interna, adaptando o conteúdo automaticamente.

##RECOMENDA##

Para garantir essa multifuncionalidade sem travamentos o Galaxy Fold conta com um processador Octa Core de 2.8GHz da Qualcomm, Snapdragon 855, além de 12 GB de RAM e um sofisticado sistema de bateria dupla. Um total de seis câmeras – três na traseira, duas na parte interna e uma na parte externa completam os destaques do aparelho. 

Entre sexta-feira (17) e quarta-feira (22), interessados em receber mais informações sobre o Galaxy Fold podem realizar o pré-registro no site da Samsung. As vendas oficiais têm início no dia 22 de janeiro, a partir das 21h. O smartphone com tela dobrável estará disponível na cor preta por 24h e exclusivamente na loja online da Samsung, e o preço sugerido é de R$ 12.999. Confira as especificações.

GALAXY FOLD

Display Interno: 7.3” AMOLED Dinâmico 2152 x 1536 pixels

Display Externo: 4.6″ Super AMOLED 720 x 1680

Câmera Traseira: 16 MP f/2.2 (Ultra Wide)

12 MP f/1.5 & 2.4 (Wide / Dual Pixel / OIS)

12 MP f/2.4 (Tele / OIS)

Câmera Interna: 10 MP f/2.2

8 MP (Foco Dinâmico)

Câmera Frontal: 10MP f/2.2

Memória Interna: 512GB

Memória RAM: 12GB

Bateria: 4380mAh com carregamento rápido de 15W

Carregamento Sem Fio

Sim + Wireless Power Share

Processador: Octa Core de 2.8GHz

Qualcomm Snapdragon 855

Sistema Operacional Android | 9.0

SAMSUNG Pay: Sim (NFC e MST)

Tipo de SIM: Nano-SIM (4FF) + eSim

Kit Embalagem: Aparelho celular, carregador, cabo USB, fone de ouvido Galaxy Buds, Capa Protetora, Extrator de Chip e manual do usuário

Quem nunca assistiu a filmes de ficção científica e desejou bater palmas para apagar a luz, ou até ter um robô que fizesse alguns afazeres domésticos? As casas do “futuro”, em que bastava pedir um café em voz alta e ele seria feito, sempre pareceram um objeto de desejo distante, reservado apenas para os romances, películas e fãs do desenho os Jetsons, de Hanna Barbera. 

Mas parece que o jogo virou, não é mesmo? Com a internet 5G cada vez mais perto de se tornar uma realidade na nossa rotina, e sendo seu foco a melhoria da interação com os objetos ao nosso redor (famosa Internet das Coisas - IoT), o futuro já pode ser considerado presente. Pelo menos no sentido das casas inteligentes. 

##RECOMENDA##

Mas o que é uma casa inteligente?

Basicamente, sua residência cheia de objetos conectados. A automação residencial faz com que os ambientes (cozinha, sala, quarto e até banheiro) sejam integrados com a sua rotina através de dispositivos automatizados. Você já deve ter ouvido falar da geladeira que avisa quando a comida está perto da validade e até faz suas compras mensais ou - o mais recente - o assistente da Samsung que observa do que sua casa precisa e sai ligando os eletrodomésticos, Ballie.

Tudo isso parece muito interessante nos vídeos de apresentação das grandes feiras de tecnologia como a CES 2020, que encerrou na semana passada, mas quanto será que realmente custa automatizar o seu lar e por onde você pode começar? Prepare-se porque ser “inteligente” não é barato quanto parece.

O básico

Philips Hue LED

As lâmpadas inteligentes Philips Hue são a melhor escolha quando se fala de iluminação caseira. A gama de produtos da empresa é a mais ampla da categoria e inclui lâmpadas padrão A19, holofotes, fitas de luz, luminárias e até iluminação externa. Esse tipo de variedade facilita a inserção do esquema de iluminação de toda a sua casa no serviço Hue. A iluminação pode ser controlada por celular, tablet ou assistente de voz, além de ser possível programar intensidade da luz, horários que será ligada ou desligada e até sincronizada com jogos e filmes. O kit com três lâmpadas caseiras pode ser encontrado por R$ 1.099,99 no site da Amazon, mas existem locais mais baratos.

Fechaduras

Esqueceu as chaves? Com as fechaduras inteligentes você não vai sequer precisar delas. Colocadas sobrepostas à porta - ou seja, sem precisar furar a madeira - as fechaduras digitais utilizam senhas, digitadas em teclados touch screen, cartão, adesivo ou chaveiro. A maioria vem com funções anti-roubo, de "não perturbe" e indicadores sonoros de arrombamento e bateria baixa. Os preços variam dependendo da marca e vão de R$ 285 a mais de R$ 2 mil, dependendo da marca.

Chuveiro eletrônico

E quem disse que a tecnologia não chega no ambiente mais íntimo da casa, já pode se encantar com os chuveiros eletrônicos. Com controle de temperatura e de pressão, eles aparecem com preços a partir de R$ 320. Durante a CES 2019, foi apresentado uma variante ainda mais tecnológica do chuveiro, o U by Moen. O dispositivo smart recebe instruções por comando de voz ou pelo celular, além de ser integrado com Assistentes Virtuais como a Siri, da Apple, a Alexa, da Amazon e a Assistente Google. A versão mais barata sai por US$ 1.225, aproximadamente R$ 5.117 em conversão direta, mas infelizmente, não tem no Brasil. 

Para cuidar da casa 

Geladeira que diz o que é que está faltando 

Se você gosta de assaltar a geladeira, talvez seja bom passar longe dessa aqui. A Family Hub vem com câmeras internas para que você possa ver o que tem dentro do refrigerador sem precisar abri-lo, olhando diretamente do smartphone. As três câmeras também registram a parte interna toda vez que alguém abre e fecha a Family Hub. 

O display touchscreen de 21.5” polegadas com resolução Full HD também permite ver o histórico das imagens e observar o que há no interior sem a necessidade de abrir a geladeira. A nova tela funciona como um quadro de avisos digital no qual os membros podem facilmente colocar notas, fotos, e até rabiscar diretamente. O preço da belezinha? R$ 25 mil.

Aspirador de pó

Para quem detesta varrer a casa, aspiradores de pó "robôs" podem ser a solução. Esse item é um dos poucos que cabem em bolsos variados podendo ir de R$ 117 até R$ 6.200. Os mais completam funcionam com wi-fi e via comando de voz, além de permitir que o usuário possa programar a próxima faxina.

Máquina de lavar

O diferencial aqui está na dosagem. Máquinas de lavar smart são, em sua maioria, programáveis. Elas dosam automaticamente o sabão e o amaciante, basta encher com os produtos de sua preferência e a máquina decidirá quanto precisa de cada um. No caso da Brastemp Ative, por exemplo, o sistema de lavagem dela molha as roupas por conta de pequenos chuveiros na parte superior da máquina. O valor não é tão alto quando comparada no mesmo mercado, sendo de R$ 2 mil, a média.

Para ajudar com tudo isso

Chromecast

O aparelho que transforma sua TV em smart é um dos queridinhos de quem gosta de compartilhar o conteúdo visto no celular para a tela grande. Dá ainda para espelhar a tela do smartphone, além de fazer streaming de outros dispositivos para TV. O valor varia de acordo com a geração do dispositivo, mas pode variar entre R$ 150 e R$ 300, dependendo da loja.

Google Nest Mini e Echo Dot

As assistentes tanto do Google (Nest) quanto da Amazon (Echo Dot) desembarcaram no finalzinho de 2019, aqui no Brasil. As duas linhas contam com assistentes virtuais criadas pelas empresas para controlar os objetos da sua casa. Você pode pedir para ouvir determinada música, ligar o aspirador e, até mesmo, preparar o seu café. Se houver um dispositivo inteligente na casa ele vai ouvir o comando da assistente. O valor varia de acordo com o modelo, mas ambas as versões mini comercializadas pelas empresas, custam cerca de R$ 350, cada.

Como menções honrosas nessa lista estão as tomadas que ajudam a tornar os aparelhos inteligentes, cafeteiras em que é possível programar o café para ser feito quando você está realizando outra atividade e o Ballie, apresentado pela Samsung na CES 2020. O robô bolinha funciona quase como uma governanta, reagindo às suas necessidades e comandando funções para os dispositivos inteligentes que estiverem presentes no ambiente.

Parece que a Samsung, que deve fazer o lançamento dos novos aparelhos da linha Galaxy no Unpacked, em fevereiro, não irá apresentar um novo Galaxy S11. A empresa dará um salto, algumas casas para frente, para colocar o número 20 em sua nova linha de dispositivos. Nas últimas semanas, surgiram rumores sobre a mudança de marca e, nesta segunda-feira (13), o site XDA Developers publicou as primeiras fotos do que deve  ser o novo Galaxy S20 Plus.

##RECOMENDA##

Na imagem é possível ver a tela de inicialização do telefone com o nome do novo aparelho. Isso pode iniciar uma tendência na Samsung, de nomear novos smartphones com o ano que são lançados, ao invés de seguir a ordem cronológica, como vinha fazendo.

O site que vazou as imagens diz que, a parte frontal do telefone possui um recorte central para a câmera semelhante ao Galaxy Note 10. A Samsung reduziu significativamente os lados curvos do Galaxy S10 e S10 Plus e essa tendência parece crescer ainda mais no S20 Plus.

Atrás, quatro câmeras parecem completar o smartphone sendo uma lente regular, uma ultra-wide, uma retrato e uma lente macro como quarta opção. A certeza que de esse será o novo modelo da Samsung só será conquistada no dia 11 de fevereiro, data que acontecerá o Unpacked. 

O evento deverá revelar também vários aparelhos da linha Galaxy, com diferentes tamanhos de tela e alguns modelos com conectividade 5G. Rumores dizem que, entre as novidades, o próximo telefone dobrável da empresa - possivelmente chamado Galaxy Bloom - terá estreia também no próximo mês.

Pesquisadores da Universidade Monash, na Austrália, criaram o que pode ser a bateria dos sonhos de qualquer usuário de smartphone. Eles deram vida - e pretendem comercializar - uma bateria de lítio-enxofre (Li-S) que pode fazer um telefone durar até cinco dias sem precisar de uma nova recarga. A equipe de cientistas também garante que, apesar da maior potência, a bateria teria um impacto ambiental menor do que as que existem no mercado. 

Os pesquisadores já têm uma patente registrada aprovada para seu processo de fabricação e despertaram interesse de fabricantes mundiais de baterias de lítio na China e na Europa. A intenção é que eles possam aumentar a produção para realizar mais testes, antes dos produtos serem colocados à venda. 

##RECOMENDA##

De acordo com uma publicação feita pela universidade, o professor Mainak Majumder, chefe da pesquisa, disse que esse desenvolvimento foi um avanço para a indústria australiana e poderá transformar a maneira como lidamos com telefones, carros, computadores e redes solares.

Em seu painel de abertura da CES, na última segunda-feira (6), a Samsung anunciou que estaria começando em 2020 a “Era da Experiência”. E foram muitas as revelações da companhia. Tivemos a apresentação de novas telas curvas para gamers, um robozinho que parece uma bola de tênis e até um smartphone 'enrolável'. Para não deixar você perder nada, separamos alguns dos anúncios da empresa que têm chamado a atenção durante o evento.

A tecnologia também pode ser fofa (e um pouco esquisita)

##RECOMENDA##

A primeira coisa que deu bastante o que falar foi o Ballie. O pequeno robô rolante, que lembra bastante o droide BB8, da franquia Star Wars, ganhou um vídeo de apresentação fofo, em que parece ser o melhor amigo de um Corgi. Mas, fofuras à parte, ele funciona quase como uma governanta, reagindo às suas necessidades e comandando funções para os dispositivos inteligentes que estiverem presentes no ambiente.

Com recursos de Inteligência Artificial (IA) integrados, o robozinho pode se transformar em um assistente de condicionamento físico e uma interface móvel que sai pela casa procurando o que fazer. O único alerta, apesar da Samsung garantir que ele vem com rigorosos padrões de proteção de dados e privacidade, é que - para funcionar - ele está sempre gravando e tirando fotos da sua casa. É fofo, mas pode ser um pouco assustador também.

[@#video#@]

A casa do futuro

E não foi só para achar soluções de como arrumar a sua bagunça que a Samsung trabalhou. A empresa também falou um pouco sobre a casa do futuro que deve beber, cada vez mais, da Internet das Coisas (IoT). A esperança da companhia é que o lar futurista seja um espaço adaptável a experiências e necessidades pessoais - tecnologicamente falando. E isso pode ser feito através de uma super tela.

“A tela não é um produto — ela é a sua janela para o mundo, permitindo que você se conecte instantaneamente a seus entes queridos e amigos, como se vocês todos estivessem na mesma sala”, disse Federico Casalegno, diretor de Inovação de Design da companhia. Ele apresentou as TVs MicroLED, QLED 8K e Life Style, que inclusive, aparecem no vídeo do Ballie. Como ela funciona na vertical e na horizontal, já dá para imaginar outro destaque dos lançamentos da empresa, que é o NEON. 

‘Humanos Artificiais’

O anúncio do NEON foi mais uma prova de que a companhia está realmente pensando que já está mais do que na hora de darmos um passo rumo aos filmes de ficção científica. Ao contrário do que muita gente pensava, ele não será um substituto para a Bixby - a assistente virtual da empresa - mas avatares humanos realistas que são gerados computacionalmente e podem interagir com você em tempo real. 

Cada Neon é criado a com imagens de uma pessoa real, inserida em um modelo de aprendizado de máquina. Eles deverão poder - no futuro - interagir em tempo real, imitar nossas emoções e até aprender a se comunicar melhor, cada vez mais. A principal limitação que pode ser percebida por quem chegou a ver o projeto funcionando é a necessidade de uma grande quantidade de poder de processamento local para tornar cada avatar ao vivo.

Ainda há bastante atraso nas respostas, mesmo que o “personagem” que aparece na tela pareça real. Engana-se também quem acha que eles funcionarão 24h. A Samsung disse esperar que, no futuro, os neos atuem como representantes de serviço, consultores financeiros, atores e até mesmo nossos amigos e companheiros e para isso os assistentes não devem ficar à disposição de seus proprietários. Eles também vão precisar de uns minutinhos de descanso.

Se você também ficou desejando o iPhone 11, lançado em setembro do ano passado pela Apple, mas sua carteira não parece concordar com essa aquisição, saiba que existe uma forma mais barata de realizar esse desejo. Uma película adesiva que reproduz a câmera do novo smartphone da maçã promete entregar um resultado igual - ou quase - para aqueles que adorariam ter o aparelho, mas não tem tanto dinheiro assim para desembolsar na hora da compra.

A capa pode ser encontrada tanto no Mercado Livre, quanto no site da Amazon, por preços que variam entre R$ 32 e R$ 50. Porém, não é qualquer telefone que pode ser transformado na novidade da Apple. A lente falsa só é compatível com os modelos X, XS e XS Max, que têm as câmeras traseiras na mesma posição que o iPhone 11.

##RECOMENDA##

A cor da lente adesiva poderá ser escolhida de acordo com a cor do seu smartphone e as câmeras do telefone funcionam sem intervenções. Apenas a lanterna fica um pouco mas fraca porque o vidro da capinha é mais fosco. Na prática, seu telefone não irá realmente se transformar no top de linha da Apple, mas se você não contar, dificilmente alguém vai duvidar que é verdade.

LeiaJá também

--> Hi!Tech: Apple antecipa a venda do iPhone 11 no Brasil

--> Preços dos novos iPhones no Brasil são divulgados

--> Confira quais são os iPhones compatíveis com iOS 13

--> iPhone 11 é um dos termos mais buscados no Google em 2019

O Google anunciou que algumas empresas parceiras estarão lançando, durante a Consumer Electronics Show (CES) 2020, novos Chromebooks, notebooks que executam o Chrome OS - o sistema operacional da companhia para PCs. São três opções de aparelhos criados pela Samsung, Lenovo e ASUS. As empresa parceiras da gigante da internet já mostraram alguns computadores portáteis que deverão chegar em 2020 ao mercado, durante o evento. Confira aqueles que trarão o sistema do Google.

Chromebook Samsung Galaxy

##RECOMENDA##

Acompanhando a famosa canetinha da Samsung, o Chromebook da companhia chega com 9.9mm de espessura, sendo um dos mais finos dos três. O processador é Intel Core i5 da 10º geração e 256 GB de armazenamento. A tela 4K AMOLED vem com um sistema que se adapta à luz chamado EQ ambiente. Além disso, há também o Sensor de impressão digital para login rápido, tudo por US $ 999 (cerca de R$ 4.055).

 Lenovo IdeaPad Duet

Com teclado destacável, o Chromebook da Lenovo é na verdade um grande tablet. Com uma tela de 10,1 polegadas, ele vem com teclado, suporte e uma bateria que funciona por até 10h. Não há muitas informações sobre suas especificações, mas o que foi divulgado é que o Chromebook Lenovo IdeaPad Duet estará disponível para compra a partir de maio, por US $ 279 (R$ 1.133), incluindo teclado e suporte.

ASUS Chromebook Flip C436

Enquanto o aparelho da Lenovo funciona com um teclado destacável o modelo da Asus pode dobrar, como um caderno. Tido como o principal concorrente do Pixelbook, o aparelho vem com uma dobradiça de 360​​°, tela touchscreen sem moldura, com processadores Intel de 10ª geração. Suas especificações incluem 16 GB de RAM e um SSD de 512 GB, sensor de impressão digital e suporte para caneta, além de duas portas USB-C. Ele deve ser comercializado a partir de US $ 550 (R$ 2.233), chegando ao mercado no início de março.

Começou a CES 2020, na última segunda-feira (6), e as grandes marcas de tecnologia estão aproveitando para mostrar suas novas tendências de mercado. A primeira a chamar a atenção é a curvatura dos monitores voltados para gamers. Acer, Samsung e Lenovo são algumas das marcas que apresentaram os displays curvos - que há alguns anos apareciam discretamente em suas linhas profissionais - defendendo que estes são os melhores modelos para quem passa muito tempo com jogos eletrônicos. 

Samsung Odyssey 

##RECOMENDA##

A linha de monitores gamers curvos Odyssey aparece com modelos de 49, 32 e 27 polegadas. Compatíveis com NVIDIA G-SYNC®2 e Adaptive Sync via DP1.4, eles prometem dar mais conforto aos olhos dos jogadores, por imitar a forma como enxergamos. A empresa apresenta o maior de todos, o G9, como o primeiro monitor gamer de alta definição Dual Quad (DQHD; resolução de 5120×1440) do mundo com uma taxa de atualização rápida de 240 Hz, tempo de resposta de 1 ms. Além disso há proporção de 32:9, curvatura profunda e imersiva de 1000R e pico de brilho de 1000 cd/m2. O modelo G9 e os dois G7 estarão disponíveis globalmente a partir do segundo trimestre de 2020, os valores são via orçamento.

Acer e o seus Predators 

Outra que está indo pelo mesmo caminho e a Acer. A empresa anunciou o monitor de jogos Predator X32 e o X38, que estarão disponíveis no segundo trimestre de 2020. O X38 tem entre suas especificações o Overclock curvo UWQHD + de 37,5” para 175Hz, compatibilidade com NVIDIA G-SYNC e Visor certificado VESAHDR 400/DCI-P3 98% - ele chega em abril de 2020 por US $ 2.199 (cerca de R$ 8.987 ), já o X32 vem com tela de jogos de 32” 4K UHD 144Hz, NVIDIA G-SYNC ULTIMATE, Rec.2020 89,5% / AdobeRGB 99% / Delta E <1 e visor certificado VESA HDR1400 com 1152 zonas de mini escurecimento por LED. Ele poderá ser encontrado a partir de US $ 3.599 (cerca de R$ 14.709).

Lenovo mais em conta

Para quem até aqui está achando salgado o valor das telas anunciadas, uma boa notícia. O novo Lenovo G32qc Gaming Monitor de 31,5 polegadas possui resolução de tela QHD (2560 x 1440), moldura quase sem bordas alto brilho da tela e também apresenta curvatura por US $ 319,99 (cerca de R$ 1.307). Uma opção muito mais em conta para quem quer um monitor gamer, sem ter que vender alguns bens para isso. Ele deve estar disponível em março de 2020 e vem acompanhado de uma versão um pouco menor, o  G27c Gaming Monitor de 27" que, assim com seu irmão maior tem uma curvatura de 1500R para imersão completa no jogo.

Começa nesta semana a CES 2020, o evento de tecnologia mais importante do ano, que traz as tendências do que as empresas devem trabalhar ao longo dos meses. Algumas, inclusive, já começaram a dar um gostinho do que vem por aí - principalmente - na parte de computadores portáteis. Acer, Lenovo, DELL e Samsung divulgaram os dispositivos que devem ser apresentados no evento. Confira:

Acer

##RECOMENDA##

A Acer investiu notebooks dobráveis, expandindo sua linha Creator PC. O Spin 3 e o Spin 5 aparecem mais finos, com processadores Intel Core 10 ª geração e Windows 10. Eles funcionam em quatro modos (tablet, notebook, tela ou tenda) bons para quem trabalha com criação de conteúdo e apresentações. Além disso, eles vêm com leitor de impressão digital integrado, carregamento rápido, mas ainda não há informações sobre memória e RAM.

Outro lançamento da empresa é o ConceptD 7 Ezel. Com cinco modos de uso, o notebook é uma mistura de desktop com computador portátil. Ele vem com monitor IPS 4K que oferece mais de 8 milhões de pixels, de acordo com a empresa. As telas são reforçadas com Gorilla Glass 6, processador Intel Core H-série 10 ª Geração, NVIDIA GeForce RTX GPUs, até 32 GB de memória DDR4 e até 2 TB PCIe SSDs.  Preço inicial é de US $ 2.699 (cerca de R$ 10.940,40.) e a versão Pro US $ 3.099 (R$ 12.561,80).

Lenovo

Para quem gosta de usar o notebook para jogar, a Lenovo apresenta o Legion Y740S. Com até oito horas de duração da bateria ele vem com processadores Intel Core i9 de 10ª geração, até 32GB DDR4 de memória, capacidade de armazenamento de 1 TB PCIe SSD e um design térmico com conjunto de sensores de cinco pontos e ventilador quádruplo para aumentar em quatro vezes o resfriamento ao reproduzir títulos intensamente gráficos. O preço é um dos menos salgados, a partir de US $ 1.099,99 (R$ 4.458,81).

Msa não é só isso. Também focando em criadores de conteúdo a empresa traz a série Creator, que inclui dois laptops. O primeiro deles é o Yoga Creator 7 que vem com os processadores Intel Core i7 de até 10ª geração, tela full HD de 15,6 polegadas, até 13 horas de duração da bateria com carga rápida. O outro é o IdeaPad Creator 5, que possui um processador Intel Core i7 de 10ª geração e um display IPS Full HD de 15,6 polegadas,  GPUs NVIDIA com até 16GB DDR4 de memória e 1 TB de SSD PCIe de armazenamento.

DELL

Com bordas mais finas e tela de 13,4 polegadas o XPS 13 vem com processadores móveis Intel Core 10nm de 10ª geração e bateria de longa duração. Ele pode vir com Windows 10 ou a Developer Edition com Ubuntu 18.04LTS. Ele estará disponível nos EUA, Canadá, Suécia, Reino Unido, Alemanha e França em 7 de janeiro e no mundo todo em 4 de fevereiro, a partir US $ 999,99 (cerca de R$ 4053).

Samsung

A Samsung aparece com uma variante do Galaxy Book Flex. O Galaxy Book Flex α (alpha) vem com bateria de longa duração, um display QLED imersivo, capaz de produzir mais de 1 bilhão de cores e uma moldura ultrafina e até 17,5 horas de duração da bateria (que pode variar dependendo do uso e das configurações). O processador é Intel 10ª geração e um dos destaques é o credenciamento biométrico, que permite que você faça login com a digitaç. A partir de US $ 829,99 (cerca de R$ 3.364).

Se você é um entusiasta da Samsung e já está ansioso para saber o que a companhia sul-coreana preparou para 2020, já pode pegar a sua agenda. Um vídeo vazado por um usuário do Twitter mostra um teaser de quando será o Samsung Unpacked deste ano, evento em que a empresa tradicionalmente apresenta suas novidades em telefonia - geralmente ligadas à linha Galaxy.

No ano passado a Samsung usou o evento para divulgar o Galaxy S10, que figurou na lista dos melhores smartphones de 2019. O vídeo foi publicado por Max Weinbach, da XDA Developers, que revelou ter visto na página oficial que a empresa usa para ter contato com a imprensa. Logo após a divulgação, o teaser  de 15 segundos foi removido, o que acaba deixando no ar se a data será realmente oficial.

##RECOMENDA##

Na imagem é possível ver apenas duas formas mais robustas e misteriosas pressionando uma folha ou tecido no lugar da letra A na palavra "Galaxy". Uma delas tem o formato mais retangular e a outra mais quadrada, sugerindo que, talvez, a Samsung apresentará um Galaxy S10 e um novo. Galaxy Fold 2. Mesmo assim, essas são apenas especulações do que pode vir por aí. 

De acordo com o vídeo, a data do Samsung Unpacked é dia 11 de fevereiro de 2020. O evento também será transmitido ao vivo no site da companhia.

[@#video#@]

Se você tem um smartphone antigo e usa muito o WhatsApp, talvez seja a hora de começar a pensar em um novo mensageiro - ou quem sabe um novo aparelho celular. O aplicativo de mensagens vai parar de funcionar em alguns celulares que continuam usando um sistema operacional antigo. A ferramenta deixou de funcionar no Windows Phone desde o dia 31 de dezembro e, a partir de 1º de fevereiro, deve encerrar também em dispositivos com Android e iOS desatualizados. 

Aparelhos rodando o iOS 8 - como iPhones 6S ou 4S - ou o Android 2.3, vão entrar na lista dos esquecidos pelo app. Já não é mais possível criar contas novas e nem confirmar novamente contas existentes em dispositivos com essas configurações e o funcionamento total deve ser interrompido em fevereiro. Mas nem tudo é ruim.

##RECOMENDA##

De acordo com o Google, uma quantidade mínima de usuários Android usam smartphones com essas configurações. O número também é baixo para os clientes da maçã, que têm a possibilidade de atualizarem seu sistema operacional sem precisar trocar de aparelho.

Já a sugestão da ferramenta para quem tem um smartphone com alguma destas versões é simples. Chegou a hora de trocar para um modelo mais novo. Principalmente porque dispositivos com o sistema operacional Android 2.3.3 são de 2011, e o iOS 8 de 2014. Nenhum deles recebe mais atenção de suas respectivas companhias. 

O WhatsApp segue compatível com aparelhos Android 4.0.3 (ou posterior), iPhone com iOS 9 (ou posterior) e Alguns aparelhos com KaiOS 2.5.1 (ou posterior), incluindo JioPhone e JioPhone 2.

A Apple começou a vender os AirPods Pro no Brasil nesta semana por R$ 2,2 mil. Trata-se da versão mais recente dos fones de ouvido sem fio da empresa, que é a fabricante do iPhone e do iPad. O lançamento já havia sido antecipado pelo jornal O Estado de S. Paulo no início do mês.

As principais novidades da nova versão do dispositivo são o cancelamento de ruído, uma borracha de silicone para facilitar o ajuste ao ouvido e um design mais discreto. Além disso, a Apple criou o que chama de "modo ambiente", em que os microfones podem ser acionados para permitir a entrada de som externo e evitar o isolamento total.

##RECOMENDA##

Disponíveis nos Estados Unidos por US$ 249 (R$ 1.010, no câmbio de ontem), os AirPods Pro foram lançados em outubro, sete meses após o anúncio da segunda geração de AirPods, vendida por aqui a R$ 1,6 mil. Ambos trazem microfones, um estojo que pode receber recarga sem fio com padrão Qi e o chip H1, criado para facilitar a conexão por Bluetooth com o iPhone, Apple Watch e Mac. Também é possível fazer a sincronização com celulares Android.

A primeira geração de AirPods foi lançada em 2016, com o iPhone 7, modelo considerado polêmico por não trazer a entrada para fones de ouvido com fio. A decisão da Apple levou à popularização do mercado de fones de ouvido sem fio e diversas outras fabricantes, como Huawei, Samsung e Xiaomi lançaram suas versões.

Segundo a consultoria GfK, as vendas desse tipo de dispositivo se multiplicaram em 23 vezes no Brasil, entre janeiro e outubro de 2019, na comparação com o mesmo período do ano passado. Já a quantidade de modelos disponíveis no País saltou de três, em 2017, para 67 neste ano, também segundo a GFK.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

A Motorola fará o lançamento de seu novo smartphone One Hype, em terras pernambucanas, nesta sexta-feira (20). A ação, que acontece no Shopping Guararapes, em Jaboatão - Região Metropolitana do Recife - contará com presenças ilustres do eSports. Kroonos, o brasileiro que foi considerado o maior jogador de Free Fire do mundo, e Gabs, campeã latino-americana de CS:GO, estarão presentes durante o evento.

O smartphone é o primeiro do portfólio que já vem com o Android 10, além de oferecer ao usuário 12 horas de uso com apenas dez minutos de carga. Ele estará disponível na cor Azul Oceano (e, a partir de janeiro, nas cores vermelho âmbar e rosa boreal), com preço sugerido a partir de R$ 2.499.

##RECOMENDA##

Campeões

Participando da estreia do aparelho da Motorola, Ariano "Kronos" Ferreira, eleito como o melhor jogador da Copa do Mundo de Free Fire 2019, e Gabs, atual campeã do torneio de CS:GO - que aconteceu na Brasil Game Show, irão distribuir brindes aos fãs, como bottons personalizados com logo do time Vivo Keyd e Motorola. 

Quem comprar qualquer aparelho da empresa durante o período em que os gamers estiverem no quiosque, ganharão uma camiseta do time Vivo Keyd autografada pelos influenciadores. Ação acontecerá no quiosque da marca.

Todo ano quando chega dezembro é essa peleja. Dezenas de confraternizações brotam ao menor sinal da frase “vamos marcar” e com elas o tão esperado (ou temido) Amigo Secreto. Depois da música da cantora Simone, “Então é Natal”, presentear os amigos, familiares ou colegas de trabalho, após sorteio, é uma das tradições mais repetidas das festas de fim de ano.

E não tem como escapar. Seja no modo tradicional - com nomes escritos no papelzinho - ou na versão mais moderna, via sites como o homônimo Amigo Secreto, a verdade é que quando vai chegando perto do dia 25 de dezembro, a correria para encontrar o presente do sorteado aumenta.

##RECOMENDA##

Para te ajudar nessa reta final fizemos uma lista com alguns produtos eletrônicos que estão com preços razoáveis, tentando contemplar todos os bolsos. Para quem quer gastar muito ou nem tanto assim. Agora é bom correr, porque faltam pouquíssimos dias e ninguém quer ser o Grinch da festinha, não é mesmo?

Até R$ 150

Fone de Ouvido Dobrável, Sony, MDR-ZX110, preto: a partir de R$ 54,40

Redmi Airdots - Xiaomi: a partir de R$ 113

Xiaomi MI Band 4: a partir de R$ 149

Caixa de Som Bluetooth JBL Go 2 R$ 116

Até R$ 300

Kindle R$ 255

Teclado Gamer Fortrek Mecânico Switch Outemu Blue RGB R$ 199

Vitrola Raveo Sonetto - Vinil, Bluetooth e USB R$ 299

Até R$ 450

Amazon Echo R$ 349

Google Nest Mini R$ 330

[@#galeria#@]

A Multilaser anunciou na última segunda-feira (16) o Multilasar Zapp - um aparelho para quem procura funcionalidades mais básicas, ideal para quem já está na terceira idade. O celular da marca é um dos primeiros do mercado brasileiro com sistema KaiOS - software originário do Firefox OS, desenvolvido para oferecer recursos de smartphones a modelos com preços mais acessíveis.

O telefone possui acesso ao Google Assistente, que ajuda a fazer ligações, mensagens e pesquisas, além de suportar os aplicativos do Facebook e do WhatsApp. O produto é modesto e vem equipado com uma tela 2.4" e processador Quad Core 1.3 GHz, além de 256MB de memória RAM e 512Mb de armazenamento (expansível com SD Card até 32GB). 

##RECOMENDA##

A câmera traseira é de 0.3MP com flash e bateria de 1.200 mAh, que permite uma duração intermediária dado a falta de componentes para que gaste muita carga. O aparelho já tinha sido lançado em agosto, mas só agora ganha lugar nas prateleiras brasileiras. O preço sugerido é de R$ 249. 

Um usuário do Reddit fez uma postagem no mínimo assustadora para quem possui um Mi 9 da Xiaomi. Ao baixar uma imagem toda escura, com as bordas arco-íris,  para usar como papel de parede no telefone, ele relatou que o aparelho parou de funcionar. Em pouco tempo, outros usuários com o mesmo modelo relataram experiências parecidas.

De acordo com a postagem, assim que terminou o download da imagem e tentou colocá-la como wallpapaer, a tela do smartphone passou a ligar e desligar repetidas vezes. Depois disso uma tela de carregamento foi exibida com três opções: reinicializar o aparelho (em que a mesma coisa acontecia), limpar dados e conectar com MIAssistant.

##RECOMENDA##

Outros usuários relataram que o mesmo erro acontecia no Mi 9T Pro, mas em outros modelos o bug não aparecia. O problema só foi resolvido quando o dono do dispositivo da Xiaomi limpou os dados do aparelho. 

A Prefeitura do Recife (PCR) entregou nesta sexta-feira (13), Dia Nacional dos Cegos, 27 unidades do Orcam My Eye 2.0, um dispositivo assistivo para estudantes e professores que possuem alguma deficiência visual. A entrega simbólica dos aparelhos na rede de ensino da capital pernambucana aconteceu o Instituto dos Cegos Antonio Pessôa de Queiroz (IAPQ), nas Graças.

Ao todo, a rede possui 13 alunos cegos, 124 com baixa visão, oito professores cegos ou com baixa visão, além de dez servidores com o mesmo laudo. Deste total, dois professores atendem no IAPQ e serão beneficiados com a entrega, além dos alunos do Instituto que fazem parte do programa de Educação Especial da PCR.

##RECOMENDA##

Como funciona 

O aparelho consegue detectar textos em português, inglês e espanhol, com possibilidade de escolher entre voz masculina e feminina, além de ter comandos para pausar, adiantar ou retroceder a leitura. Outro recurso é que o dispositivo consegue ainda identificar cores e tonalidades, reconhecer pessoas e gêneros, rostos, informar a data e hora com um simples gesto de girar o pulso, cédulas de dinheiro (reais e dólares) e identificar produtos pelo código de barras.

Após o reconhecimento, ele retransmite a informação discretamente no ouvido do usuário, oferecendo uma maior independência às pessoas cegas e com baixa visão.

Entusiastas dos aparelhos da Xiaomi já podem comemorar. Um dos smartphones mais desejados da marca chega ao Brasil, no próximo dia 18 de dezembro. O Mi Note 10 aterrissa em terras tupiniquins, após uma parceria com a operadora Vivo, trazendo entre seus destaques cinco câmeras traseiras, entre elas uma lente grande angular de 108MP, duas teleobjetivas de 5MP e 12MP, uma lente ultra grande angular de 20MP e uma lente macro.

A princípio, o aparelho será comercializado nas lojas físicas da marca, localizadas nos shoppings Ibirapuera e Center Norte, em São Paulo, além do canal oficial de e-commerce e, com exclusividade, nas lojas da Vivo na capital paulista. A partir do dia 20 de dezembro o modelo estará disponível nas demais lojas físicas do país e também na Loja Online da operadora, com frete grátis. 

##RECOMENDA##

O smartphone possui display de 6.47'', AMOLED, com uma resolução de 2340x1080 pixel, memória interna de 128 GB, 6 GB de RAM, processador Snapdragon 730G e bateria de 5260 mAh, podendo permanecer carregado por até dois dias. O Mi Note 10 custará R$ 4.499 no Plano Vivo Família 60GB Anual, que ainda oferece um custo de R$ 320 mensal ao usuário.

Além das cinco câmeras traseiras, o novo smartphone possui uma câmera frontal de 32 MP. O aparelho oferece embelezamento por Inteligência Artificial (AI), modo retrato, detecção de cena e desbloqueio de facial, entre outras funções. O Mi Note 10 chega nas cores Midnight Black (preto), Aurora Green (verde) e Glacier White (branco).

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando